Checklist application to evaluate good management practices in aquaculture

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.10296

Keywords:

Aquaculture assessment; Checklist; Diagnostic method; Eastern Amazon; Validation studies.

Abstract

The objective of the study was to evaluate good management practices through a Checklist for aquaculture enterprises in the Marajó archipelago (Pará, Brazil). The research was carried out in the municipality of Curralinho, as part of the actions of the project “Transfer of technology through training and technical assistance for creators of tambaqui, Colossoma macropomum, in the archipelago of Marajó/PA” of the Federal Institute of the Pará (IFPA), Campus Breves, between September 2019 and January 2020. A total of 13 fish farms participated in the survey. The instrument for data collection was a checklist, which includes items related to the management of fish farming. After applying the checklist, it was possible to identify that the implementation of fish farming, identification of infrastructure, soil management and application of limestone, occurrence of diseases and storage of fry, presented levels of non-conformities between 75% to 79%. The items filters and anti-leak prevention, handling during the process of draining the tanks, stocking density and handling of fishing, presented levels of non-conformities between 80 - 89%. For the item soil disinfection the level of non-conformities was 94% and for the items: fertilization, protection of tanks with anti-bird nets, water quality, biometrics management, transfer management, cleaning procedures and equipment asepsis and the condition and safety of fish farming workers, presented levels of non-conformities varying between 95 - 100%. It was concluded that all sites are not suitable for good practices and therefore put the species' fish farming in the region at risk.

References

Aizawa, N., Masuda, M., & Ito, L. S. (2014). Current situation of freshwater aquaculture in the lower Amazon River and the potentiality of development. Tropics, 23(3), 127-134.

Akter, S., Ali, M, & Mondol, M. (2020). Management practices in the beel aquaculture system at Rajshahi, northwest Bangladesh. Journal of Bio-Science, 28, 43-50.

Araújo-Lima, C. A., & Goulding, M. (1998). Os frutos o tambaqui: ecologia, conservação e cultivo na Amazônia. Sociedade Civil Mamirauá. Brasilia-CNPQ.

Bailey, K. D. (1982). Methods of social research. New York: McMillian Publishers, The free press.

Barbosa, H. T. B., & Lima, J. P. (2016). Características da piscicultura em Presidente Figueiredo, Amazonas. Revista de educação, ciência e tecnologia do Ifam, 10(1), 103-113.

Barros, A. F., Martins, M., & Souza, O. M. (2011). Caracterização da piscicultura na microrregião da baixada cuiabana, Mato Grosso, Brasil. Boletim do Instituto de Pesca, 37(3), 261-273.

Bassani, I. S., & Rocha, A. F. (2020). Caracterização da piscicultura continental no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Pesquisa Agropecuária Gaúcha, 26(1), 29-45.

Brabo, M. F., Paixão, D., Costa, M. W. M., Silva, G. A., Campelo, D. A. V., & Veras, G. C. (2017). Arranjo produtivo local da piscicultura na região de Capitão Poço/Pa: bases para a consolidação. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, 10(2), 27-40.

Brabo, M. F., Ramos Júnior, A. L., Costa, J. W. P., Reis, T. S., Campelo, D. A. V., & Veras, G. C. (2017). A piscicultura na área de influência de um grande projeto de mineração na Amazônia brasileira. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca 10(1), 69-82.

Brasil, Ministério Da Saúde/MS. Agência Nacional de Vigilância Sanitária/ANVISA. Resolução RDC N° 275, de 21 de outubro de 2002. Regulamento Técnico de Procedimentos Operacionais Padronizados aplicados aos estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos e Lista de verificação das Boas Práticas de Fabricação m Estabelecimentos Produtores e Industrializadores de Alimentos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 de Outubro de 2002. http://portal.anvisa.gov.br/documents/10181 /2718376/RDC_275_2002_COMP .pdf/fce9dac0-ae57-4de2-8cf9-e286a383f254

Brito, T. P., Santos, A. T. S., Quintairos, R. R. D., & Costa, L. C. O. (2017). Aspectos tecnológicos da piscicultura do município de Capitão Poço, Pará, Brasil. Biota Amazônia, 7(1), 17-25.

Cantisani, D. M., Floriano, L. S., Ribeiro, G. K. F., Barcelos, T. C., Cunha, J. M. S., Souto, C. N., & Souza, R. A. (2015). Produção de Peixe como Estratégia de Fixação do Homem do Campo. Fragmentos de Cultura, 25(1), 123-133.

Cardoso, A. S. F., Muller, S., Echer, I. C., Rabelo-Silva, E. R., Boni, F. G., & Ribeiro, A. S. (2019). Elaboration and validation of a drug administration checklist for patients in research protocols. Revista Gaúcha de Enfermagem, 40(spe), e20180311-e20180311.

Castellani, D., & Barrella, W. (2005). Caracterização da piscicultura na região do Vale do Ribeira – SP. Ciência e agrotecnologia, 29(1), 168-176.

Crepaldi, D. V., Teixeira, E. A., Faria, P. M. C., Ribeiro, L. P., Daniela, C. M., Lincoln, P., Carvalho, D., Sousa, A. B., & Saturnino, H. M. (2006). Sistemas de produção na piscicultura. Revista Brasileira Reprodução Animal, 30(3-4), 86-99.

Dantas, D. P., Flickinger, D. L., Costa, G. A., Batlouni, S. R., Moraes-Valenti, P., & Valenti, W. C. (2019). Technical feasibility of integrating Amazon river prawn culture during the first phase of tambaqui grow-out in stagnant ponds, using nutrient-rich water. Aquaculture, 516, 734611.

De-Carvalho, H. R. L., Souza, R. A. L., & Cintra, I. H. A. (2013). A aquicultura na microrregião do Guamá, Estado do Pará, Amazônia Oriental, Brasil. Revista Ciências Agrárias, 56(1), 1-6.

Dotti, A., Poliano, V., Paulo, A., & Russo, M.R. (2012). Licenciamento ambiental na piscicultura com enfoque na pequena propriedade: uma ferramenta de gestão ambiental. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, 3(1), 6-16.

FAO, The State of World Fisheries and Aquaculture. Meeting the sustainable development goals. Rome, 227, 2018. http://www.fao.org/3/i9540en/I9540EN.pdf

Ferreira, G., & Marcovitch, J., Val, A. (2020). A systematic review of the production chain of the Arapaima gigas, the giant fish of the Amazon. Management of Environmental Quality: An International Journal, 31, 349-363.

Frazão, F. B., Ferreira, L. K. S., & Frazão, R. H. N., Louzeiro, N. M. (2019). Riscos ocupacionais e medidas de proteção dos trabalhadores identificados em uma piscicultura no município de Santa Rita-MA. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, 12(1), 50-61.

Furtado, A. M. M., França, C. F., & Pimentel, M. A. S. (2007). Relações relevo-solo-vegetação da ilha de Marajó-PA. http://www.geomorfologia.ufv.br/simposio/simposio/trabalhos/trabalhos_compl etos/eixo12/003.pdf

Henares, M. N. P., Camargo, A. F. M., Biudes, F. V., & Valenti, W. C. (2011). Impacto da manutenção de reprodutores de Macrobrachium rosenbergii na qualidade da água. Boletim do instituto de pesca, 37, 183-190.

Hussar, G. J., Paradela, A. L., Jonas, T. C., & Gomes, J. P. R. (2005). Tratamento da água de escoamento de tanque de piscicultura Através de leitos cultivados de vazão subsuperficial: análise Da qualidade física e química. Engenharia Ambiental, 2(1), 46-59

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico: Resultados gerais da amostra. 2010. https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/93/cd_2010_caracteristicas_populac ao_domicilios.pdf

Jacudi, L. V., & Ferreira, A. F. (2019). A importância da aplicação de um check-list para elaboração e controle do PCMAT sob a óptica da NR 18. Revista Teccen, 12(2), 68-74. https://doi.org/10.21727/teccen.v12i2.2000

Jobling, M. (1994). Fish bioenergetics. London: Chapman and Hall.

Kubitza, F. (1998). Qualidade da Água na Produção de Peixes. Revista Panorama da Aquicultura, 46. https://panoramadaaquicultura .com.br/qualidade-da-agua-na-producao-de-peixes-parte-i/

Lazzari, R., Radünz Neto, J., Corrêia, V., Veiverberg, C. A., Bergamin, G. T., Emanuelli, T., & Ribeiro, C. P. (2011). Densidade de estocagem no crescimento, composição e perfil lipídico corporal do jundiá. Ciência Rural, 41, 712 718.

Macedo, C. F., & Lsipaúba-Tavares, L. H. (2010). Eutrofização e qualidade da água na piscicultura: consequências e recomendações. Boletim do Instituto de Pesca, 36, 149-163.

Martins, M. L. (2004). Manejo Sanitário na Piscicultura. Ranzani-Paiva, M. J. T., Takemoto, R. M., Lizama, MAP. (Eds) Sanidade de Organismos Aquáticos. Editora Varela, 321-330.

Medeiros, M., Aubin, J., & Camargo, A. (2017). Life cycle assessment of fish and prawn production: Comparison of monoculture and polyculture freshwater systems in Brazil. Journal od of Cleaner Production, 156, 528-537.

Mendes, A. I., & Carvalho, M. C. (2016). Caracterização da piscicultura em tanques-rede no município de Rubinéia-SP: Um Estudo de Caso. Revista do Agronegócio, 5(1), 16-33.

Mercante, C. T. J., Carmo, C. F., Rodrigues, C. J., Osti, J. A. S., Mainardes Pinto, C. S., Vaz-Dos-Santos, A. M., Tucci, A., & Di Genaro, A. C. (2011). Limnologia de viveiro de criação de tilápias do nilo: avaliação diurna visando boas práticas de manejo. Boletim do Instituto de Pesca, 37, 73-84.

Nogueira, A. C., & Rodrigues, T. (2007). Criação de tilápia em tanque rede. Salvador: Sebrae. http://www.almanaquedocamp o.com.br/imagens/files/Tilapia%20tanque%20rede%20sebrae.pdf.

Oladejo, A. J. (2010). Economic analysis of small-scale catfish farming in Ido Local Government Area of Oyo State, Nigeria. Agricultural Journal, 5, 318-321.

Ostrensky, A., & Boeger, W. (1998). Piscicultura: fundamentos e técnicas de manejo. Agropecuária.

Pereira-Filho, M. (1995). Alternativas para a alimentação de peixes em cativeiro. In: Val, A. L., & Honczaryk, A. (eds). Criando peixes na Amazônia. Manaus: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, 75-82.

Piaia, R., & Baldisserotto, B. (2000). Densidade de estocagem e crescimento de alevinos de jundiá Rhamdia quelen (Quoy & Gaimard, 1824). Ciência Rural, 30, 509 513.

Queiroz, J. F. & Rotta, M. A. (2016). Boas Práticas de Manejo para Piscicultura em Tanques-Rede. Circular Técnica EMBRAPA, 26.

Rahman, M. T., Nielsen, R., Khan, M. A., & Ankamah-Yeboah, I. (2019). Impact of management practices and managerial ability on the financial performance of aquaculture farms in Bangladesh. Aquaculture Economics & Management, 24(1), 79-101.

Ribeiro-Neto, T. F., Silva, A. H. G., Guimarães, I. M., & Gomes, M. V. T. (2016). Piscicultura familiar extensiva no baixo São Francisco, estado de Sergipe, Brasil. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, 4(1), 62-69.

Rodrigues, A. P. O., Lima, A., Alves, A., Rosa, D., Torati, L., & Santos, V. (2013). Piscicultura de água doce: multiplicando conhecimentos. EMBRAPA.

Salaro, A. L., Luz, R. K., Nogueira, G. C. C. B., Reis, A., Sakabe, R., & Lambertucci, D. M. (2003). Diferentes densidades de estocagem na produção de alevinos de trairão (Hoplias cf. lacerdae). Revista Brasileira de Zootecnia, 32(5), 1033-1036.

Sandoval Junior, P. (2010). Manual de criação de peixes em tanques-rede codevasf. Recuperado de https://www.codevasf.gov.br/noticias/2006/manual-de-criacao-de-peixes-em-tanques-rede.

Silva, L. J. S., Pinheiro, J. O. C., Crescêncio, R., Carneiro, E. F., Pereira, B. P., & Brito, V. F. S. (2018). Tecnologia e desenvolvimento rural: aspectos do cultivo de tambaqui no município de Rio Preto da Eva, AM. Revista Terceira Margem Amazônia, 3(10), 170-196.

Silva, O. L. L., Joele, M. R. S. P., & Lima, S. C. G. (2017). Boas Práticas de Fabricação na Agricultura Familiar. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas.

Sipaúba-Tavares, L. H., Millan, R. N., & Milstein, A. (2016). Limnology of an integrated cage-pond aquaculture farm. Acta Limnologica Brasiliensia, 28(1).

Teixeira, R. N. G. (1997). Criação de Tambaqui. Belém: EMBRAPA - Embrapa Amazônia Oriental. https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/375236.

Ushizima, T. T., Tavares, A.L. A., Pereira, A. A., Silva, D. A., & Martvi, P. H. C. (2016). Manual de boas práticas de produção em piscicultura. Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento em Aquacultura Nutrizon Alimento LTDA. Manaus - AM: Nutrizon Filial Manaus, 49. https://nutrizon.com.br/files/Manual_BPP.pdf.

Zacardi, D. M., Lima, M. A. S., Nascimento, M. M., & Zanetti, C. R. M. (2017). Caracterização socioeconômica e produtiva da aquicultura desenvolvida em Santarém, Pará. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, 5(3), 102-112.

Zaniboni Filho, E. (1997). O desenvolvimento da piscicultura brasileira sem a deterioração da qualidade da água. Revista Brasileira de Biologia, 57, 3-9.

Downloads

Published

01/01/2021

How to Cite

SILVA, F. N. L. da; SILVA, O. L. L. .; MENDONÇA, R. C. .; QUADROS, M. L. A. de .; OLIVEIRA, L. C. de .; OLIVEIRA, L. A. de A. .; MACEDO, A. R. G. .; SILVA, J. P. P. da .; COSTA, F. P. .; PEREIRA, A. S. .; PAES, A. C. . Checklist application to evaluate good management practices in aquaculture. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e0310110296, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.10296. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/10296. Acesso em: 22 jan. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences