Good practices in Distance Education and success in a Pedagogy class

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i8.1035

Keywords:

Higher Education; Distance Disciplines; Own Evaluation Committee; Action research.

Abstract

Distance Education (EAD) continues to expand in Brazilian Higher Education. A recent measure by the Ministry of Education has increased the possibility of increasing distance learning courses from 20% to 40% in face-to-face courses, provided that institutions and courses comply with legal standards. The distance education is an educational modality in which not all the students adapt since it presupposes the student's autonomy in the search and construction of the knowledge, through didactic material and the methodology of the disciplines in promoting the participation of the student in the proposed activities . The question is whether there are ways to overcome the difficulties of this modality? The objective of the present study is to present a study in a distance discipline in which difficulties initially occur in the educational process and these are worked through good practices. A work of research-action is carried out in a discipline of scientific methodology of a Pedagogy course in the southeast region in which the implementation of 20% of EAD was initiated. Initially it is detected the existence of learning difficulties detected by the Evaluation Committee of the students of the course. There is a collaborative work that results in a change in the way of work. It is verified that the students improve their school performance showing that there are cases in which it is possible to improve the learning and satisfaction of the students in this modality.

References

Basso, A. (2017). Avaliando em matemática através de rubricas. In: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação. IV Seminário Internacional de Representações Sociais, Subjetividade e Educação – SIRSSE e, VI Seminário Internacional pela Profissionalização Docente – (SIPD, Cátedra UNESCO). Formação de professores: contextos e sentidos práticos. Curitiba-PR 28 a 31 de agosto de 2017. Disponível em: <http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/24029_11960.pdf>. Acesso em: 20 maio 2019.

Biagiotti, L.C.M. (2005). Conhecendo e aplicando rubricas em avaliações. In: 12º Congresso Internacional de Educação a Distância da ABED 2005. Florianópolis/SC. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/007tcf5.pdf>. Acesso em 21 maio 2019.

Boghi, C., Shitsuka, R., Shitsuka, D. M. (2019). Um estudo da possibilidade da minimização da evasão na educação a distância apoiada por terapia alternativa. Research, Society and Development. 8(1):1-15. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i1.567.

Brasil (2004). Lei n.10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências.

Brasil. (2012). Guia de boas práticas em contratação de soluções de tecnologia da informação. Publicado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). TCU, Brasília.

Brasil. (2016). Portaria n. 1134, de 10 de outubro de 2016. Portaria dos 20%.

Brasil. (2018). Portaria n. 1.428, de 28 de dezembro de 2018. Dispõe sobre a oferta, por Instituições de Educação Superior - IES, de disciplinas na modalidade a distância em cursos de graduação presencial.

Carvalho, H. A., Oliveira, O. S., Lima, I.A. (2018). Avaliação Institucional em uma universidade pública brasileira multicampus: processos e desafios na qualificação da gestão. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, 23(1):217-243, mar. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/aval/v23n1/1982-5765-aval-23-01-00217.pdf>. Acesso em: 20 maio 2019.

Ludke, M.; André, M. E. D. A. (2013). Pesquisas em educação: uma abordagem qualitativa. 2.ed. Ed. EPU, São Paulo/SP.

Mirshawka, V. &; Mirshawka Jr., V. (2002). O boom da educação. DVS, São Paulo/SP.

Pereira, A.S.; Shitsuka, D.M.; Parreira, F.J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Ed. UAB/NTE/UFSM, Santa Maria/RS.

Risemberg, R. I. C. S., Shitsuka, R., Tavares, O.L. (2015). Un Estudio de Caso de Reconocimiento de Patrones en los Textos Colectivos en el Ciberespacio Mediante la Herramienta Wiki en Cursos a Distancia de Pregrad. Dialogos de la Comunicacion. Felafacs. 91(2). Disponível em: <http://dialogosfelafacs.net/wp-content/uploads/2015/09/Dialogos91_UN_ESTUDIO_DE_CASO_DE_RECONOCIMIENTO_DE_PATRONES_EN_LOS_TEXTOS-.pdfhttp://dialogosfelafacs.net/wp-content/uploads/2015/09/Dialogos91_UN_ESTUDIO_DE_CASO_DE_RECONOCIMIENTO_DE_PATRONES_EN_LOS_TEXTOS-.pdf >. Acesso em: 21 maio 2019.

Severino, A. J. (2016). Metodologia do trabalho científico. 24ed. Ed. Cortez, S.Paulo/SP.

Shitsuka, R. & Shitsuka, D.M. (2018). Formação de tutores para atuar na disciplina de LIBRAS em um curso de graduação a distância: um estudo de caso. Paidea – Revista Ciêntifica de Educação a Distancia. 10(17), jan. 2018. Disponível em: <http://periodicos.unimesvirtual.com.br/index.php?journal=paideia&page=article&op=view&path[]=807&path[]=714>. Acesso em: 21 maio 2019.

Silva, P. C. D., Shitsuka, R. & Paschoal, P. A. G. (2014). Afetividade nas interações em AVA: um estudo sobre a interação na educação a distância. RBAAD da ABED, 14(1):12-20. Disponível em: <http://www.abed.org.br/revistacientifica/_Brazilian/2015/01_AFETIVIDADE_NAS_INTERACOES.pdfhttp://www.abed.org.br/revistacientifica/_Brazilian/2015/01_AFETIVIDADE_NAS_INTERACOES.pdf >. Acesso em: 20 maio 2019.

Tenório, A., Costa, M. F. A. C. & Tenório, T. (2016). A influência da empatia como competência socioafetiva na atuação de tutores a distância. RBAAD da ABED, 15(1):11-22. Disponível em: <http://www.abed.org.br/revistacientifica/_Brazilian/2016/01_Influencia_da_competencia.pdfhttp://www.abed.org.br/revistacientifica/_Brazilian/2016/01_Influencia_da_competencia.pdf >. Acesso em: 21 maio 2019.

Thiollent, M. (2011). Metodologia da pesquisa-ação. Ed. Cortez, São Paulo/SP.

Vergara, S. C. (2007). Estreitando relacionamentos na educação a distância. Cadernos EBAPE.BR, 5(spe), 01-08. https://dx.doi.org/10.1590/S1679-39512007000500010

Zamlutti, M. E. M. (2006). Uma análise do surgimento da educação a distância no contexto sóciopolítico brasileiro do final da década de 30 e início da década de 40. Tese (Doutorado) Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Campinas, SP.

Published

30/05/2019

How to Cite

SHITSUKA, R.; SHITSUKA, D. M.; SCHEIBEL, M. F.; AREDES, A. P. J.; SHITSUKA, C. D. W. M.; BRITO, M. L. de A. Good practices in Distance Education and success in a Pedagogy class. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 8, p. e01881035, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i8.1035. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1035. Acesso em: 24 sep. 2021.

Issue

Section

Education Sciences