Women's health: Preventive measures for cervical cancer

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.10503

Keywords:

Women's health; Cervix; Primary prevention.

Abstract

The study aims to understand the risk factors for cervical cancer, and to describe preventive measures for the disease. It is an integrative literature review, with a qualitative approach, carried out by searching for articles indexed in the Virtual Health Library (VHL), with the help of the following databases: Scientific Electronic Library Online (SCIELO), National Center for Biotechnology Information (PUBMED), Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences (LILACS). The inclusion criteria include literature review surveys available in the databases described, between the years 2010 to 2020. As exclusion criteria, articles were not considered for monetary compensation, incomplete and not converging with this study. For data collection, 10 articles and 02 studies referring to health entities were analyzed. The results show that the risk factors for cervical cancer include the early onset of sexual practices, multiple intimate partners, infectious and reactive conditions, active and passive smoking, prolonged use of oral contraceptives, and nutritional deficiencies. We conclude the importance of the perception of health professionals working in Primary Health Care units, facing the guidelines regarding preventive measures for uterine cancer, aiming to promote welcoming care practices, and a qualified perception to meet this demand, enabling the initial reception, comprehensive, assistance and humanized monitoring.

References

Amaral, M. S., Gonçalves, A. G., & Silveira, L. C. G. (2017). Prevenção do câncer de colo de útero: a atuação do profissional enfermeiro nas unidades básicas de saúde. Revista Científica FacMais, 8(1).

Brandão, A. M. R., de Andrade, F. W. R., & de Olivindo, D. D. F. (2020). Atuação do enfermeiro da estratégia da saúde da família no manejo da mulher com resultado de colpocitologia alterado. Research, Society and Development, 9(10), e5899108962-e5899108962.

Brasil. (2004). Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: princípios e diretrizes / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2016). Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: princípios e diretrizes / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – Brasília: Ministério da Saúde.

Carvalho, B. G., Domingos, C. M., & Leite, F. S. (2015). Integralidade do cuidado no Programa de Controle do Câncer de Colo Uterino: visão das usuárias com alteração na citologia oncótica. Saúde Debate, 39(106):707-717.

Conceição, J. P. S., Medeiros, M. M. S., Rodrigues, L. M. S., Bráz, M. R., Balbino, C. M., & Silvino, Z. R. (2017). O conhecimento do enfermeiro sobre a prevenção do câncer de colo de útero na atenção básica. Revista Enfermagem Atual In Derme, 2017.

Ercole, F. F., Melo, L. D., & Alcoforado, C. L. G. C. (2014). Revisão integrativa versus revisão sistemática. Rev Min Enferm, 18(1), 9-12.

Instituto Nacional de Câncer (2017). Controle do câncer do colo do útero: Fatores de risco. INCA; Ministério da Saúde, 2017.

Lopes, V. A. S., & Ribeiro, J. M. (2019). Fatores limitadores e facilitadores para o controle do câncer de colo de útero: uma revisão de literatura. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v.24, n.9.

Melo, M. C. S. C., Vilela, F., de Oliveira Salimena, A. M., & de Oliveira Souza, I. E. (2012). O enfermeiro na prevenção do câncer do colo do útero: o cotidiano da atenção primária. Revista Brasileira de Cancerologia, 58(3), 389-398.

Mendes, Y. L. C., de Mesquita, K. O., & Lira, R. C. M. (2015). Prevenção do câncer de colo uterino: analisando a atuação do enfermeiro da atenção primária à saúde. SANARE-Revista de Políticas Públicas, 14(2).

Oliveira, M. M., Andrade, S. S. C. A., Oliveira, P. P. V., Silva, G. A. Silva, M. M. A., Malta, D. C. (2018). Cobertura de exame Papanicolaou em mulheres de 25 a 64 anos, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde e o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia. 21.

Ramos, A. L., da Silva, D. P., Machado, G. M. O., Oliveira, E. N., & dos Santos Lima, D. (2014). A atuação do enfermeiro da estratégia saúde da família na prevenção do câncer de colo de útero. SANARE-Revista de Políticas Públicas, 13(1).

Rosa, W. A. G., Labate, R. C. (2005). Programa Saúde da Família: A Construção de um Novo Modelo de Assistência. Rev. Latinoam Enfer. São Paulo, 2005.

Sementille, E. C., & Queiroz, F. C. (2013). Atuação do enfermeiro na saúde da mulher: prevenção do câncer do colo do útero. Ensaios e Ciência, 17(1).

Soares, M. C., Meincke, S. M. K., Mishima, S. M., Simino, G. P. R. (2010). Câncer de colo uterino: caracterização das mulheres em um município do sul do Brasil. Esc Anna Nery Rev Enf. jan/mar; 14 (1): 90-96.

Souza, S. A. N., Souto, G. R. & Santos, M. W. L., (2020). Assistência da enfermagem relacionada ao câncer uterino. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 3(6), 04-11.

Tanaka, E. Z., Kamizaki, S. S., Quintana, S. M., Pacagnella, R. C., Surita, F. G. (2019). Knowledge of pregnant adolescents about humanpapillomavirus. Rev Bras Ginecol Obstet. 41(5): 291-297.

Torre, L. A., Bray, F., Siegel, R. L., Ferlay, J., Lortet-Tieulent, J., Jemal A. (2015). Global cancer statistics, 2012. CA Cancer J Clin. 65(2):87-108.

Toye, M. A., Okunade, K. S., Roberts, A. A., Salako, O., Oridota, E. S., Onajole, A. T. (2017). Knowledge, perceptions and practice of cervical cancer prevention among female public secondary school teachers in Mushin local government area of Lagos State, Nigeria. Pan Afr Med J. 10(28) ,221.

Zhang, S., Batur, P. (2019). Human papillomavirus in 2019: An update on cervical cancer prevention and screening guidelines. Cleveland Clinic Journal of Medicine, 86(3).

Published

20/01/2021

How to Cite

ALVES, R. S. S.; SOUSA , F. L. L. de; LEITE, A. C.; SILVA, M. P. B.; SILVA, L. de L.; SILVA, J. M. da; SILVA, L. A. C. da; MARTINS, I. M.; FONSECA, R. M. .; SILVA, L. da C.; MEDEIROS, G. F.; SAMPAIO, B. C. A. B.; SANTOS, J. F. dos; SOUZA, R. D. .; ARAÚJO, L. V. F. de. Women’s health: Preventive measures for cervical cancer. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e32610110503, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.10503. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/10503. Acesso em: 1 mar. 2021.

Issue

Section

Health Sciences