Public Policies for Elderly Health in Brazil: Integrative Review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.10804

Keywords:

Aged; Health Promotion; Geriatrics; Public Policies; Quality of life.

Abstract

The aim of this article is to analyze from the publications contained in the main databases of da-dos in the period from 2010 to 2020, the configuration that health policy has implemented actions and programs directed at the elderly population in Brazil. Integrative literature review, with data collection in March 2020, in the databases: Cumulative Index to Nursing and Alli-ed Health Literature, Nursing Database, Scientific Electronic Library Online, National Library of Medicine of the United States, Journal Portal of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel, Scopus and Minerva of the Federal University of Rio de Janeiro. Thematic categorization was used for data analysis and interpretation. Twenty-six articles were selected, whose analyses allowed the construction of three theme-cas categories: Implementation of the health policy of the healthy person; Evaluation of health policies by the elderly and health professionals and; Evaluation of programs and services aimed at the older population. Therefore, it is difficult to apply the measures recommended in public polylithium-cas for the health of the elderly, due to the lack of knowledge by health professionals.

References

Abreu, S. F. D. (2013). Grupo musical: uma estratégia de promoção da saúde para o envelhe-cimento ativo: contribuições par a enfermagem gerontogeriátrica. UFRJ, Recuperado em 20 de março, 2020, http://objdig.ufrj.br/51/dissert/816337.pdf

Alcântara, A. D. O. O., Camarano, A. A. O., & Giacomin, K. C. O. (2016). Política Nacional do Idoso: velhas e novas questões. IPEA, Recuperado em 20 de fevereiro, 2020, http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/7253

Andrade, F. B. D., Ferreira Filha, M. D. O., Dias, M. D., Silva, A. O., Costa, I. D. C. C., Li-ma, É. A. R. D., & Mendes, C. K. T. T. (2010). Promoção da saúde mental do idoso na aten-ção básica: as contribuições da terapia comunitária. Texto & Contexto-Enfermagem, 19(1), 129-136.

Assis, A. S. D., & Castro-Silva, C. R. D. (2018). Agente comunitário de saúde e o idoso: visi-ta domiciliar e práticas de cuidado. Physis: Revista de Saúde Coletiva, 28, e280308.

Bonatelli, L. C. S., Schier, J., Girondi, J. B. R., Hammerschmidt, K. S. D. A., & Tristão, F. R. (2018). Centro-dia: uma opção no atendimento da pessoa envelhecente com deficiência inte-lectual. Saúde em Debate, 42, 669-675.

Brasil/ Ministério da Saúde (2006). Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Ministério da Saúde, Recuperado em 14 de fevereiro, 2020, https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt2528_19_10_2006.html

Constituição da República Federativa do Brasil. (1988). Brasília: Senado. Recuperado em 20 de fevereiro, 2020, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

Costa, M. F. B. N. A. D., & Ciosak, S. I. (2010). Atenção integral na saúde do idoso no Pro-grama Saúde da Família: visão dos profissionais de saúde. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 44(2), 437-444.

Damaceno, M. J. C. F., & Chirelli, M. Q. (2019). The implementation of Senior Health care in the Family Health Strategy: the View of Professionals and Managers. Ciência & Saúde Coleti-va, 24, 1637-1646.

Ercole, F. F., Melo, L. S. D., & Alcoforado, C. L. G. C. (2014). Revisão integrativa versus revisão sistemática. Revista Mineira de Enfermagem, 18(1), 9-12.

Fechine, B. R. A., & Trompieri, N. (2015). O processo de envelhecimento: as principais altera-ções que acontecem com o idoso com o passar dos anos. InterSciencePlace, 1(20).

Fernandes, M. T. D. O., & Soares, S. M. (2012). The development of public policies for elder-ly care in Brazil. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 46(6), 1494-1502.

Freitas, C. A. S. L., & Teófilo, T. J. S. (2010). Avaliação construtivista, sob uma abordagem integradora e intersetorial, das ações do Projeto Disque Idoso em Sobral (CE, Brasil). Ciência & Saúde Coletiva, 15(6), 2825-2833.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2018). Projeção da população 2018: número de habitantes do país deve para de crescer em 2047. IBGE, Recuperado em 14 de fevereiro, 2020, https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/

Lima, T. J. V. D., Arcieri, R. M., Garbin, C. A. S., & Moimaz, S. A. S. (2010). Humanização na atenção à saúde do idoso. Saúde e Sociedade, 19(4), 866-877.

Limoeiro, B. C. (2017). Uma sociedade para todas as idades: Centro Dia e Centro de Convi-vência para idosos em Campo Grande| Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Gramma.

Magalhães, F. G., Goulart, R. M. M., & Prearo, L. C. (2018). The impact of a nutrition inter-vention program targeting elderly people with chronic kidney disease. Ciencia & saude coleti-va, 23, 2555-2564.

Medeiros, P. A. D., Streit, I. A., Sandreschi, P. F., Fortunato, A. R., & Mazo, G. Z. (2014). Participação masculina em modalidades de atividades físicas de um Programa para idosos: um estudo longitudinal. Ciência & Saúde Coletiva, 19, 3479-3488.

Miranda, G. M. D., Mendes, A. D. C. G., & Silva, A. L. A. D. (2016). Population aging in Brazil: current and future social challenges and consequences. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 19(3), 507-519.

Nogueira, I. S., & Baldissera, V. D. A. (2018). Continuing Health Education in elderly care: difficulties and facilitators of the Family Health Support Center. Escola Anna Nery, 22(2).

Nogueira, I. S., Labegalini, C. M. G., Carreira, L., & Baldissera, V. D. A. (2018). Local health planning: care of the elderly versus Permanent Health Education. Acta Paul Enferm., 31(5), 550-557.

Oliveira, D. C. D., & Silva, E. M. (2012). Cuidado ao idoso em Campinas-SP: estudo qualita-tivo com gestores e representantes políticos. Revista Brasileira de Enfermagem, 65(6), 942-949.

Pedraza, D. F., Nobre, A. M. D., Albuquerque, F. J. B. D., & Menezes, T. N. D. (2018). Aces-sibilidade às Unidades Básicas de Saúde da Família na perspectiva de idosos. Ciência & Saú-de Coletiva, 23, 923-933

Poltronieri, B. C., Souza, E. R. D., & Ribeiro, A. P. (2019). Violência e direito ao cuidado nas políticas públicas sobre instituições de longa permanência para idosos. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, 23, e180124.

Romero, D. E., Castanheira, D., Marques, A. P., Muzy, J., Sabbadini, L., & Silva, R. S. D. (2018). Metodologia integrada de acompanhamento de políticas públicas e situação de saúde: o SISAP-Idoso. Ciência & Saúde Coletiva, 23, 2641-2650.

Salin, M. D. S., Mazo, G. Z., Cardoso, A. S. A., & Garcia, G. D. S. (2011). Atividade física para idosos: diretrizes para implantação de programas e ações. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 14(2), 197-208.

Silva D.A.D.C.S. (2016). Efeitos do programa de atividade física das academias da terceira idade sobre a aptidão física de idosos. UFRJ, Recuperado em 22 de março, 2020, http://objdig.ufrj.br/50/teses/m/CCS_M_863513.pdf

Souza, E.R & Correia, B. S. C. Construction of indicators for assessing the policy of reducing accidents and violence for the elderly care. 2010. Ciência & Saúde Coletiva, 2753-62.

Souza, M. S., & Machado, C. V. (2018). Governança, intersetorialidade e participação social na política pública: o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa. Ciência & Saúde Cole-tiva, 23, 3189-3200.

Takahashi, F. G. M., & Alves, V. P. (2015). Imagens representacionais das políticas públicas à educação e à saúde, no imaginário de um grupo de idosos da comunidade Quilombola− Ka-lunga, de Monte Alegre de Goiás. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 23(88), 567-591.

Torres, K. R. B. D. O., Luiza, V. L., & Campos, M. R. (2018). A educação a distância no con-texto da política nacional de saúde da pessoa idosa: estudo de egressos. Trabalho, Educação e Saúde, 16(1), 337-360.

Zen, D., Leite, M. T., Hildebrandt, L. M., Silva, L. A. A. D., & Sand, I. C. P. V. D. (2018). Policies of attention to the elderly according to the voice of the municipal managers of health. Revista Gaúcha de Enfermagem, 39.

Published

07/01/2021

How to Cite

SOUZA, V. M. F. de; CAMACHO, A. C. L. F.; MENEZES, H. F. de; SILVA, M. A. P. da; THIMÓTEO, R. da S.; SILVA, R. P. Public Policies for Elderly Health in Brazil: Integrative Review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e20010110804, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.10804. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/10804. Acesso em: 27 jan. 2021.

Issue

Section

Health Sciences