Educators continuing education: reflections on the conceptions expressed by municipal teachers from Soledade, RS

Authors

  • Vitor Malaggi Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Débora dos Santos Berté Universidade de Passo Fundo
  • Sofia Bins Agosti Prefeitura Municipal de Soledade/RS
  • Ádria Brum de Azambuja Prefeitura Municipal de Soledade/RS
  • Juliano Tonezer da Silva Universidade de Passo Fundo

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v6i2.112

Keywords:

continuing education; pedagogical praxis; public policies in education.

Abstract

This article has as main goal to analyze the municipal teachers’ conceptions from Soledade, RS regarding the continuing education. To this purpose, Municipal Department of Education, Culture and Sport performed an exploratory research type in the year 2013. Constituted as a case study, the research aforementioned aimed at subsidizing the construction of public policies for the continuing education. Qualitative data were gathered from the municipal teachers, by means of a standardized questionnaire and descriptive assessments, in the context of the system continuing education meetings and municipal step of the 2nd National Conference on Education. The content analysis performed on the data gathered, subsidized in authors such as Paulo Freire and Elli Benincá, allowed to understand that, according to the municipal teachers’ general understanding, continuing education is synonymous of procedural actions that must be effected in schools and within the weekly work shift.  Moreover, the teachers made explicit a preference for continuing education by means of pedagogical workshops, in order to fulfill the issues regarding the methodological-didactic dimension. In this sense, another point that arises with strength in the speeches regards to the centrality of practice, to the detriment of the pedagogical theory: the "know-how-to-do" is the main goal that must guide the continuing education activities. In conclusion, the construction of continuing education as a critical reflection on practice, in order to problematize the educational phenomenon in its multiple determinations, poses itself as a central challenge to the Municipal System of Education in Soledade, RS.

Author Biographies

Vitor Malaggi, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professor efetivo do Centro de Educação a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina (CEAD/UDESC). Possui graduação em Ciência da Computação e Pós-Graduação em Educação (stricto sensu), ambos os cursos realizados pela Universidade de Passo Fundo (UPF), sendo o Mestrado Acadêmico como Bolsista Capes pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU/UPF). Atualmente também é graduando em Pedagogia - Licenciatura Plena EAD (2012), pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tem experiência profissional nas áreas de Informática na Educação, Inclusão Digital e Teorias Pedagógicas. Interesses de Ensino, Pesquisa e Extensão estão focalizados nas relações entre Pedagogia Libertadora Freiriana e Inclusão Digital em contextos educativos, tanto formais quanto não-formais. Também pesquisou e realizou extensão como bolsista nos seguintes temas: TV Digital na Educação (Bolsa CNPq - SET-6B), Objetos de Aprendizagem (Bolsa FAPERGS - Iniciação Científica), Telecentros Comunitários e Software Livre (Bolsa Pibic/UPF), Educação de Jovens e Adultos (Bolsa CREFAL-UPF).

Débora dos Santos Berté, Universidade de Passo Fundo

Esp. Educação Inclusiva

Assessora Pedagógica

Sofia Bins Agosti, Prefeitura Municipal de Soledade/RS

Especialista em Gestão Ambiental
Assessora Pedagógica

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto de Soledade-RS

Ádria Brum de Azambuja, Prefeitura Municipal de Soledade/RS

Esp. Supervisão Escolar

Diretora Municipal de Educação, Cultura e Desporto de Soledade-RS

Juliano Tonezer da Silva, Universidade de Passo Fundo

Professor e pesquisador

Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências

Instituto de Ciências Exatas e Geociências - ICEG

Universidade de Passo Fundo - UPF

References

ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BENINCÁ, Elli; MÜHL, Eldon Henrique (Org.). Educação: práxis e ressignificação pedagógica. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2010.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Seção I, p. 27834-27841.

CONTRERAS, José. A autonomia de professores. São Paulo: Cortez, 2002.

DUARTE, Newton. O debate contemporâneo das teorias pedagógicas. In: DUARTE, Newton; MARTINS, Lígia Márcia (Orgs.). Formação de professores. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. p. 33-50.

DUARTE, Newton. Conhecimento tácito e conhecimento escolar na formação do professor (por que Donald Schön não entendeu Luria). Educ. Soc., Campinas, v. 24, n. 83, p. 601-625, agosto 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v24n83/a15v2483.pdf>. Acesso em: 21 de ago. 2017.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pedagogia como ciência da educação. 2. ed. rev. ampl. São Paulo: Cortez, 2008

FREIRE, Paulo. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação?. São Paulo: Paz e Terra, 1977.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 31 ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 50 ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho d'Água, 1993.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

FUSARI, José Cerchi; RIOS, Terezinha Azevedo. Formação continuada dos profissionais do ensino. Cadernos Cedes, Campinas, n. 36, 1995.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4. ed. São Paulo, Atlas, 1994.

HYPOLITTO, Dinéia. Formação permanente: análise de termos. Integração pesquisa, ensino e extensão, v. 1, n. 21, p. 101-103, maio de 2000. Disponível em: <http://www.usjt.br/prppg/revista/integracao/integracao_21.php>. Acesso em: 21 de ago. 2017.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. 3.ed. São Paulo: Loyola, 1986.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar, Curitiba, n. 17, p. 153-176, 2001. Disponível em: <http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs/index.php/educar/article/download/2074/1726>. Acesso em: 21 de ago. 2017.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1996.

MARIN, Alda Junqueira. Educação Permanente: introdução a uma análise de termos e concepções. Cadernos Cedes, Campinas, n. 36, 1995.

MARTINS, Lígia Márcia. O legado do século XX para a formação de professores. In: DUARTE, Newton. MARTINS, Lígia Márcia (Orgs.). Formação de professores: .... São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. p. 13-32.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 23ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

MORAES, Maria Célia M. de. Recuo da teoria: dilemas na pesquisa em educação. Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 14, n. 1, p. 7-25, 2001. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=37414102>. Acesso em: 21 de ago. 2017.

PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Evandro (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002.

SCHÖN, Donald. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, Antonio (Org.). Os professores e a sua formação. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 79-91.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Formação e atuação dos professores: dos seus fundamentos éticos. In: Ética e formação de professores: políticas, responsabilidade e autoridade em questão. São Paulo: Cortez, 2011.

SILVA, Maria Aparecida de Oliveira. Formação continuada: um olhar diferenciado. 2002. 154 f. Dissertação (Mestrado em Educação), Centro de Ciências da Educação, Universidade de Regional de Blumenau, Blumenau, 2002.

SOLEDADE. Lei municipal nº 2.841/2003 de 11 de dezembro de 2003. Reestrutura o Plano de Carreira Público Municipal. Soledade-RS: Câmara Municipal de Vereadores, 2003.

SOLEDADE. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO - SMECD. Relatório de atividades 2013: percepções, desafios e realizações. Soledade, RS, v. 1. 2013. 83 p.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Filosofia da práxis. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1977.

ZEICHNER, Kenneth M. Uma análise crítica sobre a “reflexão” como conceito estruturante na formação docente. Educ. Soc., Campinas, v. 29, n. 103, p. 535-554, maio/ago. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v29n103/12.pdf>. Acesso em: 21 de ago. 2017.

Published

12/10/2017

How to Cite

MALAGGI, V.; BERTÉ, D. dos S.; AGOSTI, S. B.; AZAMBUJA, Ádria B. de; SILVA, J. T. da. Educators continuing education: reflections on the conceptions expressed by municipal teachers from Soledade, RS. Research, Society and Development, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 98-130, 2017. DOI: 10.17648/rsd-v6i2.112. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/112. Acesso em: 20 oct. 2021.

Issue

Section

Articles