Evaluation of the services offered by the Family Health Strategy (ESF) in a municipality in southern Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11409

Keywords:

Unified Health System; Health Services Accessibility; Integrality in Health; Family health strategy.

Abstract

This study aimed to evaluate the services offered in a Family Health Strategy (FHS) in the city of Santo Ângelo (RS). For this, an observational research was carried out between October 2019 and March 2020, by the members of the Education through Work for Health Program (PET-Saúde-Interprofessionality), with 156 participants. Attributes were assessed using the Primary Care Assessment instrument adapted to the local reality (adapted PCA-Tool). Among the interviewees, the attributes that showed positive relevance were degree of affiliation, with 87.6% of the participants looking for FHS in their neighborhood. The longitudinality, with a score of 8.9, coordination-information system with a score of 9.3, integration of care with a score of 8.8 and services available in the unit with 8.2, were the best rated items. The low results were: accessibility with a score of 6.9, services provided and community guidance, both with average scores 5.7. The overall score for the evaluation of all attributes was 7.7. It was evidenced that the FHS performs well in several analyzed attributes. However, with regard to community orientation, integrality and services provided, it has some flaws, highlighting the need for a change in strategies, focusing more on guidelines aimed at the family and community.

References

Alencar, M. N., Coimbra, L. C., Morais, A. P. P., Silva, A. A. M., Pinheiro, S. R. A., & Queiroz, R. C. S. (2014). Evaluation of the family focus and community orientation in the Family Health Strategy. Ciênc Saúde Coletiva, 19 (2), 353-64. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014192.08522012.

Arantes L. J., Shimizu H. E., & Merchán-Hamann, E. (2016). Contribuições e desafios da Estratégia Saúde da Família na Atenção Primária à Saúde no Brasil: revisão da literatura. Ciênc Saúde Coletiva, 21 (5), 1499-510. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015215.19602015.

Araujo Filho, A. C. A., Nadabe e Silva, A., Ribeiro, M. G. C., Rocha, S. S., Andrade, A. M. L. R., & Nogueira, L. T. (2019). Avaliação da Atenção Primária à Saúde sob a ótica de cuidadores de crianças: revisão integrativa. Rev esc enferm USP, 1 (53), 27-35. http://dx.doi.org/10.1590/s1980-220x2018030003527

Castro, R. C. L., Knauth, D. R., Harzheim, E., Hauser, L., & Duncan, B. B. (2012). Avaliação da qualidade da atenção primária pelos profissionais de saúde: comparação entre diferentes tipos de serviços. Cad Saúde Pública, 28 (9), 1772-84. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000900015

Chomatas, E., Vigo, A., Marty, I., Hauser, L., & Harzheim, E. (2013). Avaliação da presença e extensão dos atributos da atenção primária em Curitiba. Rev Bras Med Fam Comunidade, 8 (29), 294-303. https://doi.org/10.5712/rbmfc8(29)828

Comes, Y., Trindade, J. S., Shimizu, H. E., Hamann, E. M., Bargioni, F., Ramirez, L., et al. (2016). Avaliação da satisfação dos usuários e da responsividade dos serviços em municípios inscritos no Programa Mais Médicos. Ciênc Saúde Coletiva, 21 (9), 2749-59. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015219.16202016

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (2015). A Atenção Primária e as redes de atenção à saúde [Internet]. Brasília: CONASS [citado 2020 jul 15]. https://www.conass.org.br/biblioteca/pdf/A-Atencao-Primaria-e-as-Redes-de-Atencao-a-Saude.pdf

Costa L. B. (2020). Avaliação da qualidade dos serviços públicos de atenção primária à saúde em Fortaleza-CE, 2020 [dissertação]. Fortaleza (CE): Universidade Federal do Ceará. http://repositorio.ufc.br/handle/riufc/50882#:~:text=B.-,Avalia%C3%A7%C3%A3o%20da%20qualidade%20dos%20servi%C3%A7os%20p%C3%BAblicos%20de%20aten%C3%A7%C3%A3o%20prim%C3%A1ria%20%C3%A0,2020.&text=O%20PCATool%20(Primary%20Care%20Assessment,partir%20da%20perspectiva%20do%20usu%C3%A1rio.

Daschevi, J. M., Tacla, M. T. G. M., Alves, B. A., Toso, B. R. G. O., & Collet, N. (2015). Avaliação dos princípios da orientação familiar e comunitária da atenção primária à saúde da criança. Semina: Ciênc Biol Saúde, 36 (1), 31-8. http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2015v36n1p31

Faria, R. M. (2014). A atenção primária, o território e as redes de atenção: intercambiamentos necessários para a integração das ações do sistema único de saúde (SUS) Em Minas Gerais, Brasil. Hygeia, 10 (19), 8-23. http://www.seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/26282.

Gonçalves, J. P. P., Batista, L. R., Carvalho, L. M., Oliveira, M. P., Moreira, K. S., & Leite, M. T. S. (2013). Prontuário Eletrônico: uma ferramenta que pode contribuir para a integração das Redes de Atenção à Saúde. Saúde Debate, 37 (96), 43-50. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-11042013000100006

Hollanda, E., Siqueira, S. A. V., Andrade G. R. B., Molinaro, A., & Vaitsman, J. (2012). Satisfação e responsividade em serviços de atenção à saúde da Fundação Oswaldo Cruz. Ciênc Saúde Coletiva, 17 (12), 3343-52.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2017). Pesquisa: habitantes municípios e estabelecimentos do SUS. Rio de Janeiro: IBGE. https://cidades.ibge.gov.br/

Kessler, M., Lima, S. B. S., Weiller, T. H., Lopes, L. F. D., Ferraz, L., Eberhardt, T. D., et al. (2019). Longitudinalidade do cuidado na atenção primária: avaliação na perspectiva dos usuários. Acta Paul Enferm, 32 (2), 186-93. https://doi.org/10.1590/1982-0194201900026

Kessler, M., Lima, S. B. S., Weiller, T. H., Lopes, L. P. D., Ferraz, L., & Thumé, E. (2018). A longitudinalidade na Atenção Primária à Saúde: comparação entre modelos assistenciais. Rev Bras Enferm. 71 (3), 1063-71. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0014

Matta, G. C., & Morosini, M. V. G. (2010). Atenção primária à saúde. In: Pereira, I. B., Lima, J. C. F. organizadores. Dicionário da educação profissional em saúde. Rio de Janeiro: EPSJV, 23-8. https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/25955

Ministério da Saúde (2009). Portaria nº 1.820, de 13 de agosto de 2009. Dispõe sobre os direitos e deveres dos usuários da saúde [Internet]. Diário Oficial da União, Brasília (DF), 13 ago 2009 [citado 2020 jul 13]. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2009/prt1820_13_08_2009.html

Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica (2010). Manual do instrumento de avaliação da atenção primária à saúde: primary care assessment tool, PCATool-Brasil. Brasília: Ministério da Saúde. http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/20200506_Pcatool_versao_preliminar_Final.pdf

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica (2007). Política Nacional de Atenção Básica [Internet]. (4a ed.) Brasília: Ministério da Saúde; 2007 [citado 2020 jul 15]. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_atencao_basica_4ed.pdf

Ministério da Saúde. Secretaria Executiva (2000). Sistema Único de Saúde (SUS): princípios e conquistas [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde [citado 2020 jul 15]. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/sus_principios.pdf

Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização (2004). Humaniza SUS: Política Nacional de Humanização: a humanização como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde [citado 2020 jul 15]. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/humanizasus_2004.pdf

Motizuki, L. A. C. (2016). Análise dos atributos da Atenção Primária através do Primary Care Assessment Tool (PCATool- Brasil) [dissertação]. Campo Grande (MS): Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. http://www.index-f.com/lascasas/documentos/lc0799.pdf

Nascimento, T. G., Pimentel, C. E., & Adaid-Castro, B. G. (2016). Escala de Atitudes frente à Arma de Fogo (EAFAF): Evidências de Sua Adequação Psicométrica. Psic: Teor Pesqui, 1 (32), 239-348. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-37722016000100239&script=sci_abstract&tlng=pt

Oliva, A. C. D., Moura, C. M. R., Lima, C. A., Costa, F. M., & Rocha, J. F. D. (2015). Avaliação dos atributos do cuidado primário de saúde na perspectiva do usuário. Rev Uniabeu, 8 (18), 196-208. https://revista.uniabeu.edu.br/index.php/RU/article/view/1750/pdf_191

Oliveira, M. M. C. (2007). Presença e extensão dos atributos da atenção primária à saúde entre os serviços de atenção primária em Porto Alegre: uma análise agregada [dissertação]. Porto Alegre (RS): Universidade Federal do Rio Grande do Sul. https://lume.ufrgs.br/handle/10183/12649

Oliveira, V. B. C. A. (2013). Avaliação da atenção primária à saúde da criança no município de Colombo – Paraná, 2012 [dissertação]. São Paulo (SP): Universidade de São Paulo. https://teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-22022013-125217/pt-br.php

Pereira, M. J. B., Abrahão-Curvo, P., Fortuna, C. M., Coutinho, S. S., Queluz, M. C., Campos, L. V. O., et al. (2011). Avaliação das características organizacionais e de desempenho de uma unidade de atenção básica à saúde. Rev Gaúcha Enferm., 32 (1), 48. https://doi.org/10.1590/S1983-14472011000100006

Reichert, A. P. S., Leônico, A. B. A., Toso, B. R. G., Santos, N. C. C. B., Vaz, E. M. C., Collet, N. (2016). Orientação familiar e comunitária na Atenção Primária à Saúde da criança. Ciênc Saúde Coletiva., 21 (1), 119-127. https://doi.org/10.1590/1413-81232015211.05682014

Reis, R. S., Coimbra, L. C., Silva, A. A. M., Santos, A. M., Britto-Alves, M. T. S. S., Santos, A. M., et al. (2013). Acesso e utilização dos serviços na Estratégia Saúde da Família na perspectiva dos gestores, profissionais e usuários. Ciênc Saúde Coletiva., 18 (11), 3321-3331. https://doi.org/10.1590/S1413-81232013001100022

Sala, A., Luppi, C. G., Simões, O., & Marsiglia, R. G. (2011). Integralidade e Atenção Primária à Saúde: avaliação na perspectiva dos usuários de unidades de saúde do município de São Paulo. Saúde Soc., 20 (4), 948-960. https://doi.org/10.1590/S0104-12902011000400012

Santos, N., Veiga, P., & Andrade, R. (2011). Importância da anamnese e do exame físico para o cuidado do enfermeiro. Rev Bras Enferm., 64 (2), 355-358. https://doi.org/10.1590/S0034-71672011000200021

Santos, R. P., Horta, P. M., Souza, C. S., Santos, C. A., Oliveira, H. B. S., Almeida, L. M. R., & Santos, L. C. (2012). Aconselhamento sobre alimentação e atividade física: prática e adesão de usuários da atenção primária. Rev Gaúcha Enferm., 1 (33), 14-21. https://doi.org/10.1590/S1983-14472012000400002

Silva, K. F. (2017). Pcatool-Brasil versão profissionais: avaliação do atributo acesso de primeiro contato na atenção primária à saúde em municípios do interior do Rio Grande do Sul [dissertação]. Santa Maria (RS): Universidade Federal de Santa Maria. https://repositorio.ufsm.br/handle/1/11940

Silva, M. F. F., Silva, E. M., Oliveira, S. L. S. S., Abdala, G. A., & Meira, M. D. D. (2018). Integralidade na atenção primária à saúde. Refacs., 1 (6), 394-400. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/mundo_saude/integralidade_antecao_saude_olhar_equipe.pdf

Souza, B. R., Tavares, J. B., Girard, C. C. P., & Ferreira, I. P. (2019). Avaliação da Atenção Primária à Saúde em uma estratégia saúde da família no interior do Pará: Utilização do PCATool-versão Brasil. APS Rev., 1 (2), 112-20. https://apsemrevista.org/aps/article/view/24

Starfield, B. (2002). Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia [Internet]. Brasília: UNESCO; Ministério da Saúde. https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/0253.pdf

Sullivan, K. M., Dean, A., & Soe, M. M. (2009). OpenEpi: A Web-based Epidemiologic and Statistical Calculator for Public Health. Public Health Rep., 124 (3), 471-474. https://doi.org/10.1177/003335490912400320

Vidal, T. B., Tesser, C. D., Harzheim, E., & Fontanive, P. V. (2018). Avaliação do desempenho da Atenção Primária à Saúde em Florianópolis, Santa Catarina, 2012: estudo transversal de base populacional. Epidemiol Serv Saúde., 27 (4), 504-517. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742018000400006.

Published

05/01/2021

How to Cite

OLIVEIRA, T. B. de .; ANDRADE, V. R. M. .; TEICHMANN, F. N.; MACHADO, T. M. T. .; BERNARDI , A. .; PIETROWSKI, K.; THOMAS, L. S. .; AJALA, E. R. .; ATUATI, S. F. .; ZAMBONI, F. L. .; WAGNER, T. L. .; BRUM, J. O. .; ANTUNES, A. R. .; ANDRADE, M. de; SOARES, N. V. .; GUIMARÃES, C. A.; ALVES, I. A. . Evaluation of the services offered by the Family Health Strategy (ESF) in a municipality in southern Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e13310111409, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11409. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11409. Acesso em: 16 jan. 2021.

Issue

Section

Health Sciences