The importance of hygienic and sanitary conditions in slaughterhouses: A literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11455

Keywords:

Meats; Contaminación; Safe food.

Abstract

Maintaining hygienic conditions during production is considered a key part in obtaining innocuous food. Meat products can be contaminated by microorganisms during handling and processing. After being contaminated, the meat offers conditions for microorganisms to multiply, becoming a potential to convey pathogenic bacteria and a threat to consumer health. The application of self-control programs such as good manufacturing practices, standard operating hygiene procedure and hazard analysis and critical control points are implemented to ensure the safety and quality of products. Therefore, it is relevant to evaluate the hygienic and sanitary conditions of the establishments through the use of the checklist and sample collection through the swab, and through the samples is performed the identification of indicator microorganisms such as aerobic mesophiles, enterobacteria and total coliforms, which will reflect the hygienic and sanitary conditions of the site and product.

References

Abreu, A. M. T., Clemente, A. K. V., Barros, Y. V. R., Ferreira Junior, G.C., & Souza, E. C. (2018). Análise dos surtos de origem alimentar notificados no Brasil no período de 2015 a 2017. Higiene Alimentar, [S.l.], 32(285), 28-32.

Abujamra, T., Junior, A. S. F., Prado, N. F. O., Ramirez-Fernadez, F. J., & Starikoff, K. R. (2017). Percepção dos consumidores em relação à segurança dos alimentos cárneos no município de Jataí-GO. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, 1(24), 9 16. https://doi.org/10.20396/san.v24i1.8648081

Alexandrino, S. L. de S. A., Santos, T. L. S., Moraes, R. C., Gonçalves, L. F., Paula, L. C. de., Silva, G. de S. e., Minafra, C. S., & Gomide, A. P. C. (2020). Qualidade, avaliação e tipificação de carcaças das principais espécies de interesse zootécnico: bovina, suína e aves. Research, Society and Development, [S. l.], 9(10), 1-25. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.8422.

Almeida, L., Walus, C., Bittencourt, J. M., & Picinin, C. T. (2017). Frequência de contaminação microbiológica em frigorífico. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, [S.l.], 11(1), 2314-31. https://doi.org/10.3895/rbta.v11n1.5162

Barreto, E. H. (2017). Controle da qualidade sanitária em frigorífico de suínos do Paraná. Dissertação de mestrado, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, PR, Brasil.

Bortoluzzi, D. S., Pavanelli, M. F., & Braga, L.S. (2017). Avaliação microbiológica de Salmonella spp. nos alimentos produzidos em um abatedouro de aves. Revista Iniciare, Campo Mourão, 2 (1), 10-20.

Brasão, S. C., Melo, R. T., Mendonça, E. P., Monteiro, G. P., & Rossi, D. A. (2019). Ação de diferentes sanitizantes em biofilmes de Salmonella Minnesota. Higiene Alimentar, [S.l.], 33 (288/289), 2251-55.

Brasil. (1995). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Portaria N° 711, Normas Técnicas de Instalações e Equipamentos para Abate e Industrialização de Suínos, de 1° de Novembro de 1995. Diário Oficial da União, Brasília, Sec. I, p. 17625.

Brasil. (1998). Portaria n.º 210 de 10 de novembro de 1998. Regulamento técnico da inspeção tecnológica e higiênico-sanitária de carne de aves. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 26 nov. 1998.

Brasil. (2018). Surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil. Ministério da Saúde. Secretária de Vigilância em Saúde. Coordenação geral de doenças transmissíveis. www.saude.gov.br/svs.

Cê, E. R. (2016). Influência das etapas do processo de abate de suínos na prevalência de patógenos e níveis de microrganismos indicadores de qualidade e higiene. Dissertação de Mestrado, Universidade Tecnológica Federal do Paraná Programa de Pós Graduação em Tecnologia de Alimentos, Londrina, PR, Brasil.

Costa, L. R. M. (2018). Relação entre a sujidade visual da pele de bovinos e contaminação microbiológica da carcaça em dois pontos da linha de abate em um abatedouro frigorífico de Uberlândia – MG. Trabalho de conclusão de curso (TCC) em Medicina Veterinária, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil.

Costa, P. H. G. (2017). Associação entre a sujidade da pele de bovinos e contaminação cruzada em um abatedouro-frigorífico da região do triângulo mineiro, Minas Gerais. Trabalho de conclusão de curso (TCC) em Medicina Veterinária, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil.

Dantas, R. P., Silva, E. V., Araújo, A. S., Paiva, Y. F., Sousa, T. C. A., & Neto, M. S. M. (2017). Avaliação das condições higiênico-sanitárias de frigoríficos do sertão paraibano. Revista Brasileira de Gestão Ambiental, Pombal, 11(2), 25-31.

Dias, I. C. L. (2012). Prevenção de zoonoses ocupacionais em abatedouros de bovinos. Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI, [S.I.], 8(15), 89-98.

Dias-Barbosa, C. Z. M. C., Araújo, I. S., & Luz, R. G. L. P. (2020). Condições físicas e higiênico-sanitária do matadouro público de São João dos Patos – MA. Brazilian Journal Of Development, [S.l.], 6(4), 19815-24. https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-231

Filho, C. S. C., Silva. E. O., Silveira-Filho, V. M., & Castanha, E. R. (2015). Avaliação microbiológica de bactérias aeróbias mesófilas no leite in natura produzido em uma associação rural em Garanhuns-PE. Revista Brasileira de Agrotecnologia, [S.I.], 5(1), 87-93.

Filho, J. L. P., Neto, P. S. G., Ferreira, J. M. S., Monteiro, P. M., Lima, A. M. L. (2020). Avaliação das condições higiênico-sanitárias de alimentos comercializados no Mercado Central em São Luís – MA. Research, Society and Development, 9(7):1-15. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4584

Fonseca, W., Moreno, B. F. S. (2018). Comida de rua: conhecimento dos consumidores sobre a segurança dos alimentos e condições higienicossanitárias de pontos de venda em São Luís, MA. Higiene Alimentar, [S.l.], 32(264/265), 61-65.

Formigoni, A. S., Marcelo, G. C., & Nunes, A. N. (2017). Importância do programa de qualidade ― boas práticas de fabricação (BPF) na produção de ração. Nutritime, [S.I.], 14(6), 8016-25.

Forsythe, S. J. (2013). Microbiologia da segurança dos alimentos. 2 ed Artemed: Porto Alegre, 602p.

Fruet, A. P. B., Stefanello, F. S., Kirinus, J. K., Pelegrini, L. F., Nörnberg, J. L., & Dörr, A. C. (2014). Legislação e implementação dos programas de controle de qualidade em frigoríficos sob fiscalização federal no Brasil. PUBVET, Londrina, 8(13), 1551-1697.

Garnett, T. (2013). Food sustainability: problems, perspectives and solutions: problems, perspectives and solutions. Proceedings Of The Nutrition Society, [S.l.], 72(1), 29-39. https://doi.org/10.1017 / S0029665112002947

Guerra, J. R. N. P. (2015). Identificação de perigos na cadeia de produção e distribuição de produtos comercializados por uma Empresa do ramo alimentar. Dissertação de Mestrado, Universidade de Nova Lisboa, Lisboa, Portugal.

Leão, S. C., Barreto, D. M., Ribeiro, V. C., Santana, R. F., Melo, C. M., Lima, A. S., & Batista, M. V. A. (2015). Qualidade Microbiológica e Parasitológica da Carne Moída Comercializada em Aracaju/SE. Brazilian Journal Of Food Research, [S.I.], 6(2), 15-22. https://doi.org/10.14685/rebrapa.v6i2.3484

Lima, L. A., Silva, F. B., Silva, F. B., Dias, M., Stella, A. E., & Junqueira, O.M. (2019). Manejo sanitário de aviário de pequeno porte de frangos de corte e presença de Salmonella sp. Higiene Alimentar, [S.I.], 33(288/289), 1923-27.

Machado, R. L. P., Dutra, A. S., & Pinto, M. S. V. (2015). Boas práticas de fabricação (BPF). Rio de Janeiro, Embrapa Agroindústria de Alimentos, 2015, 15, 540-544.

Martins, L. G., Barreto, V. C. C. (2018). Avaliação das condições higiênicossanitárias de padarias no município de Cabo de Santo Agostinho, PE. Higiene Alimentar, [S.l.], 32(285/286), 50-54.

Mateus, K., Santos, M. R., Cardoso, G. J., Souza, A. T., & Kessler, J. D. (2017). A importância e benefícios da carne na alimentação. Jornal Sul Brasil, Santa Catarina, 18, 10-12.

Melo, E. S., Amorim, W. R., Pinheiro, R. E. E., Corrêa, P. G. N., Carvalho, S. M. R., Santos, S. R. S. S., Barros, D. S., Oliveira, E. T. A. C., Mendes, C. A., & Sousa, F. V. (2018). Doenças transmitidas por alimentos e principais agentes bacterianos envolvidos em surtos no Brasil: revisão. Pubvet, [S.l.], 12(10), 1-9. https://doi.org/10.31533/pubvet.v12n10a191.1-9

Mendonça, A. T. A. (2019). Bem estar animal: Conceitos, importância e aplicabilidade para animais de companhia e de produção. Monografia (Especialização) em Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, Brasil.

Moura, E. S. R., Abrantes, M. R., Mendes, C. G., Oliveira, A. R. M., Sousa, E. S., & Silva, J. B. A. (2015). Perfil higiênico-sanitário e perigos microbiológicos em abatedouros públicos. Revista Brasileira de Medicina veterinária, Rio de Janeiro, 37(3), 203-208.

Nespolo, N. M., Saba, R. Z., Rossatelli, D. A., & Fairbrother, J. M., Júnior, O. D. (2014). Ocorrência de Escherichia coli O157: h7 e o26 sorbitol negativas em matadouro frigorífico de bovino e suscetibilidade a antimicrobianos: H7 e O26 sorbitol negativas em matadouro frigorífico de bovino e suscetibilidade a antimicrobianos. Arquivos do Instituto Biológico, [S.l.], 81(3), 209-17. https://doi.org/10.1590/1808-1657001332012

Neto, A. C., Rosa, O. O. (2014). Determinação de microrganismos indicadores de condições higiênicas sanitárias nas mãos de manipuladores de alimentos. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, [S.l.], 8(1), p. 1251-61. http://dx.doi.org/10.3895/S1981-36862014000100010

Nogueira, J. P. (2016). Análise microbiológica de superfícies de manipulação de alimentos em cantinas de uma Universidade Pública. Trabalho de conclusão de curso (TCC) em Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil.

Nunes, S. M., Novella, M. C. C., Tiba, M. R., Bento, C. A. Z. I. S. S., Paschualinoto, A. L., Thomaz, I., & Walendy, C. H. (2017). Surto de doença transmitida por alimentos nos municípios de Mauá e Ribeiro Pires – SP. Higiene Alimentar, [S.l.], 31(264/265), 97-102.

Oliveira, M. S., Sousa, V. C., Oliveira, C. P., Nunes, G. S., Natylane, E. F., Machado, F. C. F., Machado Júnior, A. A. N. (2017). Qualidade físico-química e microbiológica da carne moída de bovino em açougues. Revista Electrónica de Veterinaria, [S.I.], 18(12), 1-13.

Oliveira, M.A., Takamura, A. E., Vigoya, A. A. A., & Araújo, F. (2015). Enterobacteriaceae: bactérias intestinalis de organismos aquáticos, um risco à saúde pública - Revisão de literatura. Revista Científica de Medicina Veterinária, [S.I], 25(28), 1-20.

Oliveira, N. C. T. (2017). Avaliação higiênico-sanitária de abatedouros com sistema de inspeção municipal no semiárido nordestino. Dissertação de Mestrado em Zootecnia, Universidade Federal de Campina Grande, Patos, PB, Brasil.

Oliveira, N. T., Campos, R. M. L. (2015). Utilização das ferramentas de gestão de qualidade em frigorífico de abate de bovinos para exportação. Nutritime, [S.I.], 12(2), 4016-29.

Pereira, A. S., Shitsuka, D.M., Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da Pesquisa Científica. UFSM NTE.

Peres, L. A. (2014). Boas práticas de fabricação em matadouro-frigorífico de bovinos. Monografia (Especialização) em Medicina Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Prado, S. J. C., Fontenelle, R. O. S., Coutinho, M. G. S., Silva, L. C., & Neves, A. N. (2019). Avaliação microbiológica e parasitológica da água proveniente de chuvas armazenadas em cisternas localizadas em uma zona rural do município de Santana do Acaraú, CE. Revista Uningá, [S.l.], 56(3), 141-150.

Quintino, S. S., RODOLPHO, D. (2018). Um estudo sobre a importância do APPCC – Análise dos perigos e pontos críticos de controle na indústria de alimentos. Revista Interface Tecnológica, [S.l.], 15(2), 196-207. https://doi.org/10.31510/infa.v15i2.452

Ramos, G. V., Vilela, J. B. (2016). Implantação dos programas de autocontrole em Indústrias de alimento de origem animal. XII SEGET: Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia Desenvolvimento de Competências Frente aos Desafios do Amanhã - Resende, RJ, 2(25),20-24.

Reinehr, C. O., Klanovicz, N. C., Colla, L. M. (2014). Toxinfecções alimentares e estratégias de gestão da segurança dos alimentos. Higiene Alimentar, [S.I.], 28(230/231), 105-10.

Reis, R. M. (2019). Qualidade de carne bovina moída in natura comercializada em Manaus, AM. Dissertação de Mestrado em Ciência Animal, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brasil.

Reis, V. R., Ping, F. O. C., & Damalio, V. B. (2019). Pesquisa de Salmonella spp. em carne mecanicamente separada (CMS) de frango produzida em um abatedouro frigorífico sob inspeção federal no estado do Tocantins, Brasil. Higiene Alimentar, [S.l.], 33, (288/289), 1982-85.

Rodrigues, E. B., Araújo, A. M., Sobral, F. de O. S., & Romão, N. F. (2015). Avaliação da presença de bolores e leveduras em farinha de mandioca (Manihot esculenta Cratz) comercializadas a granel em feiras livres do município de Ji-Paraná – RO. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, [S.l.], 2(2)15-22.

Rodrigues, J. C. F. (2019). Avaliação da qualidade higiênico-sanitária em abatedouro frigorífico de bovinos. Dissertação de Doutorado em Tecnologia de Alimentos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – Campus Rio Verde, Rio Verde, 46 f.

Sales, L. E. M., Abrantes, M. R., Oliveira, A. R. M., Soares, K. M. P., Mendes, C. G., Leite, A. I., & Silva, J. B. A. (2014). Avaliação da carne suína in natura comercializada em Mossoró-RN. Acta Veterinaria Brasilica, [S.I.], 7(4), 306-10. https://doi.org/10.21708/avb.2013.7.4.3489

Santos, R. L., Palma, J. M., & Santana, A. P. (2017). Avaliação da qualidade higienicossanitária de carcaças de bovinos oriundos de abatedouros frigoríficos do Distrito Federal e entorno. Higiene Alimentar, [S.I], 31(272/273), 80-83.

Silva, I. A. A., Barbosa, A. E. O., Santos, E. C., Silva, J. B. A., & Abrantes, M. R. (2019). Avaliação microbiológica em abatedouro de aves nos estado do Rio Grande do Norte. In: I Encontro Potiguar de Medicina Veterinária, 86, Mossoró. Anais [...]. Mossoró: EdUFERSA, Mossoró, RN, Brasil.

Silveira, S. V., Garrido, & L. R., Hoffann. (2015). Produção integrada de uva para processamento: processos de elaboração de sucos e vinhos, BPA e PPHO. Brasília, Embrapa, 30(1-2), 210-15.

Soares, K. M. P., Silva, J. B. A., Souza, L. B., Mendes, C. G., Abrantes, M. R., Campelo, M. C. S., & Souza, A. S. (2015). Qualidade microbiológica de carne bovina comercializada na forma de bife. Revista Brasileira Ciência Veterinária, [S.I], 22(3-4), 206-10. https://doi.org/10.4322/rbcv.2016.016

Sousa, J. S. (2018). A carne suína: Legislação, cortes e comércio (Uma revisão). Trabalho de conclusão de curso (TCC) em Medicina Veterinária, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil.

Souza, A. M. C., Maciel, T. L. S., Cabral, S., Zambi, B. A. A., Gomes, K. S., & Bianch, I. Análise dos perigos e pontos críticos de controle em um matadouro-frigorífico de aves em Castelo, ES. Revista Dimensão Acadêmica, [S.I], 2(1), 6-19.

Souza, G. C., Gonsalves, H. R. O., Gonsalves, H. E. O., Coêlho, J. L. S. (2014). Característica microbiológica da carne de frango. Acsa – Agropecuária Científica no Semi-Árido, [S.I.], 10(1), 12-17. http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v10i2.353

Stocco, C. W., Almeida, L., Barreto, E. H., Bittencourt, J. V. M. (2016). Controle de qualidade microbiológico no processamento de frigorífico bovino. Revista Espacios, [S.I.], 38(22), 1-14.

Valeiro, N. V., Oliveira, A. P., Covre, L., Decol, C. M., Gonçalves, J. A. (2015). Avaliação da eficiência do PPHO de um matadouro frigorífico bovino de Rondônia – Estudo de caso. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 11, n. 22, p. 408-16. http://dx.doi.org/10.18677/Enciclopedia_Biosfera_2015_094

Viana, F. J. C., Franklin, F. L. A. A., Pereira, C. F. C., Lima, D. B. C., Junior, A. M. C., & Rizzo, M. S. (2014). Abate clandestino de suínos e pequenos ruminantes na cidade de Teresina, Piauí: implicações na saúde ocupacional. Rev. Int. Ciências e Saúde, Teresina, 1(1), 38- 47.

Wolf, C. (2017). Estudo de caso da higiene (limpeza e desinfecção) em matadouro-frigorífico de bovinos, suínos e ovinos. Monografia (Especialização) em Medicina Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Published

09/01/2021

How to Cite

SANTOS, D. A. dos .; AMARAL, G. V. do .; SARTORI, F.; SIMAS, J. do V. . The importance of hygienic and sanitary conditions in slaughterhouses: A literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e22610111455, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11455. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11455. Acesso em: 18 jan. 2021.

Issue

Section

Review Article