Methodological proposals for developing practices involving the interface between history and mathematics teaching

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11650

Keywords:

Education; Interface between history and mathematics teaching; Teacher training; Methodologies.

Abstract

In the current scenario of Brazilian studies related to mathematical education, a highlight has been the articulation with the field of the history of mathematics. In this sense, it is understood that the history of mathematics provides resources that can be investigated through didactic and pedagogical issues with respect to mathematics teaching. Under an updated historiographic perspective, these studies search to understand the processes of elaboration, transmission, and transformation of mathematical ideas over time and incorporate them into methodological strategies that can contribute to the teaching process. With a view to unveiling this scenario, this study aims to discuss some methodologies used in research that involve the interface between history and the mathematics teaching. Thereunto, a systematic bibliographic search was carried out, searching for a debate and a reflection of reading articles and books related to the research object. Three methodological proposals related to studies involving the interface are perceived: documentary and historical, collaborative, and ethnographic research. These indications help future researchers to link the process of creating a praxis, action-reflection-action movement, to the updated historiographic perspective. Thus, aiming at future interventions in basic education, starting from the theories applied in the initial and continuing teachers training so that these professionals can transpose the concepts and methods in their teaching practice.

References

Albuquerque, S. M. (2019). Um estudo sobre a articulação entre a multiplicação contida no Traité de Gerbert (1843) e o ensino na formação de professores de matemática. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Alves, V. B. (2019). Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos mobilizados no manuseio do instrumento círculos de proporção de William Oughtred. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Ceará, Brasil.

Andre, M. E. D. A. (2005). Etnografia da prática escolar. Papirus Editora.

Batista, A. N. S. (2018). Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos incorporados e mobilizados na construção e no uso da balhestilha, inserida no documento Chronographia, Reportorio dos Tempos..., aplicado na formação de professores. 2018. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Beltran, M. H. R., Saito, F., & Trindade, L. S. P. (2014). História da Ciência para a formação de professores: Ed. Livraria da Física.

Clarke, M., & Chalmers, I. (2018). Reflections on the history of systematic reviews. Bmj Evidence-based Medicine, 23(4), 121-122.

Desgagné, S. (2007). O conceito de pesquisa colaborativa: a idéia de uma aproximação entre pesquisadores universitários e professores práticos. Revista Educação em Questão, 29(15), 7-35.

Fino, C. N. (2008) A etnografia enquanto método: um modo de entender as culturas (escolares). In C. Escallier & N. Veríssimo (Orgs.). Educação e cultura. Funchal: CIE – Universidade da Madeira.

Fried, M. N. (2001). Can Mathematics Education and History of Mathematics Coexist? Science And Education, 10(4), 391-408.

Horikawa, A. Y. (2008). Pesquisa colaborativa: uma construção compartilhada de instrumentos. Revista Intercâmbio, 18(x), 22-42.

Kosík, K. (1995). Dialética do Concreto: Paz e Terra.

Magnani, J. G. C. (2009). Etnografia como prática e experiência. Horizontes Antropológicos, 15(32), 129-156.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de Metodologia Científica. (5a ed.) Atlas.

Martins, E. B. (2019). Conhecimentos matemáticos mobilizados na manipulação das barras de calcular de John Napier descritas no tratado Rabdologiae de 1617. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Minayo, M. C. S. (1999). O Desafio do Conhecimento: HUCITEC.

Oliveira, F. W. S. (2019). Sobre os conhecimentos geométricos incorporados na construção e no uso do instrumento jacente no plano de Pedro Nunes (1502-1578) na formação do professor de matemática. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Peirano, M. (2008). Etnografia, ou a teoria vivida. Ponto Urbe, 2, 1-12.

Pereira, A. C. C., & Saito, F. (2018). Os instrumentos matemáticos na interface entre história e ensino de matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, 5(14), 109-122.

Pereira, A. C. C., & Saito, F. (2019). A reconstrução do báculo de Petrus Ramus na interface entre história e ensino de matemática. Revista COCAR, 25(13), 405-432.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica: UFSM, NTE.

Saito, F. (2015). História da matemática e suas (re) construções contextuais: Livraria da Física.

Saito, F. (2016). História e Ensino de Matemática: construindo interfaces. In J. F. Salazar, & F. U. Guerra (Orgs). Investigaciones en Educación Matemática: Fondo Editorial.

Saito, F. (2017). Número e grandeza: discutindo sobre a noção de medida por meio de um instrumento matemático do século XVI. Ciência & Educação (bauru), 23(4), 917-940.

Saito, F., & Dias, M. S. (2013). Interface entre história da matemática e ensino: uma atividade desenvolvida com base num documento do século XVI. Ciência & Educação (bauru), 19(1), 89-111.

Silva, I. C. (2018). Um estudo da incorporação de textos originais para a educação matemática: buscando critérios na articulação entre história e ensino. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Teles, F. P., & Ibiapina, I. M. L. M. (2009). A pesquisa colaborativa como proposta inovadora de investigação educacional. Diversa (Parnaíba. Impresso), 1, 1-10.

Ticks, L. K., Silva, E. A., & Brum, M. H. (2013). A pesquisa colaborativa socialmente situada no contexto escolar: processos dialógicos possíveis: processos dialógicos possíveis. Linguagem em (dis)curso, 13(1), 117-156.

Published

08/01/2021

How to Cite

ALVES, V. B. .; ALBUQUERQUE, S. M. de; OLIVEIRA, F. W. S. .; FEITOSA , R. A. .; PEREIRA, A. C. C. Methodological proposals for developing practices involving the interface between history and mathematics teaching. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e21910111650, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11650. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11650. Acesso em: 16 jan. 2021.

Issue

Section

Education Sciences