The Pedagogical Residency Program: Na interface between the pedagogical and experiential knowledge?

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11767

Keywords:

Teachers’ formation ; Pedagogical residency program; Experiential knowledge.

Abstract

In this study, we will address the theme related to the Pedagogical Residency Program (PRP), from the question: interface between pedagogical and experiential knowledge? To this end, our research objective is to reflect on the relationship that the Pedagogical Residency Program establishes between the professional training of undergraduate students and the acquisition of experiential knowledge of teaching. Regarding the methodology, the research is of a qualitative nature, supported by bibliographic review, based on the propositions of Nóvoa, Tardif, Charlot and Imbernón, among others, and documentary analysis, having as sources laws, opinions and the Notice CAPES PRP nº 06/2018. Given the above, as a result, the study indicates that the PRP comprises relevant initial training cycles from the direct immersion of residents in the locus of the teaching profession, stimulating the production of experiential knowledge and the experience of dynamics that drive human development and teaching work for the transforming school.

Author Biography

Andrezza Maria Batista do Nascimento Tavares, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Norte

Concluiu Licenciatura em Pedagogia, Mestrado e Doutorado em Ciências da Educação, desde 2009, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde atualmente desenvolve experiência acadêmica no Curso de Bacharelado em Jornalismo (UFRN). Possui habilitação Lato Sensu para atuar como Psicopedagoga Clínica e Institucional, desde 2007. Atua profissionalmente com imersão na tríade ensino-pesquisa-extensão por meio do trabalho docente que desenvolve na oferta de Educação Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Participa como Docente do Programa de Pós-Graduação Acadêmica do IFRN, o PPGEP; bem como também como Docente do Mestrado Profissional em Ensino de Física, o MNPEF. No âmbito das atividades de ensino com pesquisa, atuou como Coordenadora Institucional do Programa Pibid/IFRN, experiência em que acompanhou práxis docentes, orientou pesquisa-ação e realizou pesquisas sobre Formação inicial e continuada de Professores, apoiada pela agência de fomento CAPES, no período de 2013 até 2018. Atualmente, ainda com o apoio da agência de fomento CAPES, exerce a Gestão Institucional do Programa Residência Pedagógica/IFRN, oportunidade que possibilita a continuidade da produção de conhecimento sobre o ethos da formação e do trabalho docente, com duração até 2020. No concernente a prática da Extensão, Coordena o Projeto ?Capital Cultural e Práxis do IFRN?, desde 2017. É membro do Grupo de Pesquisa vinculado ao CNPQ "Escola Contemporânea e Olhar Sociológico (ECOS)" realizando investigação no campo das ciências da educação junto a linha de pesquisa "Sociologia educacional e ação pedagógica", na UFRN. No Jornalismo, é responsável pelo diálogo sobre os conceitos do Campo da Educação com a sociedade local do Rio Grande do Norte por meio dos veículos: Jornal eletrônico local Potiguar Notícias, TV digital PNTV e da rádio 87 FM de Natal.

References

Antunes, R. (2000). Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. Ed. Boitempo.

Bondia, J. L. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Rev. Bras. Educ. [online], Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, 2002. ISSN 1413-2478.

Brasil. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Edital CAPES nº 06/2018 que dispõe sobre a Residência Pedagógica. Brasília, DF, 2018. https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/01032018-Edital-6-2018-Residencia-pedagogica.pdf.

Brasil. Presidência da República. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. 2014. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13005.htm.

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº 9/2001, de 8 de maio de 2001. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Brasília, DF, 2002. http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf.

Charlot, B. (2002). Formação de professores: a pesquisa e a política educacional. In: Pimenta, S. G.; Ghedin, E. (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. Ed. Cortez.

Gatti, B. (2000). Formação de professores e carreira: problemas e movimentos de renovação. Autores Associados.

Imbernon, F. (2011). Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. (9. ed.) Cortez.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2019. Brasília, DF: Inep, 2020. http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica.

Kuenzer, A. A formação de professores para o ensino médio: velhos problemas, novos desafios. Educ. Soc. Campinas, 32(116), 667-688, 2011. ISSN 1678-4626.

Ludke, M.; & André, M. E. D. A. Pesquisa em educação: uma abordagem qualitativa. (2.ed.) EPU, 2013.

Moura, D. Trabalho e formação docente na educação profissional. Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014. (Coleção formação pedagógica; v. 3).

Nóvoa, A. (Org.). (1192). Vidas de professores. Ed. Porto Editora.

Pereira, A. S. Metodologia da pesquisa científica [recurso eletrônico] [et al.]. – UFSM, NTE, 2018. 1 e-book.

Pimenta, S.; & Lima, M. (2004). Estágio e docência. Ed. Cortez.

Sacristan, G; & Gomez, P. (1998). Compreender e transformar o ensino.( 4. ed.) Artmed.

Tardif, M. (2008). Saberes docentes e formação profissional. (9. ed.) Petrópolis: Vozes.

Tavares, A. M. B. do N. O FUNDEF e a formação de professores no Rio Grande do Norte: um estudo sobre a experiência do PROBÁSICA. Natal, 2003. Monografia Premiada no Curso de Pedagogia – UFRN/CCSA.

Tavares, A. M. B. N. (2018). Programa Residência Pedagógica e as Licenciaturas do IFRN. Potiguar Notícias, Parnamirim, RN, 02 dez.

Zabalza, M. (1994). Diários de aula. Ed. Porto Editora.

Published

14/01/2021

How to Cite

TAVARES, A. M. B. do N.; LOPES, R. C. B. .; SILVA, J. M. N. da . The Pedagogical Residency Program: Na interface between the pedagogical and experiential knowledge?. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e34310111767, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11767. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11767. Acesso em: 25 feb. 2021.

Issue

Section

Education Sciences