Teaching technologies used in Education in the COVID-19 pandemic: an integrative review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11974

Keywords:

Technologies; Education; Teaching; Pandemic; COVID-19.

Abstract

The coronavirus pandemic (COVID – 19) caused the on-campus teaching to be paralyzed, causing an immediate change in the educational process worldwide. The aim of this study is to analyze through an integrative review the use of the various technologies applied in teaching in different areas of knowledge, during the COVID-19 pandemic. The research is of a qualitative nature on the relationship and application of technologies in / for teaching. According to the objective, it has a descriptive and exploratory character, using as technical procedures an integrative review in relation to the theme addressed. The research was carried out through articles indexed in the electronic databases in Science Direct and Google Scholar, published in Portuguese and English, from 2010 to 2020, considering the following descriptors: Technologies; Education; Pandemia and COVID-19. Inclusion criteria were consistency with the theme, and exclusion was repetition of articles or non-adequacy to the theme. 56 articles (n = 56) were found, which were reduced to (n = 12) after analysis. The data report that the inclusion of technologies, especially the digital ones incorporated by means of platforms for remote education, enables a better qualification in teaching, in addition to facilitating the learning of the developed contents.

Author Biographies

Josaphat Soares Neto, Universidade Federal do Ceará

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS - UFC

Francisco Victor Alves de Pinho, Universidade Federal do Ceará

Graduado em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual do Ceará - UECE / Faculdade de Educação de Crateús - FAEC. Técnico em Informática, formado pela Escola Estadual Educação Profissional Manoel Mano - Crateús - CE em 2014. Foi Bolsista no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID, atualmente é bolsista da Pró-Reitoria de Extensão - PRAE com atividades no Laboratório de Ciências Biológicas da FAEC e voluntário no Projeto de Extensão Novos Talentos, onde são realizadas atividades voltadas para o ensino de Ciências em escolas públicas no município de Crateús.

Heliene Linhares Matos, Universidade Federal do Ceará

Possui Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará (1989), Especialização em Docência do Ensino Superior pela Universidade de Fortaleza (1995) e Mestrado em Ciências Médicas pela Universidade de Fortaleza (2016). Atualmente é Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais (PCMF) da Universidade Federal do Ceará e professora assistente da Universidade de Fortaleza desde 1993, onde lecionou as disciplinas de Anatomia Humana I, Anatomia Humana II, Anatomia Bucofacial e Neuroanatomia Funcional na graduação, desde 2012 leciona o Módulo de Dinâmica Celular, Sistemas Reguladores, desde 2013 leciona os Módulos de Comunicação e Deglutição I e Morfologia e Desenvolvimento Bucomaxilofacial. Participa do Programa de Monitoria Voluntária do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade de Fortaleza.Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Anatomia Bucofacial atuando principalmente nos seguintes temas: docência, aprendizagem, monitoria e anatomia.

Allyson Rodrigo de Oliveira Lopes, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Ciências Biológicas (2013) pela Universidade Federal de Pernambuco - Centro Acadêmico de Vitória (UFPE/CAV), Pós graduação em Análises Clínica pela Faculdade Osman Lins - FACOL (2015) e mestrado em Saúde Humana e Meio Ambiente - (UFPE/CAV) - 2018. Atualmente é professor do ensino Fundamental (Ciências), Médio (Química), Técnico (Microbiologia e Biossegurança), Superior (Anatomia, Biologia Celular, Bioquímica, Fisiologia, Fitoterápicos, Histologia, Microbiologia e Virologia Clínica) e professor colaborador externo do laboratório de Anatomia da UFPE/CAV.

Gilberto Santos Cerqueira, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Farmácia e Licenciatura em Ciências Biológicas, Especialista em Hematologia clínica (UFC) e Análises Clínicas (FIJ), Título de Proficiência em Anatomia Macroscópica Humana, Sociedade Brasileira de Anatomia - SBA. Mestrado em Farmacologia Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos pela Universidade Federal da Paraíba (2005), Formação em Farmácia Clínica pela Universidad de Chile com educação de Paciente e uso de anticoagulante oral. Doutor em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará. Possui experiência na área de Anatomia Humana , Ciências Morfológicas, Farmacologia, Toxicologia. Possui treinamento em Metodologia ativas: Problem-based learning (PBL) pela University of New Mexico School of Medicine. Possui Aprimoramento em Plastinação pela University of Toledo, Ohio, Estados Unidos. Atualmente vem trabalhando com Formação de professores e aluno em espaços não formais. Educação Popular em Saúde. Educação em Ciências Morfofuncionais. Impressão 3 D. Mucosite oral e intestinal, sistema nervoso entérico, neuromudulação do trato gastrintestinal e técnicas morfométrica e de imunohistoquímica.

Emmanuel Prata de Souza, Universidade Federal do Ceará

Graduação em Nutrição pela Universidade Estadual do Ceará (2001), mestrado em Ciências Fisiológicas pela Universidade Estadual do Ceará (2004) e doutorado em Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará (2007). É atualmente professor adjunto nível 4 da disciplina Anatomia da Universidade Federal do Ceará (2011) e é o Chefe do Departamento (2016). Tem experiência em Extensão com o projeto Nascente da UECE e como coordenador no projeto de extensão: Atendimento aos atletas da UNIFOR. Na área de Ensino, Já foi professor da UFPB, URCA, UFC, UECE, UVA, FIC, UNIFOR em disciplinas básicas da årea de Saúde, como: Anatomia Humana, Citologia, Embriologia, Histologia, Bioquímica, Biofísica, Fisiologia, Patologia e Outras disciplinas de áreas profissionais relacionadas a Nutrição; Foi orientador de monitoria em várias áreas; Implantou junto a algumas comissões o currículo integrado de cursos. Tem experiência em Pesquisa na área de Fisiologia, Farmacologia e Bioinformática, além de atuar principalmente nos seguintes temas: docagem de moléculas, plantas medicinais, óleos essenciais, proteínas, óxido nítrico, músculo liso, inflamação, e lectinas. É membro efetivo do corpo docente do programa de pós-graduação de Ciências Morfofuncionais da UFC e do Mestrado em Nutrição da UECE.

References

Abduirahman, E. A. L., Abdeirahim F. I., Fathi, M. A., & Rafdan, H. A. A. Distance education as a response to pandemics: Coronavirus and Arab culture, Technology in Society, Volume 63, November 2020,

Alves, L. R. G., Minho, M., & Diniz, M. Gamificação: diálogos com a educação. In: Fadel, L. M., Ulbrich, V. R., Batista, R., & Vazin, T. (Org.). Gamificação na educação: Pimenta Cultural, 1, 73-95, 2014.

Bogdan, R., & Biklen, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e métodos: Porto, 1999.

Borba, R. C. do N., Teixeira, P. P., Fernandes, K. de O. B., Bertagna, M., Valença, C. R., & Souza, L. H. P. de. Percepções docentes e práticas de ensino de ciências e biologia na pandemia: uma investigação da Regional 2 da SBEnBio. Revista de Ensino de Biologia da SBEnBio, [S. l.], 13(1), 153-171, 2020. 10.46667/renbio.v13i1.337.

Cani, J. B., Sandrini, E. G. C., Soares, G. M., & Scalzer, K. Educação e covid-19: a arte de reinventar a escola mediando a aprendizagem “prioritariamente” pelas TDIC. Revista Ifes Ciência, v. 6, Edição Especial, n. 1, 2020, p. 23-39. https://ojs.ifes.edu.br/index.php/ric/article/download/713/484.

Coscarelli, C. V. Perspectivas culturais de uso de tecnologias digitais e a educação. Revista Brasileira de Alfabetização, Belo Horizonte-MG, 1(8), 33-56| jul./dez.2018. http://abalf.org.br/revistaeletronica/index.php/rabalf/article /view/293/211.

Debajyoti, P., & Vajirasak, V. Perceived usability evaluation of Microsoft Teams as an online learningplatform during COVID-19 using system usability scale and technology acceptance model in India. Children and Youth Services Review. v.119.2020.

Diesel, A., Baldez, A. L. S., & Martins, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, 14(1), 268-288, 2017.

Gravata, A. et al. Volta ao mundo em 13 escolas: Fundação Telefônica: A. G., 2013.

Fornaziero, C. C., & Gil, C. R. R. Novas tecnologias aplicadas ao ensino da anatomia humana. Revista Brasileira de Educação Médica, 27(2), 141-146, 2003.

Fornaziero, C. C., Gordan, P. A., Carvalho, M. A. V., Araujo, J. C., & Aquino, J. C. B. O Ensino da Anatomia: Integração do Corpo Humano e Meio Ambiente. Revista Brasileira De Educação Médica, 34, (2), 290–297, 2010.

Khurana, K. K. Telecytology and its evolving role in cytopathology. Diagn Cytopathol. 2012 Jun; 40(6):498-502. 10.1002 / dc.22822.

Lauridsen H. et al. Inside out: modernas técnicas de imagem para revelar a anatomia animal. PLoS ONE 6, e17879. 2011. (10.1371 / journal.pone.0017879).

Martins, E. R., & Gouveia, L. M. B. (2019). Aprendizagem Móvel com a Tecnologia Educacional Kahoot: uma discussão da perspectiva dos aprendizes. Revista EducaOnline, 13(3), 37-57.

Mavrikios, D. et al. Using Holograms for visualizing and interacting with educational content in a Teaching Factory. Procedia Manufacturing, 31, 404-410, 2019.

Mill, D. Docência virtual: uma visão crítica. (1. ed.). Editora Papirus, 2012

Moraes, M. C. Subsídios para Fundamentação do Programa Nacional de Informática na Educação: SEED/MEC, 1997.

Morgado, L. Os mundos virtuais e o ensino-aprendizagem de procedimentos. Revista Educação e cultura contemporânea, 6(13), 2020.

Moreira, M. A. (2006). A teoria da aprendizagem significativa e sua implementação em sala de aula. Brasília: Editora da UnB.

Paul, Z. C. Learning cytology in pandemic times: an institutional educations experience with distance learning. Journal of the American Society of Cytopathology. 9, 579 a 585, 2020.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Ed.UAB/NTE/UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia_Pesquisa Cientifica.pdf?sequence=1

Prensky, M. Aprendizagem baseada em jogos digitais. [Sl], 2012. Editora SENAC.

Ramos, D. K., Campos, T. R. O uso de jogos digitais no ensino de Ciências Naturais e Biologia: uma revisão sistemática de literatura. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 19(2), 450-473, 2020.

Rojo, R. Pedagogia dos multiletramentos: diversidade cultural e de linguagens na escola. In: Rojo, R.; Moura, E. (org.). Multiletramentos na escola: Parábola Editorial, 2012.

Silva, D. dos S., Andrade, L. A. P., & Santos, S. M. P. dos. Teaching alternatives in pandemic times. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 9, p. e424997177, 2020. 10.33448/rsd-v9i9.7177.

Vieira, R. M., Tenreiro-Vieira, C., & Martins, I. P. Critical thinking: Conceptual clarification and its importance in science education. Science education international, 22(1), 43-54, 2011.

Vieira, A. de S. et al. O estado da arte das práticas de gamificação no processo de ensino e aprendizagem no ensino superior. Revista Brasileira de Ensino Superior, Passo Fundo, 4(1), 5-23, jan/mar., 2018.

Published

28/01/2021

How to Cite

SOARES NETO, J. .; PINHO, F. V. A. de .; MATOS, H. L. .; LOPES, A. R. de O.; CERQUEIRA, G. S. .; SOUZA, E. P. de . Teaching technologies used in Education in the COVID-19 pandemic: an integrative review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e51710111974, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11974. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11974. Acesso em: 1 mar. 2021.

Issue

Section

Review Article