Law 10639/2003: thoughts on the afro-brazilian culture and the usage of imagery in school and educational processes

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.12798

Keywords:

Education; Afro-Brazilian culture; Images; Teaching and learning.

Abstract

This paper aims to discuss the fulfillment of law 10.639/03, which commands in basic education the formation of students’ consciousness regarding the historical processes that portray the presence of black people in Brazil’s history and their contribution to the formation the country’s national identity, which has been historically neglected in teaching materials such as textbooks/didactic books. Therefore, through a bibliographic and documentary research, we intend to affirm that, since the Colonial Period, black people’s contribution has been pivotal in building cultural identity and towards the development of our country and our people. As learning tools, we shall discuss the usage of imagery, as they can be used by teachers in a daily basis, so as to enhance the history and the culture, tearing down prejudices and discriminations that are still deeply rooted in our society, something that ends up minimizing historical paths, social roles and black people’s contribution to our nation.

Author Biographies

Reginaldo Peixoto, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Formado em Letras; Arte e Educação e Pedagogia. Professor do curso de Pedagogia e Mestrado em Educação na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade de Paranaíba. Mestre em Educação. Doutor em Educação, Arte e História da Cultura.

Suelem Ferreira dos Santos, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Formada em História, professora da rede estadual de educação básica de Mato Grosso do Sul. Aluna do Programa de Mestrado em Educação na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade de Paranaíba.

References

Brasil. (2017). Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNC C_20dez_site.pdf.

Brasil. (2003). Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Planalto. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.639.htm.

Brasil. (2008). Lei 11.645/08 de 10 de março de 2008. Brasília: MEC. http://portal.mec.gov.br/index.php?option =com_docman&view=download&alias=10101-lei-11645-10-03-2008&Itemid=30192.

Brasil. (1996). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9394, 20 de dezembro de 1996. Brasília: MEC. http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf.

Brasil. (1988). Constituição Federal de 1988. Brasília DF: Planalto.

Burke, P. (2004). Testemunha ocular: história e imagem. Edusc.

Candau, V. M. (2016). Cotidiano escolar e práticas interculturais. Cadernos de Pesquisa 46(161), 802-820. http://www.scielo.br/pdf/cp/v46n161/1980-5314-cp-46-161-00802.pdf.

Certeau. M. (1997). A cultura no plural. Papirus.

Dosse, F. (2013). Renascimento do acontecimento: um desafio para o historiador: entre Esfinge e Fênix. Editora UNESP.

Fiorin. J. L. (2009). A construção da identidade nacional brasileira. Revista BAKHTINIANA, 1(1), 115-126. https://revistas.pucsp.br/index.php/bakhti niana/article/view/3002.

Fonseca, M. V. (2007). A arte de construir o invisível: o negro na historiografia educacional brasileira. Revista Brasileira de História da Educação. Autores associados, nº 13. http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/rbhe/article/view/38616

Gomes, N.L. (2008). A questão racial na escola: desafios colocados pela implementação da Lei 10.639/03. In: Moreira, A. F & Candau, V. M. (Orgs.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis, RJ: Vozes.

Janz, R. C. (2014). Dez anos da lei 10.639/03: o que mudou nos livros didáticos de História? – Uma proposta de análise. Anais do XV Encontro Estadual de História “1964-2014: Memórias, Testemunhos e Estado”, 11 a 14 de agosto de 2014, UFSC, Florianópolis – SC.

Leite, D. M. (2007). O caráter nacional brasileiro: história de uma ideologia (7a ed.), Editora Unesp.

Litz, V. G. (2009). O uso da imagem no ensino de História. Curitiba. http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1402-6.pdf.

Lopes, N. (2006). Dicionário escolar afro-brasileiro. Selo Negro Edições.

Oliva, A. R. (2009). Lições sobre a África: abordagens da história africana nos livros didáticos brasileiros. Revista de história 161 (2º semestre de 2009), 213-244. http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/19124/21187.

Ribeiro, D. (1995). O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. Companhia das Letras.

Roiz, D. S & Santos, J.R. (2016). O uso das imagens em sala de aula: reflexões sobre a implementação da lei: 10.639/03 em escolas estaduais da cidade de Amambai/MS. https://historiapt.info/a-educaco-em-perspectiva-histrica-temas-e-problemas.html?page=156.

Rüsen, J. (2010). Razão histórica. Teoria da História I: os fundamentos da ciência da história. Editora da UFPR.

Schimidt, M. A. M. dos. (2012). História do ensino de história no brasil: uma proposta de periodização. Revista História da Educação – RHE. 16 (37), 73-91. https://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/24245.

Schimidt, M. A. M. dos S. & Garcia, T. M. F. B. (2005). A formação da consciência histórica de alunos e professores e o cotidiano em aulas de História. Cad. Cedes. Campinas. 25(67), 297-308.

Silva Filho, J. B. (2006). História do Negro no Brasil. In. Oliveira, I. & Siss, A. (orgs). Cadernos PENESB: População negra e Educação Escolar. (n.7) (novembro 2006) Rio de Janeiro/Niterói – Quartet/EdUFF.

Published

25/02/2021

How to Cite

PEIXOTO, R.; SANTOS, S. F. dos . Law 10639/2003: thoughts on the afro-brazilian culture and the usage of imagery in school and educational processes . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 2, p. e48310212798, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i2.12798. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12798. Acesso em: 19 jul. 2024.

Issue

Section

Review Article