Indexes of depression and anxiety in psychology students: an exploratory study

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.12897

Keywords:

Anxiety; Depression; Students; Psychology; Psychological distress.

Abstract

When entering university, students go through several transformations in their academic, familiar and social contexts that may make them prone to develop psychopathologies such as anxiety and depression. In this context, this research aimed to identify indexes of depression and anxiety in students in their early and late phases of the Psychology major in a University Center in the countryside of Ceará. The research was conducted with 176 subjects. Tools for data collection were a socioeconomical survey, Beck Depression Inventory, and Beck Anxiety Inventory. In the results, it was observed that 55,42 % of the individuals presented symptoms of moderate and severe anxiety, and 31,24% of the individuals presented symptoms of moderate and severe depression, both prevailing more in women. The practice of physical exercises and involvement in collective activities were associated to prevent these diseases and to improve well-being. The conclusion points to the necessity of deepening the understanding of this phenomenon in such population given that they are individuals in evolving processes and, therefore, more vulnerable. 

Author Biography

Emilia Suitberta de Oliveira Trigueiro, Centro Universitário Dr. Leão Sampaio

Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo. Mestre em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior pela Universidade Federal do Ceará. Psicóloga formada pela Universidade Federal da Paraíba. Docente do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio- UNILEÃO. Servidora técnico administrativa do Instituto Federal do Ceará campus Crato.

References

Andrade, A. S., Tiraboschi, G. A., Antunes, N. A., Viana, P. V. B. A., Zanoto, P. A. & Curilla, R. T. (2016). Vivências Acadêmicas e Sofrimento Psíquico de Estudantes de Psicologia. Psicologia Ciência e Profissão. 36(4):831-846.

Ariño. D. O. & Bardagi, M. P. (2018). Relação entre Fatores Acadêmicos e a Saúde Mental de Estudantes Universitários. Psicol. pesqui. Juiz de Fora: 12(3), 44-52.

Bandelow, B. & Michaelis, S. (2015). Epidemiology of anxiety disorders in the 21st century. Dialogues Clin Neurosci, 17(3), 327-335.

Bastos, T. B. B. F.; Sousa, T. de O.; Torres, A. K. L.; Cardoso, H. A.; Santos, A. L.; Nascimento, C. E. M. do. & Soares, F. A. de F. (2021). O impacto de uma era pandêmica e isolamento social na saúde mental: uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 10(1), e2891019726.

Beck, A. T. & Steer, R. (1990). Manual for the Beck anxiety inventory. San Antonio, TX: Psychological Corporation.

Bezerra, M. L. O., Siquara, G. M. & Abreu, J. N. S. (2018). Relação entre os pensamentos ruminativos e índices de ansiedade em estudantes de psicologia. Rev Psi Divers Saúde. Salvador: 7(2), 235-244.

Bolsoni-Silva, A. T. & Guerra, B. T. (2014). O impacto da depressão para as interações sociais de Universitários. Estudos e Pesquisas em Psicologia. Rio de Janeiro: 14(2), 429-252.

Carneiro, A. L. B.; Ramos, S. C. S.; Brasil, A. W. de L.; Silva, L. A. da; Lima, G. G.; Alves, L. B.; Melo, M. N. A. & Melo, C. de M. B. de (2021). COVID-19 – O inimigo invisível: impactos na saúde mental dos estudantes e estratégias de enfrentamento. Research, Society and Development, 10(1)

Casselli, D. D. N; Silva, E. S. M.; Figueira, G. M; Demarchi, M. E. & Souza, J. C. (2021). Comorbidity between depression, anxiety and obesity and treatment complications. Research, Society and Development, 10(1), e16210111489.

Cunha, J. A. (2001). Manual da versão em português das Escalas Beck. Casa do Psicólogo.

Ferreira, B. C., Silva, S. M. & Costa, B. V. (2019). Verificação de ansiedade em Acadêmicos dos cursos de saúde de uma Universidade Privada da Zona da Mata mineira. Interdisciplinary Scientific Journal. 5(6).

FONAPRACE/ANDIFES. (2019). V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos da IFES. Brasília: FONAPRACE/ANDIFES.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Leão, A. M.; Gomes, I. P., Ferreira, M. J. M. & Cavalcanti, L. P. G. (2018). Prevalência e Fatores Associados à Depressão e Ansiedade entre Estudantes Universitários da Área da Saúde de um Grande Centro Urbano do Nordeste do Brasil. Rev. bras. educ. med. 42(4): 55-65.

Lopes, J. M., Oliveira, E. B., Silva, R. E., Nóbrega, N. K. B. & Fermoseli, A. F. O. (2019). Ansiedade versus desempenho acadêmico: uma análise entre estudantes universitários. Ciências Biológicas e de Saúde Unit. 5(2): 137-150.

Lúcio, S. S. R., Medeiros, L. G. S., Barros, D. R., Ferreira, O. D. L. & Rivera, G. A. (2019). Níveis de ansiedade e estresse em estudantes universitários. Rev Temas em saúde. 260-274.

Luz, F. M. (2017). Sintomas de stress, ansiedade e depressão em universitários de cursos de saúde [dissertação]. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo.

Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. DSM-5 (2014). [American Psychiatnc Association, traduç. Maria Inês Corrêa Nascimento ... et al.]; revisão técnica: Aristides Volpato Cordioli: Artmed.

Medeiros, P. P. & Bittencourt, F. O. (2017). Fatores associados à Ansiedade em Estudantes de uma Faculdade Particular. Rev Id on Line. 10(33).

Mesquita, A. M., Lemes, A. G., Carrijo, M. V. N., Moura, A. A. M., Couto, D. S. & Rocha, E. M. (2016). Depressão entre estudantes de cursos da área da saúde de uma universidade em mato grosso. Journal Health NPEPS. 1(2):218-230.

Nogueira, M. J. & Sequeira, C. (2017). A saúde mental em estudantes do ensino superior. Relação com o género, nível socioeconómico e os comportamentos de saúde. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental (Spe. 5), 51-56.

Pereira A.S. Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM.

Rodrigues, P. O., Riverdito, R. R. & Santos, P. A. V. (2018). Praticar atividade física reduz ansiedade e depressão em estudantes universitários. Convención Internacional de Salud. Cuba Salud.

Sequeira, C. A., Carvalho, J. C., Borges, E. & Sousa, C. (2013). Vulnerabilidade mental em estudantes de enfermagem no ensino superior: estudo exploratório. J Nurs Health, 3(2):170-81.

Silva, E. C. & Tucci, A. M. (2018). Correlação entre Ansiedade e Consumo de Álcool em Estudantes Universitários. Revista Psicologia: Teoria e Prática. São Paulo: 20(2), 93-106.

World Health Organization- WHO (2017). Depression and other common mental disorders: global health estimates (Site).

Published

03/03/2021

How to Cite

TRIGUEIRO, E. S. de O.; TEIXEIRA, M. M. de S. .; SILVA, J. M. F. de L. .; PEIXOTO, C. O. B.; COÊLHO, Ítalo P. .; BALENA, K. M. .; SANTOS, L. F. dos; GOMES, M. E. C. .; BEZERRA, Y. M. . Indexes of depression and anxiety in psychology students: an exploratory study . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e3310312897, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.12897. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12897. Acesso em: 17 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences