Economic feasibility of japanese pumpkin production for family agriculture in Iporá, Goiás

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13110

Keywords:

Decision making; Production cost; Diversification.

Abstract

The economic viability analysis is essential due to its use as a parameter for the correct decision making. The objective of this study was to analyze the economic viability of japanese pumpkin production in the region of Iporá, Goiás, due to its socioeconomic relevance, based on local family farming. In this way, the cost of production and crop income during a cycle for the cultivars 'Japonesa F1', 'Kyoto', 'HC 01' and 'HC 02' were elaborated. Afterwards, the Net Present Value (NPV), the Internal Rate of Return (IRR) and the Payback were determined according to the tools of economic feasibility analysis. The results of the economic viability were determined from the agronomic performance of the cultivars. The NPV, IRR and Payback tools were positive, verifying the feasibility of the investment in both cultivars. However, the results show that among the analyzed cultivars, the most outstanding was 'HC 01' in terms of productivity, cost of production 0.56 R$/kg, NPV was positive of R$ 2,457.75, the IRR was 18,67% per month and Payback for 3 months.

Author Biographies

Ana Maria Cardozo Maffei, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Técnico em Agropecuária (2016) pelo Instituto Federal Goiano - Campus Iporá. Tecnóloga em Agronegócio (2017) pelo Instituto Federal Goiano - Campus Iporá.

Estenio Moreira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Pré-qualificado em Agropecuária (1995) pela Escola Agrícola Municipal de Barra do Garças-MT (Atual IFMT), Técnico em Agropecuária (1998) pela Escola Agrotécnica Federal de Cáceres-MT (Atual IFMT), Pós -Técnico em Zootecnia (1999) pela Escola Agrotécnica Federal de Santa Teresa-ES (Atual IFES), Engenheiro Agrônomo (2007) pela Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT - Campus Universitário de Tangará da Serra-MT, Especialista em Proteção de Plantas (2009) e Mestre em Agroecologia (2014) pela Universidade Federal de Viçosa - UFV, Doutor em Ciências Agrárias (2019) pelo Instituto Federal Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde. Tem experiência em Agronomia, Agrossilvicultura (ILPF), Olericultura e Agroecologia. Atua como pesquisador em sistemas integrados de produção vegetal e animal, avaliando sistemas de produção com ruminantes, grandes culturas e hortaliças com enfase em agroecologia. Professor no curso de Especialização Latu Sensu em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária (SIPA). Engenheiro Agrônomo de carreira no Instituto Federal Goiano - Campus Iporá.

Najla Kauara Alves do Vale, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade de Cuiabá (2012) e mestrado em Mestrado em Agronegócio pela Universidade Federal de Goiás (2017). Atualmente é professora do ensino básico, técnico do Instituto Federal Goiano. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis.

Romano Roberto Valicheski, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Possui graduação em Licenciatura Em Ciências Agrícolas pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2002), mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2004) e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2008). Foi docente do efetivo do Instituto Federal Catarinense - Campus de Rio do Sul, e, atualmente está lotado no IF Goiano Campus Iporá. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Gênese, Morfologia e Classificação dos Solos, atuando principalmente nos seguintes temas: atributos físicos do solo, áreas degradadas, atributos químicos do solo, compactação do solo.

References

Alves, E. M., Santos, L. J., Batista, G. S., Souza, S. R., Claudio, F. L., Calgaro Junior, G., Santos, L. C., & Paim, T. P. (2017). Características e produtividade de híbridos experimentais de abóbora “japonesa” em Iporá – GO. PUBVET, 11: 662-669. http://DX.DOI.ORG/10.22256/PUBVET.V11N7.662-669

ANUALPEC. (2015). Anuário da Pecuária Brasileira.

Assaf Neto, A. (2009). Matemática financeira e suas aplicações. Editora, Atlas.

Azevedo, E. (2015). O ativismo alimentar na perspectiva do Locavorismo. Ambiente e Sociedade, 18(3): 81-98. http://dx.doi.org/10.1590/1809-4422ASOC740V1832015

Begiato, G. F., & Meneghini, R. C. M. (2015). Oportunidade de investimento em agroindústria de beneficiamento de Castanha-do-Brasil. Custos e @gronegócio on line, 11: 13-55. http://www.custoseagronegocioonline.com.br/numero2v11/K%202%20investimento.pdf

Biancardi, C. C. S., Rodrigues, R., Siqueira, H. M., Carneiro, J. J., & Fernandes, M. A. (2017). Viabilidade econômica da produção familiar de alimentos para os mercados institucionais de Alegre-ES. Extensão Rural, 23(2): 85-101. http://dx.doi.org/10.5902/2318179621669

Castelo Branco, A. C. (2010). Matemática financeira aplicada: método algébrico, HP-12C, Microsoft Excel®.

CEASA-GO. (2016). Central de Abastecimento do Estado de Goiás- Ceasa – GO. Análise Conjuntural. Goiânia: CEASA-GO, 2016. < http://www.sgc.goias.gov.br/upload/arquivos/2017-08/anAlise-conjuntural-2016_compressed.pdf >.

Costa, R. N. T., Oliveira Junior, N. O., Saunders, L. C. U., & Biserra, J. V. (2005). Indicadores econômicos da recuperação de um solo sódico em condições de drenagem subterrânea no Vale do Curu, CE. Irriga, 10(3): 272-278. http://dx.doi.org/10.15809/irriga.2005v10n3p272-278

Gitman, L. J. (2010). Princípios de administração financeira. Pearson Prentice Hall.

IGP-M (2017). Índice Geral de Preços do Mercado. http://www.portalbrasil.net/igpm.htm

IPCA. (2017). Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo. http://www.portalbrasil.net/ipca.htm

Leite, D., Migliavacca, R. A., Alfredo Junior, L. A. M., Albrecht, P., & Fausto, D. A. (2016). Viabilidade econômica da implantação do sistema hidropônico para alface com recursos do PRONAF em Matão-SP. Revista iPecege, 2(1): 57-65. http://dx.doi.org/10.22167/r.ipecege.2016.1.57

Medina, G. (2016). Agricultura familiar em Goiás: Lições para o assessoramento técnico. (3a ed.) Rev. e Ampl. Goiânia, GO, Brasil.

Queiroga, R. C. F., Silva, G. D., Pereira, A. M., Almeida, R. R. P., & Silva, A. B. (2017). Yield and quality of the Tetsukabuto squash fruits induced with 2,4-D doses under dry conditions. Horticultura Brasileira, 35(2): 271-277. http://dx.doi.org/10.1590/s010205362017021

Ribeiro, S. C., & Silva, M. L. (2008). Viabilidade econômica de atividades florestais e agropecuárias. Revista Política Agrícola, 2: 76-85. https://seer.sede.embrapa.br/index.php/RPA/article/viewFile/410/361

Santos, G., Botelho, F. J., Meneghel, J. M. M., & Fausto, D. A. (2018). Resultado econômico de confinamento de bovinos de corte em diferentes cenários. Revista Ipecege, 4(3): 15-22. https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2018.3.15

Sediyama, M. A. N., Vidigal, S. M., Santos, M. R. dos., & Mascarenhas, M. H. T. (2009). Cultura da moranga híbrida ou abóbora Tetsukabuto. (EPAMIG, Boletim Técnico, 92). Belo Horizonte, MG, Brasil.

Silva, V. K., & Zonin, V. J. (2016). Gestão em propriedades rurais em transição agroecológica nos municípios de São Carlos e Águas de Chapecó-SC. Empreendedorismo, Gestão e Negócios, 5(5): 273-291. http://www.fatece.edu.br/arquivos/arquivos%20revistas/empreendedorismo/volume5/15.pdf

Published

14/03/2021

How to Cite

MAFFEI, A. M. C.; ALVES, E. M.; VALE, N. K. A. do; VALICHESKI, R. R. Economic feasibility of japanese pumpkin production for family agriculture in Iporá, Goiás. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e23410313110, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13110. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13110. Acesso em: 13 apr. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences