The nurse's perception about the systematization of nursing care to premature newborn in the intensive care unit

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13119

Keywords:

Nursing; Intensive Care Units Neonatal; Infant premature.

Abstract

Objective: to investigate the nurses' perception about the use of Nursing Care Systematization in the care provided to premature newborns, in the Intermediate Care Unit. Methodology: This is a field research, with a qualitative approach, of a descriptive character, where the data were obtained through a semi-structured interview and a questionnaire, composed of 05 open questions, carried out with 05 nurses allocated at the ICU Neonatal in a public hospital in Pará; the saturation technique was used for the answers to the questionnaire and the content analysis was based on Bardin. Result: four professionals made up the study sample, being young adults and female; most had specialization in the area, working for more than two years, contracted or tendered. It was found that the nursing care provided is aimed at performing technical procedures using protocols; the nurses' knowledge in relation to what is the Nursing Care Systematization is consistent, however they demonstrated difficulty in differentiating it from the Nursing Process; institutional and professional barriers hinder the application of the systematization of nursing care, however they are applied in care aimed at premature newborns. Final considerations: the knowledge and understanding of the subject in question has great benefits, both for the professional and the premature newborn, and to demonstrate that the obstacles of daily nursing care cannot be greater than the need to offer assistance Of Quality.

References

Arrieira, R. O., Barros, F. C. L. F., & Portelinha, M. K. (2021). A utilização das curvas de crescimento intercrescimento-21 para recém-nascidos prematuros em uma unidade de terapia intensiva neonatal no sul do Brasil. Research, Society andDevelopment , 10 (2), e9510212319. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.12319

Azevedo, O. A. D., Guedes, É. D. S., Araújo, S. A. N., Maia, M. M., & Cruz, D. D. A. L. M. D. (2019). Documentação do processo de enfermagem em instituições públicas de saúde. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 53.

Bardin L. (2011). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Barreto, M. D. S., Prado, E. D., Lucena, A. C. R. M., Rissardo, L. K., Furlan, M. C. R., & Marcon, S. S. (2020). Sistematização da assistência de enfermagem: a práxis do enfermeiro de hospital de pequeno porte. Escola Anna Nery, 24(4).

Batista, C. D. M., Monteiro, J. C., Pinheiro, V. R., Soares, T. B., Lima, F. C., Nascimento, M. H. M., Garcez, J. C. D., & Ueno, T. M. R. L. (2019). Diagnósticos e cuidados de enfermagem ao recém-nascido prematuro em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Revista Eletrônica Acervo Saúde, (35), e1593. https://doi.org/10.25248/reas.e1593.2019

Belfort, L. R. M., Sousa, L. T. L., Alencar, A. A. C., Souza, F. E. X., Pereira, A. R. V. L., Santos, M. C., Faustino, P. M. L. S., Cruz, M. W. S., Rocha, T. A., & Melo, D. E. B. (2020). Systematization of nursing care in the pregnancy process: na integrative literature review. Research, Society and Development, 9(8), e816986262. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.6262.

BRASIL. (2016). Resolução COFEN nº 358, de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. Conselho Federal de Enfermagem.

Carvalho, S. S., Oliveira, B. R., & Silva, H. C. (2019). Assistência humanizada de enfermagem ao recém-nascido prematuro. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde/Brazilian Journal of Health Research, 21(4), 136-143.

Faria, T. F., & Kamada, I. (2018). Lesiones de la pielen neonatos en cuidados intensivos neonatales. Enfermería Global, 17(49), 211-236.

Flores, B. W., Severo, G. H., Quadros, D. R., & Pisoni, L. (2017). Assistência de enfermagem ao prematuro com síndrome do desconforto respiratório: uma revisão bibliográfica. Revista Gestão & Saúde [Internet], 17(1), 33-40.

Florêncio, G. F., Vicente, K. M., Vogt, C., Freitag, V. L., & Felippi, J. M. M. (2020). Assistência de enfermagem ao recém-nascido prematuro em um centro especializado: relato de experiência. Research, Society andDevelopment , 9 (11), e639119539. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9539

Gomes, R. M. G. M., Teixeira, L. S. T. S., Santos, M. D. C. Q., Santos, Q., Sales, Z. N. S. N., Linhares, E. F. L. F., & Santos, K. A. S. A. (2018). Sistematização da assistência de enfermagem: revisitando a literatura brasileira. ID online REVISTA DE PSICOLOGIA, 12(40), 995-1012.

Henriques, L. B., Alves, E. B., Vieira, F. M. D. S. B., Cardoso, B. B., D’Angeles, A. C. R., Cruz, O. G., ... & Saraceni, V. (2019). Acurácia da determinação da idade gestacional no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC): um estudo de base populacional. Cadernos de Saúde Pública, 35, e00098918.

Herdman, T. H., & Kamitsuru, S. (2015). Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação 2015-2017. In Diagnósticos de enfermagem da Nanda: definições e classificação 2015-2017, 468-468.

Lima, F. C., Soares, T. B., Sardinha., D. M., & Ueno, T. M. R. L. (2020). Percepções de estudantes de enfermagem sobre os tipos de experiências pré-concebidas em enfermagem. ROL NursingJournal , 43 (5), 43-50.

Maki, M. T., Orsi, K. C. S. C., Tsunemi, M. H., Hallinan, M. P., Pinheiro, E. M., & Avelar, A. F. M. (2017). O efeito da manipulação sobre o sono do recém-nascido prematuro. Acta Paulista de Enfermagem, 30(5), 489-496.

Marinelli, N. P., Silva, A. R. A., & Silva, D. N. O. (2016). Sistematização da assistência de enfermagem: desafios para a implantação. Revista Enfermagem Contemporânea, 4(2).

Marcondes, C., Dutra, C. A. M., Kauani, C. E., & Amorim, C. J. B. (2017). KNOWLEDGE OF THE NURSING TEAM ON PREMATURE NEWBORN PAIN. JournalofNursing UFPE/Revista de Enfermagem UFPE, 11(9).

Moraes Filho, I. M. D., Souza, G. B. D., Nascimento, F. N. N. D., Santos, J. L. A., & Carvalho, M. R. D. (2017). Checklist do recém-nascido: principais diagnósticos de enfermagem mediante intercorrências e susceptibilidade das mesmas no neonatal. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, 6(1), 38-45.

Noleto, R. C., & Campos, C. F. (2020). Estratégias desenvolvidas pelos enfermeiros para garantir a segurança do paciente na unidade de terapia intensiva neonatal. Facit Business and Technology Journal, 2(16).

Nunes, R. M., Nunes, M. R., Assunção, I. A., & Souza Lages, L. (2019). Sistematização da assistência de enfermagem e os desafios para sua implantação na unidade de terapia intensiva: uma revisão de literatura. Revista Uningá, 56(S2), 80-93.

Otaviano, F. P., Duarte, I. P., & Soares, N. S. (2015). Assistance to nursing neonate premature in intensive care units neonatal (NICU). Rev Saúde em foco [Internet], 60-79.

Pinheiro, J. M. B. (2018). Prevenção de hipotermia em recém-nascidos prematuros - princípios simples para uma tarefa complicada,. Jornal de Pediatria, 94(4), 337-339. https://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2017.10.003

Ribeiro, J. F., Cavalcante, S. L. L., Lacerda, S. I., Evangelista, S. L. V. L., & Marias, C. D. M. (2016). O PREMATURO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: A ASSISTÊNCIA DO ENFERMEIRO. Journal of Nursing UFPE/Revista de Enfermagem UFPE, 10(10).

Riegel, F., & Oliveira Junior, N. J. (2017). Processo de enfermagem: implicações para a segurança do paciente em centro cirúrgico. Cogitare Enfermagem, 22(1).

Santos, R. C., Alves, A. P. B., Milhomem, A. B., & Silva, F. L. B. (2020). Nursing assistance to new Born with pain in intensive care units neonatal: na integrative review. Braz. J. of Develop, 6(12), 99108-99116.

Schmitz, E. L., Gelbcke, F. L., Bruggmann, M. S., & Luz, S. C. L. (2016). Filosofia e marco conceitual: estruturando coletivamente a sistematização da assistência de enfermagem. Revista Gaúcha de Enfermagem, 37(spe), e68435. EpubMarch .https://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2016.esp.68435

Secco, I. L., Costa, T., Moraes, E. L. L. D., Freire, M. H. D. S., Danski, M. T. R., & Cavalcante, R. P. G. V. (2017). Apendicite neonatal: um estudo de caso de sobrevivência. Revista brasileira de enfermagem , 70 (6), 1296-1300.

Silva, I. N., Salim, N. R., Szylit, R., Sampaio, P. S. S., Ichikawa, C. R. D. F., & Santos, M. R. D. (2017). Conhecendo as práticas de cuidado da equipe de enfermagem em relação ao cuidado na situação de final de vida de recém-nascidos. Escola Anna Nery, 21(4).

Silva, R. S., Almeida, A. R. L. P., Oliveira, F. A., Oliveira, A. S., Fátima, B. M. D. R., & Sampaio, G. P. D. N. P. (2016). Sistematização da Assistência de Enfermagem na perspectiva da equipe. Enfermagem em Foco. 7 (2): 32-36.

Silva, R. S., Barbosa, M. O., Costa, T. P., Silva, G. Q., Oliveira, P. P., Koeppe, G. B. O., & Rocha, J. R. C. (2019). Humanização na Unidade de Terapia Neonatal: percepção das mães. Saúde Coletiva (Barueri), 9(50), 1814-1822.

Silva, J. M., Silva, J. M., Santos, A. C., Silva, F. S. E. O., & Lima, J. S. (2020). CUIDADO DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO PRÉ TERMO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA NEONATAL. REMAS-Revista Educação, Meio Ambiente e Saúde, 10(3), 73-84.

Silva, L. A. T., Soares, L. B., Souza, R. C. A., Gouveia, A. O., Gouveia, A. O., Souza, J. R. B., ... & Santos, V. R. C. (2021). Sistematização da Assistência de Enfermagem a um paciente domiciliado com sequela de acidente vascular cerebral. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 13(2), e5513-e5513.

Souza, N. R. D., Costa, B. M. B., Carneiro, D. C. F., Barbosa, H. S. C., & Santos, I. C. R. V. (2015). Sistematização da assistência de enfermagem: dificuldades referidas por enfermeiros de um hospital universitário. Revenferm UFPE online [Internet], 9(3), 7104-7110.

Zavaleta, G. F., Concepción, U. L., Concepción, Z. M., & Aguilar, V. D. (2018). Fatores de risco e displasia broncopulmonar em recém-nascidos prematuros de muito baixo peso. CubanJournalofPediatrics, 91 (1).

Published

11/03/2021

How to Cite

SILVA, G. do N.; SANTOS, G. L. dos; SILVA, C. de J.; LIMA, F. C. de; UENO, T. M. R. L.; MOURA, L. D. de O.; MARCENA, J. C.; CAMPOS, F. L. M.; OLIVEIRA, V. M. L. P.; FERREIRA, M. F. D. C.; FONSECA, A. C. M.; BARRAL, D. M.; RAMALHO, M. A. The nurse’s perception about the systematization of nursing care to premature newborn in the intensive care unit. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e16510313119, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13119. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13119. Acesso em: 12 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences