Nursing care for children with leukemia in a high complexity hospital

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13142

Keywords:

Child; Care; Nursing; Leukemia.

Abstract

Introduction: Childhood cancer is considered a rare disease, being progressive and of great relevance to public health in the country. When associated with tumors, leukemia is considered to be the second leading cause of mortality mainly in the age group of five to nine years. The role of the nurse has a primary role in the recovery and maintenance of the child's healthy life conditions. Objective: To know the care provided by nursing to children with leukemia in the hospital environment. Methodology: This is a qualitative research with a descriptive approach. It was performed at the pediatric oncology clinic of a philanthropic hospital in Teresina-PI. The research subjects were all nurses and seven nursing technicians. Data were collected from September to November 2017, using a semi-structured interview script. Result: Three nurses and seven nursing technicians participated in the study and, from the reports, two thematic categories emerged: Nursing care for children with leukemia during hospitalization; Nursing incentive for children with leukemia to remain hospitalized until recovery. It is evident the use of strategies to provide well-being of the child / family binomial through welcoming together with humanized assistance; guidance on the procedures they will have to undergo in the hospital environment; support for family members and promotion of children's leisure, time to play. Conclusion: This study contributed to the expansion of nursing knowledge about the care provided to children with leukemia, as well as in the discussion and implementation of actions that can promote the improvement of the quality of life of these children.

References

Andrade, V., Sawada, N. O., & Barichello, E. (2013). Qualidade de vida de pacientes com câncer hematológico em tratamento quimioterápico. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 47(2), 355-361.

Barbeiro, F. M. S. (2013). Sentimentos evidenciados pelos pais e familiares frente ao diagnóstico de câncer na criança. Rev pesqui cuid Fundam (Online), 162-172.

Bellesso, M. (2013). Febrile neutropenia studies in Brazil: treatment and cost management based on analyses of cases. Revista brasileira de hematologia e hemoterapia, 35(1), 3-4.

Cunha, C. M., Ferreira, T. C., Oliveira Morales, N. M., Morales, R. R., Pinto, R. M. C., & da Silva, C. H. M. (2013). nfluência dos tipos de câncer pediátrico e das fases do tratamento na qualidade de vida dos cuidadores. Bioscience Journal, 29(3).

Demirbag, B. C., Kurtuncu, M., & Guven, H. (2013). Knowledge of Turkish mothers with children in the 0-13 age group about cancer symptoms. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention, 14(2), 1031-1035.

Depianti, J. R. B., Silva, L. F., Monteiro, A. C. M., & Soares, R. S. (2014). Dificuldades da enfermagem na utilização do lúdico no cuidado à criança com câncer hospitalizada. Revista de Pesquisa: Cuidado e Fundamental, 6(3).

Duarte, M. D. L. C., Zanini, L. N., & Nedel, M. N. B. (2012). O cotidiano dos pais de crianças com câncer e hospitalizadas. Revista Gaúcha de Enfermagem, 33(3), 111-118.

Espinoza, K., & Jofre, V. Sobrecarga, apoyo social y autocuidado en cuidadores informales. Cienc Enferm. 2012; 18 (2): 23-30.

Francischinelli, A. G. B., Almeida, F. D. A., & Fernandes, D. M. S. O. (2012). Uso rotineiro do brinquedo terapêutico na assistência a crianças hospitalizadas: percepção de enfermeiros. Acta Paulista de Enfermagem, 25(1), 18-23.

Gurgel, L. A., & Lage, A. M. V. (2013). Atuação psicológica na assistência à criança com câncer: da prevenção aos cuidados paliativos. Rev Psicol, 4(1), 83-96.

Loggeto, S. R., Park, M.V.F., & Braga, J.A.P. (2012). Oncologia para o pediatra. Atheneu, 2012.

Maestri, E., Nascimento, E. R. P., Bertoncello, K. C. G., & Jesus Martins, J. (2012). Estratégias para o acolhimento dos familiares dos pacientes na unidade de terapia intensiva. Rev enferm UERJ, 20(1), 73-78.

Maranhão, T. A., Melo, B. M. D. S., Vieira, T. S., Veloso, A. M. V., & Batista, N. N. L. A. (2011). A humanização no cuidar da criança portadora de câncer: fatores limitantes e facilitadores. J Health Sci Inst, 29(2), 106-9.

Matias, S. R. (2016). Assistência de enfermagem às crianças com leucemia Linfoblástica aguda (lla). 17f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharel em Enfermagem) – Centro Universitário São Lucas, Porto Velho.

Ministério da Saúde, Brasil. (2012). Instituto Nacional do Câncer (INCA). Estimativa 2012: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA. Available from: <http://www.inca.gov.br/estimativa/2012.pdf>. Acesso em: 22 jun. 2017.

Ministério da Saúde, Brasil. (2013). Leucemia. Rio de Janeiro: INCA. <http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecanc er/site/home/leucemia/definicao>.

Ministério da Saúde, Brasil. (2016). Particularidades do câncer infantil. Rio de Janeiro: INCA.

Mutti, C. F., Mello Padoin, S. M., Paula, C. C., Oliveira Souza, I. E., Terra, M. G., & Quintana, A. M. (2012). Cuidado de enfermagem à criança que tem doença oncológica avançada: ser-com no cotidiano assistencial. Ciência, cuidado e saúde, 11(1), 113-120.

Pereira, A. R. P. D. F., Matsue, R. Y., Vieira, L. J. E. D. S., & Pereira, R. V. S. (2014). Análise do cuidado a partir das experiências das mães de crianças com paralisia cerebral. Saúde e Sociedade, 23, 616-625.

Ribeiro, J. P., Gomes, G. C., & Thofehrn, M. B. (2014). Ambiência como estratégia de humanização da assistência na unidade de pediatria: revisão sistemática. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 48(3), 530-539.

Silva, J. K. O., Moreira-Filho, D.C., Mahayri, N., Ferraz, R.O. (2012). Childhood câncer: information followed in population-based câncer registry. Rev bras cancerol, 58(4), 681-686.

Silva, M. E. D.C., Costa, L. D., Dantas, A. L. B., Araújo, D. O. R., Duarte, I. S., & Sousa, J. F. M. (2013). Nursing care to cancer patients in the hospital/Assistência de enfermagem ao paciente oncológico no hospital. Revista de Enfermagem da UFPI, 2(5), 69-75.

Silva, R. C. F. D., & Hortale, V. A. (2006). Cuidados paliativos oncológicos: elementos para o debate de diretrizes nesta área. Cadernos de saúde pública, 22(10), 2055-2066.

Souza, B. F. D., Pires, F. H., Dewulf, N. D. L. S., Inocenti, A., Silva, A. E. B. D. C., & Miasso, A. I. (2013a). Patients on chemotherapy: depression and adherence to treatment. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 47(1), 61-68.

Souza, L. F. D., Misko, M. D., Silva, L., Poles, K., Santos, M. R. D., & Bousso, R. S. (2013). Morte digna da criança: percepção de enfermeiros de uma unidade de oncologia. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 47(1), 30-37.

Souza, L. P., Silva, R. K. P., Amaral, R. G., Souza, A. A. M., Mota, É. C., & Oliveira, C. S. (2012). Câncer infantil: sentimentos manifestados por crianças em quimioterapia durante sessões de brinquedo terapêutico. Revista da rede de enfermagem do Nordeste, 13(3), 686-692.

Viero, V., Beck, C. L. C., Freitas, P. H., Coelho, A. P. F., Lima, S. B. S., & Machado, B. P. (2014). Enfrentamentos da criança com câncer frente ao afastamento escolar devido internação hospitalar. Revista de Enfermagem da UFSM, 4(2), 368-377.

Xavier, D. M., Gomes, G. C., Barlem, E. L. D., & Erdmann, A. L. (2013). A família revelando-se como um ser de direitos durante a internação hospitalar da criança. Revista Brasileira de Enfermagem, 66(6), 866-872.

Published

10/03/2021

How to Cite

OLIVEIRA, A. P. da C. .; SANTANA, R. da S.; PEREIRA, A. C. F. .; FERNANDES, W. B. B. .; ALMEIDA, L. M. de .; LEAL, J. F. .; ASSIS, A. R. de .; LUZ, Álesson M. S. da; PORTO, J. da S.; SILVA, M. do A. F. S. e; SALES, E. R. .; OLIVEIRA, Y. A. V. de. Nursing care for children with leukemia in a high complexity hospital. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e14410313142, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13142. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13142. Acesso em: 18 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences