Accessibility to dental services in SUS: a literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13194

Keywords:

Access; Accessibility; Dental services; Oral health.

Abstract

Introduction: Health as an inherent right to citizenship in the 1988 constitution of Brazil was a conquest by social groups who, at the time, dissatisfied with inequalities and exclusion of part of the population to health services, fought to consolidate the Unified Health System (SUS).  Through this conquest, public policies were implemented to guarantee this right.  However, unequal access to health services is still a problem which hinders the effective exercise of SUS due to the barriers found in various aspects, such as structural, operational and relational.  Objective: Review of scientific production on accessibility to SUS dental services was performed, characterizing the main barriers to access. Method: Integrative literature review with search of articles published between 2010 and 2017 was carried out on the Scientific Electronic Library Online (SciELO) and Latin American and Caribbean literature on Health Sciences (LILACS) databases, using the following keywords: “access”, “accessibility”, “dental services” and “oral health”. Results: A total of 24 articles were selected, presenting as main barriers to access the lack of information about services and the importance of oral health, self-assessment of oral health, the lack of materials, human resources and supplies, the failure to implement current public policies, among others. Conclusion: Overcoming these barriers to access is fundamental in order to diminish social inequities and to promote social justice, as well as new studies aimed at the groups considered most vulnerable.

References

Abreu-de-Jesus, W. L., & Assis, M. M. A. (2010). Revisão sistemática sobre o conceito de acesso nos serviços de saúde: contribuições do planejamento. Ciência e Saúde Coletiva, 15(1):161-70. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000100022

Andersen, R. M. (1995). Revisiting the behavioral model and Access to medical care: does it matter? Journalof Health and Social Behavior, 36(1), 1-10. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/7738325/

Andersen, R. M. & Davidson, P. L. (2000). Improving Access to care in America: individual and contextual indicators. In: Andersen R. M., et al. Changing the U.S. healthcare system: key issues in health services policy and management. (3rd ed.), Jossey-Bass.

Austregésilo, S. C., Leal, M. C. C., Marques, A. P. O., Vieira, J. C. M., & Alencar, D. L. (2015). Acessibilidade a serviços de saúde bucal por pessoas idosas: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 18(1), 189-199. https://doi.org/10.1590/1809-9823.2015.13179

Baldani, M. H., & Antunes, J. L. (2011). Inequalities in access and utilization of dental services: a cross-sectional study in an area covered by the Family Health Strategy. Caderno de Saúde Pública, 27(Sup 2), 5272-5283. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2011001400014

Barros, S. G., Medina, M. G., Carcereri, D. L., Ruiz, D.C., & Peres, A. C. O. (2016). Atenção primária e saúde bucal. In Chaves S. C. Política de Saúde Bucal no Brasil. Editora EDUFBA.

Brasil. (2000). Ministério da Saúde. Portaria nº 1.444 GM/MS de 28 de dezembro de 2000. Estabelece incentivo financeiro para a reorganização da atenção à saúde bucal prestadas nos municípios por meio do programa saúde da família. Brasília.

Brasil. (2004). Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal.

Brasil. (2006). Política Nacional de Atenção Básica. Ministério da Saúde.

Brasil. (2011). SB Brasil 2010: Pesquisa Nacional de Saúde Bucal. Resultados principais. Ministério da Justiça. Secretaria de Atenção à Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Atenção à Saúde. Coordenação Geral de Saúde Bucal, Brasília.

Carreiro, D. L. et al. (2017). Uso de serviços odontológicos de forma regular na população de Montes Claros, MG, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 22(12), 4135-4150. https://doi.org/10.1590/1413-812320172212.04492016

Castro, R. D., Oliveira, A. G., & Araújo, I. M. (2011). Estudo da Acessibilidade Organizacional aos Serviços de Saúde Bucal de um Município de Pequeno Porte do Nordeste brasileiro. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, 14(4), 65-78. https://periodicos.ufpb.br/index.php/rbcs/article/view/9719/5688

Cavalcanti, R. P., Gaspar, G. S., & Goes, P. S. (2012). Utilização e Acesso aos Serviços de Saúde Bucal do SUS -Uma Comparação entre Populações Rurais e Urbanas. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria Clínica Integrada, 12(1), 121-126. 10.4034/PBOCI.2012.121.19

Chaves, S. C. et al. (2012). Características do acesso e utilização de serviços odontológicos em municípios de médio porte. Ciência & Saúde Coletiva, 17(11), 3115-3124. https://doi.org/10.1590/S1413-81232012001100027

Cruz, D. N., Chaves, S., & Cangussu, M. C. (2016). A utilização dos serviços odontológicos: elementos teóricos e conceituais. in Chaves, S. C. Política de Saúde Bucal no Brasil. Editora EDUFBA.

Donabedian A. (1973). Aspects of medical care administration. Harvard University Press.

Donabedian, A. (2003). An introduction to quality assurance in healthcare. Oxford University.

Emerich et al. (2015). Access to dental services and related factors in adolescents from Vitória, Espírito Santo, Brazil, 2011. Brazilian Research in Pediatric Dentistry and Integrated Clinic, 15(1), 253-262. http://dx.doi.org/10.4034/PBOCI.2015.151.27

Esposti, C. D., Cavaca, A. G., Côco, L. S. A., Santos-Neto, E. T., & Oliveira, A. E. (2016). As dimensões do acesso aos serviços de saúde bucal na mídia impressa. Saúde e Sociedade. São Paulo, 25(1), 19-30. https://doi.org/10.1590/S0104-12902016141706

Fonseca, L. L., Nehmy, R. M., & Mota, J. A. (2015). O valor social dos dentes e o acesso aos serviços odontológicos. Ciência & Saúde Coletiva, 20(10), 3129-3138. DOI: 10.1590/1413-812320152010.00172015

Fonseca, E. P., Fonseca, S. G., & Meneghim, M. C. (2017). Análise do acesso aos serviços odontológicos públicos no Brasil. ABCS Health Sciences, 42(2), 85-92. https://doi.org/10.7322/abcshs.v42i2.1008

Hobdell, M. H. (2007). Poverty, oral health and human development: contemporary issues affecting the provision of primary oral healthcare. Journal of the American Dental Association, 138(11), 1433-1436. 10.14219/jada.archive.2007.0076

Machado, L. P., Camargo, M. B. J., Jeronymo, J. C. M., & Bastos, G. A. N. (2012). Uso regular de serviços odontológicos entre adultos e idosos em região vulnerável no sul do Brasil. Revista de Saúde Pública, 46(3), 526-33. https://doi.org/10.1590/S0034-89102012000300015

Mattos, G. C. M., Ferreira, E. F., Leite, I. C. G., & Greco, R. M. (2014). A inclusão da equipe de saúde bucal na Estratégia Saúde da Família: entraves, avanços e desafios. Ciência e Saúde Coletiva, 19(2), 373-382. 10.1590/1413-81232014192.21652012

Melo, A. C., Braga, C. C., & Forte, F. D. (2011). Acessibilidade ao Serviço de Saúde Bucal na Atenção Básica: Desvelando o Absenteísmo em uma Unidade de Saúde da Família de João Pessoa –PB. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, 15(3), 309-318. https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rbcs/article/view/10734.

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. C. P., & Galvão, C. M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem, 17(4), 758-64. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018.

Narvai, P. C. (2006). Saúde bucal coletiva: caminhos da odontologia sanitária à bucalidade. Revista de Saúde Pública, 40, 141-7. https://www.scielo.br/pdf/rsp/v40nspe/30633

Neto, E. T. S., Oliveira, A. E., Zandonade, E., & Leal, M.C. (2012). Acesso à assistência odontológica no acompanhamento pré-natal. Ciência & Saúde Coletiva, 17(11), 3057-3068. https://doi.org/10.1590/S1413-81232012001100022.

Oliveira, R. F. R., Souza, J. G. S., Haikal, D. S., Ferreira, E. F., & Martins, A. M. E. (2016). Equidade no uso de serviços odontológicos provenientes do SUS entre idosos: estudo de base populacional. Ciência & Saúde Coletiva. 21(11), 3509-3523. https://doi.org/10.1590/1413-812320152111.22532015

Paim, S. J. (2016). O que é o SUS. Editora Fiocruz.

Paredes, S. O., Fernandes, J. R. L., Fernandes, J. M. F. A., & Menezes, V. A. (2015). Utilização dos serviços odontológicos por pré-escolares em um município de pequeno porte do Estado da Paraíba. Revista de Odontologia da UNESP, 44(3), 181-187. https://doi.org/10.1590/1807-2577.1069

Peres, K. G. et al. (2012). Redução das desigualdades sociais na utilização de serviços odontológicos no Brasil entre 1998 e 2008. Revista de Saúde Pública, 46(2), 250-258. https://doi.org/10.1590/S0034-89102012000200007

Petersen, P. E., Bourgeois, D., Ogawa, H., Estupinan-Day, O., & Ndiaye, C. (2005). The global burdenof oral diseases and risks to oralhealth. Bulletin of the World Health Organization, 83(9). https://www.scielosp.org/pdf/bwho/2005.v83n9/661-669/

Pinto, V. P. et al. (2014). Avaliação da acessibilidade ao Centro de Especialidades Odontológicas de abrangência macrorregional de Sobral, Ceará, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 19(7), 2235-2244. https://doi.org/10.1590/1413-81232014197.09862013

Rocha-Buelvas, A. (2013). Análisis sobre elacceso a losservicios de lasalud bucal: um indicador de equidad. Revista Gerencia y Políticas de Salud, 12(25), 96-112. http://www.scielo.org.co/pdf/rgps/v12n25/v12n25a08.pdf

Rodrigues, L. A. et al. (2014). Uso de serviços odontológicos entre pré-escolares: estudo de base populacional. Ciência & Saúde Coletiva, 19(10), 4247-4256. https://doi.org/10.1590/1413-812320141910.13382013

Sanchez, H. F., & Braga, S. C. (2014). Melhoria do acesso à saúde bucal na Estratégia de Saúde da Família: uma revisão de literatura. Revista Atenção Primária à Saúde, 17(3), 397-402. https://periodicos.ufjf.br/index.php/aps/article/view/15466.

Santos, G. L., Freitas, V. S., Andrade, M. C., & Oliveira, M. C. (2010). Fumo e álcool como fatores de risco para o câncer bucal. Odontol. Clín.-Cient., 9(2), 131-133. http://revodonto.bvsalud.org/pdf/occ/v9n2/a08v9n2.pdf.

Soares, F. F., Chaves, S. C., & Cangussu, M. C. (2013). Desigualdade na utilização de serviços de saúde bucal na atenção básica e fatores associados em dois municípios brasileiros. Revista Panamericana de Salud Pública, 34(6). https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-702714.

Soares, C. L. M., & Paim, J. S. (2011). Aspectos críticos para a implementação da política de saúde bucal no município de Salvador, Bahia, Brasil. Caderno de Saúde Pública. 27(5), 966-74. https://www.readcube.com/articles/10.1590/s0102-311x2011000500014.

Solano et al. (2017). Utilização de serviços de saúde bucal na atenção primária: perspectivas dos usuários do SUS de um município do sul do Brasil. Revista Ciência Plural, 3(3), 81-92. https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-883518.

Souza, L. F., & Chaves, S. C. (2010). Política nacional de saúde bucal: acessibilidade e utilização de serviços odontológicos especializados em um município de médio porte na Bahia. Revista Baiana Saúde Pública, 34(2), 371-387. http://files.bvs.br/upload/S/0100-0233/2010/v34n2/a1814.pdf.

Tavares, R. P., Costa, G. C., Falcão, M. L. M., & Cristino, P. S. (2013). A organização do acesso aos serviços de saúde bucal na estratégia de saúde da família de um município da Bahia. Saúde em Debate, 37(99), 628-635. https://doi.org/10.1590/S0103-11042013000400010.

Travassos, C. & Martins, M. (2004). Uma revisão sobre os conceitos de acesso e utilização de serviços de saúde. Caderno de Saúde Pública, 20 (Sup 2), 190-198. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2004000800014

Viana, A. M., Gomes, M. J., Carvalho, R. B., & Oliveira, E. R. A. (2010). Acessibilidade dos idosos brasileiros aos serviços odontológicos. Revista da Faculdade de Odontologia, 15(3), 319-324. http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1413-40122010000300019&script=sci_arttext.

Viegas, A. P., Carmo, R. F., & Luz, Z. M. (2015). Fatores que influenciam o acesso aos serviços de saúde na visão de profissionais e usuários de uma unidade básica de referência. Saúde e Sociedade, 24(1), 100-112. https://doi.org/10.1590/S0104-12902015000100008

Published

11/03/2021

How to Cite

DAMASCENO, K. S. M.; CRUZ, D. N.; BARROS, S. G. de. Accessibility to dental services in SUS: a literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e17610313194, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13194. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13194. Acesso em: 14 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences