Climatic conditions in the cercosporiosis (Cercospora coffeicola) incidence and leaf-miner (Leucoptera coffeella) in coffee cultivars in Monte Carmelo, Minas Gerais, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13304

Keywords:

Genetic material; Coffea arabica L; Disease; Pest.

Abstract

The genetic material adapted to the Cerrado Mineiro conditions and the monitoring can be a determining factor for the efficient management of coffee pests and diseases. In this context, the objective was to evaluate the climatic conditions in the cercosporiosis incidence and leaf-miner in coffee cultivars in Monte Carmelo, Minas Gerais. The experiment was conducted at the Federal University of Uberlandia, Campus Monte Carmelo. The experimental design used was in randomized blocks, with four blocks, and the treatments consisted of eight cultivars of Coffea arabica L.: Acaiá Cerrado MG-1474; Mundo Novo IAC 379-19; Bourbon Amarelo IAC J10; Catuaí Vermelho IAC 99; Paraíso MG H 419-1; Topázio MG-1190; Acauã Novo and IAC 125 RN. Each experimental plot consisted of 10 plants, with the five central plants being evaluated. The presence of cercosporiosis lesions in the branch located in the upper third was evaluated monthly by the non-destructive method. Fortnightly the number of leaves with intact mines of the leaf-miner in the plagiotropic branch selected in the middle third was counted. The incidence of cercosporiosis and leaf-miner was evaluated from December 2017 to August 2018. The cultivars that presented the lowest incidence of leaf-miner were Mundo Novo IAC 379-19, Acaiá Cerrado MG-1474, Bourbon Amarelo IAC J10, Paraíso MG H 419-1 and Topázio MG-1190, respectively. The highest incidence of leaf-miner was from April to August. The months with the highest incidence of cercosporiosis were from December to May, with variability in the occurrence of the disease among the cultivars tested.

Author Biography

Gleice Aparecida de Assis, Universidade Federal de Uberlândia

Doutorado em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras.

Docente no curso de Agronomia na Universidade Federal de Uberlândia - Campus Monte Carmelo.

References

Amaral, T. S., Bulhões, R. S., Paiva, T. S. S., & Macêdo, J. A. (2015). Variação de dois componentes climáticos nas entrelinhas e em folhas de cafeeiro infestadas pelo bicho-mineiro. Magistra. 27(3/4), 344-352.

Carvalho, A. M. D., Mendes, A. N. G., Carvalho, G. R., Botelho, C. E., Gonçalves, F. M. A., & Ferreira, A. D. (2010). Correlação entre crescimento e produtividade de cultivares de café em diferentes regiões de Minas Gerais, Brasil. Pesquisa Agropecuária

Brasileira. 45(3), 269-275.

Carvalho, A. M. D. et al. (2017). Comportamento de cultivares de cafeeiro sob a incidência das doenças da ferrugem e cercosporiose em dois ambientes de cultivo. Coffee Science. 12(1), 100-107.

Cintra, P. H. M., Filho, A. B. E., & Pereira, W. (2017). Flutuação populacional do bicho mineiro do cafeeiro em Ceres-GO. Congresso estadual de iniciação científica e tecnologia do IF goiano, 6.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB ] (2021, janeiro). Acompanhamento da safra brasileira de café - Terceiro levantamento. Recuperado de https://www.conab.gov. br/info-agro/safras/cafe

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB ] (2020, setembro). Acompanhamento da safra brasileira de café - Terceiro levantamento. Recuperado de https://www.conab.gov. br/info-agro/safras/cafe

Conceição, C. H. C., Filho, O. G., & Gonçalves, W. (2005). Flutuação populacional do bicho-mineiro em cultivares de café arábica resistentes à ferrugem. Bragantia. 64(4), 625-631.

Felipe, C. R. de P., Camarano, L. F., Oliveira, C. A. S., & Ribeiro, D. A. (2005). Intensidade de doenças e pragas em plantas recepadas de café (Coffea arabica L.) cultivadas em três espaçamentos durante o segundo ano de produção. Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 4.

Fernandes, A. T. F., et al. (1990). Resistência de progênies de Catimor a diferentes isolados de Cercospora coffeicola Berk. & Look. Fitopatologia Brasileira. 15, 45-49.

Fernandes, M. I. S., Assis, G. A., Nascimento, L. G., Cunha, B. A., Airão, A. L. C., & Gallet, D. S. (2020). Parâmetros produtivos e de qualidade de cultivares de cafeeiros na região do Alto Paranaíba, Minas Gerais, Brasil. Research, Society and Development. 9(9).

Lomelí-Flores, J. R., Barrera, J. F., & Bernal, J. (2010). Impacts of weather shade cover and elevation on coffee leaf miner Leucoptera coffeella (Lepidoptera: Lyonetiidae) population dynamics and natural enemies. Crop Protection, 29, 1039-1048.

Mesquita, C. M. et al. (2016). Manual do café: distúrbios fisiológicos, pragas e doenças do cafeeiro (p. 62). Belo Horizonte: EMATER, MG.

Michelotto, M.D., Galli, J. A., Martins, A. L. M., Spatti, L. R., & Fauoli, L. C. (2006). Ocorrência do bicho- mineiro do cafeeiro em diferentes linhagens de Icatu. Reunião Anual do Instituto Biológico, 68, 470-473.

Moura, W. D. M., Lima, P. C., Fazuoli, L. C., Condé, A. B. T., & Silva, T. C. (2013). Desempenho de cultivares de café em sistema de cultivo orgânico na zona da mata mineira. Coffee Science. 8(3), 256-264.

Nunes, J. F., Martins, F. K., Franklin, A. M., & Costa, E. S. (2018). Inimigos naturais da Broca-do-Café e do Bicho Mineiro do Cafeeiro (Coffea arabica L.) em Passos, MG. Ciência ET Praxis. 11(21), 115-120.

Oliveira, F. R. A., & Ghini, R. (2012). Incidência e severidade da ferrugem (Hemileia vastatrix) do cafeeiro em função do aumento da concentração de CO2 do ar. Workshop sobre mudanças climáticas e problemas fitossanitários. Embrapa Meio ambiente. p. 120-126.

Ortega, A. C., & Jesus, C. M. (2011). Território café do Cerrado: transformações na estrutura produtiva e seus impactos sobre o pessoal ocupado. Revista de Economia e Sociologia Rural. 49(3), 771-800.

Patricio, F. R. A., Braguini, M. T., & Fazuoli, L. C. (2010). Resistência de plantas de Coffea arabica, Coffea canephora e híbridos interespecíficos à cercosporiose. Bragantia. 69(4), 883-890.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. (1.ed). Santa Maria, RS: UFSM, NTE. Recuperado de https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Pereira, G. S. (2011). Análise da resistência ao bicho-mineiro e caracterização de genótipos de Coffea arabica com microssatélites. Dissertação - Curso de Agronomia. Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, Brasil.

Pozza, E. A., & Alves, M. C. (2008). Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças fúngicas do cafeeiro no Brasil. In: Ghini, R., & Hamada, E. (Ed.). Mudanças climáticas: impactos sobre doenças de plantas no Brasil (p. 216-233). Brasília: EMBRAPA.

Reis, P. R., & Souza, J. C. (1996). Manejo integrado do bicho-mineiro Perileucoptera coffeella (Guérin-Mèneville, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae), e seu reflexo na produção de café. Sociedade Entomológica do Brasil, 25, 77-82.

Rezende, A. N., Carvalho, S. J. P., & Peixoto, M. L. (2017). Flutuação populacional do bicho-mineiro influenciada pelocontrole de plantas daninhas nas entrelinhas do cafeeiro. Congresso brasileiro de pesquisas cafeeiras, 43.

Ribeiro, A. C., Guimarães, P. T. G., & Alvarez, V. H. (1999). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. 5ª Aproximação, 18, 289-302). Viçosa, MG.

Rodrigues, B., Carvalho, F.J., Oliveira, D. F. M., Andalo, V., & Assis, G.A. (2014). Ocorrência de bicho-mineiro em diferentes cultivares de cafeeiro na região do Alto Paranaíba. Congresso brasileiro de pesquisas cafeeiras, 40.

Rodrigues, W. N. et al. (2015). Severidade da cercosporiose em genótipos de café arábica em cultivo adensado. Congresso brasileiro de pesquisas cafeeiras, 41.

Salgado, B. G., Macedo, R. L. G., Carvalho, V. L., Salgado, M., & Venturin, N. (2007). Progresso da ferrugem e da cercosporiose do cafeeiro consorciado com grevílea, com ingazeiro e a pleno sol em Lavras, MG. Ciência e Agrotecnologia. 31(3), 1067-1074.

Scalon, J. D., Mateus, A. L. S. S., & Zacarias, M. S. (2013). Análise espaço-temporal do nível de infestação do bicho-mineiro Leucoptera coffeella (Guérin-Menèville & Perrottet . 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae) em cafezal orgânico (Coffea arabica L.). Coffee Science. 8(3), 347-353.

Silva, M. D. C. et al. (2006). Coffee resistance to the main diseases: leaf rust and coffee berry disease. Brazilian Journal of Plant Physiology, 18, 119-147.

Silva, M. G. D. (2014). Interação da luz, da temperatura e do molhamento foliar em Cercospora coffeicola e na Cercosporiose em cafeeiro. Tese (Doutorado em Fitopatologia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, Brasil.

Silva, R. A., Machado, J. L., Carvalho, T. A. F., Matos, C. S. M., & Pereira, A.B. (2013, novembro). Influência das condições climáticas na flutuação populacional do bicho-mineiro do cafeeiro Leucoptera coffeella (Guérin-Mèneville, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae) no sul de Minas Gerais. Simpósio de pesuisa dos caés do Brasil. 8.

Sistema meteorológico COOXUPÉ [SISMET] (2018, julho). Recuperado de http://sismet.cooxupe.com.br:9000

Souza, V. C. O., Cunha, R. L., Andrade, L. N., Volpato, M. M. L., Carvalho, V. L., & Esmin, A. A. A. (2013). Técnicas de extração de conhecimentos aplicadas à modelagem de ocorrência da cercosporiose (Cercospora coffeicola Berkeley & Cooke) em cafeeiros na região sul de Minas Gerais. Coffee Science. 8(1), 91-100.

Souza, T. P. et al. (2014). Ocorrência sazonal, predação e parasitismo de Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae) em cafeeiros associados à grevíleas. Coffee Science. 9(1), 34-50.

Souza. A. G. C. et al. (2015). A time series analysis of brown eye spot progress in conventional and organic coffee production systems. Plant Pathology. 64(1), 157-166.

Zambolim, L., Vale, F. X. R., & Zambolim, E. M. (2005). Doenças do cafeeiro. In: Kimati, H. et al. (Ed.). Manual de Fitopatologia: Doenças das plantas cultivadas. 2, 4, 165-180.

Published

16/03/2021

How to Cite

NASCENTES, T. F.; NASCIMENTO, L. G. do; FERNANDES, M. I. dos S.; DUTRA, W. B.; CARVALHO, F. J.; ANDALÓ, V.; GALLET, D. da S.; DIAS, W. P.; ASSIS, G. A. de. Climatic conditions in the cercosporiosis (Cercospora coffeicola) incidence and leaf-miner (Leucoptera coffeella) in coffee cultivars in Monte Carmelo, Minas Gerais, Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e29210313304, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13304. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13304. Acesso em: 13 apr. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences