Nefarious aspects of the Covid-19 pandemic on education policy in Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13313

Keywords:

Brazilian education; Pandemic; Precariousness.

Abstract

This article addresses the issue of Brazilian education and the effects caused by the Covid-19 pandemic, mainly regarding the acceleration of the precarious process of social policies through the establishment of remote education. A brief discussion is made about elements that make up the dismantling of education in Brazil, such as recklessness, privatization, and distance learning. In order to accomplish this, a bibliographic research was carried out through books, articles and documents on the subject with the objective of supporting the discussion. The investigation shows that the world health crisis brought about a deepening of social inequality and, in relation to education, showed the educational exclusion of people belonging to the working class. In addition, the analysis indicates that the social context then installed strengthens the hegemonic capitalist project.

References

Adrião, T. (2017). A privatização da educação básica no Brasil: Considerações sobre a incidência de corporações na gestão da educação pública. In Araújo, L. & Pinto, J. M. R, (Orgs). Público X privado em tempos de crise (pp. 16-37). São Paulo: Fundação Lauro Campos e Fineduca.

Andrade, G. P. S. B., Barbosa, L. A., Cardoso, M. S., & Oliveira, R. M. da S. R. (2021). Desafios para a construção de práticas docentes em tempo de pandemia. Research, Society and Development, 10(1). doi: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11834

Antunes, R. (2020a). Coronavírus: O trabalho sob fogo cruzado. São Paulo: Boitempo.

Antunes, R. (2020b). O privilégio da servidão: O novo proletariado de serviços na era digital. São Paulo: Boitempo.

Demo, P. (2000). Metodologia do conhecimento científico. São Paulo: Atlas.

Fiera, L., Evangelista, O., & Flores, R. (2020). Chantagem como estratégia para assegurar o “direito de aprendizagem” aos “vulneráveis. In Soares et al. Coronavírus, educação e luta de classes no Brasil (pp. 21-28). Brasil: Editora Terra sem Amos.

Frigotto, G. (1999). O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. In Fazenda, I. C. A. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional (pp. 69-90). 5. ed. São Paulo: Cortez.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Gonçalves, D. N., Lima, I. P. F., & Freitas, R. M. F. (2020). Educação superior em tempos de pandemia: uso de tecnologias e condições de trabalho de docentes. In Frota, F. H. S., Frota, M. H. P., & Silva, M. A. L. O impacto do COVID-19 nas políticas públicas [livro eletrônico]. 1. ed. Fortaleza: Edmeta Editora.

Harvey, D. (2020). Política anticapitalista em tempos de coronavírus [Blog]. São Paulo, 24 mar. 2020. Recuperado de https://blogdaboitempo.com.br/2020/03/24/david-harvey-politica-anticapitalista-em-tempos-de-coronavirus/

Krawczyk, N. (2014). Ensino médio: Empresários dão as cartas na escola pública. Educação & Sociedade. 35(126), 21-41. Recuperado de https://www.scielo.br/pdf/es/v35n126/02.pdf.doi:0.1590/S0101-73302014000100002

Lüdke, M., André, M. E. D. A. (2012). Pesquisa em educação: Abordagens qualitativas. São Paulo: E. P. U.

Marinho, C. H., Freitas, I. C. M. (2020). Experiências com o ensino remoto: relatos de professores da educação básica no Ceará. In Frota, F. H. S., Frota, M. H. P., & Silva, M. A. L. O impacto do COVID-19 nas políticas públicas [livro eletrônico]. 1. ed. Fortaleza: Edmeta Editora.

Marx, K. (2011). Grundrisse: Manuscritos econômicos de 1857- 1858. Esboços da crítica da economia política. São Paulo: Boitempo.

Minayo, M. C. S. (1994). Pesquisa social: Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1994.

Senhoras, E. M. (2020). Coronavírus e educação: análise dos impactos assimétricos. Boletim de Conjuntura, 2(5), 128-136. Recuperado de https://revista.ufrr.br/boca/article/view/Covid-19Educacao.doi:10.5281/zenodo.3828085

Soares, S. B. V. (2020). Coronavírus e a modernização conservadora da educação. In Soares, S. B. V. et al. Coronavírus, educação e luta de classes no Brasil (pp. 5-14). Brasil: Editora Terra sem Amos.

Published

16/03/2021

How to Cite

COSTA, R. M. P. da; SILVA, A. V. L. da; ARRAIS NETO, E. de A. Nefarious aspects of the Covid-19 pandemic on education policy in Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e29310313313, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13313. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13313. Acesso em: 12 apr. 2021.

Issue

Section

Education Sciences