Work in Primary Health Care and the Covid-19 pandemic: an experience report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13396

Keywords:

Primary health care; Integrality in health; Pandemic; Covid-19.

Abstract

Introduction: The Covid-19 pandemic has transformed health work and required new forms of care organization and management. In Primary Health Care, many processes were interrupted in order to meet the demands that emerged with the disease, affecting the production of care. Objective: To clarify the work process before and during the Covid-19 pandemic in a PHC unit in the Baixada Fluminense in Rio de Janeiro. Methodology: This is an experience report about the experiences and experiences of a nurse from a Primary Health Care unit in the city of Rio de Janeiro. Results: Different forms of configuration were identified in the field depending on the moment experienced by the professionals, the demands that were absorbed, the logistical capacity and the routines and flows established by the management. Conclusion: It was observed through the experience report how much the pandemic has weakened the positive monitoring of PHC users linked to different lines of care, which can favor in the short, medium and long term the upsurge of diseases previously controlled and contribute to increase in acute pictures.

References

Agência Nacional de Vigilância em Saúde. (2021). Painel: andamento da análise de registro e uso emergencial das vacinas. https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/painel-acompanhe-o-andamento-da-analise-das-vacinas-2013-uso-emergencial)

Ministério da Saúde. (2020). Coronavírus Brasil. https://covid.saude.gov.br/

Ministério da Saúde. (2017). Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Brasília, DF. http://www.brasilsus.com.br/index.php/legislacoes/gabinete -do--ministro/16247-portaria-n-2-436-de-21-de-setembro-de-2017.

Carnut, L. (2017). Cuidado, integralidade e atenção primária: articulação essencial para refletir sobre o setor saúde no Brasil. Saúde em Debate, 41(115), 1177-1186.

Cavalcante, J. R., & Abreu, A. J. L. (2020). Covid-19 no município do Rio de Janeiro: análise espacial da ocorrência dos primeiros casos e óbitos confirmados. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29(3), e2020204.

Cerqueira, L. C. N., Garcia, K. R. S., Trugilho, F. C., Pereira, B. W. S., Gandra, R. M., Koeppe, G. B. O. (2020) Principais métodos diagnósticos da Covid-19: recomendações e perspectivas. Saúde coletiva, Brasil, 10(54), 1-3.

Cofen. Conselho Federal de Enfermagem. (2020). Parecer de câmara técnica nº 018/2020/CTAS/COFEN. http://www.cofen.gov.br/parecer-no-018-2020-cofen-ctas_81609.html

Damaceno, A., Lima, M., Pucci, V., & Weiller, T. (2020). Redes de atenção à saúde: uma estratégia para integração dos sistemas de saúde. Revista de Enfermagem da UFSM, 10, e14.

Decreto municipal nº 2.485, de 16 de março de 2020 (2020). Dispõe sobre medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfretamento da propagação decorrente do novo Coronavírus (Covid-19), do regime de trabalho de servidor público, no âmbito do Município de Queimados. https://portal.queimados.rj.gov.br/arquivos_diario_oficial/DiarioOficial_773_15843918715e6fe6bfe89c6.pdf

Decreto municipal nº 2503 de 16 de abril de 2020 (2020). Reconhece a manutenção da situação de emergência no âmbito do Município de Queimados, atualiza as medidas de enfrentamento da propagação decorrente do novo Coronavírus - COVID – 19 e revoga o Decreto nº 2.502/2020, e dá outras providências. https://portal.queimados.rj.gov.br/arquivos_diario_oficial/DiarioOficial_796_15870646485e98af48d9d43.pdf

Diário Oficial do Município de Queimados (2020). Plano Municipal de enfrentamento para Covid-19. https://www.queimados.rj.gov.br/recomendacao-covid/recomendacao_PLANO%20MUNICIPAL%20PARA%20ENFRENTAMENTO%20DO%20COVID-19%20DOQ.%20N%C2%B0828-%2005.06.2020_1612808379602180bbcd1b0.pdf

Galavote, H. S., Zandonade, E., Garcia, A. C. P., Freitas, P. S. S., Seidl, H., Contarato, P. (2016). O trabalho do enfermeiro na atenção primária à saúde. Esc Anna Nery, 20(1), 90-98.

Gleriano, J. S., Fabro, G. C. R., Tomaz, W. B., Goulart, B. F., & Chaves, L. D. P. (2020). Reflexões sobre a gestão do Sistema Único de Saúde para a coordenação no enfrentamento da Covid-19. Escola Anna Nery, 24, e20200188.

Maffacciolli, R., & Lopes, M. J. M. (2011). Os grupos na atenção básica de saúde de Porto Alegre: usos e modos de intervenção terapêutica. Ciência & Saúde Coletiva, 16(Supl. 1), 973-982.

Martins, A. R., Pereira, D. B., Nogueira, M. L., Pereira, C. S., Schrader, G., & Thoferhn, M. B. (2012). Relações interpessoais, equipe de trabalho e seus reflexos na atenção básica. Rev Bras Educ Méd, 36(1), 6-12.

Morel, A. P. M. (2021). Negacionismo da Covid-19 e educação popular em saúde: para além da necropolítica. Trabalho, Educação e Saúde, 19, e00315147.

Morosini, M. V. G. C., Fonseca, A. F., & Lima, L. D. (2018). Política Nacional de Atenção Básica 2017: retrocessos e riscos para o Sistema Único de Saúde. Saúde em Debate, 42 (116), 11-24.

Organização Pan Americana de Saúde (OPAS). (2020). Folha informativa – Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875.

Prefeitura Municipal de Queimados (2020). Secretaria Municipal de Saúde. https://www.queimados.rj.gov.br/secretarias

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). (2015). Painel regional: Baixada Fluminense / Observatório Sebrae/RJ. https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/UFs/RJ/Anexos/Sebrae_INFREG_2014_BaixadaFlum.pdf

Silva, P. C. B., Oliveira Junior, R. R., & Borges, M. S. (2019). Cenários de desigualdades territoriais no Brasil: Um estudo sobre a Baixada Fluminense (RJ). Anais XVIII ENANPUR, Natal, RN, Brasil. http://anpur.org.br/xviiienanpur/anaisadmin/capapdf.php?reqid=4 56#:~:text=Resumo%3A,estado%20do%20Rio%20de%20Janeiro.

Ramos, T. C. S., David, H. M. S. L., Silva, T. F., & Leite, C. L. (2020). Redes sociais de gestantes de risco habitual na Atenção Primária à Saúde: a influência das relações no cuidado pré-natal. Revista J Manag Prim Health Care, 12(e19), 1-16.

Teixeira, C. F. S., Soares, C. M., Souza, E. A., Lisboa, E. S., Pinto, I. C. M., Andrade, L. R., & Espiridião, M. A. (2020). A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciência & Saúde Coletiva, 25(9), 3465-3474.

Tian, H., Liu, Y., Li, Y., Wu, C. H., Chen, B., Kraemer, M. U. G., Li, B., Cai, J., Xu, B., Yang, Q., Wang, B.,Yang, P., Cui, Y., Yimeng, C., Zheng, P., Wang, Q., Bjornstad, O. N., Yang, R., Grenfell, B. T., Pybus, O. G., & Dye, C. (2020). An investigation of transmission control measures during the first 50 days of the Covid-19 epidemic in China. Science. https://science.sciencemag.org/content/368/6491/638

Published

20/03/2021

How to Cite

RAMOS, T. C. da S. .; SILVA, T. F. da . Work in Primary Health Care and the Covid-19 pandemic: an experience report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e38210313396, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13396. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13396. Acesso em: 16 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences