Sexual behavior of adolescents from Rio Grande do Sul according to the National School Health Survey (PeNSE)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13423

Keywords:

Program Evaluation; Scholl Health; School Nursing Service; Sexual behaviour.

Abstract

Objective: To analyze the characteristics of sexual behavior of adolescents from public and private schools in the city of Porto Alegre, according to PENSE conducted in 2015. Method: This is a descriptive, cross-sectional study, with a quantitative approach, which used secondary data of a national survey of 9th grade elementary school students from public and private schools in the city of Porto Alegre who participated in PeNSE, held in 2015. Results: Of the 1011 participants, 465 are male (54.0%) ; 40.6% (n = 410) stated that they had had sexual intercourse and the majority reported having started sexual life at the age of 14 (151; 37.2%). As for sexual behavior, boys reported beginning their sexual life earlier, when compared to girls, and reported not knowing whether or not they used any method to prevent pregnancy. Conclusions: It is concluded that primary care health professionals should pay special attention to male adolescents, as they have early sexual initiation and a greater number of partners.

Author Biographies

Maria Eugênia Juncal Moreira Urnauer, Centro Universitário Ritter dos Reis

Enfermeira. Pós-graduanda em Saúde da Família pela FAVENI. Atua na Atenção Primária à Saúde - Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre. 

Raquel Malta Fontenele, Escola de Enfermagem Anna Nery

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN/UFRJ). Pesquisadora no Núcleo de Pesquisa em Enfermagem e Saúde Coletiva da EEAN/UFRJ. Linha de pesquisa: avaliação de programas e projetos de saúde.

References

Batista, M. H. J, Pinto, F. K. S., Silva, J. G. S., Ferreira, J. E., Veloso, M. Q., Rocha, M. A., Schimidt, C. P., e Barbosa, I. C. (2021). Atuação do enfermeiro na educação sexual na adolescência no contexto escolar. Brazilian Journal Of Development, [S.L.], 7 (1), 4819-4832. https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/23078.

Beserra, E. P., Sousa, L. B., Cardoso, V. P., e Alves, M. D. S. (2017). Percepção de adolescentes acerca da atividade de vida “exprimir sexualidade” Perception of adolescents about the life activity “express sexuality.” Rev Pesqui Cuid é Fundam. Online, 9 (2), 340.

Borges, A. L. V., Fujimori, E., Kuschnir, M. C. C., Chofakian, C. B. N., Moraes, A. J. P., Azevedo, G. D., Santos, K. F., e Vasconcellos, M. T. L. (2016). ERICA: Sexual initiation and contraception in Brazilian adolescents. Rev Saude Publica, 50 (suppl 1), 1s-11s.

Costa, C. S., Flores, T. R., Wendt, A., Neves, R. G., Assunção, M. C. F., & Santos, I. S. (2018). Comportamento sedentário e consumo de alimentos ultraprocessados entre adolescentes brasileiros: Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), 2015. Cadernos de Saúde Pública [online]. 34 (3). https://doi.org/10.1590/0102-311X00021017.

Costa, L. F., Malta, F. R., & Carollo, F. M. T (2020). Programa Saúde na Escola no Município de Porto Alegre: análise das ações realizadas em 2017. Saúde Coletiva (Barueri).10 (56), 3132-3141. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2020v10i56p3132-3141.

Dias, E. G., Alves, J. C. S., Viana, J. M., Santos, I. M., & Silva, J. P. (2015). Percepções sobre a gravidez em um grupo de adolescentes grávidas do município de Janaúba-MG. Rev Eletronica Gestão Saúde, 06, 1239-53.

Freitas, D. L. (2012). Pressupostos de uma Formadora em Educação Sexual - Lições da Prática. Que Rastros Temos Deixado Pelo Caminho? Context Educ. 88, 35-61.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (2015). Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE). Rio de Janeiro: IBGE. https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/pense/2015/default.shtm.

Kerntopf, M. R., Lacerda, J. F. E., Fonseca, N. H., Nascimento, E. P., Lemos, I. C. S., & Fernandes, G. P. (2016). Sexualidade na adolescência : uma revisão crítica da literatura. Adolesc Saude, 13 (supl. 2), 106-13.

Köche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. Petrópolis/RJ: Editora Vozes. http://www.brunovivas.com/wp-content/uploads/sites/10/2018/07/K%C3%B6che-Jos%C3%A9-Carlos0D0AFundamentos-de-metodologia-cient%C3%ADfica-_-teoria-da0D0Aci%C3%AAncia-e-inicia%C3%A7%C3%A3o-%C3%A0-pesquisa.pdf

Mantovani, G. D., Tres, B., Silva, R. M. M., & Moura, C. B (2014). Comparação de Dúvidas Sobre Sexualidade Entre Crianças e Adolescentes. Context Educ. 92, 72-90.

Moreira, B. L. R., Rocha, J. B. T., & Folmer, V. (2011). Educação sexual na escola: implicações para a práxis dos adultos de referência a partir das dúvidas e curiosidades dos adolescentes. Rev Electrónica Enseñanza las Ciencias. 10 (1), 64-83.

Ministério da Saúde. Decreto nº 6.286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola e dá outras providencias. Diário Oficial da União, Brasília, DF; 6 dez. 2007. Seção 1, p. 2. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2007/Decreto/D6286.htm.

Ministério da Educação; Ministério da Saúde. Portaria Interministerial nº 1.055 de 25 de abril de 2017. Redefine as regras e os critérios para adesão ao Programa Saúde na Escola - PSE por estados, Distrito Federal e municípios e dispõe sobre o respectivo incentivo financeiro para custeio de ações. Brasília,DF; 2017.

Rio Grande do Sul. Secretaria de Estado da Saúde. Boletim Epidemiológico: HIV/AIDS [recurso eletrônico]: Secretaria de Estado da Saúde/Escola de Saúde Pública; 2018.

Silva, J. L., Mello, F. C. M., Oliveira, W. A., Prado, R. R., Silva, M. A. I., & Malta, D. C. (2018). Vitimização por bullying em estudantes brasileiros: resultados da pesquisa nacional de saúde do escolar (PENSE). Texto & Contexto – Enfermagem. 27 (3), e0310017. Epub August 09. https://doi.org/10.1590/0104-07072018000310017.

Silva, R. A. R., Nelson, A. R. C., Duarte, F. H. S., Silva, F. H., Prado, N. C. C., Holanda, J. R. R., & Costa, D. A. R. S. (2016). Conhecimento de estudantes adolescentes sobre transmissão, prevenção e comportamentos de risco em relação as DST/HIV/AIDS. Rev Pesqui Cuid é Fundam. 8 (4), 5054-61.

UNAIDS (2016). Prevention Gap Report. Genebra. em http://www.unaids.org/sites/default/filesmedia_asset/2016-preventiongap-report_en.pd.

Published

22/03/2021

How to Cite

URNAUER, M. E. J. M.; FONTENELE, R. M. . Sexual behavior of adolescents from Rio Grande do Sul according to the National School Health Survey (PeNSE). Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e48110313423, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13423. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13423. Acesso em: 14 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences