Technologies in the mapping of slipping risk areas in Teófilo Otoni

Authors

  • Hamilton Costa Júnior UFVJM - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Stênio Cavalier Cabral Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i12.1353

Keywords:

Slips. Risk areas. Mapping. Geoprocessing.

Abstract

The growth of the urban population is currently a concern of the public power and population, since it generates an occupation at a fast pace, constantly carried out without planning. To do so, it is necessary to identify areas susceptible to geological risk, in order to protect the population from the occurrence of landslides, in addition to recovering and protecting spaces already occupied. The present study aims to develop an evaluation method with the aid of Geoprocessing software in Geographic Information Systems (GIS), which provides the mapping of areas susceptible to mass gravitational movements located in the urban areas of Teófilo Otoni. In order to do so, the study area was delimited, followed by the identification and qualification of danger areas to planar landslide gravitational movements and, finally, risk qualification in some of these areas. This time, thirty-five areas of danger to planar landslide processes were identified and qualified, and the risk areas present in three of the districts of the municipality were delineated and classified, demonstrating that the use of geoprocessing technologies in a GIS platform satisfactorily provided the mapping of risk areas in urban spaces.

References

Assis, L. E. Avaliação Geológico-Geotécnica Em Áreas De Susceptibilidade A Movimentos De Massa Em Rio Piracicaba (Mg). Viçosa, Mg, 2017.

Augusto Filho, O. Escorregamento Em Encostas Naturais E Ocupadas. Análise E Controle. In: O.Y Bitar (Ed) Curso De Geologia Ambiental. São Paulo, Abge/Ipt, 1995. 77- 100p.

Barbosa, R. P. Avaliação De Risco E Impacto Ambiental. São Paulo: Érica, 2014.

Brasil. Ministério Das Cidades. Instituto De Pesquisas Tecnológicas. Mapeamento De Risco Em Encostas E Margem De Rios. Brasília: Ministério Das Cidades; Ipt, 2007. 176p.

Caixeta, P. R. C.; Pimenta, D. F. N; Amaral, R. V.; Schaefer, C. E. Análise Multi-Critério (Mce) Aplicada Ao Mapeamento De Áreas Susceptíveis A Movimentos De Massas Na Área Urbana De Viçosa-Mg. Recife, 2012.

Campos, L. C. Proposta De Reanálise Do Risco Geológico-Geotécnico De Escorregamentos Em Belo Horizonte – Mg. Ufmg - Escola De Engenharia. Belo Horizonte, 2011.

Caputo, H. P. Mecânica Dos Solos E Suas Aplicações. 6° Ed. Rio De Janeiro: Ltc, 2008.

Cprm. Companhia De Pesquisa De Recursos Minerais. Serviço Geológico Do Brasil. Projeto Leste: Folha Se24-V-Civ – Teófilo Otoni. Belo Horizonte: 1996.

Cprm. Companhia De Pesquisa De Recursos Minerais. Serviço Geológico Do Brasil. Manual De Mapeamento De Perigo E Risco A Movimentos Gravitacionais De Massa. – Projeto Gides. Rio De Janeiro: Cprm/Sgb – Serviço Geológico Do Brasil, 2018.

Dahal, R. K., Hasegawa, S.; Nonomura, S.; Yamanaka, M.; Masuda, T. Gis-Based Weights-Of-Evidence Modelling Of Rainfall-Induced Landslides In Small Catchments For Landslide Susceptibility Mapping. Environmental Geology: 2008.

Gil, A. C. Como Elaborar Projetos De Pesquisa. 6° Edição. São Paulo: Atlas, 2018.

Guidicini, G.; Nieble C. M. Estabilidade De Taludes Naturais E De Escavação. São Paulo: Editora Blucher, 1983.

Ibge. Instituto Brasileiro E Geografia E Estatística. Cidades. Disponível Em: . Acesso Em: 05 De Julho De 2018.

Maciel Filho, C. L. Introdução À Geologia De Engenharia. 3 Ed. Santa Maria: Ufsm, 2008.

Pinto, R. C. Identificação E Mapeamento De Áreas Suscetíveis A Movimentos De Massa Através Da Avaliação Multicritério Em Sistemas De Informações Geográficas – Análise Conceitual E Uma Proposta Metodológica. 213p. Ufpr. Curitiba, Paraná, 2015.

Roque, L. A. Áreas De Risco Geológico-Geotecnico Associadas A Movimentos De Massa No Núcleo Urbano De Viçosa-Mg. Viçosa, Mg, 2013.

Saito, S.M.; Soriano, E.; Londe. L. De R.; Desastres Naturais / Sensoriamento Remoto Para Desastres. São Paulo: Oficina De Textos, 2015.

Sá Júnior, A. Aplicação Da Classificação De Köppen Para O Zoneamento Climático Do Estado De Minas Gerais. Lavras: Ufla, 2009.

Sampaio T. Q.; Pimentel, J.; Silva, C. R.; Moreira, H. F. A Atuação Do Serviço Geológico Do Brasil Na Gestão De Riscos E Resposta A Desastres Naturais. Brasília: 2013.

Santos, H. G. Dos; Jacomine, P. K. T.; Anjos, L. H. C. Dos; Oliveira, V. A.; Oliveira, J. B. De; Coelho, M. R.; Lumbreras, J. F.; Cunha, T. J. F. (Ed.). Sistema Brasileiro De Classificação De Solos. Rio De Janeiro: Embrapa Solos, 2006.

Santos, P. R. C. Análise Dos Solos: Formação E Conservação Do Meio Ambiente. 1° Edição. São Paulo: Érica, 2014.

Siagas. Sistema De Informação De Águas Subterrâneas. Disponível Em: . Acesso Em: 10 De Dezembro De 2018.

Silva, T. Q. Análise De Risco Geológico-Geotécnico Em Áreas Sujeitas A Movimentos De Massa. Viçosa, Mg, 2016.

Souza, L. A. Cartografia Geoambiental E Cartografia Geotécnica Progressiva Em

Diferentes Escalas: Aplicação Na Bacia Hidrográfica Do Ribeirão Do Carmo,

Municípios De Ouro Preto E Mariana, Minas Gerais. 456p. Ufop. Ouro Preto, 2015.

Teófilo Otoni (Mg). Plano Diretor Do Município De Teófilo Otoni. Lei 5892 De 2008. Câmara Municipal De Teófilo Otoni, 2008.

Tominaga, L. K. Avaliação De Metodologias De Análise De Risco A Escorregamentos: Aplicação De Um Ensaio Em Ubatuba, Sp. Departamento De Geografia Da Faculdade De Filosofia, Letras E Ciências Humanas Da Universidade De São Paulo. São Paulo: 2007.

Tominaga, L. K.; Santoro, J.; Amaral, R. Desastres Naturais: Conhecer Para Prevenir. 3 Ed. São Paulo: Instituto Geológico, 2015.

Torres, F. T. P.; Marques Neto, R.; Menezes, S. O. Introdução À Geomorfologia. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

Wicander, R.; Monroe, J.; Carneiro, M. A. Geologia. São Paulo, Sp: Cengage Learning, 2017.

Published

02/09/2019

How to Cite

JÚNIOR, H. C.; CABRAL, S. C. Technologies in the mapping of slipping risk areas in Teófilo Otoni. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 12, p. e018121353, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i12.1353. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1353. Acesso em: 19 sep. 2021.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences