Humanistic education and Participatory Budget - Possible Application in Mirandela and Bragança Teaching Units

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.13811

Keywords:

Education; Humanism; OPE; Braganza; Mirandela.

Abstract

The present study aimed to analyze the application of the Participatory School Budget (OPE) in two school units in Portugal, the Carvalhais Professional School of Agriculture in Mirandela and the Emídio Garcia School Grouping in Braganza, more precisely, the application of the OPE as a teaching tool within the precepts of humanistic education, omnilateral, based on classical authors of this pedagogy: Marx, Gramsci and Freire. In the context of the paradigm, qualitative, conducted a study of multiple case with the application of interviews semistructured one representative from each, with the objective of characterize your institution regarding the use of the OPE as an educational tool in the framework of humanistic education. It was observed that the OPE is a program of government of the country with the interest to be educational principle, however does not present humanistic bias in its application. Thus, it is expected that the OPE can be applied in an omnilateral bias to all students of the schools involved.

References

Amado, J. (2017). Manual de Investigação Qualitativa em Educação. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

Araujo, R. M. d. L. & Frigotto, G. (2015). Práticas Pedagógicas e Ensino Integrado. Revista Educação em Questão, 61-80. Acesso em 29 de janeiro de 2021, disponível em https://doi.org/10.21680/1981-1802.2015v52n38ID7956.

Bardin, L. (2016). Análise de Conteúdo. Edições 70.

Bogdan, R. C. & Biklen, S. K. (1994). Investigação Qualitativa em Educação: Uma Introdução a Teoria e aos Métodos. Porto: Porto Editora LTDA. https://docente.ifrn.edu.br/albinonunes/disciplinas/pesquisa-em-ensino/investigacao-qualitativa.

Costa, D.M.D (2009). 20 Anos de Orçamento Participativo: Análises das Experiências do Municípios Brasileiros. XXXIII Encontro da ANPAD. ANPAD. http://www.anpad.org.br/diversos/down_zips/45/APS2364.pdf.

Ciavatta, M. (2014). O Ensino Integrado, a Politecnia e a Educação Omnilateral. Porque Lutamos? Periódicos UFMG-Trabalho e Educação, pp. 187-205. Janeiro a Abril de 2014. https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9303.

ENAP. (2014). Orçamento Público - Conceitos Básicos. ENAP - Escola Nacional de Administração Pública. http://repositorio.enap.gov.b r/bitstream/1/2170/1/Or%C3%A7amento%20P%C3%BAblico%20Conceitos%20B%C3%A1sicos%20-%20M%C3%B3dulo%20%20%281%29.pdf.

Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Carvalhais / Mirandela (EPADRCM) (2020). A Escola. https://epacarvalhais.com/a-escola/.

Filho, D. L., et.al. (2015). Politecnia e Formação Integrada: Confrontos Conceituais, Projetos Políticos e Contradições Históricas da Educação Brasileira. SCIELO, pp. 1057-1080. http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v20n63/1413-2478-rbedu-20-63-1057.pdf.

Freire, P. (1967). Educação Como Prática da Liberdade. Paz e Terra.

Freire, P. (2018). Pedagogia do Oprimido. Paz e Terra.

Freire, P. (2019). Cartas à Guiné Bissau: Registros de uma Experiência em Processo. (6a ed.), Paz e Terra.

Gil, A. C. (2008). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. Atlas.

Lakatos, M. (2010). Fundamentos de Metodologia Científica. Atlas.

Martins, G. D., et.al. (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Editorial do Ministério da Educação e Ciência. https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/Projeto_Autonomia_e_Flexibilidade/perfil_dos_alunos.pdf

Nosella, P. (2016). A Escola de Gramsci (5a ed.). Cortez.

Portugal, Governo de. (2017a). Diário da República. https://dre.pt/application/conteudo/105711800.

Portugal, Governo de. (2017b). Governativa da Educação. https://opescolas.pt/faq-perguntas-e-respostas/.

Prodanov, C. C. & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. Editora Feevale(2ª). https://www.feevale.br/institucional/editora-feevale/metodologia-do-trabalho-cientifico---2-edicao.

Santos, J. d., Jesus, L. A. F. d., Andrade, L. G. d. S. B., & Silva, M. S. d. (2020). Dualidade Educacional e Formação Politécnica: Aproximações ao Debate Teórico. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica-IFRN, (18), 1-16. https://doi.org/10.15628/rbept.2020.9355

Salles, H. M. (2010). Gestão Democrática e Participativa. Brasília: Departamento de Ciências Contábeis/UFSC/CAPES/UAB/MEC.

Souza, E. S., & Oliveira, R. M. d. S. R. (2020). A rede e-Tec brasil no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais: uma abordagem histórica. Research, Society and Development journal, 9(8). https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5672

Torres, C. A. (1997). Sociologia Política da Educação (2a ed.). (S. Valenzuela, Trad.) Cortez.

Wood, E. M. (2006). A Teoria Marxista Hoje: Problemas e Perspectivas. Consejo Latinoamericano de Ciencias Socialies.

Published

31/03/2021

How to Cite

MOTA, M. V. G. da; SILVA, R. dos S. Humanistic education and Participatory Budget - Possible Application in Mirandela and Bragança Teaching Units. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e8310413811, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.13811. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13811. Acesso em: 11 apr. 2021.

Issue

Section

Education Sciences