Considerations about the challenges of the current basic school: Reflections for a more plural society

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14036

Keywords:

Current basic school; Challenges; Public school; Society; Teachers.

Abstract

The work presented here has its genesis in studies developed for a dissertation research, within the scope of the master's course in Brazilian Education at the Federal University of Ceara (UFC), carried out from 2015 to 2017, by the main author. That said, this article was built from the rescue of the aforementioned theme, and is configured as an exploratory research, with a qualitative approach, whose theoretical basis was focused, mainly, on the writings of Bernard Charlot and on the educational legal frameworks. We had as central objectives to present and discuss changes suffered by the public basic school over the years, at the level of Brazil, and its impacts on education; as well as reflecting on the challenges faced by the school, considering their contexts and subjects, especially teachers, in the search for a more plural society, based on a citizen formation. We conclude that, within the constantly transformed social dynamics - in which the school we are referring to is found, with its new requirements, its new type of student and its new teaching assignments - despite what the legal documents establish, about a citizen formation, there are many paths and contradictions in search of an education that enables the promotion of a more plural society.

Author Biographies

Tássia Fernandes Ferreira, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda em Educação na Universidade Estadual do Ceará (UECE) na Linha de Pesquisa Formação e Desenvolvimento Profissional em Educação/História, Memória, Formação e Profissões em Saúde. Mestra em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2017); Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Universidade Vale do Acaraú (2015); Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2013); Pós graduanda em Direito Educacional e Gestão de Instituições Educacionais (UNINTER). Participa do grupo de pesquisa Educação, História e Saúde Coletiva (GPEHSC/UECE).

Kátia Maria de Moura Evêncio, Universidade Estadual do Piauí

Professora efetiva da Universidade Estadual do Piauí. Professora convidada de cursos de pós-graduação (especialização) em Docência do Ensino Superior e Psicopedagogia. Doutoranda em educação pela Universidade Estadual do Ceará, vinculada à linha de pesquisa "Formação e desenvolvimento profissional em educação". Mestre em Educação; Especialista em Docência e Educação de Surdos; Especialista em Neuropsicopedagogia; Especialista em Gestão do Trabalho Pedagógico: orientação e supervisão escolar. Graduada em Pedagogia. 

Alba Patrícia Passos de Sousa, Universidade Federal do Piauí

Professora efetiva da Universidade Federal do Piauí/ CAFS. Doutoranda na Universidade Estadual de Campinas / UNICAMP (2019) e membro do Grupo de Pesquisa Memória, História e Educação. Possui Mestrado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2017). Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI (2011). 

Lana Priscila Souza, Secretaria de Educação do Estado do Ceará

Professora efetiva da Rede Estadual de Educação Básica do estado do Ceará na EEMTI Maria José Santos Ferreira Gomes. Possui Graduação em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (2008), Especialização em Ensino de Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (2014) e Mestrado Profissional em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (2015). 

References

Alarcão, I. (2001). A escola reflexiva. In A, Isabel. (Org.), Escola Reflexiva e Nova Racionalidade. (Cap. 1, pp.15-30). Porto Alegre: Artmed Editora.

Alves, R. (s/a). Youtube. Entrevista concedida ao programa Revista Digital. Recuperado de https://www.youtube.com/watch?v=SkYE1JPwVEs&list=PLMu1Bq4Kih4Of0cKiyUnc2wnqXYdZkGOq&index=3

Bauman, Z. (2009). Vida líquida. (2 ed.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Barguil, P. M. (2007). A didática nos cursos de licenciatura: O futuro educador e a avaliação contínua. In M. B. O. Ercília, G. F. Dorgival. (orgs.). Práticas e Aprendizagens Docentes. (1a. ed., Cap. 3, pp. 57-78). Fortaleza, CE: Edições UFC.

Brasil, Ministério da Educação. MEC. Novo ensino médio: perguntas e respostas. http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=40361

Charlot, B. A mistificação pedagógica: Realidades e processos ideológicos na teoria da educação. (Rev. ed. Coleção docência em formação: saberes pedagógicos). São Paulo: Cortez, 2013a.

Charlot, B. Da relação com o saber às práticas educativas. (1 ed. Coleção docência em formação: saberes pedagógicos). São Paulo: Cortez, 2013b.

Constituição da República Federativa do Brasil de 5 de outubro de 1988. (1988). Diário oficial da União. Recuperado de: https://www.senado.leg.br/atividade/const/con1988/con1988_15.12.2016/CON1988.asp

Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica. (2013). Ministério da Educação. Secretária de Educação Básica. MEC/SEB. Brasília, DF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/docman/julho-2013-pdf/13677-diretrizes-educacao-basica-2013-pdf/file

Franco, M. A. R. S. (2012). Pedagogia e prática docente. (1 ed. Coleção docência em formação: saberes pedagógicos). São Paulo: Cortez.

Franco, M. A. R. S. (2013). Por que republicar a mistificação pedagógica hoje? (prefácio). In C. Bernard. A mistificação pedagógica: Realidades e processos ideológicos na teoria da educação. (Rev. ed. Coleção docência em formação: saberes pedagógicos, Prefácio, pp.25-32). São Paulo: Cortez.

Freire, P. (2011). Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra.

Gadotti, M.(1992). Escola cidadã. São Paulo: Cortez.

González, F. E. (2020). Reflexões sobre alguns conceitos da pesquisa qualitativa. Revista Pesquisa Qualitativa. 8(17), 155-183. Recuperado de: https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/322/200

Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996 (original). (1996a). Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF. Recuperado de https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1996/lei-9394-20-dezembro-1996-362578-publicacaooriginal-1-pl.html

Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996 (modificada). (1996b). Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394compilado.htm

Lei 5.692 de 11 de agosto de 1971. (1971). Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF. Recuperado de https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1970-1979/lei-5692-11-agosto-1971-357752-publicacaooriginal-1-pl.html

Lei 13.415 de 16 de fevereiro de 2017. (217). Altera as Leis n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei nº 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei nº 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Brasília, DF. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13415.htm

Libâneo, J. C. (1998). Perspectivas de uma Pedagogia emancipadora face às transformações do mundo contemporâneo. Revista Pensar a Prática, 1(1), 1-22. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/8/7

Minayo, M. C. S. (2016). O desafio da pesquisa social. In S. M. Maria Cecília (org.), F. D. Suely, G. Romeu. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. (1a. ed., Cap.1, Série Manuais Acadêmicos. pp. 9-28) Petrópolis, RJ: Vozes.

Nóvoa, A. (2007). Desafios do trabalho do professor no mundo contemporâneo. Sindicato dos Professores de São Paulo - SINPRO. SP, 2007. Recuperado de http://www.sinprosp.org.br/arquivos/novoa/livreto_novoa.pdf

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica (recurso eletrônico, 1a. ed., pp.119), Santa Maria, RS: UFSM, NTE. Recuperado de: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Resolução CNE/CP nº 2, de 22 de dezembro de 2017. (2017). Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. Brasília, DF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79631-rcp002-17-pdf&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192

Resolução CNE/CP nº 3, de 21 de novembro de 2018. (2018). Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, DF. Recuperado de http://novoensinomedio.mec.gov.br/resources/downloads/pdf/dcnem.pdf

Published

11/04/2021

How to Cite

FERREIRA, T. F.; EVÊNCIO, K. M. de M.; SOUSA, A. P. P. de; SOUZA, L. P. Considerations about the challenges of the current basic school: Reflections for a more plural society. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e29210414036, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14036. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14036. Acesso em: 15 may. 2021.

Issue

Section

Education Sciences