Factors influencing vaccine access by mother’s users of the Primary Healt Care

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14176

Keywords:

Vaccination Coverage; Immunization; Immunization Programs; Primary health care.

Abstract

Objective: To analyze the factors that influence mothers in vaccination adherence. Methodology: Qualitative, exploratory and descriptive research, carried out with 18 mothers who use a Basic Health Unit. Data were collected through interviews supported by a script, these were transcribed and submitted to thematic analysis. All current ethical precepts were followed. Results: 18 women, aged between 20 and 39 years, participated in the study. The mothers emphasize that the main benefit of vaccination is the prevention and protection for some communicable diseases, in relation to possible harm they emphasize that the benefits outweigh them. Regarding the impacts of reduced vaccination coverage, the mothers in this study point out that there may be an eminence of their children to contract contagious infectious diseases due to the immunological gap that would be supplied by the vaccine. Conclusion: The study identified that mothers are the main responsible for the vaccination of children, and the main factor for vaccine adherence is the prevention and protection for some communicable diseases. Participants report that the benefits of immunization outweigh the harm, and these are related to the possibility of adverse effects, and pain during the invasive procedure.

References

Armada, H. C. D., da Silva, M. R. B., de Carvalho, S. S. D. S., da Cunha, A. L., de Souza, D. R. S., & da Silva, R. B. (2020). Influência dos responsáveis de adolescentes no impacto à adesão da vacina HPV. Saúde Coletiva (Barueri), 10(52), 2222-2231.

Aps, L. R. M. M., Piantola, M. A. F., Pereira, S. A., Castro, J. T., S., Fernanda A. O., & Ferreira, L. C. S. (2018). Eventos adversos de vacinas e as consequências da não vacinação: uma análise crítica. Revista de Saúde Pública. 52(40):1-13.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Buges, N. M., Pereira, L. F. S., & Almeida, R. F. S. (2020). Fatores que interferem na adesão dos pais e/ou responsáveis no cumprimento do calendário básico de vacinação infantil. Revista Amazônia: Science & Health. 8(3): 91-105.

Domingues, C. M. A. S., Maranhão, A. G. K., Teixeira, A. M., Fantinato, F. F., & Domingues, R. A. (2020). 46 anos do Programa Nacional de Imunizações: uma história repleta de conquistas e desafios a serem superados. Cadernos de Saúde Pública, 36 (2): e00222919.

Horbe, B. P., Santini, T. P., Adames, N., Haeffner, L. S. B., Naujorks, A. A., & Backes, D. S. (2020). Public imunization sistem versus private immunization sistem: comparisons and attribution of nursing. Research, Society and Development. 9(5), e169953355.

Martins, K. M., Santos, W. L., & Álvares, A. C. M. (2019). A importância da Imunização: revisão integrativa. Revista de Iniciação Científica e Extensão. 2(2):96-101.

Morais Júnior, S. L. A., de Menis, É. A. D. L., dos Santos Passos, V. C., Neves, L. O., & Quezadas, A. C. (2018). A evolução histórica do calendário vacinal brasileiro infantil. Revista Enfermagem Atual In Derme. 85(23):71-75.

Mendes, C., Clara, I., Oliveira, S., & Gonçalves, R. P. (2020). Os motivos da hesitação dos pais em vacinar: revisão integrativa da literatura. VITTALLE - Revista de Ciências da Saúde. 32(3): 233–246.

Nascimento, L.C., Cavalcanti, A.C., Silva, M.M.M. (2020). Atuação da enfermagem na compreensão da família acerca da importância da imunização infantil: Revisão integrativa. REBES - Revista Brasileira de Educação e Saúde. 10(3): 115-120.

Paes, N. S. C. E. (2018). A vacinação obrigatória de crianças e de adolescentes em face da autonomia dos pais no exercício do poder familiar. Meritum, Revista de Direito da Universidade FUMEC. 13(2): 375-393.

Passos, F. T., & de Moraes Filho, I. M. (2020). Movimento antivacina: revisão narrativa da literatura sobre fatores de adesão e não adesão à vacinação. Revista JRG de Estudos Acadêmico. 3(6): 170-181.

Rodrigues, A. L., Barros, M. F., Meirelles, S. F. D. R., & Mantovani, D. D. P. (2020). Cobertura vacinal do HPV: uma analise sobre fatores que implicam na baixa adesão à vacina. Revista Transformar, 14(1), 560-574.

Santos, L. B., Barreto, C.C.M., Silva, F.L.S., Silva, K.C.O. (2011). Percepção das mães quanto à importância da imunização infantil. Rev. Rene. 12(3): 621-626.

Saraiva, L. J., & Faria, J. F. (2019). A Ciência e a Mídia: A propagação de Fake News e sua relação com o movimento anti-vacina no Brasil. Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. 42(01), 01-15.

Sato, A. P. S. (2018). Qual a importância da hesitação vacinal na queda das coberturas vacinais no Brasil? Revista de Saúde Pública. 52(96): 1-9.

Silva, B. S., Souza, K. C. D., Souza, R. G. D., Rodrigues, S. B., Oliveira, V. C. D., & Guimarães, E. A. D. A. (2020). Condições de estrutura e processo na implantação do Sistema de Informação de Imunização do Brasil. Revista Brasileira de Enfermagem. 73(4): e20180939.

Succi, R. C. M. Recusa vacinal: que é preciso saber. (2018). Jornal de Pediatria. 94 (6): 574-581.

Trindade Passos, F., & de Moraes Filho, I. M. (2020). Movimento Antivacina: Revisão Narrativa da Literatura sobre Fatores de Adesão e Não Adesão à Vacinação. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, 3(6), 170-181.

Yuzawa, L. S., Ferreira, W. F. da S., & Oliveira, E. M. O. (2019). Políticas públicas brasileira de imunização e educação permanente: um recorte temporal bioético. Id onLine Revista de Psicologia. 13 (45):95-110.

Published

10/04/2021

How to Cite

IORI, D. M. .; SIQUEIRA, V. M. C. .; ALMEIDA, C. R. de .; LABEGALINI, C. M. G. . Factors influencing vaccine access by mother’s users of the Primary Healt Care. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e28010414176, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14176. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14176. Acesso em: 8 may. 2021.

Issue

Section

Health Sciences