The use of the Google Forms as an assessment tool in the teaching and learning process in times of the Covid-19 pandemic: A study in a basic education school

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14180

Keywords:

Herramientas tecnológicas; Formularios de Google; Salud mental; Social vulnerability.

Abstract

The research: The use of Google Forms as an assessment tool in the teaching and learning process in times of Covid-19 pandemic, showed a descriptive, cross-sectional study carried out with high school students from a public school in the city of Belém do Pará , in view of the use of Google forms, as an assessment tool carried out from April 1, 2020 to January 15, 2021. There was a significant increase in the use of technological tools used in education in order to supply educational and support educational establishments in all spheres of education. The proposal to use Google Forms as an evaluation tool has become an indispensable tool, but some restrictions have been found. The objective of the present study is to describe the use of the google forms tool as an assessment tool with students of basic education in times of pandemic of the covid-19. Problems were observed that affect educational development, such as mental health and inequality due to the lack of access to the technological means necessary to maintain education in addition to the social vulnerability faced by countless students.

Author Biographies

Gustavo Nogueira Dias, Colégio Federal Tenente Rêgo Barros

Doutor em Educação pela Universidade Nacional de Rosário, Argentina (2017); Mestre em Geofísica pela Universidade Federal do Pará, Belém (2011); Especialista em Gestão escolar pelo Centro Universitário do Pará (2008); Licenciado Pleno em Matemática pela Universidade Federal do Pará (2001).Trabalhou em escolas particulares de 1991 até 2005. Ingressou na SEDUC(PA) como professor efetivo de 2006 a 2016.Participou como professor bolsista do PARFOR, no IFPA(Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará), em 2012. Atuou também como professor bolsista da UFRA(Universidade Federal Rural da Amazônia), em 2013. Ingressou na UNAMA(Universidade da Amazônia) como professor efetivo de 2015 a 2016. No presente é professor efetivo do ensino Básico Federal do Colégio Ten. Rêgo Barros, onde ingressou em 2005 e a partir de 2017 exerce suas atividades no regime de dedicação exclusiva. Participa do grupo de estudos GHEMAZ da UEPA, Universidade Estadual do Pará. Atua também como pesquisador nas áreas: Ciência Ambiental, Ensino e Aprendizagem, Educação Matemática, História da Matemática, Modelagem Matemática, Administração, Contabilidade e Estatística. 

Pedro Roberto Sousa da Silva, Universidade Federal do Pará

Possui mestrado em educação pela UEPA na linha formação de professores, especialização em educação matemática pela UFPA e licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal do Pará (2004). Atualmente é professor da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará (EA-UFPA), e tem experiência na área de Matemática e Educação Matemática.

Vanessa Mayara Souza Pamplona , Universidade Federal Rural da Amazônia

Ingressou no Curso de Bacharelado em Estatística no ano de 2004, concluindo o curso em 2008, pela Universidade Federal do Pará - UFPA. No mesmo ano foi aprovada em Concurso Público pela UFPA, para exercer o Cargo de Estatístico, Classe E, com lotação no Campus Universitário Belém e nomeada no mesmo ano. Em 2010 ingressou no Curso de Pós Graduação em Matemática e Estatística da UFPA, em Nível de Mestrado, em 2011 obteve o título de mestre. No ano de 2012 ingressou no Curso de Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola), em Nível de Doutorado na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista - Campus de Jaboticabal - SP, em 2016 obteve o título de doutora. No ano de 2013 foi aprovada em Concurso Público de Provas e Títulos, para provimento de cargo efetivo de Professor da Carreira do Magistério Superior em Regime de Dedicação Exclusiva (DE) na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) - Campus de Paragominas - PA. Atualmente é professora efetiva do Magistério Superior e ministra aula nos cursos de graduação em Agronomia, Engenharia Florestal e Zootecnia, nas disciplinas de Estatística, Bioestatística, Estatística Experimental e Biometria.

Jamile Carla Oliveira Araújo, Universidade Federal Rural da Amazônia

Professora Assistente com dedicação exclusiva da Universidade Federal Rural da Amazônia ( UFRA), que atualmente está exercendo lotação provisória na Universidade Federal de Pernambuco ( UFPE), servidora público, do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, trabalhando com áreas de empreendedorismo, cooperativismo, controladoria, sistema de informações contabeis e contabilidade atuarial. Mestra em Administração - Com linha de Pesquisa em Gestão Organizacional, pela Universidade da Amazônia ( UNAMA) , onde trabalhou com estudos voltados para cooperação e redes cooperativas. Em 2009 a 2016 exerceu o cargo de técnica de registro mercantil realizando análise de processos de abertura, alterações, arquivamentos de balanços, Atas de de reunião dos diversos tipos jurídicos (Empresário individual, EIRELI,Sociedade Limitada, Sociedade Cooperativa, Sociedade Anônima, Consórcios, Sociedade de Propósito Especifico ) e também exerceu cargo de gerente de registro mercantil em unidade desconcentrada Capanema, e diretora interina de Registro mercantil. MBA- Gerência Contábil, Auditoria, Perícia e Controladoria, como objeto de estudo em sistemas de informações contábeis e controladoria hospitalar, sendo responsável pela sistematização de contas contábeis hospitalares do Hospital D. Luiz Benemerita Beneficente Portuguesa de Belém- Pará. Bacharel em Ciências Contábeis pelo Instituto de Ensino Superior da Amazônia- Iesam (2007). Membro do CONSELHO DELIBERATIVO DA RESEX MARINHA DE TRACUATEUA., representando a UFRA portaria nº nº 2466 de 04 de outubro de 2018

Eldilene da Silva Barbosa, Universidade Federal Rural da Amazônia

Doutoranda em Agronomia na Universidade Federal Rural da Amazônia; Mestre em Administração pela UNAMA; MBA em Gerência Contábil, Auditoria, Perícia e Controladoria; Graduada em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário do Estado do Pará. Professora de Magistério Superior da Universidade Federal Rural da Amazônia.

Fabricio da Silva Lobato, Universidade do Estado do Pará

Possui graduação em Matemática pela Universidade do Estado do Pará (2014). Atualmente é professor de Matemática em Pré vestibular. Mestrando pelo Programa de Pós graduação em Ensino de Matemática pela Universidade do Estado do Pará(2019).Especialização em andamento pela Estácio em ENEM: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES EM MATEMÁTICA E CIÊNCIAS DA NATUREZA. Especialização em andamento pela Estácio em Metodologia do Ensino de Matemática. Pesquisando e publicando em Alto nível nas áreas de Didática da Matemática ,Educação á Distancia( EAD) e em Competências e Habilidades em Matemática.

José Carlos Barros de Souza Júnior, Colégio Federal Tenente Rêgo Barros

Graduado em Licenciatura Plena em Matemática - Universidade do Estado do Pará (UEPA). Especialista em Matemática no Ensino Básico. Mestrando do programa de pósgraduação em Matemática da Universidade \estadual do Pará. Atualmente é professor de matemática - Colégio Tenente Rêgo Barros. 

Washington Luiz Pedrosa da Silva Junior, Colégio Federal Tenente Rêgo Barros

Professor licenciado em Matemática pela Universidade do Estado do Pará- UEPA. Especialista em Fundamentos da Matemática Elementar, Gestão Educacional e Docência do Ensino Básico e Superior, Matemática Financeira, Estatística e Educação do Campo e Antropologia Brasileira (em curso). Professor do Colégio Federal Tenente Rêgo Barros- CTRB.

Gilberto Emanoel Reis Vogado, Universidade do Estado do Pará

Possui Licenciatura em Matemática pela Universidade da Amazônia (1991), mestrado em Geofísica pela Universidade Federal do Pará (2005) e doutorado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2014). Atualmente é professor assistente IV da Universidade do Estado do Pará, coordenador do curso de Especialização de Fundamentos de Matemática Elementar e professor - Primeiro Comando Aéreo Regional. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: matemática, ensino de matemática, banca de correção e modelagem matemática. 

Wagner Davy Lucas Barreto, Colégio Federal Tenente Rêgo Barros

Possui graduação em Matemática Licenciatura pela Universidade Federal do Pará (2009) , e em ciências pela Universidade Estadual do Maranhão (2008). Especialista em Didática da Matemática pela UFPA, Mestrado em Matemática em Rede Nacional Pela Universidade Federal do Pará (2020). Mestrado em Ciências Ambientais pela Universidade de Taubaté (2012) . Atualmente é professor instrutor do Comando da Aeronáutica no Colégio Tenente Regô Barros CTRB e professor adjunto da Faculdade Pan Amazônica FAPAN . Tem experiência Em preparação para Olimpíadas de Matemática, tem experiência no ensino fundamental, médio e superior nas modalidades presencial e a distância.

Ana Paula Ignácio Pontes Leal, Universidade Federal Rural da Amazônia

Doutoranda em Agronomia - PPGAGRO, pela Universidade Rural da Amazônia (UFRA) (2020 - Andamento). Mestrado em Administração pela Universidade da Amazônia (2014). Professional COach pela International Association of Business Coaching ? IABC (2017). Especialização em Engenharia de Produção (2005); E graduação em Bacharelado em Administração de Empresas pela Universidade da Amazônia (2004). Atualmente é Servidora Pública Federal e Docente do Magistério Superior (UFRA). Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: Marketing empresarial e Agrobusiness, Empreendedorismo, gestão estratégica e gestão de qualidade, gestão de carreira, comportamento organizacional e gestão de pessoas, governança corporativa, gestão da Cadeia de Suprimentos e logística. Na Agronomia, atua na disciplina de Marketing Rural e na Engenharia Florestal em gestão Ambiental. 

Ademir Ferreira Silva Junior, Universidade Federal do Pará

Possui Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas (2007), Mestrado (2009) e Doutorado (2013) em Neurociências e Biologia Celular pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Pós-Doutorado na área de Segurança do Paciente pela Universidade do Estado do Pará em Parceria com Instituto Evandro Chagas (IEC) e University of Dubai. Professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Pará. Coordenador do Curso de Especialização Multiprofissional em Atenção Básica e Saúde da Família. Professor colaborador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Saúde na Amazônia. Vice Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Saúde e Educação na Amazônia (GEPSEA). Tem experiência nas áreas Metodologias ativas em saúde, Epidemiologia e controle de infecções, Educação Permanente em saúde, Tecnologias educativas em saúde; Neurociências e Comportamento. 

Gerson Pompeu Pinto , Colégio Federal Tenente Rêgo Barros

Possui graduação em Física pela UFPa (1998), especialização em Ensino de Ciências pela UEPa (2000) e mestrado em Geofísica pela UFPa (2010).

References

Brasil. (2020). Nota técnica: Ensino a distância Educação Básica frente à pandemia da Covid-19”, de Todos Pela Educação. Análise e visão do Todos Pela Educação sobre a adoção de estratégias de ensino remoto frente ao cenário de suspensão provisória das aulas presenciais.

Brooks, S. K., Webster, R. K., Smith, L. E., Woodland, L., Wessely, S., Greenberg, N., & Rubin, G. J. (2020). The psychological impact of quarantine and how to reduce it: rapid review of the evidence. Lancet Infect Dis, 395(10227), 912–920. doi: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30460-8.

Demo, Pedro.(2000). Educar pela pesquisa. 4. ed. São Paulo: Autores Associados, 2000.

Deslandes S. F. & Coutinho T.(2020). O uso intensivo da internet por crianças e adolescentes no contexto da Covid-19 e os riscos para violências autoinflingidas. Instituto Fernandes Figueira, Fiocruz. Rio de Janeiro RJ Brasil.

Dantas Filho, J. V. (2017). EDUCA – Revista Multidisciplinar em Educação, Porto Velho, v. 4, n° 9, p. 98 a 113, set/dez, 2017. e-ISSN: 2359-2087

Dias G. N.; Vogado G. E. V.; Barreto W. D. L., et all.(2020). Retorno às aulas presenciais no sistema educacional do estado do Pará Brasil: Obstáculos e desafios durante a epidemia de Covid-19(Sars-Cov-2) Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.6, p.37906-37924.

Fórum Econômico Mundial (2016). Avaliação da Educação em Matemática no Brasil. Global Information Technology.

Heidemann, L. A. & Oliveira, A. M. M.(2010). Ferramentas online no ensino de ciências: uma proposta com o Google Docs. Física na Escola, v. 111, n. 2.

Kentish-BarneS, N.; Chaize, M.; Seegers, V.; Legriel, S.; Cariou, A.; Jaber, S.; Lefrant, J. Y.; Floccard, B.; Renault, A.; Vinatier, I.; Mathonnet, A.; Reuter, D.; Guisset, O.; Cohen-Solal, Z.; Cracco, C.; Seguin, A.; Durand-Gasselin, J.; Éon, B.; Thirion, M.; Azoulay, E.(2015). Complicated grief after death of a relative in the intensive care unit. EUR RESPIR J, 45(5), 1341–1352. doi: https://doi.org/10.1183/09031936.00160014.

Lima, D. da C. B. P.; Rodrigues, M. C. N.; Cruz, J. R. (2021). Educação Semipresencial e Híbrida no Brasil: descortinando conceitos e regulamentação. Revista Educaonline .Volume 15 – Nº 1 – Janeiro / Abril.

Monteiro, R. L. S. G. & Santos, D. S. (2019). A utilização da ferramenta Google Forms como instrumento de avaliação do ensino na Escola Superior de Guerra.Revista carioca de Ciência, Tecnologia e Educação (on line). Rio de janeiro. V.4, n. 2. ISSN 2596-058X.

Moran, J. (2015). Educação híbrida: Um conceito-chave para a educação, hoje. [UMA. do livro] Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto e Fernando de Mello Trevisan. Ensino Híbrido: Personalização e tecnologia na educação. [Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação.] Porto Alegre: Penso.

Mota, J. S.(2019). Utilização do google forms na pesquisa acadêmica. Revista Humanidades e Inovação v.6, n.12.

Pereira, A. S., et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM.

Programa Internacional de Avaliação de Alunos (2018). Classificação de Desempenho Escolar em Matemática e Física. PISA.

Santo, S. A. C. & Moura, G. C. S.(2020). O uso da tecnologia na educação: Perspectivas e entraves. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 05, Ed. 01, Vol. 04, pp. 31-45. ISSN: 2448-0959, janeiro.

Santos, B. S. (2020). A Cruel Pedagogia do Vírus. Edições Almedina, S.A. Coimbra. Portugal.

Shigemura, J., Ursano, R. J., Morganstein, J. C., Kurosawa, M., & Benedek, D. M. (2020). Public responses to the novel 2019 coronavirus (2019‐nCoV) in Japan: Mental health consequences and target populations. Psychiatry and Clinical Neurosciences, 74(4), 281– 282. doi: https://doi.org/10.1111/pcn.12988.

Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica – SAEB (2018). Resultados do SAEB-2017. Brasília, DF.

Sibilia P. (2008). O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Sousa, A. A. de; Pinho, D. N. C. de; Silva, D. H. C. dos S.; Silva, M. C. F. da .; Ferreira, D. V. G.; Soares, F. da C. .; Coelho, A. A. S.; Braga, F. C. de S. .; Bezerra, A. M. A.; Lima, S. B. de A. .; Silva, L. de O. R. da .; Silva Júnior, A. F. da. (2021). Analysis of COVID-19 cases and sociodemographic data in the mesoregions of the state of Pará . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 2, p. e3210212086, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i2.12086. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12086. Acesso em: 8 apr. 2021.

Silva Júnior, C. P., Chaves, T. C., Coutinho, K. L. B., Sobral, . R. V. S., & Júnior, A. F. da S. (2021). Ensino remoto emergencial em uma universidade do interior do pará como estratégia para formação médica em tempos de pandemia COVID-19. Revista Multidisciplinar De Educação E Meio Ambiente, 2(2), 16. https://doi.org/10.51189/rema/860

Tricate, M. (2020). A educação a distância contra a pandemia. PEA UNESCO, março de 2020. Acesso em 20 abr.2020. Disponível em: https://revistaeducacao.com.br/2020/03/25/educacao-a-distancia-unesco/.

Vieira, L.; Ricci M.C. C. (2020). A educação em tempos de pandemia: soluções emergenciais pelo mundo. Observatório do ensino médio em Santa Catarina, Brasil. Editorial, Abril.

Xiang, Y. T., Yang, Y., LI, W., Zhang, L., Zhang, Q., Cheung, T., & NG, C. H. (2020). Timely mental health care for the 2019 novel coronavirus outbreak is urgently needed. Lancet Psychiatry, 7(3), 228–229. doi: https://doi.org/10.1016/S2215-0366(20)30046-8.

Published

17/04/2021

How to Cite

DIAS, G. N. .; SILVA, P. R. S. da .; PAMPLONA , V. M. S. .; ARAÚJO, J. C. O. .; BARBOSA, E. da S. .; LOBATO, F. da S. .; SOUZA JÚNIOR, J. C. B. de .; SILVA JUNIOR, W. L. P. da .; VOGADO, G. E. R. .; BARRETO, W. D. L. .; LEAL, A. P. I. P. .; SILVA JUNIOR, A. F. .; PINTO , G. P. . The use of the Google Forms as an assessment tool in the teaching and learning process in times of the Covid-19 pandemic: A study in a basic education school. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e44910414180, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14180. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14180. Acesso em: 8 may. 2021.

Issue

Section

Education Sciences