University Outreach and Local Sustainable Development: A literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15243

Keywords:

University Outreach; Sustainable Local Development; Higher education institutions.

Abstract

Higher Education Institutions (HEIs) are the basis for building scientific and technological knowledge that will ultimately drive local development. In this context, the University Extension acts as a bridge, connecting the results of research produced within the HEIs to society demands, as well as acting as a powerful practical teaching tool, crucial for student training. The objective of this study was to carry out a literature review on the historical panorama of University Extension, both nationally and worldwide, as well as on the evolution of the concepts of economic, sustainable and local development, to understand the potential of University Extension as promoter of Sustainable Local Development. For this purpose, bibliographic and documentary research was carried out. From this research, we conclude that through direct action on educational, economic, social, environmental and cultural issues in the localities and regions where Higher Education Institutions are located, the University Extension represents an important driving force for local development, building, in partnership with the benefited communities, innovative solutions capable of solving or mitigating the problems afflicting them.

References

Abad, M. (2015). Extensão Universitária e sua Eficácia: estudo de caso do UnB Idiomas [Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de Brasília].

Ana, W. P. S, & Lemos, G. C. (2018). Metodologia Científica: a pesquisa qualitativa nas visões de Lüdke e André. Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar, 4(12), 531-541. https://doi.org/10.21920/recei72018412531541

Ávila, V. F. (2005). Cultura de subdesenvolvimento e desenvolvimento local. Sobral: UVA. 115 p.

Ávila, V. F. (2012). Dupla relação entre educação e desenvolvimento local (endógeno-emancipatório). Paidéia, 9(12), 13-49.

Barbosa, D. P. (2009). Visões do desenvolvimento: as perspectivas de Celso Furtado e Douglass North sobre o desenvolvimento econômico [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná].

Barbosa, V. C. (2012). Extensão Universitária: proposição e validação de um instrumento de validação da percepção dos docentes [Dissertação de Mestrado, Faculdade de Ciências Empresariais da Universidade FUMEC].

Bellen, H. M. Van; & Petrassi, A. C. M. A. (2016). Dos limites do crescimento à gestão da sustentabilidade no processo de desenvolvimento. Revista NECAT, 5(10), 8-30.

Brasil. (1931). Governo Provisório da República dos Estados Unidos do Brasil. Decreto nº 19.851, de 11 de abril de 1931. Dispõe que o ensino superior no Brasil obedecerá, de preferência, ao sistema universitário, podendo ainda ser ministrado em institutos isolados, e que a organização técnica e administrativa das universidades é instituída no presente Decreto, regendo-se os institutos isolados pelos respectivos regulamentos, observados os dispositivos do seguinte Estatuto das Universidades Brasileiras. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-19851-11-abril-1931-505837-publicacaooriginal-1-pe.html

Brasil. (1968). Presidência da República. Lei no 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-publicacaooriginal-1-pl.html

Brasil. (1988). Presidência da República. Constituição da República Federativa do Brasil. https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf

Brasil. (1996). Presidência da República. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1996/lei-9394-20-dezembro-1996-362578-publicacaooriginal-1-pl.html

Brasil. (2001). Presidência da República. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2001/lei-10172-9-janeiro-2001-359024-publicacaooriginal-1-pl.html

Bresser-Pereira, L.C. (2006). O conceito histórico de desenvolvimento econômico. FGV EESP - Textos para Discussão / Working Paper Series, 157, 1 - 24

Brundtland, G. H. (1987). Our Common Future: Report of the World Commission on Environment and Development. Geneva, UN-Dokument A/42/427. http://www.un-documents.net/ocf-ov.htm

Castilho, M. A., Arenhardt, M. M., & Le Bourlegat, C. A. (2009). Cultura e identidade: os desafios para o desenvolvimento local no assentamento Aroeira, Chapadão do Sul, MS. Interações (Campo Grande), 10(2), 159-169. https://doi.org/10.1590/S1518-70122009000200004

Dias, A. G. (2019). Desenvolvimento Local e Filosofia: convergências possíveis [Dissertação de Mestrado, Universidade Católica Dom Bosco].

Erber, F. S. (2011). As convenções de desenvolvimento no governo Lula: um ensaio de economia política. Brazilian Journal of Political Economy, 31(1), 31-55. https://doi.org/10.1590/S0101-31572011000100002

Feil, A. A., & Schreiber, D. (2017). Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: desvendando as sobreposições e alcances de seus significados. Cadernos EBAPE.BR, 15(3), 667-681. https://doi.org/10.1590/1679-395157473

Fernandes, M. C., Silva, L. M. S., Machado, A. L. G., & Moreira, T. M. M. (2012). Universidade e a extensão universitária: a visão dos moradores das comunidades circunvizinhas. Educação em Revista, 28(4), 169-194. https://doi.org/10.1590/S0102-46982012000400007

Fórum Nacional de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. (1987). I Encontro de Pró-reitores de extensão das universidades públicas brasileiras. http://www.renex.org.br/documentos/Encontro-Nacional/1987-I-EncontroNacional-do-FORPROEX.pdf.

Fórum Nacional de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. (2001). Plano Nacional de Extensão universitária: versão final. http://www.renex.org.br/documentos/Encontro-Nacional/1995-IX-Encontro-Nacional-do-FORPROEX.pdf.

Fórum Nacional de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. (2012). Política Nacional de Extensão. http://www.renex.org.br/documentos/2012-07-13-Politica-Nacional-de-Extensao.pdf.

Freire, H. P., & Holanda, V. C. C. (2019). Universidade pública e desenvolvimento local e regional: um estudo sobre a atuação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. Anais do XIII ENANPEGE da Associação Nacional de Pós-Graduação em Geografia, Universidade de São Paulo.

Frizzo, G. F. E., Marin, E. C., & Schellin, F. O. (2016). A extensão universitária como elementos estruturante da universidade pública no Brasil. Currículo sem Fronteiras, 16(3), 623-646.

Goebel, M. A., & Miura, M. N. (2004). A universidade como fator de desenvolvimento: o caso do município de Toledo- PR. Expectativa, 3(3), 35-47. https://doi.org/10.48075/revex.v3i1.743

Han, G. W. S. (2009). Desenvolvimento local: os desafios frente à globalização hegemônica. Vitrine da Conjuntura, 2(2), 1-12.

Hoff, D. N., San Martin, A. S., & Sopeña, M. B. (2011). Universidades e desenvolvimento regional: impactos quantitativos da Unipampa em Sant’Ana do Livramento. Redes, 16(3), 157-183. https://doi.org/10.17058/redes.v16i3.1699

Kochhann, A. (2017). A extensão universitária no Brasil: compreendendo sua historicidade. Anais da VI Semana de Integração da Universidade Estadual de Goiás. Universidade Estadual de Goiás – UEG.

Kovalski, R. A. (2016). Desenvolvimento territorial sustentável: uma análise da evolução do pensamento humano em relação à consciência sobre o meio ambiente. Humanidades, 31(1), 101-120. https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.1.101-120

Krüger, E. L. (2001). Uma abordagem sistêmica da atual crise ambiental. Desenvolvimento e Meio Ambiente, (4), 37-43. https://doi.org/10.5380/dma.v4i0.3038

Lima, A. R. (2006). Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável – DLIS: um olhar sob a perspectiva dos agentes implementadores [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal da Paraíba].

Macedo, R. C. (2015). Resenha: SACHS, Ignacy. Desenvolvimento: includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro. Ed. Garamond. 151p. 2004. Campo-Território: Revista De Geografia Agrária, 10(20). http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/27656

Marconi, M. de A.; Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de metodologia científica. 8. ed. São Paulo, SP: Atlas; GEN, 346 p.

Martins, R., Vaz, J., & Caldas, E. (2010). A gestão do desenvolvimento local no Brasil: (des) articulação de atores, instrumentos e território. Revista de Administração Pública, 44(3), 559-590. https://doi.org/10.1590/S0034-76122010000300002

Melo Neto, J. F. (2002). Extensão Universitária: bases ontológicas. In J. F. Melo Neto (Org.), Extensão Universitária – diálogos populares (pp. 7-22). Editora Universitária da UFPB.

Melo, J. R. (2010). A extensão universitária na UFPE: uma análise sobre a produção extensionista na perspectiva docente 2004-2009 [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Pernambuco].

Motta, F. C. P., & Vasconcelos, I. F. G. (2006). Teoria geral da administração. São Paulo: Pioneira, 449 p.

Oliveira Jr, A. de. (2014). A universidade como polo de desenvolvimento local/regional. Caderno de Geografia, 24(1), 1-12. https://doi.org/10.5752/P.2318-2962.2014v24nespp1

Oliveira, F., & Goulart, P. M. (2015). Fases e faces da extensão universitária: rotas e concepções. Revista Ciência em Extensão, 11(3), 8-27.

Organização das Nações Unidas. (1972). Report of the United Nations Conference on the Human Environment. Stockholm, A/CONF.48/14/Rev.1. https://undocs.org/en/A/CONF.48/14/Rev.1

Organização das Nações Unidas. (1974). United Nations Environment Programme: the Cocoyoc Declaration adopted by the participants in the UNEP/UNCTAD Symposium on "Patterns of Resource Use, Environment and Development Strategies" held at Cocoyoc, Mexico, from 8 to 12 October 1974. https://digitallibrary.un.org/record/838843

Organização das Nações Unidas. (1975). What Now - The 1975 Dag Hammarskjöld Report. http://www.daghammarskjold.se/wp-content/uploads/2016/07/What-Now-1975.pdf

Paula, J. A. (2013). A extensão universitária: história, conceito e propostas. Interfaces, 1(1), 5-23.

Rattner, H. (1999). Sustentabilidade - uma visão humanista. Ambiente & Sociedade, (5), 233-240. https://doi.org/10.1590/S1414-753X1999000200020

Serpa, L. G., Machado, C. J. dos S., Nascimento, G. A. do, & Almeida, A. R. de. (2021). Por uma educação a favor da práxis: ação, educação e cultura. Research, Society and Development, 10(1), e54210112104. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.12104

Serrano, R. M. S. M. (2012). Avaliação Institucional da Extensão Universitária na UFPB: a regulação e a emancipação [Tese de Doutorado, Universidade Federal da Paraíba].

Silva, E. P. da, Oliveira, E. A. de A. Q., & Araújo, E. A. S. de. (2012). O conceito de desenvolvimento econômico regional: uma revisão teórica. In The 4th International Congress on University Industry Cooperation, Taubaté - SP.

Silva, W. F. (2013). A dodiscência na Educação Profissional e Tecnológica para o Desenvolvimento Local Sustentável no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Campus Ipojuca [Dissertação de Mestrado, Universidade de Pernambuco].

Silva, W. F. da, Siqueira, N. C. de, & Barros, W. B. de. (2019). A Indissociabilidade do Ensino, Pesquisa e Extensão na perspectiva de uma formação secretarial sustentável. Revista Expectativa, 18(2), 28-48. https://doi.org/10.48075/revex.v18i2.20357

Sousa, F. E., & Freiesleben, M. (2018). A educação como fator de desenvolvimento regional. Revista da FAE, 21(2), 163-178.

Souza, A. L. L. (1994). Meio ambiente e desenvolvimento sustentável: uma reflexão crítica. São Paulo: SEBRAE.

Vieira, E., & Santos, M. (2012). Desenvolvimento Econômico Regional – uma revisão histórica e teórica. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 8(2), 344-369.

Vieira, P. F. (2009). Políticas ambientais no Brasil: Do preservacionismo do desenvolvimento territorial sustentável. Política & Sociedade, 8(14), 27-75. https://doi.org/10.5007/2175-7984.2009v8n14p27

Viero, T. V., & Tauchen, G. (2012). Programa de Extensão Universitária: análise das concepções e perspectivas no âmbito da educação em ciências. Anais do IX ANPED SUL - Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul.

Published

28/05/2021

How to Cite

DANTAS, M. W. .; GUENTHER, M. University Outreach and Local Sustainable Development: A literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e23010615243, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15243. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15243. Acesso em: 23 jun. 2021.

Issue

Section

Review Article