Care provided by a non-specialist oncology nurse to hospitalized cancer patients: An integrative Review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15306

Keywords:

Nurse; Oncology; Nursing care; Inpatients.

Abstract

Cancer is characterized by uncontrolled growth and the spread of abnormal cells in the body, the causes of which may be associated with external or internal factors with increasing incidence. Thus, health professionals still sin in care due to the lack of knowledge in the management of the disease. Objective: To identify the available scientific evidence on the care provided by a non-specialist oncology nurse to hospitalized cancer patients. Methodology: This is an integrative review, using four databases: Pubmed, Scielo, Cinahl, and Lilacs for the selection of studies in Portuguese, English and Spanish, from the years 2008 to 2018. Results: It constitutes a final sample of nine articles. After analysis, the following categories emerged: interventions in chemotherapy treatment; care for tumor wounds; comfort to the patient/family; meeting the specific needs of the client; search for quality of life for cancer patients; spiritual/religious, emotional support; elaboration of care and terminological subset to improve the nursing process; seeking to minimize pain related to tumor wounds; palliative care, prevention of suffering and reframing of care management. Conclusion: Non-specialist nurses perform various cancer care. However, they are unaware of their role as agents of change, characterizing gaps in this theme. This research is relevant for Nursing, as it minimizes dichotomies between theory/practice and clients' quality of life. Permanent Education stands out as a powerful tool for qualifying and optimizing care. The need for further research and studies is emphasized.

Author Biographies

Dasymar Martins da Silva Lucas, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

BACHAREL EM ENFERMAGEM - UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ. Enfermeira com experiência na área de pediatria, educação permanente em saúde e coordenação de serviço.Atualmente responde pela Chefia da Área de Ensino e Pesquisa do Hospital Federal dos Servidores do Estado. É Mestranda da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro na linha de pesquisa: Enfermagem e a Saúde da População sob a orientação Professora, Doutora em Enfermagem Sônia Regina de Souza

Sônia Regina de Souza, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal Fluminense (1995), Especialista em Enfermagem Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1998 -UNIRIO) Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2001) e Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ (2005). Atualmente é professor associado IV da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Atua na Graduação e Pós-Graduação: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem - Mestrado Acadêmico -PPGENF e Programa de Pós-Graduação em Saúde e Tecnologia no Espaço Hospitalar ? Mestrado Profissional (PPGSTEH). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde do Adulto e do Idoso, discutindo as situações clínicas e cirúrgicas, família, grupos vulneráveis, e Modelos Assistenciais em Oncologia. Coordenadora do Projeto de Extensão Manejo em Feridas - Integração Ensino-Serviço; Coordenadora do Curso de Extensão: Preceptoria: Desenvolvendo Competências Consistentes" Coordenadora do GEPAOM- UNIRIO -Grupo de Ensino, Pesquisa e Assistência em Oncologia Multiprofissional. Líder do Grupo de Pesquisa Enfermagem e a Saúde da População ( UNIRIO) e membro do Laboratório de Pesquisa de Resiliência em Enfermagem ( LAPRENF). Diretora do Colégio Doutoral Tordesillas Enfermagem (CDTE). Diretora da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro ( UNIRIO)

Laisa Figueiredo Ferreira Lós de Alcantara, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008) e especialista em Enfermagem Oncológica pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA (1999). Membro do grupo de extensão e pesquisa Gerência e Processo de Cuidar em Enfermagem na Atenção Oncológica(CNPq/UFRJ). Iniciou suas atividades profissionais no Centro de Pesquisas e Assistência Integral a Mulher e a Criança / CPAIMC como enfermeira supervisora das Unidades Básicas de Saúde propostas em um projeto de pesquisa subsidiado pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Universidade Johns Hopkins, na cidade do Rio de Janeiro (1981 - 1986); desenvolvendo consulta de enfermagem e grupos operativos de orientação em Planejamento Familiar, Saúde da Mulher e Puericultura,bem como a gestão de 5 Unidades Básicas de Saúde. Exerceu a função de enfermeiro no Hospital do Câncer III / INCA durante 30 anos, desenvolvendo diversas atividades inerentes a assistência de enfermagem hospitalar e ambulatorial no campo da Oncologia e dentre elas, enfermeira ambulatorial nos setores de Quimioterapia (7 anos), Ambulatório (10 anos), Educação Continuada (10 anos) e Serviço de Pronto Atendimento (3 anos) do Hospital do Câncer III / INCA. Atuou como docente na disciplina de Metodologia da Pesquisa no curso de Especialização de Enfermagem em Emergência na Universidade Gama Filho (2010 - 12) e na Estácio (2012- 13). Atuou na atividade de supervisão na Área de Ensino Técnico e bolsista de produção científica da COENS-INCA no período de 02. de 2017 a 03 de 2018. Atualmente exercendo função de docente na Escola de Enfermagem Alfredo Pinto - UNIRIO, como professosr visitante. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Oncologia, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, consulta de enfermagem, saúde da mulher, oncologia, câncer de mama, Sistematização da Assistência de Enfermagem e fenomenologia.

Eliza Cristina Macedo, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Biociências - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Universidade Aberta de Lisboa, Portugal - 2015 com fomento PDSE/CAPES, processo 9610/2014-06. Mestre em Enfermagem -Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) - 2007. Especialista em Enfermagem Pediátrica - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 2003. Especialista em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem - Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) 2004.Graduação em Enfermagem e Obstetrícia - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeio (UNIRIO) 1983. Enfermeira do Setor de Pediatria do Hospital Federal dos Servidores do Estado-HFSE (até 2010). Professor Adjunto - Departamento de Enfermagem Materno-Infantil (DEMI), Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Membro do NuPEEMC - Núcleo de Pesquisa, Estudos e Experimentação em Enfermagem na Área da Saúde da Mulher e da Criança. Coordenadora do Projeto de Extensão: Qualidade de vida de crianças com necessidades especiais de saúde e seus cuidadores. Vice coordenadora do Projeto de Extensão: Incorporação e produção de tecnologias nos serviços de saúde. Experiência assistencial, gerência e pesquisa na área de Enfermagem - Saúde da Mulher e da Criança/Adolescente/Família. Coordenadora do Curso de Mestrado Profissional em Saúde e Tecnologia no Espaço Hospitalar.

Adriana da Costa Coelho, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Graduação em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ (1997). Residente de enfermagem pela UERJ com especialização em Clinica Médico Cirúrgico (1998-2000). Pós-graduada em Administração em Serviço de Saúde pela UERJ (1999) . Pós graduada pela Universidade Estácio de Sá com foco em Enfermagem Neonatal e Pediátrica (2008). Atualmente Enfermeira Gerente do setor de Cardiologia do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro. Coordenadora do Projeto Repensar e Proseando com o compromisso: coisas do coração. Possuo experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde do Adulto e do Idoso. Participo da Comissão de Implantação da Sistematização da Assistência de Enfermagem CISAE - HFSE (2013). Membro da câmara técnica da SAE.

Maria Clara Mellis Rodrigues, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2020).Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem, atuando principalmente nos seguintes temas: segurança do paciente, gerenciamento de risco, cuidados de enfermagem e parasitologia.

Maria Odete Queiroz Lima Tavares, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira Obstétrica pelo programa de Residência em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Voluntária do Programa de Extensão Interdisciplinar em Saúde Coletiva Bons Vizinhos (2015 a 2017). Participou do grupo de pesquisa em Saúde da Mulher. Atualmente enfermeira residente pela UNIRIO

References

Barp, M., Carneiro, V. S. M., Amaral, K. V. A., Pagotto, V., & Malaquias, S. G. (2018). Cuidados de Enfermagem na prevenção do tromboembolismo venoso: revisão integrativa. Revista Eletrônica de Enfermagem, 20 (14). 10.5216/ree.v20.48735

Cardoso, V., Trevisan, I., Cicolella, D. A., & Waterkemper, R. (2019). Systematic Review of mixed methods: method of research for the incorporation of evidence in nursing. Texto contexto – Enferm, 28.https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2017-0279

Cruz, FS., Rossato, L. G. (2015). Cuidados com o Paciente Oncológico em Tratamento Quimioterápico: o Conhecimento dos Enfermeiros da Estratégia Saúde da Família. Revista Brasileira de Cancerologia, 61 (4). Recuperado de http://www1.inca.gov.br/rbc/n_61/v04/pdf/04-artigo-cuidados-com-o-paciente-oncologico-em-tratamento-quimioterapico-o-conhecimento-dos-enfermeiros-da-estrategia-saude-da-familia.pdf

Coelho, J. P. S. L. (2017). Assistência de enfermagem frente ao paciente oncológico. Revista Gestão Universitária, 7, 1-10. http://www.gestaouniversitaria.com.br/artigos-cientificos/assistencia-de-enfermagem-frente-ao-paciente-oncologico.

Gadelha, M. I. P. (2018). 30 years of Cancer Care in the Brazilian National Health System. Revista Brasileira de Cancerologia, 64(2). https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2018v64n2.83

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. (2019). Estimativa/2020: Incidência de Câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA. Recuperado de https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//estimativa-2020-incidencia-de-cancer-no-brasil.pdf

Lima, L. P. S. & Ribeiro, M. R. R. (2019). A competência para Educação Permanente em Saúde: percepções de coordenadores de graduações da saúde. Physis Rev de Sal Col online, 26 (2). https://doi.org/10.1590/S0103-73312016000200008

Lins, F. G. & Souza, S. R. (2018). Formação dos enfermeiros para o cuidado em oncologia. Rev. enferm. UFPE online, 12 (1). https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i01a22652p66-74-2018

Lucas, D. M. S. (2020). A competência do enfermeiro não especialista em oncologia no cotidiano do cuidado hospitalar. [Dissertação do mestrado, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro].

Mendes, K. D. S.; Silveira, R. C. C. P., & Galvão, C. M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm, 17 (4). https://doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018

Moura, D. C. A. de, Greco, R. M., & Leonel, M. (2016). Saúde Do Trabalhador – Produção Científica Da Enfermagem Na Primeira Década Do Século XXI. Revista De Enfermagem Da UFJF, 1(2). https://periodicos.ufjf.br/index.php/enfermagem/article/view/3800

Oncology Nursing Society (2008). Competências do Enfermeiro Oncológico Clínico Especialista. https://www.ons.org/sites/default/files/cnscomps.pdf

Polit, D. F., & Beck, C. T. (2018). Fundamentos de pesquisa em enfermagem: avaliação de evidências para a prática da enfermagem. (9a ed) Artmed.

Paiva, C. J. K. de, & Cesse, E. Ângela P. (2015). Aspectos Relacionados ao Atraso no Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Mama em uma Unidade Hospitalar de Pernambuco. Revista Brasileira De Cancerologia, 61(1), 23-30. https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2015v61n1.374

Conselho Nacional de Saúde. (2016). Resolução nº510/16. http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf

Santos, A. G., Monteiro, C. F. S., Nunes, B. M. V. T., Benício, C. D. A. V., & Nogueira, L. T. (2017) O cuidado em enfermagem analisado segundo a essência do cuidado de Martin Heidegger. Rev Cubana Enferm. 33(3). http://www.revenfermeria.sld.cu/index.php/enf/article/view/1529

Santos, N. A. R., Santos, A. T. C., & Silva, R. P. (2016). Coping strategies of nurses in the care of patients with head and neck neoplasms. Rev Esc Enferm USP. 50 (4). doi.org/10.1590/S0080-623420160000500005

Ministério da Saúde (2018). Planejamento das Ações de Educação Permanente em Saúde no Sistema Único de Saúde: Orientações / Ministério da Saúde (1º ed.). Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Departamento de Gestão da Educação na Saúde. https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/marco/28/Manual-Tecnico-PRO-EPS-SUS-MINUTA17-10.pdf

Silva, A. T et al. (2018). Segurança do paciente e a atuação do enfermeiro em hospital. Rev enferm UFPE on line. 12(6). https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/234593/29174

Silva, F. C.,Cunha, C. S.,Feitosa., T. S. R. G. T., Silva, A. D. M. & Sousa, I. D. B.Assistência de enfermagem a pacientes com câncer em cuidados paliativos: revisão integrativa. Revista Enfermagem Atual, 90(21). https://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/626/632

Stillwell, S. B., Fineout-Overholt, E., Melnyk, B. M., & Williamson, K. M. (2010). Searching for the Evidence: Strategies to help you conduct a successful search. American Journal of Nursing. 110 (1). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/20520115/

Zarifian, P. (1999.) Objectif compétence. Liaisons. https://revistas.pucsp.br/psicorevista/article/viewFile/16656/12510.

Published

19/05/2021

How to Cite

LUCAS, D. M. da S.; SOUZA, S. R. de .; SILVA, J. L. R. da .; ALCANTARA, L. F. F. L. de .; MACEDO, E. C. .; COELHO, A. da C. .; RODRIGUES, M. C. M.; TAVARES, M. O. Q. L. Care provided by a non-specialist oncology nurse to hospitalized cancer patients: An integrative Review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e2910615306, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15306. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15306. Acesso em: 24 jun. 2021.

Issue

Section

Review Article