Analysis of vaccine coverage and cases of hepatitis B in the State of Pará

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.15334

Keywords:

Hepatitis B; Hepatitis C; Epidemiology; Spatial analysis.

Abstract

Objective: To analyze the geospatial distribution of hepatitis B virus (HBV) in the State of Pará, Brazil, from 2010 to 2020 relating to hepatites B vaccination. Methodology: In this descriptive and cross-sectional work, data from the Information System of Notifiable Diseases, the Ministry of Health (MH) and the Brazilian Institute of Geography and Statistics were used. Results: The number of hospitalizations for HBV was decreasing from 2014 to 2018 and increased again in 2019 and 2020. Metropolitan Region I – Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Barbara do Pará – concentrated most of the notifications with high incidence of the cases in Belém and Ananindeua. Inside, the city of Redenção and Santarém also registered large number of notifications. Alenquer, Paragominas and Barcarena stand out for the higher mortality rate. Concomitantly, Pará is one of the states with the lowest vaccination coverage against Hepatitis B, being below the target of vaccine coverage since 2012. It is noteworthy in this scenario, that a little more than 20% of the 144 municipalities in the state are within the target established by the MH, especially the Marajó Health Region with the lowest vaccination coverage rate in the state. Conclusion: The low vaccination coverage and the results of the health indicators of hepatitis B showed a serious problem regarding public health in the state of Pará. Since the maintenance of immunization levels below the recommended in Pará presents a potential risk of interfering with the increase in cases, hospitalizations and deaths resulting from HBV.

References

Bueno, M. M. (2009). Avaliação da cobertura da vacina contra Hepatite b na população menor de 20 anos nos municípios da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde, RS, no ano de 2007. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Pelotas – UFPel, Pelotas, RS, Brasil.

Castelo, A., Pessôa, M. G., Barreto, T. C., Alves, M. R., & Araújo, D. V. (2007). Estimativas de custo da hepatite crônica B no sistema único de saúde Brasileiro em 2005. Revista da Associação Médica Brasileira, 53(6), 486-491.

Garcia, L. P., & Facchini, L. A. (2008). Vacinação contra a hepatite B entre trabalhadores da atenção básica à saúde. Cadernos de Saúde Pública, 24(5), 1130-1140.

Guimarães, L.C.C. (2017). Exposição e susceptibilidade ao vírus da hepatite B em população vivendo em situação de pobreza na região metropolitana de Goiânia (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade Federal de Goiás – UFG, Goiânia, GO, Brasil.

Guzman-Holst, A., DeAntonio, R., Prado-Cohrs, D., & Juliao, P. (2020). Barriers to vaccination in Latin America: A systematic literature review. Vaccine, 38(3), 470-481.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2021). Portal Cidades. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/panorama.

Kimura, L. O. (2011). Epidemiologia molecular do vírus da hepatite B em população indígena dos rios Curuçá e Itaquaí no Vale do Javari, Estado do Amazonas. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde). Universidade Federal do Amazonas - UFAM, Manaus, AM, Brasil.

Knechtel, M. D. R. (2014). Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática dialogada. Curitiba: Intersaberes.

Lima-Costa, M. F., & Barreto, S. M. (2003). Tipos de estudos epidemiológicos: conceitos básicos e aplicações na área do envelhecimento. Epidemiologia e serviços de saúde, 12(4), 189-201.

Ministério da Saúde (2021). Banco de dados do Sistema Único de Saúde – DATASUS. http://www.datasus.gov.br.

Ministério da Saúde (n.d.). Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. http://www.aids.gov.br/pt-br/prevencao-e-profilaxias.

Ministério da Saúde. (2021). Departamento de Informática do SUS. IMUNIZAÇÕES – COBERTURA. http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/dhdat.exe?bd _pni/cpnibr.def.

Ministério da Saúde. (2014). Manual de normas e procedimentos para vacinação. Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis.

Ministério da Saúde (2001). Manual de Procedimentos para Vacinação. Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

Ministério da Saúde. (2005). Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais: Manual de aconselhamento em Hepatites Virais. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica.

Moraes, J. C. de, Luna, E. J. A. & Grimaldi, R. A. (2010). Imunogenicidade da vacina brasileira contra hepatite B em adultos. Revista de Saúde Pública, 44(2), 353-359.

Organização Pan Americana da Saúde (2017). Novos dados sobre hepatites destacam necessidade de uma resposta global urgente. https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5404:novos-dados-sobre-hepatites-destacam-necessidade-de-uma-resposta-global-urgente&Itemid=812.

Pereira, K. S. (2017). Análise de Sobrevivência Aplicada a Pacientes com Câncer de Mama do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Passos-MG. Dissertação (Mestrado Tecnologia da Informação aplicada a Biologia Computacional e Sistemas), Faculdade Promove de Tecnologia, Belo Horizonte, Minas Gerais (MG), Brasileira.

Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (2021). Centros Regionais de Saúde. http://www.saude.pa.gov.br.

Souza Júnior, E. V. D., Silva, S. R., Nunes, G. A., Santos, L. V., Souza, D. F. D., Lopes, N. D. S., & Cruz, D. P. (2019). Gastos públicos com hospitalizações devido às hepatites virais. Rev. enferm. UFPE on line, 1-7.

Vieira, G. D. D., Florão, M., Castro, K. P. O., Alves, T. D. C., Vaiciunas, S., Honda, E. R., & Sousa, C. M. D. (2015). Hepatitis B in Rondônia (Western Amazon Region, Brazil): descriptive analysis and spatial distribution. Arquivos de gastroenterologia, 52(1), 18-21.

Wiens, A., Lenzi, L., Venson, R., Pedroso, M. L. A., Correr, C. J., & Pontarolo, R. (2013). Economic evaluation of treatments for chronic hepatitis B. The Brazilian Journal of Infectious Diseases, 17(4), 418-426.

World Health Organization (2021). Hepatitis B. https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/hepatitis-b.

Published

24/07/2021

How to Cite

MORAES, F. C. A. de; PASSOS, E. S. dos R.; MOTA, J. V. F.; PESSOA, F. R.; SILVA, V. C. da; DUARTE, L. B.; RAMOS, W. dos S.; SILVA, Y. C. B. da; NASCIMENTO, C. V. C. do. Analysis of vaccine coverage and cases of hepatitis B in the State of Pará. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e23010915334, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.15334. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15334. Acesso em: 23 sep. 2021.

Issue

Section

Health Sciences