Characterization of organic compost from urban pruning waste

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15830

Keywords:

Compostagem; Substrato; Resíduo sólido urbano; RMN; Características físicas; Características químicas.

Abstract

Urban trees positively influence the quality of life in cities, but they need to be pruned regularly, generating a large amount of solid urban waste. This study aimed to compost urban pruning waste, evaluate its physical, chemical, structural characteristics, and determine its potential as a substrate to produce forest seedlings. The pruning residue was obtained from the Rio de Janeiro Municipal Cleaning Company (COMLURB) - Brazil. Twigs and leaves ≤ 8 cm in diameter were chopped and arranged on a trapezoidal windrow. Temperature, humidity, and aeration were controlled throughout the composting process. Irrigation and turning were carried out as needed. The composting process took 122 days. The compost was dried, processed, and evaluated for physical and chemical characteristics. The leachate was collected and characterized by 13C CP MAS NMR. The temperature patterns were consistent with the thermophilic, mesophilic, and maturation stages. Part of the chemical and physical characteristics of the compound was classified as adequate, according to the literature. The leachate contained large amounts of C alkyl and low amounts of C carbonyl at all times of composting. The characteristics determined indicated that the composting process was interrupted before complete maturation was achieved. However, the compound can be combined with other materials to produce a complete substrate.

References

Abreu, A. H.-M., Leles, P. S. S., Melo, L. A., Oliveira, R. R., Ferreira, D. H. A. A. (2017). Caracterização e potencial de susbtratos formulados com biossólido na produção de mudas de Schinus terebinthifolius Raddi e Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos. Ciência Florestal, Santa Maria 27 (4): 1179 – 1190.

Araújo Neto, S. E., Azevedo, J. M. A., Galvão, R. O., Oliveira, E. B. L., Ferreira, R. L. F. (2009). Produção de muda orgânica de pimentão com diferentes substratos. Ciência Rural, Santa Maria 39 (5): 1408 – 1413.

Baldock, J. and Preston, C. M. (1992). Assessing the extent of decomposition of natural organic materials using solid state 13C NMR spectroscopy (1992) Australian Journal of Soil Research 35: 1061 – 1083.

Baratta Junior, A. P. (2007). Utilização do composto de resíduos da poda da arborização urbana em substratos para produção de mudas. 2007. 62 f. Diss., Universidade Federal do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ.

Baratta Junior, A. P., Magalhães, L. M. S. (2010). Aproveitamento de resíduos da poda de arvores do Rio de Janeiro para compostagem. Rev. Ciênc. Agro-Ambientais 8 (1):113- 125.

Burle, E. C., Andrade Neto, E. C., Santos, W. L. and Figueiredo, R. T. (2018). Compostagem em pequena escala de resíduos orgânicos com óleos e gorduras residuais – OGR. Ciências exatas e tecnológicas, Aracajú 4 (3): 11 – 20.

Brito, L. P. S., Beckmann-Cavalcante, M. Z., Amaral, G. C., Silva, A. A., Avelino, R. C. (2017). Reutilização de resíduos regionais como substratos na produção de mudas de cultivares de alface a partir de sementes com e sem peletização. La Plata 116 (1): 51 – 61.

Castro, R. S. (2018). Resíduos industriais como estimuladores da biodegradação de poda de árvores. Bacharelado, Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Costa, J. C. F., Mendonça, R. M. N., Fernandes, L. F., Oliveira, F. P., Santos, D. (2017). Caracterização física de substratos orgânicos para o enraizamento de estacas de goiabeira. RBAS, Viçosa 7 (2): 16 – 23.

Cotta, J. A. O., Carvalho, N. L. C., Brum, T. S., Rezende, M. O. O. (2015). Compostagem versus vermicompostagem: comparação das técnicas utilizando resíduos vegetais, esterco bovina e serragem. Eng. Sanit. Ambient., 20 (1): 65 – 78.

De Boodt M., Verdonck, O. and Cappaert, I. (1974). Method for measuring the water release curve of organic substrates. Acta Horticulturae, Wageningen, 37: 2054 - 2062.

Delarmelina, W. M., Caldeira, M. V. W., Faria, J. C. T., Gonçalves, E. O., Rocha, R. L. F. (2014). Diferentes substratos para a produção de mudas de Sesbania virgata. Floresta e Ambiente, Seropédica 21 (2): 224 – 233.

Deshmukh, A. P., Simpson, A. J., Hadad, C. M., Hatcher, P. G. (2005). Insights into the structure of cutin and cutan from Agave americana leaf cuticle using HRMAS NMR spectroscopy. Organic Geochemistry 36: 1072 – 1085.

Fermino, M. H. (2003). Métodos de análise para caracterização física de substratos para plantas. Thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Gonçalves, J. L. M. and Poggiani, F. (1996). Substrato para produção de mudas florestais. Paper presented at the 13th Solo-Suelo- Congresso Latino Americano de Ciência do Solo. Águas de Lindóia, São Paulo, Brasil.

Inbar, Y., Chen, Y. and Hadar, Y. (1990). Humic substances formed during the composting of organic matter. Soil Science Society of American Journal, 54: 1316 – 1323.

Jiménez, E. I., Garcia, V. P. (1989). Evaluation of city refuse compost maturity: a review. Biological Wastes, Canary Islands, 27: 115 – 142, 1989.

Johnson, C. E., Smernik, R. J., Siccama, T. G., Kiemle, D. K., Xu, Z., Vogt, D. J. (2005). Using 13C nuclear magnetic resonance spectroscopy for the study of northern hardwood tissues. Canadian Journal of Forest Research 35: 1821 – 1831.

Kavdir, Y., Ekinci, H., Yuksel, O., Mermut, A. R. (2005). Soil aggregate stability and 13C CP/MAS-NMR assessment of organic matter in soils influenced by forest wildfires in Çanakkale, Turkey. Geoderma 129: 219-229.

Kämpf, A. N. (2000). Produção comercial de plantas ornamentais. 2rd ed. Guaíba: Agropecuária.

Kiehl, E. J. (1979). Manual de Edafologia: Relações Solo-Planta. São Paulo: Ceres.

Kratz, D., Wendling, I., Nogueira, A. C., Souza, P. V. (2013). Propriedades físicas e químicas de substratos renováveis. Revista Árvore, Viçosa 37 (6): 1103 – 1113, 2013.

Lim, S. L., Lee, L. H. and Wu, T. Y. (2016). Sustainability of using composting and vermicomposting technologies for organic solid waste biotransformation: Recent overview, greenhouse gases emissions and economic analysis. Journal of Cleaner Production 111: 262-278.

Martins, C. S., Castro, P. M., Santos, E., Cunha, A. J. B., Santos, J. V., Porto, J. H., Bernardo, T., Carmo, R., Torido, B. (2011). Companhia Energética de Minas Gerais. Manual de arborização. Belo Horizonte: Cemig / Fundação Biodiversitas.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA). Instrução Normativa SDA Nº 17 de 21 de maio de 2007. Métodos Analíticos Oficiais para Análise de Substratos e Condicionadores de Solos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 de maio 2007.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA). Instrução Normativa SDA Nº. 25 de 23 de julho de 2009. Normas sobre as especificações e as garantias, as tolerâncias, o registro, a embalagem e a rotulagem dos fertilizantes orgânicos simples, mistos, compostos, organominerais e biofertilizantes destinados à agricultura. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 de julho de 2009.

Oliveira, C. A., Sartori, R. H. and Garcez, T. B. (2008). Compostagem. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz-USP. Piracicaba.

Pereira Neto, J. T. (2007). Manual de compostagem: processo de baixo custo. Viçosa: ed. Universidade Federal de Viçosa.

Reis, M. F. P. (2005). Avaliação do processo de compostagem de resíduos sólidos urbanos. 239 f. Thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Röber, R. and Schaller, K. (1985). Pflanzenernährung im Gartenbau. Stuttgart: Ulmer.

Rocha, A. J. F., Souza, R. L. P., Reda, A. L. L., Silva, G. T. (2015). Destinação sustentável do resíduo da poda de árvores urbanas. Paper presented at XV Safety Health and Environment World Congress, Porto, Portugal.

Ros, C. O., Rex, F. E., Ribeiro, I. R., Kafer, P. S., Rodrigues, A. C., Silva, R. F., Somavilla, L. (2015). Uso de Substrato Compostado na Produção de Mudas de Eucalyptus dunnii e Cordia trichotoma. Floresta e Ambiente, Seropédica, 22 (4): 549 – 558.

Rossi, C. Q. (2013). Matéria orgânica do solo e fósforo orgânico em cronossequência de cana-de-açúcar cultivada no cerrado. Thesis, Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica.

Sá, F. V. S., Brito, M. E. B., Ferreira I. B., Antônio Neto, P., Silva, L. A. S., Costa, F. B. (2015). Balanço de sais e crescimento inicial de mudas de pinheira (Annona squamosa L.) sob substratos irrigados com água salina. Irriga, Botucatu, 20 (3): 544 – 556.

Santos Filho, R. C., Oliveira, L. C. F., Silva, V. M. F., Holanda, E. P. T. (2018). O aproveitamento de resíduos sólidos urbanos, por meio do processo de compostagem aeróbia enriquecida com casca de sururu. Ciências exatas e tecnológicas, 4 (3): 67 – 76.

Santos, P. L. F. and Castilho, R. M. M. (2016). Caracterização físico-química de diferentes substratos e sua influência no desenvolvimento da grama esmeralda. Tecnol. & Ciên. Agropec., João Pessoa, 10 (6): 1-5.

Santos, T. C. G., Santos, L. A., Ximenes, T. C., Melo, A. M., El-Deir, S. G. (2015). Metodologia para o controle da compostagem em pequenas propriedades rurais. Paper presented at the VI Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental, Porto Alegre, Brasil.

Sarruge, J. R. and Haag, H. P. (1974). Análise química das plantas. ed. Piracicaba: Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”

Schäfer, G., Souza, P. V. S. and For, C. S. (2015). Um panorama das propriedades físicas e químicas de substratos utilizados em horticultura no sul do Brasil. Ornamental Horticulture, 21 (3): 299 – 306.

Schmitz, J. A. K., Souza, P. V. D. and Kämpf, A. N. (2002). Propriedades químicas e físicas de substratos de origem mineral e orgânica para o cultivo de mudas em recipientes. Ciência Rural, Santa Maria, 32 (6): 937 – 944.

Severino, L. S., Lima, R. L. S. and Beltrão, N. E. M. (2006). Composição química de onza materiais orgânicos utilizados em substratos para produção de mudas. Comunicado Técnico 278 - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Campina Grande.

Souza, C. C. B., Sobrinho, N. M. B. A., Lima, E. S. A., Lima, J. O., Carmo, M. G. F., García, A. C. (2019). Relation between changes in organic matter structure of poultry litter and heavy metals solubility during composting. Journal of Environmental Management, 247: 291 – 298.

Teixeira, P. C., Donagema, G. K., Fontana, A., Teixeira, W. G. (2017). Manual de métodos de análise do solo. 3 ed. Brasília: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Valente, B. S., Xavier, E. G., Morselli, T. B. G. A., Jahnke, D. S., Brum Jr, B. S., Cabrera, B. R., Moraes, P. O., Lopes, D. C. N. (2009). Fatores que afetam o desenvolvimento da compostagem de resíduos orgânicos. Archivos de Zootecnia, Córdoba, 58: 61.

Vieira, C. R., Weber, O. L. S. and Scaramuzza, J. F. (2014). Resíduos orgânicos como substrato para produção de mudas de guanandi. UNICIÊNCIAS, 18 (2): 91-97.

Zorzeto, T. Q. (2011). Caracterização física e química de substratos para plantas e sua avaliação no rendimento do morangueiro (Fragaria χ ananassa Duch.). Diss. Instituto Agronômico Pós-Graduação, Campinas.

Zorzeto, T. Q., Dechen, S. C. F., Abreu, M. F., Fernandes Júnior, F. (2014). Caracterização física e substratos para plantas. Bragantia, Campinas, 73 (3).

Downloads

Published

04/06/2021

How to Cite

MENDONÇA, V. M. M. .; SILVA, V. D. S. .; BEUTLER, S. J. .; TAVARES, O. C. H. .; GARCIA, A. C. .; PEREIRA, M. G. Characterization of organic compost from urban pruning waste. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e38110615830, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15830. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15830. Acesso em: 20 jun. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences