Detection of two different tumor types in dog oral cavity: Case report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15905

Keywords:

Jaw; Neoplasia; Veterinary oncology.

Abstract

The oral cavity represents the fourth most frequent site of neoplasms, being responsible for approximately 5% of tumors in dogs. Its occurrence is higher in animals with medium to advanced age, being also observed in young animals. The purpose of this report was to describe two distinct tumor types identified in a dog's oral cavity, with emphasis on individual histopathological examination, for different masses in the same anatomical region. A Golden Retriever dog was evaluated and a specific examination of the oral cavity showed halitosis, periodontal disease grade III and the presence of new formation in the maxillary cheek mucosa and mandibular mucosa, both on the left side. The animal was sent for mass excision, using the classic surgical technique and the fragments were sent for histopathological analysis, which showed melanocytic melanoma in the mandibular mucosa and mastocytoma in the maxillary mucosa of the maxilla, both on the left side. The postoperative period consisted of cleaning the oral cavity twice daily with periogard®, for ten days, stomorgyl 20®, 3 tablets, SID, for 7 days, maxicam® 2 mg, 2 tablets, SID, for 3 days and tramadol 50 mg, 2 tablets, BID, for 5 days, all orally. On the 10th postoperative day, the animal returned for evaluation, where good healing was observed at the lesion excision site, on that occasion an electrochemotherapy session with bleomycin sulfate was performed, in the region of the surgical scar. At 30 days after the operation, the animal was well, with good food and no recurrence of lesions in the oral cavity. This study reinforces the need for rapid diagnosis and therapeutic adoption, in order to maintain quality and increase the life expectancy of patients who present with neoplasia in the oral cavity. The performance of an individual histopathological examination, in different masses in the same anatomical region, is essential in order to correctly identify the tumor type and establish the treatment, which may include classical surgical excision or use adjuvant therapies, such as electrochemotherapy.

References

American Veterinary Dental College. Veterinary Dental Nomenclature. Disponível em: https://www.avdc.org/Nomenclature/Nomen-Intro.html. Acesso em: 6 Abril. 2021.

Barreto, H. M., Trintade, D. C., Mazzeo, R. A., Oliveira, J. M., Custodio, A. C. F., Sá, M. A. F. (Ed) (2017). Aspecto patológico, clínico, cirúrgico e terapêuticos do melanoma oral em cão: Relato de caso. Revista Científica de Medicina Veterinária ano XVI, n.28. Centro Universitário de Barra Mansa, Rio de Janeiro.

Cruz, L. M. (2018). Utilização da eletoquimioterapia no tratamento do mastocitoma canino (Trabalho de conclusão de curso). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Veterinária, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Chaves, L. D. C. S., Silva, F. L., Silva, C. R. A., Sousa, J. M. C., Oliveira, J. R. A., Silva, L. S., Santos, L. S. (Ed) (2020, Jan). Tratamento cirúrgico de neoplasias em cão na cavidade oral e região cervical: Relato de caso. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia (n.1, Vol.14, a488, pp.1-6).

Dias, F. G. G., Dias, L. G. G. G., Pereira, L. F., Cabrini, T. M., Rocha, J. R. (Ed) (2013, Jan). Neoplasias orais nos animais de companhia - Revisão de liteatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária. ano XI, n.20. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça.

Fernandes, C. C., Medeiros, A. A., Magalhaes, G. M., Szabo, M. P. J., Queiroz, R. P., Silva, M. V. A., Soares, N. P. (Ed) (2015). Frequência de neoplasias cutâneas em cães atendidos no hospital veterinário da Universidade Federal de Uberlândia durante os anos 2000 a 2010. Bioscience Journal, (31(2):541-548).

Fossum, T. W. (2014). Cirurgia de pequenos animais.(4 ed). Rio de janeiro: Elsevier.

Furlani, J. M., Daleck, C. R., Vicenti, F. A. M., Nerdi, A. B., Pereira, G. T., Santana., … D., Silva, L. A. F. (Ed) (2008). Mastocitoma canino: Relato de caso. Ciência Animal Brasileira, (n.1, Vol.9, pp.242-250). UNESP- Campus de Jaboticabal.

Freitas, S. H., Doria, R. G. S., Pires, M. A. M., Mendonça, F. S., Camargo, L. M., Neto, J. E. (Ed) (2007). Melanoma oral maligno em cadela: Relato de caso. Veterinária em foco – Canoas, (n.1, Vol.5, pp.16-21). Faculdade de Medicina Veterinária de Universidade de Cuiabá-UNIC.

Gineste, D. L. (2016). Melanoma Orais em Cães: Relato de caso (Trabalho de Conclusão de Curso). Centro Universitário CESMAC, Curitiba, Paraná, Brasil.

Gomes, C., Oliveira, L. O., Elizeire, M. B., Oliveira, M. B., Oliveira, R. T., Contesini, E. A. (Ed) (2009, Jul/Set). Avaliação epidemiológica de cães com neoplasias orais atendidos no hospital de clínica veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ciência Animal Brasileira, (n.3, Vol.10, pp.835-839). Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Gomes, L. G., Martini, A. C., Menegassi, C. C., Abdalla, S. L., Moura, A. P. B. D., Souza, R. L., Silva, M. F. A. (2017). Diferentes neoplasias benignas oral em cão. In: 38° Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA, 2017, Recife. 38° Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA.

Lindoso, J. V. S., Rufino, A. K. B., Luz, P. M. S., Silva, T. S., Junior, F. L. S., Sousa, F. B., Sales, K. K. S. (Ed) (2017). Melanoma metastático em cão: Relato de caso. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, (n.4, Vol.11, pp.346-350). Universidade Federal do Piauí.

Luz, A. C. A. (2017). Neoplasias orais em cães diagnosticadas no laboratório de patologia animal do hospital veterinário da universidade federal de uberlandia: estudo retrospectivo (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade Federal de Uberlandia, Faculdade de Medicina Veterinária, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil.

Machado, R. P. (2018). Ocorrência de mastocitoma em cães atendidos no hospital veterinário Phatos em Porto Alegre no ano de 2018 (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade do Sul de Santa Catarina, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Mali, B., Jarm T., Snoj M. et al. (Ed) (2013). Antitumor effectiveness of electrochemotherapy:

a systematic review and meta-analysis. European Journal Surgery Oncology. (39: 4-16).

Manzan, R. M., Junior, A. R. S., Perinelli, S. C., Bertoncelli, M. F., Zica, V. P. (Ed) (2005). Considerações sobre melanoma maligno em cães: Uma abordagem histológica. Bol. Med. Vet, (n.1, Vol.1 ). Unipinhal - Espírito Santo do Pinhal - São Paulo.

Natividade, F. S., Castro, M. B., Silva, A. S., Oliveira, L. B., Mcmanus, C. M., Galera, P. D. (Ed) (2014). Análise de sobrevida e fatores prodnósticos de cães com mastocitoma cutâneo. Pesquisa Veterinária Brasileira, (pp.874-884).

Paula, R. C. L. (2019). Eletroquimioterapia em cães – Revisão bibliográfica (Trabalho de Conclusão de Curso). Centro Universitário do Planalto Apparecido dos Santos – UNICEPLAC, Gama. Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Pedreira, G. G. F. M. (2019). Identificação e análise de várias com influência no intervalo livre de doenças pós-cirúrgico em neoplasias malignas orais no cão-um estudo retrospectivo (Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária). Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa, Portugal.

Prado, A. A. F., Leao, D. A., Ferreira, A. O., Machado, C., Maria, D. A. (Ed) (2012). Mastocitoma em cães: Aspecto clínicos, histopatológicos e tratamento. Enciclopédia Biosfera (n.14, Vol.8, pp.2151-2164). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Centro Científico Conhecer – Goiânia.

Requicha, J. F., Pires, M. A., Albuquerque, C. M., Viegas, C. A. (Ed) (2015). Neoplasia da cavidade oral do cão – Breve revisão. Revista Brasileira Medicina Veterinária, (pp.41-46). Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade de Humanidades e Tecnologias, Campo Grande.

Silva, L. G. (2016). Descrição clínico-cirúrgico de seis casos de maxilectomia parcial para o tratamento de neoplasias em cavidade oral em cães (Trabalho de Coclusão de Curso). Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, Brasil.

Souza, P. S., Miliozzi G., Rodrigues, C. A., Franco, M., Sabino, F. A. (Ed) (2018, Abr/jun). Abordagem terapêutica no controle da dor em cães no pós-operatório. Ciência Veterinária UniFil, (n.2, Vol.1.). Unifil, Londrina, Paraná.

Spugnini, E. P., Dragonetti, E., Vincenzi, B. et al. (Ed) (2006). Pulse-mediated chemotherapy enhances local control and survival in a spontaneous canine model of primary mucosal melanoma. Melanoma Research. (Vol.16, 23–27).

Zeferino, A. R. G. (2019). Efeitos adversos associados à eletroquimioterapia em gatos com carcinoma das células escamosas: Estudo retrospectivo (Mestrado Integrado em Medicina Veterinária). Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal.

Published

06/06/2021

How to Cite

PEREIRA, G. S. .; CARVALHO, M. R. .; ABDALLA, S. L. .; SILVA, M. F. A. da .; GOMES, L. G. .; SPILLER, P. R. .; FARIA, E. F. .; DALL’ACQUA, P. C. .; PAULA, E. M. N. de .; MARTINI, A. de C. . Detection of two different tumor types in dog oral cavity: Case report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e43710615905, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15905. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15905. Acesso em: 15 jun. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences