Validation of an instrument using methods of multivariate analysis about the conceptions of science teaching in the ninth grade of elementary school

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.16149

Keywords:

Teaching; Cronbach's alpha; Factor analysis; Cluster Analysis; Physics.

Abstract

This study aimed to describe the process of building and validating an instrument through Multivariate Analysis, in which the Factor Analysis technique combined with Cluster Analysis was used, in order to analyze the conceptions of high school students about the importance of the Science discipline in the ninth year of Elementary School, with an emphasis on Physics concepts (Optics). To this end, a pilot questionnaire was applied, made available virtually to 21 high school students from a federal public college, located in the city of Campo Grande in the state of Mato Grosso do Sul. This research is of a quantitative nature, in which it seeks to answer the object of study, being characterized as conclusive. The research requires defined, formal and structured information, so a sample is presented and the data analysis is statistical and conclusive. When applying all tests and analyzes (Cronbach's Alpha, Bartlett's Test, KMO, Principal Component Analysis, Factor Analysis and Cluster Analysis), it is concluded that the instrument has reliability, commonality, suitability and interdependence between the variables, being validated by Multivariate Analysis techniques.

Author Biographies

Cíntia Moralles Camillo, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda em Educação em Ciências pela Universidade Federal de Santa Maria / UFSM

Mestre em Tecnologias Educacionais em Rede pela Universidade Federal de Santa Maria / UFSM

Especialista em Educação a Distância pela Universidade Norte do Paraná / UNOPAR

Especialista em Estatística e Modelagem Quantitativa / UFSM

Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande / FURG

Karine Gehrke Graffunder, Universidade Federal de Santa Maria

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde/UF

References

Camillo, C. M. (2020). Concepções dos estudantesde uma escola do campo sobre tecnologias digitais de informação e comunicação. Research, Society and Development, 9(4), e148943006, http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i4.3006.

Camillo, C. M., Souza, A. & Ramser, C. (2020). Variáveis climáticas relacionadas à poluição do ar e os efeitos causados à saúde humana. Ciência e Natura. 42. https://doi.org/10.5902/2179460X39722

Carvalho, R. C. D., Oliveira, I., & Rezende, F. (2009). Tendências da pesquisa na área de educação em ciências: uma análise preliminar da publicação da ABRAPEC. VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 1–12.

Dalmoro, M. & Vieira, K. M. (2013). Dilemas na construção de escalas tipo Likert: o número de itens e a disposição influenciam os resultados. Revista Gestão Organizacional. v.6.

Dias, P., Silva. H. & Macedo, R. (2019). Estatísticas Multivariadas na Administração: importância na aplicação e aplicação da análise fatorial exploratória. Revista Eletrônica de Administração e Turismo. 13(1).

Field, A., Miles, A. & Field, Z. (2012). Discovering statistics using R. Sage Publications.

Figueiredo, D. B. & Silva, J. A. (2010). Visão além do alcance: uma introdução à análise fatorial. Opinião Pública, Campinas, v. 16, n. 1.

Freitas, A. L. P. & Rodrigues, S. (2005). Avaliação da confiabilidade de questionário: uma análise utilizando o coeficiente alfa de Cronbach In: Simpósio De Engenharia De Produção, 12, Anais... Bauru-SP: UNESP.

Freitas, l., Campos, A., Andrade, V. & Régnier, J. (2019). Análise estatística implicativa da tendência de abordagens do método de estudo de casos no ensino de ciências. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas. 15(11).

Greca, I. M. (2002). Discutindo aspectos metodológicos da pesquisa em ensino de ciências: algumas questões para refletir. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2(1), 73–82.

Kaiser, H. F. (1974). An index of factorial simplicity. Psychometrika, 39, 31-36.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de metodologia científica. (8a ed.), Atlas.

Matos, D. A. & Rodrigues, E. (2019). Análise Fatorial. ENAP - Enap Fundação Escola Nacional de Administração Pública.

Medeiros, A. (2002). Metodologia da pesquisa em educação em ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2(1). 66–72.

Oliveira, G. J. (2018). Análise dos artigos da revista eletrônicas em ensino de ciências que apresentem em seu título as palavras ensino de ciências. Dissertação (Mestrado). Unipampa, Uruguaiana. RS.

Pereira, A., Paluto, B., Vieira, M. & Cerbaro, R. (2019). Análise Fatorial. (2a ed.), Texto para Discussão.

Pereira, A. S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM.

Schawb, A.J. (2007). Eletronic classroom. Online].

Schneider, E. M., Fujii, R. A. X., & Corazza, M. J. (2017). Pesquisas quali-quantitativas: contribuições para a pesquisa em ensino de ciências. Revista Pesquisa Qualitativa, 5(9), 569–584.

Tanaka, O. Y., Junior, M, Cristo, E, Spedo, S. M. & Pinto, N. R. (2015). Uso da análise de clusters como ferramenta de apoio à gestão no SUS. Saúde Soc. São Paulo, 24(1), 34-45.

Vicini, L. & Souza, A. (2005). Análise Multivariada da Teoria à Prática. TCC (Especialização em Estatística e Modelagem Quantitativa). Universidade Federal de Santa Maria. RS.

Published

08/06/2021

How to Cite

CAMILLO, C. M.; GRAFFUNDER, K. G. Validation of an instrument using methods of multivariate analysis about the conceptions of science teaching in the ninth grade of elementary school. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e52510616149, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.16149. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/16149. Acesso em: 14 jun. 2021.

Issue

Section

Education Sciences