Evaluation of the supply and production of dental specialties in public secondary care services in a state in northeastern Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.16236

Keywords:

Oral health; Evaluation of health services; Dental specialties.

Abstract

In Ceará, the expansion of the offer of the Dental Specialties Centers (CEO) is recent. Thus, the present study aimed to evaluate the supply and production of CEOs from Ceará in the period from 2008 to 2014 from secondary data recorded in the Information System of the Unified Health System. The data were expressed in absolute and percentage form and the chi-square tests and Spearman's correlation were used. The results showed that the number of procedures in 2008 was 280222 (9.2%), with a slight reduction to 253370 (8.3%) in 2009, an increase to 677664 (22.3%) in 2010, with subsequent falls in 2011 ( n = 525259, 17.3%), 2012 (n = 430991, n = 14.2%) and 2013 (n = 291666, 9.6%) resuming growth in 2014 (n = 457192, 15.1%), totaling 3035626 procedures in the period 2008- 2014. There was no statistically significant correlation between the number of procedures and the time of the evaluated period (p = 0.444). Regarding the type of management, municipal CEOs, p = 0.003, r = 0.964 and state CEOs, p = 0.048, r = 0.775) showed significant growth in the period evaluated. Despite the expansion of secondary oral health services in Ceará and the growing number of registered specialized procedures, the ability to solve the problems of these services is still considered a challenge for oral health managers and professionals.

References

Araujo, D. B., et al (2012). Atenção secundária em saúde bucal e a implementação dos Centros de Especialidades Odontológicas em um estado do Nordeste, Brasil. Rev Gaucha Odontol, 60(1), 49-54.

Araújo, T. C. L., et al (2021). Absenteeism of patients with special needs in dental specialties centers. Research, Society and Development. 10, e40310313527.

Brasil. Ministério da saúde (MS). Secretaria de Atenção à Saúde (2004). Departamento de Atenção básica. Coordenação Nacional de Saúde bucal. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal.

Brasil. Portaria nº 261, de 21 de Fevereiro de 2013 (2013). Institui, no âmbito da Política Nacional de Saúde Bucal, o Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade dos Centros de Especialidades Odontológicas (PMAQ-CEO) e o Incentivo Financeiro (PMAQ-CEO), denominado Componente de Qualidade da Atenção Especializada em Saúde Bucal. Diário Oficial da União 2013.

Brasil. Portaria nº 599, de 23 de Março de 2006 (2006). Define a implantação de Especialidades Odontológicas (CEO) e de Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPDs) e estabelecer critérios, normas e requisitos para seu credenciamento. Diário Oficial da União.

Brasil. Portaria Nº 677, de 3 de junho de 2015 (2015). Homologa a certificação dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade dos Centros de Especialidades Odontológicas (PMAQ-CEO). Diário Oficial da União.

Ceará. Secretaria de saúde do estado. Plano Estadual de Saúde 2007 – 2010 (2008). Secretaria de Saúde do Estado do Ceará.

Condessa, A. M., et al (2020). Atenção odontológica especializada para pessoas com deficiência no Brasil: perfil dos centros de especialidades odontológicas, 2014. Epidemiologia e servicos de saude: revista do Sistema Unico de Saude do Brasil, 29(5), e2018154.

Couto, G. R., et al (2021). Analysis of performance of specialized dental care in a care network for people with special needs. Research, Society and Development. 10, e35710212678.

Figueiredo, N., et al (2009). Construção da atenção secundária em saúde bucal: um estudo sobre os Centros de Especialidades Odontológicas em Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública, 25(2), 259-267.

Lima, A. C. S., et al (2010). Satisfação dos usuários assistidos nos Centros de Especialidades Odontológicas do Município do Recife, Pernambuco, Brasil. Cad Saude Publica, 26(5), 991-1002.

Lino, P. A., et al (2014). Análise da atenção secundária em saúde bucal no estado de Minas Gerais, Brasil. Cien Saude Colet , 19(9), 3879-3888.

Machado, et al (2015). Fatores relacionados ao desempenho de Centros de Especialidades Odontológicas. Cien Saude Colet, 20(4), 1149-1163.

Oliveira, et al (2005). Atenção odontológica no Programa de Saúde da Família de Campos dos Goytacazes. Cien Saude Colet, 10(1), 297-302.

Pereira A. S., et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/1582 4/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1

Pinto, V. P. T., et al (2014). Avaliação da acessibilidade ao Centro de Especialidades Odontológicas de abrangência macrorregional de Sobral, Ceará, Brasil. Cien Saude Colet, 19(7), 2235-2244.

Rosendo, C. de P., et al (2021). Prevalência de necessidades especiais de pacientes atendidos em um CEO tipo III de uma referência hospital no Brasil. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento. 10, e58510112097.

Rosendo, R. A., et al (2020). Degree of satisfaction of users of a Dental Specialties Center in Paraíba. Research, Society and Development. 9, e167985502.

Santana, V. G. D., et al (2008). Análise da evolução e financiamento da assistência odontológica na média complexidade no município do Recife no período de 2000 a 2007. Cad. Saúde Colet, 6(3), 527-544.

Souza, T. M. S., et al (2007). Saúde bucal no Programa de Saúde da Família: uma avaliação do modelo assistencial. Cad Saude Publica, 23(11), 2727-2739.

Published

02/06/2021

How to Cite

LIMA, E. B. de .; MELO , R. B. .; SÁ, C. D. L. .; CRUZ, K. R. S. da .; MORAES, R. P. .; BERNARDINO, R. de S. . Evaluation of the supply and production of dental specialties in public secondary care services in a state in northeastern Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e59410616236, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.16236. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/16236. Acesso em: 23 jun. 2021.

Issue

Section

Health Sciences