Identification of Salmonella spp. in grind beef marked in municipalities of the Guaribas Valley, in the State of Pauí.

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i12.1696

Keywords:

Contamination; Microbiological analysis; Beef; Public health.

Abstract

Beef is one of the main foods consumed and marketed in Brazil, requiring proper quality control. Given this fact, the present study, through microbiological analysis, aimed to identify the presence of Salmonella spp. in ground beef sold in the municipalities of Vale do Guaribas in the state of Piauí. For this, 50 samples of ground beef were collected from public markets and butchers. The results obtained were compared with current legislation and classified as own or improper for consumption. It was found that of the 15 municipalities where collections were made, 93.33% had some sample not in accordance with the standard required by resolution and of the 50 samples, 84% were positive for the bacterium in question, being unfit for consumption. Incompatible hygiene practices were detected in the study and better and more effective enforcement of perishable food commercialization was necessary, overseeing critical control points and thus ensuring the provision of safe food.

Author Biographies

Juliana Barros Bezerra, Universidade Federal do Piaui

Nutrição

Rener dos Santos de Sousa, Universidade Federal do Piauí

Técnico em análises clinicas na Universidade Federal do Piauí.

Rute Emanuele da Rocha, Universidade Federal do Piauí

Granduanda em Nutrição; pós graduanda em Nutrição clínica.

Lara Karine Lima Sousa, Universidade Federal do Piauí

Graduanda em enfermagem.

Tamiris Ramos Silva, Universidade Federal do Piauí

Graduanda em nutrição.

Gustavo Henrrique Januário Sousa, Universidade Federal do Piauí

Graduando em Nutrição.

Emyle Horrana Serafim de Oliveira, Universidade Federal do Piauí

Graduanda em Nutrição

Ana Clara do Nascimento Borges, Universidade federal do Paiuí

Graduanda em Nutrição

Luís Evêncio da Luz, Universidade Federal do Piauí

Doutor em ciências Veterinárias e Professor Associado I da Universidade federal do Piauí.

References

Almeida, A. C., Souza, R. M., Pinho, L., Sobrinho, L., Silva, B. C. M. (2010). Determinação de perigos microbiológicos em carnes bovinas resfriadas provenientes de abates clandestinos e comércio ilegal. Rev Acta Veterinaria Brasilica,4 (4):278-285.

Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne Bovina [homepage na internet]. [Acesso em 12 de maio de 2017] disponível em: http://www.abiec.com.br/estatísticas.html.

BRASIL. (2001). Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC Nº 12, de 02 de janeiro de 2001. Regulamento Técnico sobre padrões microbiológicos de alimentos. [Resolução na internet] Diário Oficial da União, Brasília, [Acesso em: 11 jul. 2018]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/RDC_12_2001.pdf/15ffddf6-3767-4527-bfac-740a0400829b

BRASIL. (2003). Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento. Instrução Normativa nº 83, de 21 de novembro de 2003. Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Carne Moída de Bovino. Diário Oficial da União, 24 nov.

BRASIL. (2010). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual integrado de vigilância e controle da febre tifoide / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde.

BRASIL. (2018). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de vigilância das Doenças Transmissíveis. Surto de Doenças transmitidas por Alimentos no Brasil. Sinan/SVS/Ministério da Saúde. Junho.

Damer, J.R.S., Dill, R.E., Gusmão, A.A., Moresco, T.R. (2014). Contaminação de carne bovina moída por Escherichia coli e salmonella sp. Rev contexto e saúde.

Ferreira, R. S., Simm, E. M. (2012). Análise Microbiológica da carne moída de um açougue da região central do município de Pará de Minas/MG. Rev Digital FAPAM, 37(3):37-61.

(26). p. 20-27.

Franco, B. D. G. M., Landgraf, M. (2005). Microbiologia dos alimentos. São Paulo: Atheneu.

Germano, P., & Germano, M. (2008). Higiene e Vigilância Sanitária de Alimentos. Barueri, São Paulo: Manole.

Gomes, A. F. A., Almeida, E. E. S., Souza, A. S., Silva, J. P., Amâncio, T. A., Santos, C. C., Barbosa, R. P., Soares, O. F.S., Farias, P.K.S. (2017). Avaliação microbiológica de carnes moídas bovinas em diferentes estabelecimentos comerciais. Cad. Ciênc. Agrá, 9(3):95-100.

Kerr, S., Ball, H. J., Mackie, D. P., Pollock, D. A., Finlay, D. A. (1992). Diagnostic application of monoclonal antibodies to outer membrane protein for rapid detection of Salmonella. Review Journal of Applied Bacteriology, 72(4):302-308.

Luz, J.R.D., Araújo, J.H.L., Batista, D., Silva, T.C., Araújo, L.B.A., Carvalho, C.T. (2014). Qualidade microbiológica da carne moída comercializada em Natal, Rio Grande do Norte. Revista de Nutrição e Vigilância em Saúde, 2(2). p.86-90.

Rosa, R. L. (2014). Características bacteriológicas da carne moída de bovino comercializada no município de Santo Antônio da Patrulha-RS. Rio Grande do sul. Monografia [Curso de especialização em Produção, Tecnologia e Higiene de alimentos de origem animal] - Universidade Federal do rio Grande do Sul. Porto alegre.

Shinohara, N.K.S., Barros, V.B., Jimenez, S.M.C., Machado, E.C.L., Dutra, R.A.F., Filho, J.L.L. Salmonella spp., importante agente patogênico veiculado em alimentos. Revista, Ciência & Saúde Coletiva, 13(5):1675-1683, 2008.

Simões, A.C. (2011). Análise higiênico-sanitária de produtos cárneos comercializados na cidade de Botucatu. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu.

Velho, A. L.M.C.S., Abrantes, M.R., Medeiros, J.M.S., Aguiar, K.C.S., Sousa, E.S, Soares, K.M.P., Silva, J.B.A. (2015). Avaliação qualitativa da carne bovina in natura comercializado em Mossoró-RN. Revista: Acta Veterinária Brasílica, 9 (3):212-217.

Zhou, G. H., Xu. X. L., Liu,Y. (2010). Preservation Technologies for Fresh Meat–A Review. Meat Science, Barking, 86(1):119-28.

Published

15/10/2019

How to Cite

BEZERRA, J. B.; SOUSA, R. dos S. de; ROCHA, R. E. da; SOUSA, L. K. L.; SILVA, T. R.; SOUSA, G. H. J.; OLIVEIRA, E. H. S. de; BORGES, A. C. do N.; LUZ, L. E. da. Identification of Salmonella spp. in grind beef marked in municipalities of the Guaribas Valley, in the State of Pauí. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 12, p. e228121696, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i12.1696. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1696. Acesso em: 19 sep. 2021.

Issue

Section

Health Sciences