Strategic planning in civil engineering companies in Maranhão: Analysis of the main methodologies used

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18240

Keywords:

Strategic planning; Methodologies; Civil engineering.

Abstract

Due to changes in the economic scenario, growth and moments of financial crisis, there were major changes in company management, that is, competitiveness was accentuated and the market became more discerning, demanding more innovative, efficient companies , effective and versatile. Therefore, this research aims to conduct a study on the main strategic planning methodologies used by civil engineering companies in the state of Maranhão, as well as in their enterprises. To carry out this study, a literature review on strategic planning was prepared and a questionnaire was created and applied in some civil engineering companies in the state. It was observed that all the companies interviewed carry out strategic planning with the participation of qualified and experienced employees, and also review the methods at least once a month, in addition to disseminating the decisions taken to the most diverse sectors of the company. Furthermore, it was possible to conclude that each company has its own strategic planning methods.

References

Alday, H. E. C. (2000). Planejamento Estratégico Dentro do Conceito de Administração Estratégica. Revista FAE. https://revistafae.fae.edu/revistafae/artic le/view/505/400

Arruda, L. L. & Voese, S. B. (2009). Utilização de ferramentas gerenciais e controle de custos nas organizações do terceiro setor: estudo nas Redes Metrológicas estaduais. XVI Congresso Brasileiro de Custos. Fortaleza. https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/viewFile/967/967

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10520. (2002). Informação e documentação – Citações em documentos - Apresentação. Rio de Janeiro.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 14724. (2016). Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos - Apresentação. Rio de Janeiro.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6024. (2003). Informação e documentação – Numeração progressiva das seções de um documento -

Apresentação. Rio de Janeiro.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 9001. (2015). Sistema de gestão da qualidade – Requisitos. Rio de Janeiro.

Chagas, L. R. B. (2008). Engenharia da construção: obras de grande porte. Pini/Odebrecht. https://www.passeidireto.com/arquivo/20389705/engenharia-da-construcao-luiz-roberto-batista-chagas

Francisco, A. C., Oliveira, A. C. & Pagani, R. N. (2011). Diagnóstico estratégico aplicado em uma empresa de transportes agrícolas. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba.

Gehbauer, F. (2002). Planejamento e Gestão de Obras. Editora CEFET – PR. Curitiba.

Lima, A. A. (2009). Planejamento Estratégico: uma ferramenta eficaz para tomada de decisão. Dissertação (Graduação) - Escola de Guerra Naval. Rio de Janeiro. http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00000c/00000cd2.pdf

Marconi, M. D. & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos da metodologia científica. Atlas.

Mattos, A. D. (2010). Planejamento e controle de obras. Pini. São Paulo.

Melo, V. P. C. (2006). A comunicação interna e sua importância nas organizações. Tecitura.

Mendes, G. H. S. (2015). Administração estratégica. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. http://www.profiap.org.br/profiap/sobre-o-curso/guias-didaticos/profiap-administracao-estrategica-final.pdf

Moreira, M. & Bernades, S. (2001). Desenvolvimento de um Modelo de Planejamento e Controle da Produção para Micro e Pequenas Empresas de Construção. Dissertação (Doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/13718/0 00292771.pdf?sequence=1

Oliveira, D. P. R. (2007). Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. Atlas (23ª ed.).

Oliveira, D. P. R. (2018). Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. Atlas (34ª ed.). Atlas.

Paixão, M. V. & Stadler, A. (2012). Modelos de gestão. Instituto Federal do Paraná.

Pereira, M. F. (2002). A Construção do Processo de Planejamento Estratégico a Partir da Percepção da Coalização Dominante. Dissertação (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Florianópolis. https://core.ac.uk/download/pdf/30364622.pdf

Pereira, M. F. (2011). Administração Estratégica. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. http://www.ead.uepb.edu.br/ arquivos/licitacao_livros_admpub/16-administra%E7%E3o%20estrat%E9gica/livro%20administra%E7%E3o%20estrat%E9gica.pdf

Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat. (2021). Sistema da avaliação de serviços e obras – Siac. http://pbqp-h.mdr.gov.br/projetos_siac.php

Ribas, A. J. F., Facine, M. A. & Teixeira, G. (2014). Planejamento Estratégico. Unicentro.

Rigby, D. K. (2009). Ferramentas de Gestão: um Guia para Executivos. Bain & Company, Inc. https://www.profrandes.com.br/userf iles/d69bcc9f0eb9452f3afef3a9b408ac22.pdf

Rotilli, L. (2012). Planejamento Estratégico em Empresas de Construção Habitacional: Estudo de Caso em Cruz Alta e Ijuí/RS. Dissertação (Graduação) – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Ijuí. http://docplayer.com.br/16132680-Universidade-regional-do-noroeste-do-estado-do-rio-grande-do-sul.html

Rovina, J. (2019). Planejamento Estratégico: entenda como criar e gerenciar a estratégia da sua organização. https://www.euax.com.br/2019/01/planejamento-estrategico/

Teixeira, C. A. C., Dantas, G. G. T. & Barreto, C. A. (2015). A importância do Planejamento Estratégico para pequenas empresas. Revista Eletrônica e Científica da FAESB. Tatuí

Published

25/07/2021

How to Cite

CRUZ, T. B. da .; GOMES, V. de A. S. .; MAFRA, F. D. B. Strategic planning in civil engineering companies in Maranhão: Analysis of the main methodologies used. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e27910918240, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18240. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18240. Acesso em: 26 sep. 2021.

Issue

Section

Engineerings