Practices applied in the teaching of Genetics to EJA students (Youth and Adult Education)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18286

Keywords:

Education; Training; Knowledge; Dynamics.

Abstract

Biology teaching now has new strategies that allow the teacher to improve his classes, his knowledge and transmit them in a dynamic way, mainly through practical classes. The objective of the present study was to verify if practical classes are effective tools for consolidating learning in genetics for students of Youth and Adult Education (EJA). The study was developed in a public school in Timon-MA, in two classes of second stage of the EJA. The results of this research proved that the applied methodology was guiding for the scientific growth of the students of the EJA.

References

Amabis, J. M. & Martho, G. R. (2001). Guia de apoio didático. Moderna.

Andrade, M. L. F. & Massabni, V. G. (2011). O desenvolvimento de atividades práticas na escola: um desafio para os professores de ciências. Ciência & Educação, 17(4), 835-854.

Araújo, M. I. O., & Bizzo, N. (2015) Processo investigativo sobre práticas pedagógicas para inserção da dimensão ambiental na formação de professores de Biologia. Revista Tempos e Espaços em Educação, 8(16), 125-138.

Astolfi, J. P. & Develay, M. A. (1990). A didática das ciências. Papirus.

Bahia. Plano Plurianual de Alfabetização (2007). Secretaria de Educação do Estado da Bahia.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Edições 70.

Carvalho, A. M. P. (2018). Fundamentos teóricos e metodológicos do ensino por investigação. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 18(3), 765-794.

Costa, C., & Martins, I. P. (2016) Educação em ciências no primeiro ciclo do ensino básico para desenvolvimento sustentável. Indagatio Didactica, 8(1), 30-45.

Freire, P. (1979). Conscientização teoria e prática de libertação. Cortez e Morais.

Lima, G. H. et al. (2016). O uso de atividades práticas no ensino de ciências em escolas públicas do município de Vitória de Santo Antão – PE. Rev. Ciênc. Ext., 12(1), 19-27.

Lima, K. E. C. & Vasconcelos, S. D. (2006). Análise da metodologia de ensino de ciências nas escolas da rede municipal de Recife. Ensaio: Revista avaliação de políticas públicas educacionais, 14(52), 397-412.

Lima, M. M. O., Cardoso, T. C., Santos Filho, F. S., Martins, F. A., & Almeida, P. M. (2020) Atividades práticas de Biologia: uma Sequência de Ensino Investigativa sobre o Ciclo Celular. Research, Society and Development, 9(9), e611997801.

Marandino, M. A prática de ensino nas licenciaturas e a pesquisa em ensino de ciências: questões atuais. (2003). Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 20(2), 168-193.

Marques, W. O quantitativo e o qualitativo na pesquisa educacional. (1997). Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, 5(3), 19-31.

Medeiros, D. R., & Goi, M. E. J. (2020). A Resolução de Problemas como uma metodologia investigativa no Ensino de Ciências da Natureza. Research, Society and Development, 9 (1), 1-32.

Oliveira, A. A (1999). Experiência Educativa Popular Freireana do Pro Alto. In A. M. A. Freire, Ana Maria Araújo (Ed.). A pedagogia da libertação em Paulo Freire. UNESP.

Prodanov, C. C. & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico. FEEVALE.

Rocha, L. S. (2013). Estratégias metodológicas para ensinar genética no Ensino médio. [Monografia da Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino, Universidade Tecnológica Federal do Paraná].

Sasseron, L. H. (2015) Alfabetização científica, ensino por investigação e argumentação: relações entre ciências da natureza e escola. Revista Ensaio, 17(1), 49-67.

Soares, R. M. & Baiotto, C. R. (2015). Aulas práticas de biologia: suas aplicações e o contraponto desta prática. Revista Di@logus, 4(2), 53-68.

Tudo sobre Biologia. (n.d). PontoBiologia.com. www.pontobiologia.com.br

Vickery, A. (2016). Aprendizagem ativa. Penso.

Published

29/07/2021

How to Cite

CARVALHO, H. M. M.; MARTINS, F. A.; ALMEIDA, P. M. de; ARAÚJO, J. S. Practices applied in the teaching of Genetics to EJA students (Youth and Adult Education). Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e43510918286, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18286. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18286. Acesso em: 20 sep. 2021.

Issue

Section

Education Sciences