Project and planning of construction site in Brazil: A review on good practices and tools used

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18407

Keywords:

Management; Good habits; Construction site; Project; Planning.

Abstract

The management process is present in different economic sectors and allows for more assertive decision-making with better results. This process is endowed with best practices and methods that facilitate the triggering of the entire organizational structure regarding activities and deliverables. In civil construction, the development of new technologies, market demands, and organizational challenges in the pursuit of excellence has led companies to rethink their management systems. The objective of this work is to identify the best practices and tools used in construction sites in Brazil, based on the perception of civil construction professionals, contractors, and other companies related to the sector. The methodology used is based on a bibliographic study through academic works in order to support the study, as well as field research with market professionals at different levels and positions. The results showed negligence in several aspects, including legal, for the project development and construction site planning. It also showed negligence in the planning phase, and the culture of immediacy and improvisation, in addition to pressure for the production stage and cost reduction. It was possible to verify the lack of adoption of proper and effective guidelines and methodology. Finally, it was contacted, even so, that good practices have been used in the construction sites, from simple tools to the application of more modern systems and the use of innovative technologies, and that the planning and design process of the construction site can bring greater productivity, reduction of waste and quality improvement in Civil Construction.

Author Biography

Glêdson Pereira Lima, Universidade Federal Fluminense

Glêdson Pereira Lima holds a Masters in Civil Engineering from UFF - Fluminense Federal University, Specialist in Construction Management from Porto University - Portugal, MBA in Project Management from FGV and an MBA in Business Management from Veiga de Almeida University. He also has a postgraduate degree in Work Safety Engineering from COPPE-UFRJ and Specialization in Civil Construction from the Faculty of Engineering at UFMG. He holds a degree in Architecture and Urbanism from FAU - Methodist University Center of Rio de Janeiro and is a Building Technician from the Federal Technical School of Rio de Janeiro - CEFET-RJ. He also holds the title of Lead Auditor in Quality Management Systems - ISO 9000 by HGB, recognized by Stat-a-Matrix - SAM Institute of USA. He currently works in technical consulting and teaching postgraduate courses in the areas of Quality, Project and Construction Management, Planning, Costs, Contracts, Strategic Planning, Workplace Safety and Environment. Today he has over 25 years of experience in the areas in question.

References

Aguiar, g. S. G. (2016). Inovação em logística de Canteiro de obras na construção de edifícios. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. São Paulo

Arantes, l. C. (2008). Construção Sustentável: Oportunidades de negócio para a empresa Bautec Construções & Incorporações Ltda. Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina/CESUSC. Monografia (Graduação em Administração)

Barbosa, m. T. (2011). Concreto Ecológico. Universidade Federal de Juiz de Fora/UFJF. 18º Concurso Falcão Bauer

“Beltrame, e. De s. (2013). Meio Ambiente na Construção Civil. Website Eduardo Floripa. http://www.eduardo.floripa.com.br/download/Artigo_meio_ambiente.pdf“

Bezerra, Francisco Diniz (2020). Análise Setorial Indústria da Construção. Fortaleza: Banco do Nordeste do Brasil, ano 5, n.144, (Caderno Setorial ETENE, n.144)

Empresa Brasil De Comunicação. Expansão do setor pode ser a maior desde 2013. Website da Agencia Brasil EBC. https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-12/pib-da-construcao-civil-deve-crescer-4-em-2021

FGV/IBRE. Boletim Macro Econômico – Maio 2020 (2020). Website Porta Ibre FGV: https://portalibre.fgv.br/sites/default/files/2020-05/boletimmacroibre_2005.pdf>

Fonseca, A. L. (2013). Estudo de instalação, organização e manutenção em Canteiro de obras. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Gil, A.C. (2008). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. Atlas. São Paulo, SP, Brasil. IBGE. Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil

Marconi, M.A.; Lakatos, E.M. (2006). Fundamentos de metodologia científica. Atlas. São Paulo, SP, Brasil

Mateus, R., Bragança, L. (2006) Tecnologias Construtivas para a Sustentabilidade da Construção. Porto: Edições Ecopy. ISBN 978-989-95194-1-1. 296 p.

Nunes, J. M., Longo, O. C., Alcoforado, L. F., & Pinto, G. O. (2020). O setor da Construção Civil no Brasil e a atual crise econômica. Research, Society and Development, Article 9. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7274

Palacios, V. H. R. Gestão da Qualidade na Construção Civil (1995). Gerenciamento do Setor de Suprimentos em Empresas de Construção de Pequeno Porte, Rio Grande do Sul: Sinduscon - RS

PAIC/IBGE, Pesquisa Anual da Indústria da Construção – PAIC, 2018 (2018) – Website IBEG: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/paic/quadros/brasil/2018

Rocha Neto, H. S. R. (2010) Avaliação dos índices de desperdícios de materiais: estudo de caso em uma obra de edificação na cidade de Feira de Santana-Ba. p. 133. Universidade Estadual de Feira de Santana. Trabalho de conclusão de curso. Feira de Santana/BA

Sacilotti, A. C. (2010) A importância da tecnologia da informação nas micro e pequenas empresas: um estudo exploratório na região de Jundiaí. p. 116. Faculdade Campo Limpo Paulista. Dissertação de mestrado. Campo Limpo Paulista/SP

Schlindwein, N. F. C (2013). Modelo de avaliação da maturidade da gestão de suprimentos em organizações hospitalares. In: simpósio de administração da produção, logística e operações internacionais, São Paulo

Serra, S.M.B. (2001) Canteiro de obras: projeto e suprimentos. São Carlos: UFSCar, 41p. (apostila para o curso de atualização de Racionalização de Processos e Produtos na Construção de Edifícios)

Souza, G. D. (2006). Gestão da cadeia de suprimentos integrada à tecnologia da informação. Rev. Adm. Pública. vol.40 no.4 Rio de Janeiro

Viana, J. C.; Alencar, L. H. (2012). Metodologias para seleção de fornecedores: uma revisão da literatura. Produção, v. 22, n. 4, p. 625-636

IBGE, 2020. Produto Interno Bruto – PIB. Website IBEG: https://www.ibge.gov.br/explica/pib.php

Sidra, Ibge, 2020. Pessoas por Nível de Instrução no Brasil. Website IBEG: https://sidra.ibge.gov.br/tabela/3543#resultado

Souza, Ubiraci e. L. (2000). Projeto e Implantação do Canteiro. O Nome da Rosa. São Paulo

Pinho, S. A. C. (2013). Desenvolvimento de programa de indicadores de desempenho para tecnologias construtivas à base de cimento: perdas, consumo e produtividade (Dissertação de Mestrado). Escola Politécnica de Pernambuco, Universidade de Pernambuco, Recife

Souza, U. B. L., Paliari, J. C., Andrade, A. C., Agopyan, V. (1998). Perdas de materiais nos canteiros de obras: a quebra do mito. Qualidade na Construção, 2(13), 1-11

Santos, P. R., Santos, D. de G. (2017). Investigação de perdas devido ao trabalho inacabado e o seu impacto no tempo de ciclo dos processos construtivos. Ambiente construído, 17(2), 39-52. doi.org/10.1590/s1678-86212017000200145

Oliveira O. J. (2001). Influências do projeto de produção e do projeto de canteiro no sistema logístico da construção de edifícios, in: Workshop Nacional: Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios, São Carlos

Falcão T. F.; Brandstetter M. C. G. O. e Amaral T. G. (2010) Diretrizes estratégicas para melhoria da eficiência logística em canteiros de obra, in: XIII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. Rio Grande do Sul

Ferreira E. A. M. (1998). Metodologia para elaboração do projeto do canteiro de obras de edifício, Tese (Doutorado) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo

Silva F. B. e Cardoso F. F. (1998). A importância da logística na organização dos sistemas de produção de edifícios, in: VII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 277-285

Viana, D. D., Formoso, C. F., Kalsaas, B. T. (2012). Waste in construction: a systematic literature review on empirical studies. In Annual Conference of the International group for Lean Construction. San Diego: State University of San Diego

Bohnenberger, J. C., Pimenta, J. F. de P., Abreu, M. V. S., Comini, U. B., Calijuri, M. L.,Moraes, A. P. De, Pereira, I. da S. (2018).

Identificação de áreas para implantação de usinade reciclagem de resíduos da construção e demolição com uso de análise multicritério. Ambiente Construído, 18(1), pp. 299-311. doi: 10.1590/s1678-86212018000100222

Li-Yashuai. (2013). Developing a Sustainable Construction Waste Estimation and Management System. (Thesis) Hong Kong University of Science and Technology, HongKong. doi: 10.14711/thesis-b1226942»

Paz, D. H. F., Lafayette, K. P. V. (2016). Forecasting of construction and demolition waste in Brazil. Waste Management & Research, 34(8), 708-716. //doi.org/10.1177/0734242X16644680»

Pesquisa PMSURVEY.ORG (2014) - The Essential Role of Communications - Problemas mais comuns em projetos. Website Beware: http://beware.com.br/arquivos/Report2014-PMSURVEY.pdf

Vieira, AA, Guimarães, DR & Soares, WS. (2020). Safety and health in the construction industry: an approach to collective protection measures. Research, Society and Development, 9(7):1-22, e314973768

Lima, Oliveira, & Martins .(2021). Training as an accident and incident prevention mechanism: case study in a constructor in Belo Horizonte, Minas Gerais. Research, Society and Development, v. 10, n.6, e19610615672

McKinsey Global Institute (MGI). (2016). Which Industries Are the Most Digital (and Why)? by Prashant Gandhi, Somesh Khanna, and Sree Ramaswamy. Website Harvard Business Review: https://hbr.org/2016/04/a-chart-that-shows-which-industries-are-the-most-digital-and-why

Published

02/08/2021

How to Cite

LIMA, G. P. .; MELLO, L. C. B. de B. .; SAINT JEAN, G.; PINTO, G. O. . Project and planning of construction site in Brazil: A review on good practices and tools used. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e55110918407, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18407. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18407. Acesso em: 18 sep. 2021.

Issue

Section

Engineerings