Burnout Syndrome in High School teachers in the City of Exu – PE

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18499

Keywords:

Burnout syndrome; Education Professional; Teaching; High school.

Abstract

Burnout Syndrome is a pathology that affects professionals in many areas, especially teachers. Exhaustion and depersonalization are one of the symptoms that will usually be present in the affected person. This research aimed to analyze signs and symptoms of Burnout syndrome in high school teachers who work in the full-time program. This is a descriptive study with a quantitative approach that is defined as the systematic survey of problems, characteristics or phenomena observed in the population. The study was carried out in a high school in the city of Exu that works in a semi-full-time teaching modality. In order to preserve the school's identity, its name was not indicated in the study. The research sample consists of 9 teachers. The research used the face-to-face application of structured questionnaires containing four blocks of questions. Given the above, it is essential that this research is expanded from new contributions and it is necessary to reflect on its failures or limitations, in order to define improvements to enable the achievement of even more significant results in the field of learning and personal development. Knowledge about the predictors of Burnout syndrome facilitates the development of prevention measures and programs. It is noteworthy that this study has limitations with regard to the number of participants, since the sample was not reached due to the non-participation of many teachers in data collection.

Author Biographies

Dennis Bezerra Correia, Universidade Regional do Cariri

Graduated in Biological Sciences (2018) and specialization in Environmental Education (2019), both from the Regional University of Cariri, URCA - CE. He is a specialist in Environmental Management and Auditing (2020) by the Faculty of Venda Nova do Imigrante - FAVENI). He has experience in Environmental Education, working on the following topics: Social and Environmental Education and Social and Biodiversity.

Cícero Jorge Verçosa, Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco

 

References

Bauer, A., Cassettari, N., & Oliveira, R. P. D. (2017). Políticas docentes e qualidade da educação: uma revisão da literatura e indicações de política. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 25, 943-970.

Carvalho, M. P., & Macêdo, M. E. C. (2020). A Síndrome de Burnout em docentes/Burnout Syndrome in Professor's. ID on line Revista de Psicologia, 14(50), 284-301.

da Costa, T. V., & Scatolin, H. G. (2017). Trabalho e loucura: O adoecimento do sujeito nas organizações. Novas Edições Acadêmicas.

de Borba, R. M. (2020). Qualidade de vida no local de trabalho: o estresse e seus fatores de negatividade. Caderno Profissional de Administração da UNIMEP, 9(1), 76-89.

de Oliveira, Z. R., Maranhão, D., Abbud, I., Zurawski, M. P., Ferreira, M. V., & Augusto, S. (2020). O trabalho do professor na Educação Infantil. Editora Biruta.

Fabricio, A., Parnoff, G. L., Lopes, L. F. D., & Brito, L. C. (2020). Síndrome de Burnout: a realidade no ensino docente de uma escola pública de ensino médio da região noroeste/rs. REA-Revista Eletrônica de Administração, 18(2), 250-267.

Freitas, R. N. O. D. (2020). A atividade laboral dos assistentes sociais e o acesso ao adicional de insalubridade.

Jesus, S. D. F., Almeida, N., & Sgamati, C. A. (2017). A síndrome de Burnout: a causa de doenças em educadores e a sua relação com estresse. Vita et Sanitas, 11(2), 85-93.

Koeppe, C. H. B., Ribeiro, M. E. M., & Calabró, L. (2020). Por um Ensino investigativo: concepções docentes acerca da pesquisa como atitude e como estratégia pedagógica. Revista Insignare Scientia-RIS, 3(3), 64-83.

Lima, P. A. M., da Silva Pereira, A. R., dos Santos, A. L., & de Moraes, R. D. (2020). Saúde, Sofrimento, Defesas e Patologias no Trabalho de Professores. Educamazônia-Educação, Sociedade e Meio Ambiente, 25(2, jul-dez), 401-417.

Loiola, E., & Martins, M. D. C. (2019). Autoeficácia no trabalho e síndrome de burnout em profissionais de enfermagem. Psicologia, Saúde & Doenças, 20(3), 813-823.

Magalhães, T. A. D., Vieira, M. R. M., Haikal, D. S. A., Nascimento, J. E., Brito, M. F. S. F., Pinho, L., ... & Silveira, M. F. (2021). Prevalência e fatores associados à síndrome de burnout entre docentes da rede pública de ensino: estudo de base populacional. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 46.

Mota, Í. D., Farias, G. O., da Silva, R., & Folle, A. (2017). Síndrome de burnout em estudantes universitários: um olhar sobre as investigações. Motrivivência, 29, 243-256.

Oliveira, F. K. F. F., dos Santos, J. D., Fraga, A. S. B., de Góis, R. M. O., & da Silva Lima, M. E. (2020). Uso do instrumento maslach burnout inventory como método diagnóstico para síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem: uma revisão integrativa. Caderno de Graduação-Ciências Biológicas e da Saúde-UNIT-SERGIPE, 6(1), 189.

Penteado, R. Z., & Souza, S. D. (2019). Mal-estar, sofrimento e adoecimento do professor: de narrativas do trabalho e da cultura docente à docência como profissão1. Saúde e sociedade, 28, 135-153.

Pertile, G. H., & Perin, C. (2020). Reflexões sobre a educação no brasil: um olhar histórico sobre o descobrimento da américa e a influência europeia de ensino. Razão e Fé, 22(1).

Pinto, M., Pinto, A., Silva, D. P., Pinto, T., Queiroz, F., & Melo, S. P. (2015). Síndrome de burnout em docentes. Revista Interdisciplinar, 8(2), 169-177.

Silva, E. D., & Ribeiro, W. A. (2020). Síndrome de Burnout e o estresse vivenciados pelos enfermeiros do centro de terapia intensiva: uma revisão de literatura. Research, Society and Development, 9(7), e733974327-e733974327.

Souza, S. T., & Heinzle, M. R. S. (2020). Metodologias ativas de aprendizagem na educação superior: Aspectos históricos, princípios e propostas de implementação. Revista e-Curriculum, 18(1), 10-39.

Zamoner, Z., Teruya, M. D. C. M., de Souza, M. A., Suave, A. M., & Monteiro, P. O. (2021). A percepção de professores do ensino fundamental e de alunos da pedagogia sobre o futuro da profissão docente. Humanidades & Inovação, 8(34), 356-369.

Published

11/08/2021

How to Cite

SANTOS, L. E. . S. .; CORREIA, D. B. .; VERÇOSA, C. J.; SILVA, J. R. . de L. .; SANTOS, R. H. L. dos .; FIGUEROA, M. E. V. .; CABRAL, C. da P. .; FIGUEIRÊDO, F. V. .; OLIVEIRA, J. P. C. de .; PEREIRA, G. G. .; FLORÊNCIO, M. M. B. .; SANTOS, A. F. dos .; ANUNCIAÇÃO, J. A. O. da .; SAMPAIO, N. K. S. .; CRUZ, G. V. .; PEREIRA, F. D. .; SILVA, J. E. da .; BESSA, F. G. C. de L. .; ARAÚJO, E. S. .; TORRES, C. M. G. .; FREIRE, N. S. R. . Burnout Syndrome in High School teachers in the City of Exu – PE. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e148101018499, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18499. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18499. Acesso em: 25 oct. 2021.

Issue

Section

Education Sciences