Public development policies

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18757

Keywords:

Public policy; Regional development; Regional disparity.

Abstract

With the end of World War II and the dynamics of the economy, countries entered the race to compete within the new globalized model. With this, an urban-industrial society has expanded, with politicized needs and needs that have become public issues, requiring greater State interventions, especially for integration into the new world economic order, emphasizing the need for public policies for development be more cohesive and egalitarian. Within this context, this article is a qualitative bibliographic exploratory research that aims to understand the need for public policies to promote development in Brazil, bringing important public actions in this process, such as the creation of superintendencies SUDENE, SUDECO, SUDESUL, SUDAM, as well as a basis for knowledge of terms such as: development, space, region, regional development and local development. The theoretical framework is structured in authors such as: Celso Furtado, Henri Lefebvre, David Harvey, among others that were found in the databases: Scopus, Web of Science and Scielo. As a result, it is understood that public policies have been discussed over the years, and are shown to be necessary, but there are still many improvements to be made.

Author Biographies

Amanda Beatriz Albernaz de Araújo, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Prof Dr. PUC Goiás e IFG.
Coordenador do Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás.

Antônio Pasqualetto , Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Prof. Dr. PUC Goiás and IFG. Coordinator of the Master's Degree in Territorial Development and Planning at PUC Goiás.

Pedro Araújo Pietrafesa, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Vice-Coordenador do Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás

Coordenador de Estágio do Curso de Relações Internacionais

Editor-Chefe da Revista BARU

Ilana Marques de Jesus Beltrão, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Mestranda pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2020)
Administradora na Universidade Federal do Tocantins.

References

Abreu, S. de. (2001). Planejamento governamental: a SUDECO no" Espaço Mato-Grossense". Contexto, propósitos e contradições. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

Almeida, A. S., Messias T. A. & Goulart Filho, A. (2010). A trajetória da SUDESUL e as políticas de desenvolvimento regional para Santa Catarina 1967-1990. UFRGS.

Alves, A. M., Rocha Neto, J. M. (2014). A Nova Política de Desenvolvimento Regional – PNDR II. Revista Política e Planejamento Regional (RPPR), 1(2), 311-338.

Bellingieri, J. C. (2017). Teorias do desenvolvimento regional e local: uma revisão bibliográfica. RDE - Revista de Desenvolvimento Econômico, 2(37), 6-34.

Brasil (1974). II Plano Nacional de Desenvolvimento (PND). Brasília: Imprensa Oficial.

Brito, D. C. de. (2001) A SUDAM e a crise da modernização forçada: reforma do estado e sustentabilidade na Amazônia. Revista Ambiente e Sociedade, 8, 69-90.

Brito, V. C, Mattedi, M. A. & Dos Santos, G. F. (2017). O uso de múltiplas escalas geográficas no planejamento do desenvolvimento regional. Revista Política e Planejamento Regional, 4(1), 1-30.

Cardozo, S. A & Martins, H. (2020). New Developmentalism, Public Policies, and Regional. Inequalities in Brazil: The Advances and Limitations of Lula’s and Dilma’s Governments. Revista Latin American Perspectives. 47(2), 147-162.

Carniello, M. F.& Santos, M. J. dos. (2021) Comunicação para o desenvolvimento territorial: análise da Política Nacional de Desenvolvimento Regional. Revista Redes, 26, 1-19.

Corrêa, J. C. S., Silveira, R. L. L.& Kist, R. B. B. (2019). Sobre o conceito de desenvolvimento regional: notas para debate. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 15(7), 3-15.

Cargnin, A. P. (2011). Políticas de desenvolvimento regional no Rio Grande do Sul: vestígios, marcas e repercussões territoriais. Tese de Doutorado UFRGS/PPGGEA. 318 p.

Carvalho, F. F. (2011) Sudene: do desenvolvimento cepalino ao desenvolvimento endógeno. In: Amaral Filho, J. do e Carrillo, J. (coords). Trajetórias de desenvolvimento local e regional: uma comparação entre a região nordeste do Brasil e a Baixa Califórnia (México). E-papers, p.287-308.

Castro, J. A. de & Oliveira, M. G. de. (2014). Políticas públicas e desenvolvimento. In: MADEIRA, L. M. (Org.). Avaliação de Políticas Públicas. 20-48.

Cavalcante, L. R. (2018). Políticas de Desenvolvimento Regional no Brasil: uma estimativa de custos. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 14(3), 147-171.

Cavalcante, M. A. & Barreira, C. C. M. A. (2011). Ações da SUDECO no Desenvolvimento.do Centro-Oeste no Estado de Goiás. Revista Boletim Goiano de Geografia. 31(2), 179-191.

Dallabrida, V. R. (2010). Desenvolvimento regional: Porque algumas regiões se desenvolvem e outras não. Ed. EDUNISC.

de Andrade Carneiro, L., Rodrigues, W., França, G., & Prata, D. N. (2020). Uso de tecnologias no ensino superior público brasileiro em tempos de pandemia COVID-19. Research, Society and Development, 9(8), e267985485-e267985485.

Lefebvre, H. (1991). The production of space. Basil Blackwell.

Furtado, C. A. (1959). Operação Nordeste. MEC, ISEB.

Furtado, C. (1961). Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Editora Fundo de Cultura

Furtado, C. (1999). O longo amanhecer: reflexões sobre a formação do Brasil. Paz e Terra.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. (6a ed.), Editora Atlas SA.

Haesbaert, R. (2005) “Região: trajetos e perspectivas”. Anais da I Jornada de Economia Regional Comparada. FEE-RS. 1-15.

Haesbaert, R. (2010). Regional-global: dilemas da região e da regionalização na geografia contemporânea. Bertrand Brasil

Harvey, D. (1993). Condição Pós-Moderna. Loyola 349 p

Harvey, D. (1973). Social justice and the city. London: Edward Arnold.

Milone, P. C. (1998). Crescimento e desenvolvimento econômico: teorias e evidências empíricas. Montoro Filho, A. F. et al. Manual de economia. São Paulo: Saraiva. 511-524

Oliveira, A. G. de, Silva, C. L.& Lovato, E. L. (2014). Desenvolvimento local: conceitos e metodologias - políticas públicas de desenvolvimento rural e urbano. Revista Orbis Latina, 4, 110-123.

Oliveira, F. de. (1981). Elegia para uma re(li)gião. (3a ed.), Paz e Terra.

Oliveira, G. B. (2002). Uma discussão sobre o conceito de desenvolvimento. Revista FAE, 5(2), 37-48.

Pozenato, J. C. (2001). Algumas considerações sobre região e regionalidade. Filosofia: diálogo de horizontes. 589-591.

Reyes, G. E. (2001). Four main theories of development: modernization, dependency, word-system and globalization. Nómadas. Revista Crítica de Ciencias Sociales y Jurídicas. 4(2), 109-124.

Theis, I. M. (2019). O que é desenvolvimento Regional? Uma aproximação a partir da realidade brasileira. Revista Redes, 24(3), 334-360.

Published

09/08/2021

How to Cite

ARAÚJO, A. B. A. de .; PASQUALETTO , A. .; PIETRAFESA, P. A. .; BELTRÃO, I. M. de J. . Public development policies. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e235101018757, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18757. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18757. Acesso em: 27 oct. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences