Self-care practice of Nursing undergraduates during graduation and in the SARS-CoV-2 pandemic

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18825

Keywords:

Self Care; Coronavirus Infections; Students; Nursing; Pandemics; Nursing Theory.

Abstract

Research on The Completion Of Nursing Undergraduate Course inserted in the Line of Research Organization and Management of Health Services Care. The objective since the study was to identify the situations that contribute or hinder the practice of self-care of nursing undergraduates of a private university in Rio de Janeiro during the undergraduate period and in the experience of the SARS-CoV-2 pandemic. A descriptive and exploratory study was carried out, with a qualiquantitative approach in a Private Institution of Higher Education located in the North Zone of the City of Rio de Janeiro through semi-structured interviews through an online form. The results of closed questions, sociodemographic and socioeconomic profile were tabulated in percentage through microsoft excel software, 2010 and the open, qualitative questions were submitted to content analysis proposed by Bardim. The study included 116 nursing undergraduates with predominance in young adults, single, without children, from a family with nuclear education with an average family income of 1 to 3 minimum wages and who are dedicated to studies and work in concomitance. This research reached its objective by exposing the difficulties faced in the practice of self-care by nursing undergraduates during face-to-face graduation, evaluating how their worst factor is stress from the need to study in concomitance with work activity and in the evaluation of the practice of self-care during the pandemic with the virtualization of disciplines, the main stressing factor that hinders the practice of self-care is the sudden change in the routine of students.

References

Almeida, L. Y. de, Carrer, M. O., Souza, J. de, & Pillon, S. C. (2018). Avaliação do apoio social e estresse em estudantes de enfermagem. Revista Da Escola de Enfermagem Da USP, 52(0), 1–8. https://doi.org/10.1590/s1980-220x2017045703405

Aquino, E. M. L., Silveira, I. H., Pescarini, J. M., Aquino, R., & de Souza-Filho, J. A. (2020). Social distancing measures to control the COVID-19 pandemic: potential impacts and challenges in Brazil. Ciencia e Saude Coletiva, 25, 2423–2446. https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020

Barboza, N. S. R., Fassarella, C. S.& Souza, P. A. de. (2020). Self-care by discalced carmelite nuns in the light of Orem ’ s Theory *. Rev Esc Enferm USP, 54, e03637.

Bardin. L, (2016). Análise de conteúdo (70 Ed. LDA). Lisboa, Portugal.

Bernardino, A. de O., Coriolano-Marinus, M. W. de L., Santos, A. H. da S., Linhares, F. M. P., Cavalcanti, A. M. T. de S., & de Lima, L. S. (2018). Motivação dos estudantes de enfermagem e sua influência no processo de ensino-aprendizagem. Texto e Contexto Enfermagem, 27(1), 1–10. https://doi.org/10.1590/0104-070720180001900016

Bublitz, S., Guido, L. de A., Kirchhof, R. S., Neves, E. T., & Lopes, L. F. D. (2015). Perfil sociodemográfico e acadêmico de discentes de enfermagem de quatro instituições brasileiras. Revista Gaúcha de Enfermagem, 36(1), 77–83.

Campos, C. M. S., Oliveira, J. P. de S., Silva, S. G., Otrenti, E., & Dias, V. F. G. (2019). Desgastes e fortalecimentos de graduandos de enfermagem expressos em mídia social: uma análise potencializadora de ações de enfrentamento. Rev Med, 98(2), 0–5.

Coelho, M. T. Á. D., Carvalho, V. P. De, & Porcino, C. (2019). Representações sociais de doença , usos e significados atribuídos às Práticas Integrativas e Complementares por universitários. SAÚDE DEBATE |, 43(122), 848–862. https://doi.org/10.1590/0103-1104201912215

Conselho Federal de Enfermagem (2021). Enfermagem em números - Quantitativo de profissionais por regional. Recuperado em 23 abril de 2021, http://www.cofen.gov.br/enfermagem-em-numeros.

Conselho Federal de Enfermagem (2020). Parecer de Câmara Técnica N° 014/2020/CTAS/COFEN, de 08 junho de 2020. Seringas autorretráteis. Redução de acidentes de trabalho. Recuperado em 23 abril de 2021,http://www.cofen.gov.br/parecer-no-014-2020-cofen-ctas_80477.html

Conselho Regional de Enfermagem (2008). Formação profissional com responsabilidade? o que os cursos de Enfermagem deixam de mostrar aos alunos. Revista COREN-SP nº 73, ISSN 1806-5473, janeiro/fevereiro de 2008. Recuperado em 23 de abril de 2021, https://portal.coren-sp.gov.br/sites/default/files/73_0.pdf

Conselho Regional de Enfermagem (2021).Pandemia de Covid19 – março-2020/março-2021: um ano de dor e luta na Enfermagem, 10 de março de 2021. Uma homenagem do COREN-RJ aos profissionais da Enfermagem pela atuação no maior desafio de nossas vidas. Recuperado em 26 abril de 2021, de http://rj.corens.portalcofen.gov.br/pandemia-de-covid19-marco-2020-marco-2021-um-ano-de-dor-e-luta-na-enfermagem_21228.html

Constituição da República Federativa do Brasil 1988. (1988). Jusbrasil.https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/91972/constituicao-da-republica-federativa-fazer-brasil-1988#art-226

Constituição da Organização Mundial de Saúde (1946). OMS/WHO. Recuperado em 27 abril de 2020, de http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/OMS-Organiza%C3%A7%C3%A3o-Mundial-da-Sa%C3%BAde/constituicao-da-organizacao-mundial-da-saude-omswho.html

Costa, C. M. A., Matta, T. F., Santos, E. C. dos J., Araujo, L. M. de, Martins, E. R. C., & Spíndola, T. (2020). Saberes e práticas de alunos de enfermagem na atenção à saúde das minorias sexuais. Glob Acad Nurs., 1(3), 1–7.

da Matta, C. M. B., Lebrão, S. M. G., & Heleno, M. G. V. (2017). Adaptação, rendimento, evasão e vivências acadêmicas no ensino superior: revisão da literatura. Psicologia Escolar e Educacional, 21(3), 583–591. https://doi.org/10.1590/2175-3539/2017/0213111118

da Silva, M. C. N., & Machado, M. H. (2020). Sistema de Saúde e Trabalho: desafios para a Enfermagem. Ciencia e Saude Coletiva, 25(1), 7–13. https://doi.org/10.1590/1413-81232020251.27572019

Fontana, R. T., & Brigo, L. (2012). Estudar e trabalhar: percepções de técnicos de enfermagem sobre esta escolha. Escola Anna Nery, 16(1), 128–133. https://doi.org/10.1590/s1414-81452012000100017

Giovannini, P. E., Pontes, L., & Carlos, N. (1981). O Caminho se Faz ao Caminhar : Novas Perspectivas da Educação Médica no Contexto da Pandemia The Path Is Made by Walking it : New Perspectives for Medical Education in the Pandemic Context. 44, 1–8.

Hirsch, C. D., Barlem, E. L. D., de Almeida, L. K., Tomaschewski-Barlem, J. G., Lunardi, V. L., & Ramos, A. M. (2018). Fatores percebidos pelos acadêmicos de enfermagem como desencadeadores do estresse no ambiente formativo. Texto e Contexto Enfermagem, 27(1), 1–11. https://doi.org/10.1590/0104-07072018000370014

Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (2013). Características étnico-raciais da população: classificações e identidades. Brasil: IBGE. Recuperado em 23 abril de 2021, de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv63405.pdf

Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (2010). Censo Demográfico 2010.Brasil: IBGE. Recuperado em 23 abril de 2021, de https://censo2010.ibge.gov.br/resultados

Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (2019). Pesquisa Pulso Empresa: Impacto da COVID-19 nas empresas.Brasil: IBGE. Recuperado em 23 abril de 2021, de https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/548281f191c80ecbbb69846b0d745eb5.pdf

Knechtel, M.R. (2014). Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática dialogada. Curitiba, PR: Intersaberes.

Maier, S. R. de O., & Mattos, M. De. (2016). O Trabalhar e o estudar no contexto universitário: uma abordagem com trabalhadores-estudantes. Saúde (Santa Maria), 42(1), 179. https://doi.org/10.5902/2236583420477

Malta, D. C., Szwarcwald, C. L., Barros, M. B. de A., Gomes, C. S., Machado, Í. E., Souza Júnior, P. R. B. de, Romero, D. E., Lima, M. G., Damacena, G. N., Pina, M. de F., Freitas, M. I. de F., Werneck, A. O., Silva, D. R. P. da, Azevedo, L. O., & Gracie, R. (2020). A pandemia da COVID-19 e as mudanças no estilo de vida dos brasileiros adultos: um estudo transversal, 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29(4), 1–13. https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000400026

Mcewen, M & Wills, E. (2016). Bases teóricas de enfermagem. Capítulo: Grandes teorias da enfermagem baseadas nas necessidades humanas (4 th edição, p.133–161). Porto Alegre: Artmed.

Melo , T. C. L. C. ., Sampaio, A. C. C. de ., Albuquerque Neto, F. W. de ., Santos, J. L. R. dos ., Alves, P. C. ., Gadelha, L. de A. ., Costa, S. de S. V. ., Araújo, C. R. de C. e ., Vasconcelos, A. K. C., & Ferreira, F. V. . (2021). Cuidando do cuidador: Um relato de experiência de intervenções de boas práticas de saúde para profissionais da atenção primária da linha frente na COVID-19. Research, Society and Development, 10(5), e14110515007. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i5.15007

Ministério da Saúde (2021). Protocolos de uso do Guia alimentar para a população Brasileira na orientação alimentar: bases teóricas e metodológicas e protocolo para a população adulta. Brasília, Distrito Federal: MS. Recuperado em 29 abril de 2021, de http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolos_guia_alimentar_fasciculo1.pdf

Nogueira, M., Silva, L., Reis R., David, R., Leal, H. & Docile, T. (2021, março). 1º Boletim da Pesquisa Monitoramento da saúde, acesso à EPIs de técnicos de enfermagem, agentes de combate às endemias, enfermeiros, médicos e psicólogos, no município do Rio de Janeiro em tempos de Covid-19. Rio de Janeiro, RJ: EPSJV/FIOCRUZ. Recuperado em 26 abril de 2021, de https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/46369/2/boletim_pesquisa.pdf

Nunes, M. G. S., Leal, M. C. C., Marques, A. P. de O., & Mendonça, S. de S. (2017). Idosos longevos : avaliação da qualidade de vida no domínio da espiritualidade , da religiosidade e de crenças pessoais. SAÚDE DEBATE |, 41(115), 1102–1115. https://doi.org/10.1590/0103-1104201711509

Rodríguez Gómez, M., Trespalacios Ferreira, V., Gutiérrez Blanco, M. A., Villamizar Osorio, M. L., & Torres, C. C. (2018). Agencia de autocuidado, conocimientos, actitudes y prácticas de riesgo biológico en estudiantes de enfermería. Revista Cuidarte, 10(1), 1–9. https://doi.org/10.15649/cuidarte.v10i1.622

Santos, T. C. de M. M. dos, Martino, M. M. F. De, Sonati, J. G., Faria, A. L. De, & Nascimento, E. F. de A. (2016). Qualidade do sono e cronotipo de estudantes de enfermagem. Acta Paulista de Enfermagem, 29(6), 658–663. https://doi.org/10.1590/1982-0194201600092

Silva, K. K. M. da, Martino, M. M. F. de, Bezerra, C. M. B., Nunes, J. T., Souza, Â. M. L. de, & Silva, D. M. da. (2020).Estresse e qualidade do sono em alunos de graduação em Enfermagem. Rev Bras Enferm., 73(Suppl 1), e20180227. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0227

Spindola, T., Oliveira, C. S. R., Costa, D. M. da, André, N. L. N. de O., Motta, C. V. V. da, & Melo, L. D. de. (2020). Uso e negociação de preservativos por acadêmicos de enfermagem. Rev Recien, 10(32), 81–91.

Urbanetto, J. de S., da Rocha, P. S., Dutra, R. C., Maciel, M. C., Bandeira, A. G., & Magnago, T. S. B. de S. (2019). Estresse e sobrepeso/obesidade em estudantes de enfermagem. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 27. https://doi.org/10.1590/1518-8345.2966.3177

Vieira, A. B. D., Alves, E. D., & Kamada, I. (2007). Cuidando do cuidador : percepções e concepções de auxiliares de enfermagem acerca do cuidado de si. Texto & Contexto - Enfermagem, 16(1), 17–25.

Vitor, A. F., Lopes, M. V. de O., & Araujo, T. L. de. (2010). Teoria do déficit de autocuidado: análise da sua importância e aplicabilidade na prática de enfermagem. Escola Anna Nery, 14(3), 611–616. https://doi.org/10.1590/s1414-81452010000300025

Published

09/08/2021

How to Cite

FERREIRA, M. A.; COSTA, C. M. A.; SILVA JUNIOR, M. D. da .; MACHADO, P. R. F. .; ALVES, R. N. .; SILVA, W. B. H. da . Self-care practice of Nursing undergraduates during graduation and in the SARS-CoV-2 pandemic. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e249101018825, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18825. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18825. Acesso em: 18 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences