The hererogeneity of Science Teachers Speak: Analyzing ways to think the heat concept

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18930

Keywords:

Conceptual profile; Heat; Teachers.; Conceptual profile; Heat; Teachers.

Abstract

This article aimed to analyze the ways of thinking about the concept of heat that emerge in the speech of teachers from two public schools in São Raimundo Nonato-PI. For this, we are guided by the theory of conceptual profiles that discusses the polysemy of scientific concepts worked on in the classroom, precisely the concept of heat, as this has great relevance within the teaching of Science. This research has a descriptive qualitative character, carried out from the collection, analysis and mapping of the statements of two Science teachers from the 9th year of Elementary School. The operationalization of this research was divided into two stages, the first was the application of a questionnaire containing nine questions, the second was through observation of three Science classes, whose objective was to verify the different ways of speaking the concept of heat when it is taught in the classroom. Based on our results, we verified different ways of thinking about the concept of heat in the teachers' speech, namely: Rationalist, substantialist, realist, empirical and animist. It is noteworthy that we could observe that the professors teach and articulate the heterogeneity of the concept of heat in their classes, however in a shallow way, that is, they are not aware of the meanings that this concept presents. We emphasize, from the discussions presented here, that we intend to continue our research involving the use of conceptual profiles in the understanding, planning and contextualization of science teaching.

References

Amaral, E. M. R., & Mortimer, E. F. (2001). Uma proposta de perfil conceitual para o conceito de calor. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências. 1, 1-16. https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4154

Amaral, E. M. R., & Mortimer, E. F. (2005). Proposta metodológica para análise da dinâmica discursiva em sala de aula. Associação brasileira de pesquisa em educação em ciências. Atas do V ENPEC – n. 5. http://abrapecnet.org.br/atas_enpec/venpec/conteudo/artigos/3/pdf/p772.pdf

Amaral, E. M. R., & Mortimer, E. F. (2006). Uma metodologia para análise da dinâmica entre zonas de um perfil conceitual no discurso da sala de aula. A pesquisa em ensino de ciências no Brasil e suas metodologias. Ed. Unijuí. 239-296.

Amaral, E. M. R., Ratis, S. J. R., & Sabino, J. (2018). Analysing processes of conceptualization for students in lessons on substance from the emergence of conceptual profile zones. Chemistry Education Research and Practice, 3, 1-19. https://www.researchgate.net/figure/Activities-carried-out-in-the-TLS_tbl1_324994974

Araújo, A. O. (2014). O Perfil Conceitual de Calor e sua Utilização por Comunidades Situadas. 223 f. Tese (doutorado em educação e ciências) - Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/BUOS-9JHKBE/1/tese_ang_lica_ara_jo.pdf

Araújo, A. O., & Mortimer, E. F. (2014). Estudo preliminar sobre a utilização do perfil conceitual de calor em curso para manutenção e instalação de aparelhos de refrigeração. In: XVI Encontro Nacional de Ensino de Química/ X Encontro de Educação Química da Bahia/BA 2014.

Castro, P. M. A., & Ferreira, L. N. A. (2015). Representações sociais de calor por estudantes de graduação em química. Química nova escola. 37, 26-34. http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc37_especial_I/06-AF-98-14.pdf

Capecchi, M. C. V., & Carvalho, A. M. P. (2000). Argumentação em uma aula de conhecimento físico com crianças na faixa de oito a dez anos. Investigações em Ensino de Ciências. 5(3), 171-189. https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/592

Coutinho, F. A., & Mortimer, E. F.; El-Hani, C. N. (2007). Construção de um Perfil para o conceito biológico de vida. Investigações em Ensino de Ciências. 12(1), 115-137. https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/480

Diniz Jr., Silva, J. R. R. T., & Amaral, E. M. R. (2015). Zonas do Perfil Conceitual de Calor que Emergem na Fala de Professores de Química, Química nova Escola. 37, 55-67.2015. http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc37_especial_I/09-CP-99-14.pdf

Diniz Jr., A. I. & Amaral, E. M. R. (2019). A Heterogeneidade do Discurso Docente: falando sobre substâncias a partir de diferentes situações. Revista Debates em Ensino de Química, 5,42-54. http://www.journals.ufrpe.br/index.php/REDEQUIM/article/view/2438/482483192

El-Hani. C. N., Mortimer, E. F., & Silva. F. (2013). As bases epistemológicas da teoria dos perfis conceituais. In: IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – IX ENPEC, Águas de Lindóia, SP. http://abrapecnet.org.br/atas_enpec/ixenpec/atas/resumos/R0941-1.pdf

Freire, M. S., Talanquer, V. A., & Amaral, E. M. R. (2019) Conceptual profile of chemistry: a framework for enriching thinking and action in chemistry education. International Journal of Science Education, 41, 674-692. https://repository.arizona.edu/bitstream/handle/10150/631979/Freire_IJSE_2019.pdf

Guerra, E. L. A. (2014). Manual Pesquisa Qualitativa. Anima Educação.

Mortimer, E. F. (1995). Conceptual Change or Conceptual Profile Change? Science & Education. Netherlands: Kluwer Academic Publishers, 268-283.

Mortimer, E. F., & Amaral, L. O. F. (1998). Quanto mais quente melhor, calor e temperatura no ensino de termoquímica. Química Nova Escola. 7, 30. http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc07/aluno.pdf

Mortimer, E. F., & El-Hani, C. N. (2014). Conceptual Profiles: A Theory of Teaching and Learning Scientific Concepts. Springer.

Sabino, J. D., & Amaral, E. M. R. (2018). Utilização do perfil conceitual de substância no planejamento do ensino e na análise do processo de aprendizagem. Investigações em Ensino de Ciências, 23, 245-265. https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/923

Santos, R. P., & Carbó, A. D. (2014). Uma Proposta De Perfil Conceitual Para O Conceito De Massa. In IX Encontro Nacional De Pesquisa Em Ensino De Física. Jaboticatubas/MG: SBF.

Schnetzler, R. P. (1992). Construção do conhecimento e ensino de ciências. Em Aberto, Brasília, ano 11, nº 55, jul./set. 1992.

Silva, J. R. R. T., & Amaral, E. M. R. (2013). Proposta de um Perfil Conceitual para Substância. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 13. 53-72. https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4271/2836

Simões Neto, J. E. (2016). Uma Proposta para o Perfil Conceitual de Energia em Contextos do Ensino da Física e da Química. Tese (Doutorado em ensino de Ciências). Departamento de Educação, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, Pernambuco, Brasil. http://www.ppgec.ufrpe.br/sites/www.ppgec.ufrpe.br/files/documentos/uma_proposta_para_o_perfil_conceitual_de_energia_em_contextos_do_ensino_da_fisica_e_da_quimica.pdf

Published

16/08/2021

How to Cite

SILVA, K. R. D. da; LIMA, G. de S.; DINIZ JÚNIOR, A. I. The hererogeneity of Science Teachers Speak: Analyzing ways to think the heat concept. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e499101018930, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18930. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18930. Acesso em: 21 oct. 2021.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences