Nurses X Patient service in self-extermination attempt

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18945

Keywords:

Suicide; Nurses; Assistance.

Abstract

The objectives of this study were to know the feelings of nurses regarding the care of patients in an attempt of self-extermination, together to describe the role of nurses in care, to verify the possibilities that these feelings may cause some kind of psychological disorder in nurses and to understand the reality of the nurse's routine in the first assistance in urgency and emergency to patients in self-extermination attempt. For this study to be carried out, there was the participation of five nurses who work on shifts in the urgency and emergency service (Emergency Room), through the analysis of the Collective Subject Discourse (CSD), then answered questions that facilitated the understanding of the facts discussed. In agreement with the results obtained in the research, we can observe that nursing care in urgent and emergency care is extremely important to reduce deaths and self-extermination attempts. Appropriate reception facilitates the collection of information, thus facilitating care for this patient. In agreement with the results obtained in the research, we can observe that nursing care in urgent and emergency care is extremely important to reduce deaths and self-extermination attempts. Appropriate reception facilitates the collection of information, thus facilitating care for this patient.

References

Aguiar, E. B. P., Ceretta, L. B., & Soratto, M. T. (2015). Os Desafios Enfrentados Pela Equipe De Enfermagem No Atendimento Ao Paciente Com Tentativa De Suicídio. RIES, 4(1), 68-82.

Alves, S. R., Santos, R. P., Oliveira, R. G., & Yamaguchi, M. U. (2018). Serviços de saúde mental: percepção da enfermagem em relação à sobrecarga e condições de trabalho. J. res.: fundam. Care, 10(1), 25-29.

Avanci, R. C., Furegato, A. R. F., Scatena, M. C. M., & Pedrão, L. J. (2009). Relação De Ajuda Enfermeiro-Paciente Pós-Tentativa De Suicídio. Revista Electrónica en Salud Mental, Alcohol y Drogas, 5(1), 1-15.

Bezerra, I. M. P. & Sorpreso, I. C. E. (2016). Conceito de saúde e movimentos de promoção da saúde em busca da reorientação de práticas. J. Hum. Growth Dev., 26(1), 11-20.

Braz, T. C. O., Ramos, T. J. C. A., & Álvares, A. C. M. (2019). Intervenção de enfermagem no âmbito de tentativas de pacientes autoextermínios em emergência hospitalar. Rev Inic Cient e Ext, 2(4), 241-6.

Burigo, E. B. F., Fagundes, M. J. D. M., Medeiros, I. S., Losso, A. R. S., & Correa, S. M. (2015). A visão do enfermeiro no atendimento em tentativa de suicídio em um Pronto Socorro. RIES, 4(2), 26-39.

Coelho, A. K. R., Cunha, A. G., Silva, A. B. C., Cid, A. S., Castro, L. C. C., Lopes, B. C. M., Luz, B. N. M. N., Mendonça, J. S., Silva, L. P., Santos, L. J. C., Abreu, S. P. P., Franco, T. C., & Silva, T. R. C. A. (2021). Práticas de enfermagem associadas às dinâmicas de prevenção ao suicídio: Um relato de experiência. Research, Society and Development, 10(4), e50310413819.

Fontão, M. C., Rodrigues, J., Lino, M. M., Lino, M. M., & Kempfer, S. S. (2018). Cuidado de enfermagem às pessoas atendidas na emergência por tentativa de suicídio. Rev Bras Enferm, 71(suppl 5), 2329-35.

França, S. P. S., Martino, M. M. F., Aniceto, E. V. S., & Silva, L. L. (2012). Preditores da Síndrome de Burnout em enfermeiros de serviços de urgência pré-hospitalar. Acta Paul Enferm. 25(1), 68-73.

Freitas, A. P. A. & Borges, L. M. (2017). Do acolhimento ao encaminhamento: O atendimento às tentativas de suicídio nos contextos hospitalares. Estudos de Psicologia, 22(1), 50-60.

Jantsch, N. (2017). Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem: revisão integrativa. Artigo (Graduação) – Curso de Enfermagem, Universidade do Vale do Taquari – Univates.

Kondo, E. H., Vilella, J. C., Borba, L. O., Paes, M. R., & Maftum, M. A. (2011). Abordagem da equipe de enfermagem ao usuário na emergência em saúde mental em um pronto atendimento. Rev Esc Enferm USP, 45(2), 501-7.

Liba, Y. H. A. O., Lemes, A. G., Oliveira, P. R., Nascimento, V. F., Fonseca, P. I. M. N., Volpato, R. J., Almeida, M. A. S. O., & Cardoso, T. P. (2016). Percepções Dos Profissionais De Enfermagem Sobre O Paciente Pós-Tentativa De Suicídio. Journal Health NPEPS, 1(1), 109-21.

Maria, M. A., Quadros, F. A. A., & Grassi, M. F. O. (2012). Sistematização da assistência de enfermagem em serviços de urgência e emergência: viabilidade de implantação. Rev. Bras. Enferm., 65(2), 297-303.

Minayo, M. C. S. (1994). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Vozes.

Moretto, M. L. T. (2013). Cuidando de quem cuida": assistência psicológica ao trabalhador da saúde. Psicologia Hospitalar, 11(1), 52-65.

Pimenta, F. J. N. A. & Barros, M. M. A. (2019). Ações e práticas de enfermagem frente ao paciente psiquiátrico atendido em um hospital de urgência e emergência de Porto Velho-RO. Revista Eletrônica Acervo em Saúde, 28, e1059.

Reisdorfer, N., Araujo, G. M., Hildebrandt, L. M., Gewehr, T. R., Nardino, J., & Leite, M. T. (2015). Suicídio Na Voz De Profissionais De Enfermagem E Estratégias De Intervenção Diante Do Comportamento Suicida. Revista de Enfermagem da UFSM, 5(2), 295-304.

Santos, E. G. O. (2015). O Cuidado do enfermeiro do setor de urgência e emergência ao paciente que tentou suicídio. Artigo Científico (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz.

Santos, L. F., Hildebrandt, L. M., Kinalski, S. S., Fukes, A. M. P., & Leite, M. T. (2019). Atenção à pessoa com tentativa de suicídio em hospital geral: a voz de profissionais de enfermagem. Rev. Bras. Pesq. Saúde, 21(4), 27-37.

Santos, R. S., Albuquerque, M. C. S., Brêda, M. Z., Bastos, M. L. A., Silva, V. M. S., & Tavares, N. V. S. (2017). A Atuação Do Enfermeiro Com A Pessoa Em Situação De Suicídio: Análise Reflexiva. Rev enferm UFPE, 11(2), 742-8.

Silva, D. A., & Marcolan, J. F. (2019). Epidemiologia do suicídio no Brasil entre 1996 e 2016 e a política pública. Research, Society and Development, 9(2), e79922080.

Silva, N. K. N., Carvalho, C. M. S., Magalhães, J. M., Carvalho Junior, J. A. M., Sousa, B. V. S., & Moreira, W. C. (2018). Ações do enfermeiro na atenção básica para prevenção do suicídio. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas, 13(2), 71-77.

Silva, S. L. & Kohlrausch, E. R. (2016). Atendimento pré-hospitalar ao indivíduo com comportamento suicida: uma revisão integrativa. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas, 12(2), 108-115.

Vidal, C. E. L. & Gontijo, E. D. (2013). Tentativas de suicídio e o acolhimento nos serviços de urgência: a percepção de quem tenta. Cad. Saúde Colet., 21(2): 108-14.

Published

15/08/2021

How to Cite

DIVINO, L. S.; SILVA , R. S. .; DZIVIELEVSKI, A. M. O. .; FONSECA, J. P. S. .; RIBEIRO, N. A. C. .; SANTOS , D. N. .; DOMINGUES, E. A. R. .; NOGUCHI, T. F. B. .; FELICIANO, K. L. . Nurses X Patient service in self-extermination attempt. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e457101018945, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18945. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18945. Acesso em: 18 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences