Environmental impacts of soil degradation caused by the extraction of clay for the ceramic industry in São Miguel do Guamá-PA

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19030

Keywords:

Riparian forest; Raw material; Exploration.

Abstract

Clay is a mineral resulting from the breakdown of rocks that contain feldspar, through the action of weathering. This mineral is of great importance for the civil construction segment, as bricks and tiles are obtained through it. The intensive use and exploitation of these natural resources has significantly degraded the environment, and generates environmental impacts such as, for example, alteration of the landscape, formation of lakes, alteration of topography, alteration in the structure and biology of the soil, etc. The municipality of São Miguel do Guamá is a ceramic production hub, and its extraction areas already have several negative impacts, such as siltation of river beds, formation of lakes, changes in topography, among others. Thus, this research aims to make an Environmental Impact Assessment Matrix - MAIA, list the mitigation measures of these impacts, and make a chemical analysis of the pH, Phosphorus, Potassium, Nitrogen, Carbon x Nitrogen, and Organic Carbon parameters; (Yellow Latosol) at the study site. Samples were collected using three trenches, 50x50 cm thick, and layers A, B, C, 0-10 cm, 10-20 cm, and 20-40 cm. In this sense, it was observed that most of the impacts affect the soil, in addition to these, there were impacts on water and air resources in the region. It is recommended to install woods or vegetation curtains, for soil recovery and mitigation of the impacts of vegetation suppression (erosion); depleted fields can serve as ponds for fish farming. In the analysis of the parameters, attention is given to the Carbon and the Carbon x Nitrogen ratio, which evidenced soil degradation due to the low capacity of organic matter decomposition in the superficial horizon (0-10 cm). Therefore, it was concluded that although the ceramic segment offers employment and income to the population, it is necessary to pay attention to environmental issues, especially with regard to the soil of the extraction site, in order to achieve a more sustainable development in the field.

References

Almeida, R. F., & Sanches, B. C. (2014). Disponibilidade de carbono orgânico nos solos do cerrado brasileiro. Scientia Agraria Paranaensis, 13(4), 259-264.

Bonini, C. D. S. B., Lupatini, G. C., Andrighetto, C., Mateus, G. P., Heinrichs, R., Aranha, A. S., ... & Meirelles, G. C. (2016). Produção de forragem e atributos químicos e físicos do solo em sistemas integrados de produção agropecuária. Pesquisa agropecuária brasileira, 51, 1695-1698.

Cardoso, E. P., Oliveira, W. S., & de Moraes, S. S. Impactos Ambientais Ocasinado Pela Extração Industrial De Argila No Município De São Miguel Do Guamá-Pa Impactos Ambientales Octado Por Extracción Industrial De Argilla Em El Municipio De São Miguel Do Guamá-Pa Environmental Impacts Ocaused By Industrial Clay Extraction. In: Congresso Internacional das Ciências Agrárias, 4. Anais. Teresina: Theresina Hall

Cordovil, G. V., & Nahum, J. S. (2011). Indústrias cerâmicas e desenvolvimento territorial em São Miguel do Guamá-PA. ENTRE-LUGAR, 2(4), 65-93.

Grant, C., Loch, R., McCaffrey, N., Anstee, S., & Doley, D. (2016). Mine rehabilitation: leading practice sustainable development program for the mining industry.

Cruz, M. C. S; Santos, C. O. R.; Lima, N. S.; Brito, R. P. (2019) Estudo dos Impactos ambientais em uma indústria cerâmica no Município de Paragominas, Pará. In: Simpósio de Estudos e Pesquisas em Ciências Ambientais na Amazônia, 8, Anais. Belém: UEPA

MG. (1967). Decreto-Lei n°. 227, de 28 de fevereiro de 1967 (Código de Minas). Dá nova redação ao Decreto-lei nº 1.985, de 29 de janeiro de 1940. Braília: DOU.

Santos Everton, N., Morales, C., & da Silva, A. A. A. Identificacao De Impactos Ambientais Gerados Pela Producao De Cerâmica Vermelha No Entorno Da Reserva Extrativista Marinha Caeté-Taperaçu Do Município De Braganca-PA. In: Congresso de Brasileiro de Gestão Ambiental, 4, Anais. Salvador: IBEAS.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Agropecuária – Solos (2021). Mapa de Solos do Brasil. 2020.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Agropecuária – Solos (2013). Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Agropecuária (2017). Manual de Métodos de Análise de Solos. (3a ed.), Embrapa,

Faria, A. G. V., de Carvalho, P. S., Bergamo, J. A., Ocanha, M., & Pereira, P. S. (2020). Argila como tema contextualizador e crítico: uma proposta para o ensino de Química. Revista Científica Multidisciplinar Brilliant Mind, 1(01), 69-84.

Falesi, Í. C., Vieira, L. S., dos Santos, W. H. P., & Oliveira Filho, J. P. S. (1967). Levantamento de reconhecimento dos solos da região Bragantina, Estado do Pará. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 2(1), 1-63

Ferreira, W. C., Botelho, S. A., Davide, A. C., Faria, J. M. R., & Ferreira, D. F. (2010). Regeneração natural como indicador de recuperação de área degradada a jusante da usina hidrelétrica de Camargos, MG. Revista Árvore, 34, 651-660.

Freitas, C. M. D., Barcellos, C., Asmus, C. I. R. F., Silva, M. A. D., & Xavier, D. R. (2019). Da Samarco em Mariana à Vale em Brumadinho: desastres em barragens de mineração e Saúde Coletiva. Cadernos de Saúde Pública, 35.

Gama, M. F. (2019). O Passivos Ambientais Oriundos Da Extração De Argila Na Amazonia: Mesorregião Do Sudeste Paraense. Contemporânea (ISSN 2675-2107), 1(1).

Holanda, R. M., & da Silva, B. B. (2012). Cerâmica Vermelha–Desperdício na Construção Versus Recurso Natural Não Renovável: Estudo de Caso nos Municípios de Paudalho/PE e Recife/PE (Red Ceramic-Construction Waste Versus Non-Renewable Natural Resource: A Case Study in Paudalho-PE and...). Revista Brasileira de Geografia Física, 4(4), 872-890.

Honda, S. C. D. A. L., Vieira, M. D. C., Albano, M. P., & Maria, Y. R. (2015). Planejamento ambiental e ocupação do solo urbano em Presidente Prudente (SP). urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 7, 62-73.

Hickmann, C., & Costa, L. M. D. (2012). Estoque de carbono no solo e agregados em Argissolo sob diferentes manejos de longa duração. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 16(10), 1055-1061.

IBGE, C. (2019). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE.

Lima, L. B. (2017). Caracterização da extração mineral de argila no município de Caxias-Ma. Revista Ciência & Saberes-UniFacema, 2(4), 297-302.

Loss, A., Pereira, M. G., Giácomo, S. G., Perin, A., & Anjos, L. H. C. D. (2011). Agregação, carbono e nitrogênio em agregados do solo sob plantio direto com integração lavoura-pecuária. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 46, 1269-1276.

Maia, F. D. S. (2012). Avaliação de massas cerâmicas, processamento e propriedades dos produtos de cerâmica vermelha do pólo cerâmico de campos dos Goytacazes. Universidade Estadual do Norte Fluminense-Campos dos goytacazes–RJ-agosto–2012.

ManfredinI, C. (2003). Impactos ocasionados pela indústria da cerâmica vermelha no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Marques, J. D. D. O., Libardi, P. L., Teixeira, W. G., & Reis, A. M. (2004). Estudo de parâmetros físicos, químicos e hídricos de um Latossolo Amarelo, na região Amazônica. Acta amazônica, 34, 145-154.

Mechi, A., & Sanches, D. L. (2010). Impactos ambientais da mineração no Estado de São Paulo. Estudos avançados, 24, 209-220.

Veiga Moline, E. F., & Coutinho, E. L. M. (2015). Atributos químicos de solos da Amazônia Ocidental após sucessão da mata nativa em áreas de cultivo. Revista de Ciências Agrárias Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, 58(1), 14-20.

Moraes, A. R. A.; Filho, L. F. F. M.; Gomes, M. S.; Gomes, M. F. G.; Miranda, L. S.; Segtowich, A. C. (2015). Teores de Carbono, Nitrogênio e Relação C:N em solos cultivados com soja em sistema plantio direto e convencional em Paragominas, Pará.

Neto, D. V. R., Monteiro, F. M., de Oliveira Ferreira, P. S., & dos Santos, E. G. Atividade Ceramista Em Parelhas/Rn: Impactos Ambientais Adversos E Possíveis Medidas Mitigadoras.

Nociti, D. M. (2011). Aproveitamento de rejeitos oriundos da extração de minério de ferro na fabricação de cerâmicas vermelhas.

Paiva, D. C. A. C. (2017). Efeito da concentração de fósforo na degradação aeróbia do glifosato em reator de leito fixo.

Paz, Y. M., Gouveia, R. L., Silva, J. F., & de Holanda, R. M. (2015). A atividade de extração de argila e a relação homem-natureza| The clay mining activity and the man-nature relationship. Revista Geama, 261-274.

Pena, S. D., Neto, B. B. P., & Gomes, L. G. (2020). Análise percentual da utilização de fosfogesso em protótipos prismáticos de uma indústria de cerâmica vermelha. Brazilian Journal of Development, 6(9), 70352-70373.

Pereira, A.; Ruivo, L. (2018). Fertilidade e Fauna edáfica do solo sob reflorestamento. Belém: Novas Edições Acadêmicas.

Penno, M. C. (2010). Impactos e controles ambientais na mineração de argila: um estudo de caso no município de Santa Rosa de Lima/SC.

Pereira, D. H., Ferreira, L. F., de Souza, M. M., & Ferreira, D. D. M. (2014). Matriz de aspectos e impactos ambientais como ferramenta de evidenciação de contingências ambientais. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 3(2), 74-91.

Pinheiro, A. C. (2015). Valor económico do solo: perspectivas pública e privada. Revista de Ciências Agrárias, 38(4), 612-620.

Portela, M. O. B., & Gomes, J. M. A. (2015). Extração de argila no bairro Olarias (Em Teresina–Pi) e Suas Implicações Socioeconômica e Ambiental.

Racanelli, L. D. A., Cândido, V. S., Souza, J. A. D. S., & Cardoso, D. N. (2020). Caracterização e Estudo das Propriedades Físicas, Químicas e Mecânicas das Argilas Cauliníticas da Região Nordeste do Estado do Pará. Matéria (Rio de Janeiro), 25.

Ribeiro, L. O., da Silva Luz¹, A. L., Andreta, H. K., & Donicht, A. P. A Cultura Do Açaí No Município De São Miguel Do Guamá, Pará

Rodrigues, T. C. (2017). Uso da terra na área de influência direta de extração de argila no municipio de jataí-go. Monografia (Graduação em Geografia) – Universidade Federal de Goiás, Jataí.

São Miguel do Guamá, Prefeitura Municipal (2021). Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil. Relatório Diagnóstico para Ações de Prevenção.

Faria, A. G. V., de Carvalho, P. S., Bergamo, J. A., Ocanha, M., & Pereira, P. S. (2020). Argila como tema contextualizador e crítico: uma proposta para o ensino de Química. Revista Científica Multidisciplinar Brilliant Mind, 1(01), 69-84.

Santos, D. T (2016). Caracterização Socioambiental, Econômica da Extração de Argila no município de São Miguel do Guamá-PA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Universidade Federal do Pará, Belém.

Schmitt, D. V., & Avello, A. S. (2013). Por uma história moldada na argila: O uso de oficina de cerâmica para conhecer diferentes culturas. Revista Latino-Americana de História-UNISINOS, 2(6), 495-506.

Silva, I. R., Pereir, L. C. C., & da Costa, R. M. (2009). Exploração de Argila em Fazendinha e os Impactos Socioambientais (Amazônia, Brasil). Revista de Gestão Costeira Integrada-Journal of Integrated Coastal Zone Management, 9(2), 85-90.

Silva, H. R, Mello, A. H.; Oliveira, G. F.; Santos, N. R.; Gama, M. F. F. (2013). Estudo de degradação dos solos e ambiente na área de extração de argila da cerâmica Nova Era- Marabá-PA. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 34. Anais. Florianópolis.

Silva, G. R. D., Silva Jr, M. L. D., & Melo, V. S. D. (2006). Efeitos de diferentes usos da terra sobre as características químicas de um latossolo amarelo do Estado do Pará. Acta Amazonica, 36, 151-157.

Silva, R. G., & da Silva, V. P. (2017). Produção mais limpa: contributos teórico-práticos para a sustentabilidade da cerâmica vermelha. Cerâmica, 63, 494-507.

Silva, C. F. D., Simões-Araújo, J. L., Silva, E. M. R. D., Pereira, M. G., Freitas, M. S. M., Saggin, O. J., & Martins, M. A. (2012). Fungos micorrízicos arbusculares e proteína do solo relacionada à glomalina em área degradada por extração de argila e revegetada com eucalipto e acácia. Ciência Florestal, 22, 749-761.

Silva, G.J. (2010). Agência Embrapa de Informação Tecnológica: Manejo do Solo. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA).

Silva, I. A., Campagna, A. R., & LIPP-Nissinen, K. H. (2018). Recuperação de áreas degradadas por mineração: uma revisão de métodos recomendados para garimpos. Pesquisas em Geociências, 45(3), 0691.

Valladares, G. S., Batistella, M., & Pereira, M. G. (2011). Alterações ocorridas pelo manejo em Latossolo, Rondônia, Amazônia brasileira. Bragantia, 70, 63-637.

Verstraete, M. M. (1986). Defining desertification: a review. Climatic Change, 9(1), 5-18.

Vezzani, F. M., & Mielniczuk, J. (2009). Uma visão sobre qualidade do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 33, 743-755.

Walter, T., & de Anello, L. D. F. S. (2012). A Educação Ambiental Enquanto Medida Mitigadora E Compensatória: uma reflexão sobre os conceitos intrínsecos na relação com o Licenciamento Ambiental de Petróleo e Gás tendo a pesca artesanal como contexto. Ambiente & Educação, 17(1), 73-98.

Published

19/08/2021

How to Cite

CAVALCANTE, F. D. S. .; SILVA , J. P. S. da .; SANTOS, C. O. R. dos .; SILVA, L. P. da .; ALVES, C. N. .; BRITO, R. P. . Environmental impacts of soil degradation caused by the extraction of clay for the ceramic industry in São Miguel do Guamá-PA. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e576101019030, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.19030. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19030. Acesso em: 21 oct. 2021.

Issue

Section

Engineerings