The repercussions of breastfeeding and the use of artificial teats on the on the stomatognathic function and systemic health of the baby in the first thousand days of life: A literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19119

Keywords:

Breastfeeding; Lacent; Pacifiers; Pediatric dentistry.

Abstract

Objectives: The aim of this study was to present the repercussions of breastfeeding and the use of artificial teats on the baby's stomatognathic function in the first days of life through a review of narrative literature. Literature review: Breastfeeding plays an important role in the development of the baby's facial structures and can be considered a protective factor against the establishment of malocclusions, in addition to contributing to the physiological function of the stomatognathic system and being responsible for breathing, swallowing, suction, chewing and speech articulation. Artificial teats are characterized by the provision of pacifiers and bottles to the child, which may occur simultaneously or separately. The presence of a pacifier or bottle during the first year of life can compromise the development of the child's stomatognathic system. Final considerations: Promoting breastfeeding is essential for a better quality of life and bonding between mother and child, it must be part of the dental prenatal period, birth, and in routine consultations. For this, trained professionals are needed who can reinforce the benefits of breastfeeding during these times. Regarding the use of artificial nipples in childhood, we should advise parents about the risks of using them, as well as try to reduce their use, as they generate oral changes, affecting the child's growth and development.

References

Abanto, J., Duarte, D., & Feres, M. (2019). Primeiros mil dias do bebê na saúde bucal (1a Ed.). Nova Odessa: Napoleão.

Arantes, A. L. A., Neves, F. S., Campos, A. A. L., & Neto, M. M. P. (2018). Método Baby-Led Weaning (BLW) no contexto da alimentação complementar: Uma revisão. Revista Paulista de Pediatria, 33 (6), 353 – 363.

Azevedo, M. O., Lobo, L. M. C., Peixoto, M. R. G., Menezes, I. H. C. F., & Ribeiro, D. M. (2017). Avaliação do consumo de alimentos açucarados por crianças menores de cinco anos. BRASPEN Journal, 32 (2), 149 – 154.

Batista, C. L. C. (2017). Interferência do uso de bicos artificiais nos padrões de sucção e na amamentação. Dissertação (Mestre em Saúde do Adulto e da Criança). Maranhão. Universidade Federal do Maranhão.

Brasil. (2019). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primaria à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primaria à Saúde, Departamento de Promoção da Saúde. (1a Ed.) Brasília: Ministério da Saúde, 265 p.

Brasil. (2015). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: aleitamento materno e alimentação complementar / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. (2a Ed). Brasília: Ministério da Saúde, 23, 184 p.

Carvalho, M. R., & Pecorari, R. Amamentação cruzada: NÃO! Doação de leite: SIM!; (2018). Disponível em:https://www.aleitamento.com/bancoleite/conteudo.asp?cod=2359

Closs C., Maluf, E. M. C. P., Fraiz, F. C., Pinto, L. M. C. P., Castro, L. M.C. P., & Walter, L.R.F. (2018). Guia de orientação para saúde bucal nos primeiros anos de vida. (2a Ed.). Londrina: UEL.

Costa, M. G. F. A., Nunes, M. M. J. C., Duarte, J. C., & Pereira, A.M.S. (2012). Conhecimento dos pais sobre alimentação: construção e validação de um questionário de alimentação infantil. Rev. Enf. Ref. [online], (6), 55-68.

Cruvinel, A. D. F. P., Calderan, M. F., Mendez, D. A.C., Aguirre, P.E.A., Machado, M. A. A. M., & Oliveira, T.M. (2016). Relação entre tempo de aleitamento materno, hábitos bucais deletérios e cárie dentárias em bebês. Odontol. Clín. Cient. (Online), 15 (1), 25 - 30.

Dias, L. M., Batista, A. S., Brandão, I. M., Carvalho, F. L. O., Martins, F. L., Costa, D.M. (2019). A Influência familiar e a importância das políticas públicas de aleitamento materno. Revista saúde em foco, (11), 634-646.

Devenish, G., Mukhtar, A., Begley, A., Spencer, A.J., Thomson, W. M., & Há, D. (2020). Early childhood feeding practices and dental caries among Australian preschoolers. The American Journal of Clinical Nutrition, 111 (4), 821 – 828.

Gisfrede, T. F., Kimura, J. S., Reyes, A., Drugowich, R., Matos, R., & Tedesco TK. (2016). Hábitos bucais deletérios e suas consequências em Odontopediatria. Rev. Bras. Odontol., 73 (2).

Leite, F. C. D. S. Aleitamento materno: Um estudo bibliométrico. (2019). Monografia (Curso de Odontologia). Minas Gerais. Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Gestão Pública no Setor de Saúde.

Lima, V. F. A. (2017). A importância do aleitamento materno: uma revisão de literatura. Monografia (Curso de Odontologia). João Pessoa. Universidade federal da Paraíba.

Maciel, A. P. P., Gondim, A. P. S., Silva, A. M. V., Barros, F. C., Barbosa, G. L., Albuquerque, K. C., Rios, L. L., Lopes, M. S. V., Souza, M. S. F. (2013). Conhecimento de gestantes e lactantes sobre aleitamento materno exclusivo. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 26 (3), 311 – 317.

Moraes, B. A., Strada, J. K. R., Gasparin, V.A., Espírito-Santo, L. C., Gouveia, H. G., & Gonçalves, A. C. (2021). Amamentação nos seis primeiros meses de vida de bebês atendidos por Consultoria em Lactação. Rev. Latino-Am. Enfermagem, 29, 1 - 12.

Nogueira, J. M. C. A., Costa, A. M., & Coelho, E. C. C. (2020). Primeira infância sem açúcar: um direito a ser conquistado. Cadernos IberoAmericanos de Derecho Sanitario, 9 (4), 51 – 69.

Nunes, L. M. Importância do aleitamento materno na atualidade. (2015). Boletim Científico de Pediatria, 4 (3), 55 – 58.

Oliveira, C. S., Locca, F. A., Carrijo, M. L. R., & Garcia, R. A. T. M. (2015). Amamentação e as intercorrências que contribuem para o desmame precoce. Revista Gaúcha de Enfermagem, 16-23.

Pântano, M. Primeiros 1000 dias de vida. (2018). Ev. Assoc. Paul. Cir. Dent.,72 (3), 490-94.

Pereira, S. M. D. S., Ribeiro, C. C. C. (2020). Os primeiros 1000 dias de vida como uma oportunidade para a prevenção das DCNT bucais e sistêmicas: o que o cirurgião-dentista precisa saber? [Curso de Saúde Bucal na Atenção Primária: urgências, doenças transmissíveis, gestantes e pessoas com deficiência. Assistência odontológica para pacientes com DCNT na Atenção Primária: doenças cardiovasculares. Assistência à saúde bucal para gestantes e puérperas]. São Luís: Universidade Federal do Maranhão.

Rigotti, R. R., Oliveira, M. I. C., Boccolini, C. S. (2015). Association between the use of a baby's bottle and pacifier and the absence of breastfeeding in the second six months of life. Ciênc. saúde coletiva, 20 (4), 1235-1244.

Rius, J. M., Ortuño, J., & Rivas, C. (2014). Factores associados al abandono precoz de la lactancia materna en uma región del este de España. Asociacíon de Pediatría. Elsevier Espanha.

Sampaio, R. C. T., Brito, M. B. G., Siebra, L. G. B., Gonçalves, G. K. M., Feitosa, D. M. A., & Cabral, K. S. S. A. (2020). Associação entre o uso de chupetas e interrupção da amamentação: Uma revisão de literatura. Braz. J. Hea. Rev., 3 (4), 7353-7372.

Silveira, L. M., Prade, L. S., Ruedell, A. M., Haeffner, L. S. B., Weinmann, A. R. M. (2013). Aleitamento materno e sua influência nas habilidades orais de crianças. Revista de Saúde Pública, 47 (1), 37 – 43.

Sociedade Brasileira de Odontopediatria (Brasil). (2020). Guia de saúde oral materno-infantil. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/Guia-de-Saude_Oral-Materno-Infantil.pdf.

Souza, E. A. C. S. (2010). Reflexões acerca da amamentação: Uma revisão bibliográfica. Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte.

Stefanello, A. J. S., Rios, A. A. N., Mendes, R. C. D. (2017). Manual de Normas e Rotinas de Aleitamento Materno do HU-UFGD/EBSERH. Disponível em: http://www.ebserh.gov.br/web/hu-ufgd/superintendencia/ccne/comissoes/comissao-deincentivo-e-apoio-ao-aleitamento-materno-ciaam.

Victora, C. G., Barros, A. J. D., França, G. V. A., Bahl, R., Rollins, N. C., & Horton S. (2016). Amamentação no século 21: epidemiologia, mecanismos, e efeitos ao longo da vida. Brasília: Epidemiol. Serv. Saúde.

Published

15/08/2021

How to Cite

CARVALHO, W. C. .; THOMES, C. R. .; MARQUES, W. R. .; MENDES, E. de O. .; SANTOS, J. L. dos .; ANTUNES , A. A. .; SILVA, D. W. dos S.; OLIVEIRA NETO , A. G. .; PEREIRA, A. de F. M. .; NÓBREGA, D. L. S. da .; OLIVEIRA, I. F. F. de .; SILVA, D. C. .; TURIM, R. B. R.; SENA, N. C. A. de .; DIAS, A. da S. e S. . The repercussions of breastfeeding and the use of artificial teats on the on the stomatognathic function and systemic health of the baby in the first thousand days of life: A literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e453101019119, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.19119. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19119. Acesso em: 20 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences