Nutritional status and health conditions of the nursing team

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19227

Keywords:

Nutritional status; Obesity; Nursing; Overweight; Noncommunicable diseases.

Abstract

Objective: To describe the sociodemographic profile, anthropometric measurements and health conditions of nursing professionals working in Family Health Strategies. Methodology: This is a cross-sectional, descriptive study with a quantitative approach, carried out with nursing professionals from the Family Health Strategies of a municipality in the middle north of Mato Grosso. Results: The study was structured through the analysis of 32 questionnaires answered by the nursing professionals of the ESF's. Data collection took place through questionnaires. Results: The study was structured through the analysis of 32 questionnaires answered by the nursing professionals of the ESF's. It was observed that most were females of brown color/race. As for age, the age groups from 27 to 48 years are highlighted. The length of work prevailed from 3 to 13 years, while family income verified the highest percentage of 3 to 4 minimum wages. As for the data on anthropometric measurements and health conditions of nursing professionals, it was shown that 15 of the respondents are overweight/pre-obese. Regarding the waist circumference, a very high risk for obesity predominated. Conclusion: The data found show that the highest rate of nursing professionals are overweight/pre-obese. When measuring the nutritional status of professionals, the relevance and importance of evaluating this variable is evidenced, aiming at the promotion and prevention of future health problems and complications to the individual.

References

Almeida Filho, N., & Barreto, M.L. (2012). Epidemiologia e Saúde: Fundamentos, Métodos, Aplicações. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan.

Araujo, A. N. A., Filho Lunardi, W. D., Alvarenga, M. R. M., Oliveira, R. D., Souza, J.C., & Vidamantas, S. (2017). Perfil sociodemografico dos enfermeiros da rede hospitalar. Rev enferm UFPE on line. 11(11):4716-25.

Barbiani, R., Nora C. R. D., & Schaerfer R. (2016). Praticas do enfermeiro no contexto da atenção básica: scoping review. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 24: 1-12.

Bezerra, I. N., & Alencar E. S. (2018). Associação entre excesso de peso e tamanho das porções de bebidas consumidas no Brasil. Revista Saúde Pública. 52:21.

Bottcher, L. B. (2019). Atividade física como ação para promoção da saúde: Um ensaio critico. Revista Eletrônica Gestão e Saúde. 2019; 1982-4785.

BRASIL. (2020). Ministério da Saúde. Sistema Único de Saúde (SUS): estrutura, princípios e como funciona. Disponível em: <https://www.saude.gov.br/sistema-unico-de-saude >Acesso.

BRASIL. (2017). Ministério da Saúde. Estratégia Saúde da Família (ESF). 2017. Disponível em: <https://www.saude.gov.br/acoes-e-programas/saude-da-familia/sobre-o-programa.

BRASIL. (2019). Ministério da Saúde. Brasileiros atingem maior índice de obesidade nos últimos treze anos. Disponível em:<https://saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45612-brasileiros-atingem-maior-indice-de-obesidade-nos-ultimos-treze-anos.

Chaves, O.C., Melendez, G. V., Costa, D. A. S., & Caiaffa. W. T. (2018). Consumo de refrigerantes e índice de massa corporal em adolescentes brasileiros: Pesquisa nacional de saúde do escolar. Rev Bras epidemiol. 21(1):80010.

Domingues, J. G., Silva, B. B. C., & Bierhals, I. O. (2019). Doenças crônicas não transmissíveis em profissionais de enfermagem de um hospital filantrópico no Sul do Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde. 28 (2).

Freire, M. N., & Costa, E. R. (2016). Qualidade de vida dos profissionais de enfermagem no ambiente de trabalho. Revista Enfermagem Contemporânea. 5(1): 151-158.

Freitas, P. P., Assunção, A. A., Bassi, I. B., & Lopes, A. C. S. (2016). Excesso de peso e ambiente de trabalho no setor público municipal. Rev. Nutr. 29(4): 519-527.

Junqueira, M. A. B., Ferreira, M. C. M., Soares, G. T., Brito, I. E., Santos, M. A., & Pillon, S. C. (2017). Uso de álcool e comportamento de saúde entre profissionais da enfermagem. Rev esc Enferm USP.

Malta, C. M., Santos, M. A. S., Andrade, S. S. C. A., Oliveira, T. P., Stopa, S. R., Oliveira, M. M., & Jaime, P. (2016). Tendência temporal dos indicadores de excesso de peso em adultos nas capitais brasileiras, 2006-2013. Ciência & Saúde Coletiva. 21(4):1061-1069.

Medeiros, P. A., Silva, L. C., Amarante, I.M., Cardoso, V.G., Mensch, K. M., Naman, M., & Schimith, M.D. (2016) Condições de saúde entre profissionais da atenção básica em saude do município de Santa Maria – RS. Revista Brasileira de ciências da saúde. 20(2): 115-122.

Pereira, R. S. F., Gusmão, J. L., Santos, C. A., & Silva, A. (2017). Obesidade e sobrepeso em trabalhadores da enfermagem de um hospital público em São José dos Campos-SP. Revista Enfermagem. 82 (20).

Peruzzo, H. E., Bega, A. G., Lopes, A. P. A. T., Fernandez, M. C., Haddad, L., Peres, A. M., & Marcon, S. S. (2018). Os desafios de se trabalhar em equipe na estratégia saúde da família. Esc Anna Nery. 22(4).

Pinhatti, E. D. G., Vannuchi, N. T. O., Tenani, M. N. F., & Haddad, M. C. L. (2017). Influencias sociodemograficas e laborais na satisfação profissional de enfermeiros em hospital público. Rev enferm UERJ. 25: 14405.

Pohl, H. H., Arnold, E. F., Dummel, K. L., Cerentini, T. M., Reuter, E. M., & Reckziegel, M.B. (2018) Indicadores antropométricos e fatores de risco cardiovascular em trabalhadores rurais. Rev Bras Med Esporte. 24(1).

Ramos, F. R. S., Barth, P. O., Brito, M. J., Caram, C., Silveira, L. R., Brehmer, L. C. F., Dalmolin, G.L., & Caçador, B. (2019). Aspectos sociodemograficos e laborais associados ao distresse moral em enfermeiros brasileiros. Acta Paul enferm. 32(4): 406-15.

Siqueira, F. V., Reis, D. S., Souza, R. A. L., Pinho, S., & Pinho, L. (2019). Excesso de peso e fatores associados entre profissionais de saúde da Estratégia Saúde da Família. Cad. Saúde colet. 27 (2): 138-145.

Souza, R. F., Rosa, R. S, Picanço, C. M., Junior, E. V. S., Cruz, D. P., Guimarães, F. E.O., & Boery, R. N. S. O. (2018). Repercussões dos fatores associados á qualidade de vida em enfermeiras de unidade de terapia intensiva. Rev. Salud Pública. 20(4): 453-459.

Souza, L. P.S., Miranda, A. E. S., Hermsdorff, H. H. M., Silva, C. S. O., Barbosa, D. A., Bressan, J., & Pimenta, A. M. (2020). Consumo pesado episódio de álcool e excesso de peso em adultos brasileiros – Projeto CUME. Ver Bras Enferm. 73(1): 20190316.

Published

19/08/2021

How to Cite

SILVA, V. M. da .; ALVES, J. de S. .; SILVESTRE, G. C. da S. B. .; ROCHA, R. P. S. .; GAIVA , F. A. . Nutritional status and health conditions of the nursing team . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e571101019227, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.19227. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19227. Acesso em: 25 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences