Teaching profession: Conflicts and contradictions in the construction of a peripheral document

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19282

Keywords:

Teacher training; BNCC; Mathematics Degree; Teaching.

Abstract

This paper aims to discuss the perspectives of the Mathematics undergraduates in constitution of teaching, against the low social prestige, professional precariousness and recent changes in educational policy for teacher training, proposed by the BNCC. The reviews that will be presented result from a qualitative approach research, carried out in a federal public institution of higher education, located in the metropolitan region of a state in the country's northeast . For data production, we chose focus groups, questionnaires and the content analysis technique. The results found point the need to prevent the ongoing process of teaching peripheralization and the urgent need to build a proposal for initial teacher education focused on the reality of young working students.

Author Biographies

Claudia de Medeiros Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Sergipe. Mestra em Educação pela Universidade Federal de Sergipe. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Universidade Católica do Salvador(UCSAL). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal da Bahia (IFBA).

Thais Pio dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Graduanda em ABI Computação no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia e Técnica em Qualidade do SENAI. Foi Bolsista PIBIC IFBA/FAPESB entre os anos de 2019-2020.

References

Anfope. (2017). Carta de Brasília. V Audiência Pública CNE de 11 de Set. de 2017. http://www.anfope.org.br/wp-content/uploads/2018/05/CARTA-de-Brasilia_ANFOPE-V-Audiencia-Publica-CNE.-11.9.2017.pdf.

Anped. (2019). Contra a descaracterização da Formação de Professores: Nota das entidades nacionais em defesa da Res. 02/2015. anped.org.br/News/contra-descaracterizacao-da-formacao-de-professores-nota-das-entidades-nacionais-em-defesa-da.

Anped. (2021). Uma formação formatada. Posição da ANPED sobre texto referência- DCN e BNCC para formação inicial e continuada de Professores da Educação Básica. https://anped.org.br/news/posicao-da-anped-sobre-texto-referencia-dcn-e-bncc-para-formacao-inicial-e-continuada-de.

Apple, M. W. (2011). Reestruturação educativa e curricular e as agendas neoliberal e neoconservadora: entrevista com Michel Apple. Currículo sem Fronteiras, 1( 1), 5- 33.

Aranha, M. L. A. (1996) História da Educação. (2 ed.). São Paulo: Moderna.

Arroyo, M. (2013). Ofício de mestre: imagens e auto-imagens. Petrópolis-RJ: VOZES.

Bardin, L. (1995). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Charlot. B. (2013). Da relação com o saber às práticas educativas. (1 ed.). São Paulo: Cortez.

Diniz – PEreira, J. (2011). O ovo ou a galinha: a crise da profissão docente e a aparente falta de perspectiva para a educação brasileira. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. 92 (230), 34-51. http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/rbep/article/view/2919/2654. https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.92i230.541

Ferreira, L., Santos, T. S. dos., Pedroso, S. (2020). Os egressos de um curso de licenciatura em matemática de uma universidade pública do estado do Paraná-Brasil: potencialmente atuante ou potencialmente inativo, 9 (10). https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/9413.https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.9413.

Flick, U. Introdução à pesquisa qualitativa. (2009). Porto Alegre: Artmed.

Gatti, B. A. (2012). Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. Brasília: Liber Livro Editora.

Gatti, B. A. (Org.). (2019). Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO.

Guedes. M Q. (2021). Política de formação docente: as novas diretrizes e a base nacional comum instituídas. Revista de ciências Humanas e Sociais. 1 (1), 82-103. https://revistas.ufob.edu.br/index.php/revistasul-sul/article/view/658.

Instituto nacional de estudos e pesquisas educacionais anísio teixeira. (2020) Resumo Técnico: Censo da Educação Superior. http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf>..

Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Lei 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Recuperado de: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13415.htm.

Lei 13.005/2014, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014.

Libâneo, J. C., Oliveira, J.F., Toschi, M, S. (2012). Educação escolar: Políticas, estrutura e organização. (10 ed.). São Paulo: Cortez.

Ludke, M., André, M. (2013) Pesquisa em educação: Abordagens qualitativas. (2 ed.) Rio de Janeiro: EPU.

Nóvoa, A. (2014). Os professores e o “novo” espaço público da educação. In: TARDIF, M., LESSARD, C. O ofício de professor: História, perspectiva e desafios profissionais. Petrópolis-RJ: Vozes.

Resolução CNE/CP nº 2/2015, de 1 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior e para a formação continuada. http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file.

Resolução CNE/CP nº 2/2019, de 7 de novembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). http://portal.mec.gov.br/index.php?option= com_docman & view= download & alias=135951-rcp002-19 & category_slug=dezembro-2019-pdf & Itemid=30192.

Ribeiro, D. (1977). Sobre o óbvio. Palestra na 29º Reunião da SBPC. São Paulo.

Rocha, P. C. da S., Jucá, S. C. S., Silva, S. A. Monteiro, A. de O. (2019). Pesquisa qualitativa em Educação no Brasil: consolidação e desenvolvimento. Research, Society and Development, 8 (6). https://doi.10.33448/rsd-v8i6.1082.

Saviani, D. Política educacional brasileira: limites e perspectivas. (2008). Revista de Educação PUC-Campinas, (24), 7-16.

Tardif, M., Lessard, C. (2014) O ofício de professor: História, perspectiva e desafios profissionais. Petrópolis-RJ: Vozes.

Todos pela educação. (2019) Anuário Brasileiro da Educação Básica. São Paulo: Moderna. https://www.todospelaeducacao.org.br/_uploads/_posts/302.pdf.

Veiga, I. P. A., Araújo, J. C. S., Kapuziniak, C. (2017). Docência: Uma construção ético-profissional. São Paulo: Papirus.

Published

20/08/2021

How to Cite

LIMA, C. de M.; SANTOS, T. P. dos. Teaching profession: Conflicts and contradictions in the construction of a peripheral document. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e584101019282, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.19282. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19282. Acesso em: 20 oct. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences