Evaluation of good practices in a pâtisserie in Recife/PE

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.19858

Keywords:

Patisserie; Good handling practices; Compliance.

Abstract

Pâtisserie originated in France around the 16th century. Nowadays, it is widely used in the preparation of gourmet brigadeiros, gourmet sweets, cupcakes and pies. The aim of this study was to assess compliance with good practices, identify the main factors of food contamination and classify the establishment according to the percentage of adequacy. The following topics were analyzed during the months of May, June and July 2019, through the application of a checklist: the hygiene of the personal conduct of the handlers, receipt and storage of foodstuffs, hygiene during the preparation of food, facilities, equipment, pest control and procedures during distribution of the finished product. The establishment was classified according to the percentage of compliance determined in RDC 275/2002, which classifies into: Group 1 - 76 to 100% of items met, group 2 - 51 to 75% items met, group 3 - 0 to 50% service of items. Every month evaluated, a percentage of compliance above 80% was found, and in June the highest percentage of 87% was obtained. Therefore, it was classified in group 1 according to RDC 275/2002, totaling 78% of conformity, a favorable result to guarantee customers confidence in the purchase of products made in this Pâtisserie.

References

Brasil. (1978). Legislação citada anexada pela coordenação de estudos legislativos – CEDI. Ministério do Trabalho e Emprego. Secretária de Inspeção do Trabalho. Portaria N.º 3.214, 08 de junho de 1978. http://www.scielo.br/pdf/csc/v20n8/1413-8123-csc-20-08-2329.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (2004). Resolução da Diretoria Colegiada - RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004. Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. Diário Oficial da União, Brasília, 16 set.Seção 1, p. 25.

Carvalho, S. J. E. J & Mori E (2017) A importância das boas praticas de manipulação dos alimentos em restaurantes: revisão integrativa da literatura. Rev. e-ciência. 5(2): 108-115. dx.doi.org/10.19095/rec.v5i2.269.

Costa, J. N. P., Santos, V. V. M., Silva, G. R., Moura, F. M. L., Gurgel, C. A. B. & Moura, A. P. B. L. (2013) Condições higiênico-sanitárias e físico-estruturais da área de manipulação de carne in natura em minimercados de Recife (PE), Brasil. Arq. Inst. Biol., 80(3): 352-358.

Devides, G. G. G., Maffei, D. F. & Catanozi, M. P. L. M. (2014) Perfil socioeconômico e profissional de manipuladores de alimentos e impacto positivo de um curso de capacitação em Boas Práticas de Fabricação. Braz. J. Food Technol, Campinas. 17(2): 166-176. http://dx.doi.org/10.1590/bjft.2014.014

ETO, E. S. (2018) Avaliação da qualidade do presunto e muçarela fatiadas e perfil dos manipuladores nos supermercados do interior de São Paulo. https://repositorio.unesp.br/handle/11449/180471.

Liberato, K. B. L., Landim, M. C. & Costa, E. A. (2009) Estrutura Física da área de produção de uma unidade de alimentação e nutrição (UAN) localizada em Fortaleza-CE. http://www.xxcbed.ufc.br/arqs/gt6/gt6_50.pdf.

Maia, L. R. & Rodrigues, L. B. (2013) Avaliação das condições de boas praticas de fabricação (BFP) em panificadora. http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2013_TN_STO_178_016_22382.pdf.

Mello, J. F., Schneider, S., Lima, M. S., Frazzon, J. & Costa, M. (2013) Avaliação das condições de higiene e da adequação às boas práticas em uma unidade de alimentação e nutrição no município de Porto Alegre – RS. Alim. Nutr.= Braz. J. Food Nutr., 24(2): 175-182.

Messias, G. M. (2007) Aspectos higiênicos-sanitários, manipuladores de alimentos, gerentes e consumidores: situação das lanchonetes do tipo fast food da cidade do Rio de Janeiro, RJ. Curos de Pós-Graduação em ciência e tecnologia de alimentos. 103: 68-84. https://tede.ufrrj.br/jspui/bitstream/tede/381/1/2007-Giselle%20Moura%20Messias.pdf

Moro, M. F., Bem, A. G., Weise, A. D., Reis, C. C. C. & Schmidt, C. A. P. (2015) Avaliação das boas práticas de fabricação em uma panificadora: Um estudo de caso. Revista ESPACIOS. 36(14): 14. https://www.revistaespacios.com/a15v36n09/15360914.html

Norma Técnica SESAU Nº 1 DE 01/06/2017. (2017) https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=344302.

NOVA SAFRA FOOD SERVICE. 5 Informações Indispensáveis sobre segurança alimentar para confeiteiro. (2019) https://blog.novasafra.com.br/2014/10/09/5-informacoes-indispensaveis-sobre-seguranca-alimentar-para-confeiteiros.

Oliveira, C. R. C. (2018) Segurança alimentar e controlo de ricos. Instituto politécnico de Coimbra. Escola Superior Agrária de Coimbra. Mestrado em Engenharia Alimentar. 2018.

Oliveira, J. M., Carvalho, M. G., Oliveira, C. C. J. S., Pimentel, C. L. S. & Lima, R. F. (2016) Condições higiênico-sanitárias de unidades produtoras de refeições comerciais localizadas no entorno da Universidade Federal de Sergipe. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas. 23(2): 897-903. http://dx.doi.org/10.20396/san.v23i2.8646820

Pereira, V. G. & Carneiro, A. P. G. (2016) Implantação e monitoramento da qualidade no setor de recebimento e armazenamento de um restaurante comercial de Fortaleza/CE. 27(2): 78-96.

Sales, P. M. (2017) Avaliação da eficiência de uma intervenção quanto às boas práticas em panificadoras. Universidade Federal do Maranhão – UFMA Centro de ciências sociais e tecnologia – CCSST Curso de engenharia de alimentos. https://rosario.ufma.br/jspui/bitstream/123456789/2718/1/PriscilaSales.pdf

Santos, G. M., Costa, I. R., Oliveira, J. M. S., Saldanha, N. M. V. P., Sousa, P. V. L. & Carvalho, A. C. S. (2017) Avaliação das Condições Higiênico-Sanitária e Físico-estruturais de Panificadoras de uma cidade do Nordeste Brasileiro. Revista UNINGÁ Review. 32(1): 159-169. http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/30/443

SARA, T. M. (2016) Qualidade e Segurança Alimentar numa Industria de Panificação. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Departamento de Engenharia Biológica da Universidade de Minho em Tecnologia e Ciência Alimentar.

Silva, A. A. Bessani, L., Riella, C. O. & Antunes, M. T. (2015) Manipulação de alimentos em uma cozinha hospitalar: ênfase na segurança dos alimentos. Caderno pedagógico, Lajeado. 12(1): 111–123.

Silva, A. S. & Melo, J. H. S. (2019) Relatório de estágio supervisionado obrigatório (ESO) Pan Cristal LTDA. Universidade Federal Rural de Pernambuco. Unidade Acadêmica de Garanhuns. Bacharelado em Engenharia de Alimentos. Garanhuns. (79). http://www.repository.ufrpe.br/bitstream/123456789/1503/1/tcc_eso_ang%c3%a9licasimpl%c3%adciodasilvajulianahellendasilvamelo.pdf

Silva, A. K. C. & Comin, T. (2013) Avaliação de Boas Práticas de fabricação em panificadoras da região Lindeira. http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/1099/1/MD_COALM_2012_2_04.pdf

Vieira, A. J. (2017) O controle de qualidade no recebimento de gêneros alimentícios da cadeira fria em UAN. Unime. Lauro de Freitas. (31). http://repositorio.pgsskroton.com.br/bitstream/123456789/15071/1/ALINE%20DE%20JESUS%20VIEIRA.pdf

Zimermann, R. B., Nespolo, C. R., & Brasil, C. C. B. (2016) Boas práticas em panificadoras do município de Itaqui, Rio Grande do Sul. Nutrivisa – Revista de Nutrição e Vigilanica em Saude. 3(2). 10.17648/nutrivisa-vol-3-num-2-b

Published

12/09/2021

How to Cite

MARTINS, M. C. de O.; SILVA, S. S. da .; FERNANDES, C. E. . Evaluation of good practices in a pâtisserie in Recife/PE. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e21101219858, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.19858. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19858. Acesso em: 3 mar. 2024.

Issue

Section

Health Sciences