Analysis of inclusive education as a research subject in stricto sensu postgraduate programs of the Federal Institute of Triangulo Mineiro – IFTM

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20311

Keywords:

Inclusive education; Graduate Stricto Sensu; Dissertations.

Abstract

This study aimed to analyze research on the theme of Inclusive Education in Stricto Sensu Graduate Programs at the IFTM, investigate the provisions on Inclusive Education established in Law Nº. 13.146, of July 6, 2015 and verify in which Graduate programs. Stricto sensu graduation from the IFTM researches are developed on the subject. The methodology involved bibliographic and documentary research in the IFTM Theses and Dissertations Catalog, with the purpose of raising the necessary data to respond to the general objective of the present work. The results obtained showed that most of the researches were developed in the Professional Master's Degree in Technological Education (PROFEPT), being a work focused on social and professional inclusion; another presented an analysis of the contribution of Information and Communication Technologies (ICT) to learning; a study developed a mobile application to help autistic children in their daily lives and the last selected survey was related to the IFTM's Center for Assistance to People with Specific Educational Needs (NAPNE). It is concluded that, given the importance of the subject and the small number of studies in the area, it is necessary to encourage further research, as well as the follow-up of work already developed, as socialized experiences configure strategies to achieve the goals of Inclusive education.

References

Aranha, M. S. F. (2005). Educação Inclusiva: a escola. Secretaria da Educação Especial.

Brasil. (2015). Senado Federal. Lei nº 13.146 de 06 de julho de 2015. Estatuto da Pessoa com Deficiência. Brasília.

Cook, A. M.& Polgar, J. M. (2008). Cook & Hussey’s Assistive Technologies: Principles And Practice. Mosby Elsevier.

Cunha, C. A. R. da. (2016). Língua espanhola na educação brasileira: trajetória e análise das concepções de ensino. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) - IFTM.

Fagundes, A. R. de O. (2018). Compostos bioativos e atividade antioxidante em refrescos e sucos detox. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - IFTM.

Freitas, P. J. (2018). Os reflexos do programa de assistência estudantil nos cursos superiores do IFTM campus Patrocínio: (2015-2016). Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) - IFTM.

Galvão Filho, T.A. (2013). Tecnologia Assistiva e Educação. In. Souza, R. de C., Barbosa, J.S.L. Educação Inclusiva, tecnologia e tecnologia assistiva. Criação.

Gil, A.C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Gonçalves, F. S. (2018). Os desafios atuais para a implementação da Ações Afirmativas nas Instituições de Educação Superior: Quem são os sujeitos de direitos em um contexto de fraudes? In: ENPOS UFPEL. UFPEL.

Koche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica. Vozes.

Magalhães, M. B. H. (2014). A manipulação de alimentos como alternativa de inclusão profissional de deficientes visuais. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciência em Tecnologia de Alimentos) - IFTM.

Mantoan, M.T.E. (2004). O direito de ser, sendo diferente na escola. Revista Conselho da Justiça Federal/Centro de Estudos Judiciários da Justiça Federal.

Menezes, P. D. L. de. (2015). Reflexões sobre o Sistema de Cotas no Brasil. Universidade Federal da Paraíba.

Oliveira Neto, A. F. de. (2017). Cotidiano: um software para auxiliar crianças autistas a enfrentar os desafios diários. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) – IFTM.

Oliveira, M. D. de. (2018). A inclusão no contexto dos institutos federais de educação: a trajetória do NAPNE/IFTM- Campus Uberaba. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) – IFTM.

Paiva, V. L. M. O.; Silva, M. M. & Gomes, I. F. (2009). Sessenta anos de Linguística Aplicada: de onde viemos e para onde vamos. In: Pereira, R. C. & Roca, P. Linguística aplicada: um caminho com diferentes acessos. Contexto.

Palis, R. B. (2017). Narrativa de games: retextualização da narrativa em jogos eletrônicos e suas possibilidades educacionais. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) – IFTM.

PNAES - Plano Nacional de Assistência Estudantil. Ministério da Educação. 2010. http://portal.mec.gov.br/pnaes.

Pontes, J. (2005). Programa TEC NEP – Educação, Tecnologia e Profissionalização para Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais. In: Seminário Nacional.

PROEPT – Objetivos do Programa de Mestrado Profissional em Educação Tecnológica. 2019. http://portal.mec.gov.br.

Santos, W. (2011). Política de cotas para pessoas com deficiência; mitigação ao princípio da isonomia? Revista de Informação Legislativa.

Silva, A. R. de O. (2016). Educação inclusiva: tecnologia assistiva como apoio à humanização de relações de ensino-aprendizagem com crianças deficientes: leitura de uma escola pública de Uberaba (MG). Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) – IFTM.

Valente, J. A. (Org). (1999). O computador na sociedade do conhecimento. UNICAMP/NIED.

Veludo, M. A. M. (2018). Google sala de aula: aplicado para discentes do ensino fundamental de uma escola particular de Uberaba- MG. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Tecnológica) – IFTM.

Published

16/09/2021

How to Cite

RIBEIRO, L. H. de A. .; ROSA, R. . Analysis of inclusive education as a research subject in stricto sensu postgraduate programs of the Federal Institute of Triangulo Mineiro – IFTM. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e153101220311, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20311. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20311. Acesso em: 28 feb. 2024.

Issue

Section

Education Sciences