The technification of the field in the goian municipalities of agribusiness

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.20578

Keywords:

Agricultural modernization; Southwest of Goiás; Agribusiness.

Abstract

The territorial and spatial configuration existing in the southwest of the state of Goiás is the result of the numerous historical transformations that have occurred in the micro-region over time. From the production in scale in the Southwest of Goiás, three municipalities become the main areas of agribusiness in Goiás. Guided in three main agroindustrial complexes: grains, meat and sugar-energy. This article analyzes the transformations that occurred in the southwest of Goiás in recent years, especially the municipalities of Jataí and Rio Verde, and the main elements that transformed them in the main municipalities of the agribusiness of Goiás. At the same time the aggravation of the socioeconomic and environmental problems shown by concentration of land, the swelling of cities, the exclusion of groups of small farmers from the target areas of large production, to the detriment of middle and large groups, is observed.

Author Biography

Jesiel Souza Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Docente do Instituto Federal Goiano. Doutor em Geografia-Gestão Territorial e Ambiental pelo Instituto de Ciências Humanas da Universidade de Brasília- IH-UnB, Mestre em Agroecologia e Desenvolvimento Rural pelo Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos/EMBRAPA Meio Ambiente (2010), Especialista em Gestão e Manejo Ambiental em Sistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Lavras (2008), Graduado em Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal de Goiás, Campus de Jataí (2006), Graduado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal de Goiás, Campus de Jataí (2005). Membro/Coordenador do Laboratório de Estudos Agrários, Ambientais e Extensão Rural - LESAER/IF Goiano-Campus Rio Verde. 

References

Antonello, I. T . (2011). Transformação socioespacial rural mediante a racionalidade capitalista no processo produtivo agrícola. Revista Campo - Território, v. 6, p. 53-74.

Barreto, C. de A. (2007). Agricultura e Meio Ambiente: percepções e práticas de sojicultores em Rio Verde- GO. 2007, 139p, Dissertação (Mestrado em Ciência Ambiental) - Universidade de São Paulo, São Paulo-SP.

Borges, R. E. (2012). Complexos agroindustriais e desenvolvimento regional: o caso do Sudoeste de Goiás. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 21., 2012. Anais...Uberlândia-MG: IG-UFU, p. 1-15.

Borges, R. E. (2006). No meio da soja, o brilho dos telhados: a implantação da Perdigão em Rio Verde (GO:, transformações e impactos socioeconômicos e espaciais. 2006. 210 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.

Calaça, M., & Dias, W. A. (2010). A Modernização do Campo no Cerrado e as Transformações Socioespaciais em Goiás. In: Campo-Território. v.5, n.10.

Canuto, A. (2004) Agronegócio: a modernização conservadora que gera exclusão pela produtividade. Revista NERA, Presidente Prudente, ano 7, n. 5, jul./dez. p. 1-12.

Carmo R. L. do, Guimarães, E., & Azevedo A. M. M. de. (2002). Agroindústria, População e Ambiente no Sudoeste de Goiás. In: _____ Migrações e ambiente no Centro-Oeste. Campinas: Núcleos de Estudos de População/UNICAMP: PRONEX.

Castilho, R. (2007). Agronegócio e Logística em Áreas de Cerrado: expressão da agricultura científica globalizada. Revista Anpege. v.3, p.33 a 43.

Cavalcante, M., & Fernandes, B. M. (2008). Territorialização do agronegócio e concentração fundiária. Revista Nera, Presidente Prudente, v. 13, pp. 16-25.

Chaveiro, E. F. (2010). A urbanização do cerrado: espaços indomáveis, espaços deprimidos. Goiânia: Instituto de Estudos Sócio-Ambientais. Mimeografado.

Elias, Denise. (2005). Reestruturação produtiva da agropecuária e novas dinâmicas territoriais: a cidade do campo. In: ENCONTRO DE GEÓGRAFOS DA AMÉRICA LATINA, 10. Anais... San Pablo: USP.

Elias, Denise. (2011) Agronegócio e novas Regionalizações no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 13, n. 12, p. 153-170.

Elias, Denise. (2012). Relações Campo-Cidade, reestruturação urbana e regional no Brasil. In: Colóquio Internacional de Geocrítica,12. Anais...BOGOTÁ.

Elias, D. & Pequeno, R. (2007). Desigualdades socioespaciais: nas cidades do agronegócio. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, Recife, v. 9, n. 1, p. 25-39, Maio.

Fernandes, B. M. (2008). Questão Agrária: conflitualidade e desenvolvimento territorial. In: Antonio Márcio Buainain (Editor). Luta pela Terra, Reforma Agrária e Gestão de Conflitos no Brasil. Editora Unicamp.

Fockink, E. R. (2007). Produção rural familiar em Jataí (GO): a Comunidade Rural da Onça. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, MG: 2007. 147 p. CD-ROM.

Gonçales, C. (2003) “A Cooperativa Mista dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano Ltda (COMIGO) e o Desenvolvimento da Região de Rio Verde-GO.” In: Pereira, Sebastião L; Xavier, C. L. (Orgs.) O agronegócio nas terras de Goiás. Uberlândia: EDUFU.

Goulart, G. T. (2012). Capital agroindustrial e economia regional: estudo sobre a organização produtiva da empresa Perdigão no sudoeste de Goiás e seus reflexos. Dissertação (mestrado em Economia). UFSC, Florianópolis-SC.

Graziano Neto, F. (1982). Questão agrária e ecologia:crítica da moderna agricultura. São Paulo: brasiliense.

Guanziroli, C. E. (2006). Agronegócio no Brasil: perspectivas e limitações.Universidade Federal Fluminense, Faculdade de Economia, Texto para Discussão 186, abril.

Guerra, L. de O. (2012). Estudo sobre o processo de desenvolvimento econômico de Rio Verde - GO. 77 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) - Faculdades Alves Faria, Goiânia.

Guimarães, G. M. A. (2010). Agronegócio, desenvolvimento e sustentabilidade: um estudo de caso em Rio Verde-GO. 2010. 173 p. Tese de doutorado em Ciências Ambientais. Goiânia, Universidade Federal de Goiás.

Hespanhol, A. N. (2008). Modernização da Agricultura e desenvolvimento territorial. In: Encontro Nacional de Pesquisa, 4. Anais... São Paulo: ENGRUP. pp.370-392.

IBGE. (2011). Censo Demográfico, 2010. Características da população e dos domicílios: resultados do universo. Rio de Janeiro: IBGE.

IBGE. (2013). Produção Agrícola Municipal (PAM). Culturas Temporárias e Permanentes. Rio de Janeiro. Sistema de Informações SIDRA.

IBGE. (2019). Sistema IBGE de Recuperação Automática. População do Município de Rio Verde/GO. [online]. Rio Verde/GO.

IMB – Instituto Mauro Borges. (2003). Anuário Estatístico do Estado de Goiás-2003. Goiânia.

IMB – Instituto Mauro Borges. (2009). Ranking dos Municípios Goianos-2009. Goiânia.

IMB – Instituto Mauro Borges. (2011). Goiás em Dados-2011. Goiânia.

IMB – Instituto Mauro Borges. (2019). Dados Estatísticos. Goiânia.

IMB – Instituto Mauro Borges. (2021) Estatísticas Municipais. Goiânia.

Leal, C. A. A. (2006). Arapuca Armada: ação coletiva e práticas educativas na modernização agrícola do sudoeste goiano. Goiânia. Tese de Doutorado (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás.

Martine, G. (1991). A trajetória da Modernização agrícola: A quem beneficia? In CEDEC, Lua Nova - Revista de Cultura e Política, Brasília-DF, n. 23, março.

Matos, P. F. de. & Pessôa, V. L. S. (2009a). Territorialização da agricultura moderna na região da Estrada de Ferro (GO) e as modificações no espaço agrário. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA-ENGA, 19. Anais... São Paulo.

Matos, P. F. de. & Pessôa, V. L. S. (2009b). Territorialização da agricultura moderna no Sudeste Goiano (Brasil): considerações preliminares. In: ENCONTRO DE GEOGRÁFOS DA AMÉRICA LATINA-EGAL, 12. Anais... Montivideo. p. 1-12.

Matos, P. F. de. & Pessôa, V. L. S. (2009c). Territorialização da agricultura moderna no Sudeste Goiano: considerações preliminares. In: ANPEGE. Anais...Curitiba. ANPEGE.

Matos, P. F. de.; Pessôa, V. L. S. (2010). A Trama Socioespaciais do Agronegócio do Sudeste Goiano. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFOS, 16. Anais... Porto Alegre.

Mendonça, M. R. (2004). A urdidura espacial do capital e do trabalho no cerrado do Sudeste goiano. 448 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, UNESP, Presidente Prudente.

Mendonça, M. R. (2002). A Reestruturação do Capital e a Modernização da Agricultura no Sudeste de Goiás. Revista Pegada, V. 6. P. 02-16.

Oliveira, A. U. de. (2008). Territórios em disputa e agricultura. In: PAULINO, Eliane Tomiasi; Fabrini, João Edmilson (Org.). Campesinato e territórios em disputa. São Paulo: Expressão Popular.

Pedroso, Í. L. P. B.; Pedroso da Silva, Antenor Roberto. As transformações da agricultura do sudoeste de Goiás: da agropecuária extensiva a formação de cluster de grãos. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 43. Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: SOBER.

Pires, M. J. de S. (2005). As implicações do processo de modernização conservadora na estrutura e nas atividades agropecuárias da região centro-sul de Goiás. 2008. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente) – Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, Campinas/SP.

Porto-Gonçalves, C. W. (2004). Geografia da riqueza, fome e meio ambiente: pequena contribuição crítica ao atual modelo agrário/agrícola de uso dos recursos naturais. In: Oliveira, A. U. de; Marques, Marta Inês Medeiros (org.). O campo no século XXI: território de vida, de luta e de construção da justiça social. São Paulo: Casa amarela; Paz e Terra. p. 27- 64.

Raffestin, C.(1993). Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Ática.

Romanatto, E., Arriel, M. F. & Lima, W. M. de. (2012). O Programa FOMENTAR/PRODUZIR - Informações e Análises para o Estado de Goiás e suas Microrregiões. Conjuntura Econômica Goiana , v. 22, p. 12-24.

Roos, D. (2012). A disputa pelo território: agricultura camponesa versus agronegócio nos assentamentos do centro-sul paranaense. In: JORNADA DO TRABALHO, 13. Anais... Presidente Prudente.

Scopel, I., Peixinho, D. M. & Sousa, Marluce. (2005). S. A formação de areais e seu controle na região de Jataí e Serranópolis/GO. Relatório final do Projeto. Jataí/GO: PROINPE/SECTECGO. 155 f.

Silva, J. S. (2010). Considerações sobre a Ocupação do Cerrado na Microrregião do Sudoeste de Goiás: Modernização versus degradação. Rama: Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 1, p. 89-99.

Silva, A. G.da, & Francischini, R. (2013). Sistemas de produção de milho safrinha em Goiás. In: SEMINÁRIO NACIONAL [DE] MILHO SAFRINHA, 12. Dourados. Anais... Brasília, DF: Embrapa; Dourados: Embrapa.

Silveira, M. R. da, & Barreira, C. C. M. A.(2012). Municípios pequenos e deprimidos no sudoeste goiano: "os hipócritas roubam a cena". Campo - Território, v. 7, p. 169-187.

Sinhorini, J. M. & Saquet, M.A. (2005). Territorialização da Cooperativa Agropecuária Capanema LTDA (COAGRO): uma articulação entre o local e o global. In: Simpósio Nacional de Geografia Agrária, 3., Simpósio Internacional de Geografia Agrária, 2. Anais... Presidente Prudente.

Vinhas, M. (1980). A Terra, o homem e as reformas. Rio de Janeiro, Edições Graal.

Published

09/10/2021

How to Cite

SILVA, J. S. The technification of the field in the goian municipalities of agribusiness. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e153101320578, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.20578. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20578. Acesso em: 2 dec. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences