Prenatal care in the management of pre eclampsia

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20818

Keywords:

Pregnant; Pre eclampsia; Prenatal care; Childbirth; Health care models.

Abstract

Pre-eclampsia (PE) is defined as a pregnancy-specific disease associated with the onset of hypertension with a multisystemic or multifactorial character after the 20th week of pregnancy, with high rates of morbidity, mortality and prematurity and is responsible for 10% to 15% of maternal death cases in the world. In this sense, it is necessary to provide assistance to pregnant women as early as possible, ensuring maternal and fetal health in a humanized, comprehensive and quality way. In the meantime, the present work is a literature review and aims to propose a reflection based on the analysis of scientific studies on prenatal care in the management of PE. Nevertheless, it was found that 61.2% of pregnant women do not undergo prenatal care, favoring negative obstetric outcomes such as abortion, eclampsia, hemorrhages, prematurity and placental abruption. Furthermore, several factors are associated with the onset of PE, such as stress, anxiety, feeling of abandonment due to the fact that many women do not have their spouse's participation in prenatal care, thus hindering their adherence. Thus, it is up to health professionals the role of sensitizing and informing pregnant women about the risks, care, use of medication, food, guidance on consultations, in addition to maintaining direct and active communication throughout the assistance. if necessary, the pregnant woman has a multidisciplinary follow-up during her prenatal care, aiming at a holistic care that meets her nutritional, physical and clinical needs throughout the gestational period.

References

Antunes, M. B., Demitto, M. O., Gravena, A. A. F., Padovani, C., & Pelloso, S. M. (2017). Síndrome hipertensiva e resultados perinatais em gestação de alto risco. Revista Mineira de Enfermagem, v. 21, p. 1-6.

Atallah, A., Lecarpentier, E., Goffinet, F., Doret-dion, M, Gaucherand, P., & Tsatsaris, V. (2017) Aspirin for Prevention of Preeclampsia. Drugs. Nov;77(17):1819-1831. 10.1007/s40265-017-0823-0. PMID: 29039130; PMCID: PMC5681618.

Cassiano, A. D. N., Vitorino, A. B. F., Silva, M. D. L. C. D. S., Nóbrega, C. S. M. D. H., Pinto, E. S. G. P., & Souza, N. L. D. S. (2019). Desfechos perinatais de gestantes com pré-eclampsia grave: estudo transversal. Online braz. j. nurs.(Online).

SUS - DATASUS. (2021) Informações de Saúde, Estatísticas Vitais: banco de dados. http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/mat10uf.def>.

Fassarella, B. P. A., Almeida, G., Teles, D. A., Ortiz, L. S., Silva, I. S., Nezes, K. C., Costa, P. A. F. S., & Evangelista, D. S. (2020) Cuidados de enfermagem direcionados à gestante portadora de doença hipertensiva específica da gravidez. Research, Society and Development, 9(9), e343996768-e343996768.

Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). (2019). Pré-eclâmpsia. Femina. 7(5).

Fundação Oswaldo Cruz. (2018). Profilaxia da pré-eclâmpsia no pré-natal. Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente. https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-mulher/profilaxia-da-pre-eclampsia-no-pre-natal/>.

Guida, J. P. S., Surita, F. G., Parpinelli, M. A., & Costa, M. L. (2017). Pré-eclâmpsia pré-termo e o melhor momento para a resolução da gestação: revisão sistemática da literatura. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, 39(11), 622-631.

Guida, J. P. S. (2017). Pré-Eclâmpsia: Entender Para Aprimorar O Cuidado. Tese (Mestrado em Ciências da Saúde) – Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas; Campinas; p. 153.

Gonçalves, J. R. (2019) Como escrever um Artigo de Revisão de Literatura. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, 2(5), 29-55.

Governo de Santa Catarina. (2019). A pré-eclâmpsia afeta té 7% das brasileiras. Secretaria de Saúde. https://www.saude.sc.gov.br/index.php/noticias-geral/todas-as-noticias/1641-noticias-2019/10661-a-pre-eclampsia-afeta-ate-7-das-brasileiras>.

Hofmeyr. G. J., Lawriet T. A., Atallah. A. N., & Torloni. M. R. (2018). Calcium supplementation during pregnancy for preventing hypertensive disorders and related problems. Cochrane Database Syst Rev. Oct 1;10(10):CD001059. 10.1002/14651858.CD001059.pub5. PMID: 30277579; PMCID: PMC6517256.

Kahhale, S., Francisco, R. P. V., & Zuhaib, M. (2018). Pré-eclâmpsia. Revista de Medicina, 97(2), 226-234.

Lima, S. S., Braga, M. C., Vanderlei, L. C. M., Luna, C. F., & Frias, P. G. (2020). Avaliação do impacto de programas de assistência pré-natal, parto e ao recém-nascido nas mortes neonatais evitáveis em Pernambuco, Brasil: estudo de adequação. Cadernos de Saúde Pública, v. 36.

Marques, B. L., Tomasi, Y. T., Saraiva, S. S., Boing, A. F., & Geremia, D. S. (2020). Orientações às gestantes no pré-natal: a importância do cuidado compartilhado na atenção primária em saúdea. Escola Anna Nery, v. 25.

Marques, R. A., Marder, J., Bertão, S. V. R., Silva, V. C., Souza, G. L., & Konnopka, C. K. (2020). Doença Hipertensiva Gestacional: A Importância Do Pré-Natal Para Prevenir Desfechos Desfavoráveis. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 12(2).

Medeiros, F. D. D. A., Silva, M. D. G., Sales, J. C., Ribeiro, S. G., Júnior, F. J. G. D. S., & Parente, A. D. C. M. (2020). Aspectos relacionados às internações por intercorrências gestacionais. Enferm. foco (Brasília), p. 41-48.

Mejia, N. L., & Baquedano, V. M. M. (2018). Cuidados de enfermería en pre-eclampsia leve en el Hospital Mario Catarino Rivas, I semestre, 2018. Revista Científica de la Escuela Universitaria de las Ciencias de la Salud, 5(2), 32-41.

Mendes. R. B., Santos, J. M. J., Prado, D. S., Gurgel, R. Q., Bezerra, F. D., & Gurgel, R. Q. (2020). Avaliação da qualidade do pré-natal a partir das recomendações do Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 793-804.

Nascimento, D. S., Nascimento, D. S., Silva, V. F. A., Belarmino, C. M. V., & Lago, V. C. A. L. P. (2021). Assistência de enfermagem ao pré-natal na atenção básica: uma revisão integrativa. Revista Artigos. Com, v. 27, p. e7219-e7219.

Oldra, L. C., Oliveira, D. L., Campos, G. S., Firmino, I. R., Garcia, L. A., & Peres, P. M. (2021). A saúde da mulher após um quadro de pré-eclâmpsia: uma revisão de literatura. Brazilian Journal of Development, 7(2), 17281-17284.

Oliveira, R. L., Bernadelli, M., Santos, C. P., Almeira, S. K. R., Souza, L. A. C. F., Almeida, B. S., Reis, L. D., Barros, R. R., Cardoso, J. S., & Libe, F. M. P. Atenção ao Pré-natal de alto risco e o manejo por profissionais da Estratégia de Saúde da Família: um relato de experiência profissional. Brazilian Journal of Health Review, 4(1), 2021.

Organização Mundial da Saúde (OMS). Evidências cientificas dos dez passos para o sucesso do aleitamento materno. [Tradução de Maria Cristina Gomes do Monte]. Brasília (DF): OPAS; 2001.

Peraçoli, J. C., Borgues, V. T. M., Ramos, J. G. R., Cavalli, R. C., Costa, S. H. A. M., Oliveira, L. G., Souza, F. L. P., Korkes, H. A., Brum, I. R., Nascimento, M. L. C., Junior, M. D. C., Sass, N., Diniz, A. L. D., & Filho, E. V. C. (2019). Pre-eclampsia/Eclampsia. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.

Santos, C. R., & Batista, F. M. A. (2018). Assistência De Enfermagem À Gestante Com Pré-Eclâmpsia Durante O Pré-Natal. Trabalho de Conclusão de Curso de Enfermagem – Universidade Federal do Piauí.

Silva, D. A. (2020). Cuidado ao pré-natal segundo indicadores do programa de humanização do pré-natal e nascimento. Rev. enferm. atenção saúde, p. 111-123.

Silva, L. B. R. A. A., Tuesta, A. A., Massari, M. T. R., Ausgusto, L. C. R., Gonçalvez, L. L. M., Silva, C. K. R. T., & Minoia, N. P. (2021). Avaliação da Rede Cegonha: devolutiva dos resultados para as maternidades no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 26, p. 931-940.

Silva, N. M. C., Landini, C. L. S., Lisboa, S. C. B., & Maganha, C. A. (2020). O Uso Do Ácido Acetil Salicílico Como Destaque Entre As Principais Terapêuticas Na Prevenção De Pré-Eclâmpsia. Equipe Editorial. 2(2), 126-131.

Silva, P. L. N., Oliveira, J. S., Santos, A. P. O., & Vaz, M. D. T. (2017). Cuidados pré-natais e puerperais às gestantes de um centro de saúde de Minas Gerais quanto ao risco de pré-eclâmpsia: aspectos clínicos, nutricionais e terapêuticos. Journal of Health & Biological Sciences, 5(4), 346-351.

Silva, W. C., Wanderley, R. R., Markus, G. W. S., Pereira, R. A., Couto, G. B. F., & Dias, A. K. (2020). Pré-Natal Do Parceiro: Desafios Para O Enfermeiro. Revista Extensão, 4(2), 127-137.

Sociedade Brasileira de Cardiologia; Sociedade Brasileira de Hipertensão; Sociedade Brasileira de Nefrologia. (2021) VII Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol.

Published

26/09/2021

How to Cite

SANTOS, M. V. dos .; PINTO, C. da S. P. .; SANTOS, C. C. G. . Prenatal care in the management of pre eclampsia. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e438101220818, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20818. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20818. Acesso em: 24 feb. 2024.

Issue

Section

Health Sciences