Causes of turnover in the civil construction sector

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.20829

Keywords:

Estudos organizacionais ; Gestão de pessoas; Rotatividade; Civil construction.

Abstract

Staff turnover is a challenge for organizations. If not observed, it can have consequences, such as the costs of dismissing and replacing employees and reduced productivity. This research aims to identify the causes of turnover in the civil construction sector. Therefore, exploratory qualitative research was carried out in a municipality in the North of the state of Rio Grande do Sul, based on fifteen interviews conducted from a semi-structured script, which were analyzed using the content analysis technique. The categories explored were individual causes, organizational causes and causes external to organization. The results indicate the main causes of turnover in the civil construction sector: city moving, higher salary offer, inadequate behavior, lack of productivity, lack of commitment and professional attitude, unfinished activities, lack of buildings to start, increase in job vacancy, repetitive and stressful activities, pressure in the work environment.

Author Biographies

Shalimar Gallon, IMED Business School

Faculdade Meridional - IMED

Escola de Administração

Programa de Pós-Graduação em Administração

Taimara Tedesco, IMED Business School

Faculdade Merdional - IMED

Escola de Administração

Curso de Administração

Giana de Vargas Mores, IMED Business School

Faculdade Meridional - IMED

Escola de Administração

Programa de Pós-Graduação em Administração

References

Agapito, P. R., Polizzi, A. F., & Siqueira, M. M. M. (2005). Bem-estar no trabalho e percepção de sucesso na carreira como antecedentes de intenção de rotatividade. Revista de Administração Mackenzie, 16(6), 1-23. https://doi.org/10.1590/1678-69712015/administracao.v16n6p71-93.

Alves, L. F., & Ozaki, Y. (2009). Em busca da gestão estratégica da rotatividade de pessoal: estudo realizado na empresa A.Rela S/A. Revista de Ciências Gerenciais, 13(18), 163-176.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Breanzini, J. A. (2015). Rotatividade de pessoal: um estudo de caso em uma empresa do ramo da construção civil. Interfaces Científicas - Exatas e Tecnológicas, 1(1), 79-90. http://dx.doi.org/10.17564/2359-4942.2015v1n1p79-90.

Buhler, L. (2009). Turnover na hotelaria: estudo de caso da rotatividade de funcionários de uma rede hoteleira de Curitiba (Dissertação de Mestrado). Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil.

Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. (2017). Rotatividade construção civil. Recuperado de http://trabalho.gov.br/trabalhador-caged

Coradini, J. R., & Murini, L. T. (2009). Recrutamento e seleção de pessoal: como agregar talentos à empresa. Disciplinarum Scientia, 5(1), 55-78.

Costa, L. R. (2011). Subcontratação e informalidade na construção civil no Brasil e na França. Caderno CRH, 24(62), 413-434. https://doi.org/10.1590/S0103-49792011000200012.

Demo, G., Fogaça, N., & Costa, A. C. (2018). Políticas e práticas de gestão de pessoas nas organizações: cenário da produção nacional de primeira linha e agenda de pesquisa. Cadernos EBAPE.BR, 16(2), 250-263. https://doi.org/10.1590/1679-395159073.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2017). Pesquisa anual da indústria da construção. Recuperado de https://dados.gov.br/dataset/ac-pesquisa-anual-da-industria-da-construcao

Lengnick-Hall, M. L., Lengnick-Hall, C. A., Andrade, L. S., Drake, B. (2009). Strategic human resource management: the evolution of the field. Human Resource Management Review, 19(2), 64-85. https://doi.org/10.1016/j.hrmr.2009.01.002.

Mason, M. (2010). Sample size and saturation in PhD studies using qualitative interviews. Forum: Qualitative Social Research, 11(3), art. 8. https://doi.org/10.17169/fqs-11.3.1428.

Mobley, W. H. (1992). Turnover: causas, consequências e controle. Porto Alegre: Ortz.

Nomura, F. F., & Gaidzinski, R. R. (2005). Rotatividade da equipe de enfermagem: estudo em hospital-escola. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 13(5), 648-53. https://doi.org/10.1590/S0104-11692005000500007.

Nunes, J. M. et al. O setor da construção civil no Brasil e a atual crise econômica. Research, Society and Development, 9(9), e393997274, 2020 http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i9.727.

Oliveira, A. M. S. S. (2010). Construção e validação de um modelo de transferência do conhecimento com base em treinamento de operários da construção civil (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Santana, A. R., Santos, M. O., & Neves, M. C. F. (2017). Das paredes de concreto à frágil relação de emprego: o custo da movimentação de mão de obra em uma empresa de construção civil de Vitória da Conquista, na Bahia. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, 14(23), 1-18. https://doi.org/10.22481/cssa.v14i23.2305.

Santana, V., & Oliveira, R. (2004). Saúde e trabalho na construção civil em uma área urbana do Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 20(3), 797-811.

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. (2017). Capital humano: terceirização da mão de obra. Recuperado de http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/terceirizacao-da-mao-de-obra,345baf08868eb510VgnVCM1000004c00210aRCRD

Silva, G. L. da. R. (2001). Controle do turnover. Rio de Janeiro: Qualitymark.

Silva, J. T. L. et al. (2017). A importância da gestão de recursos humanos nas organizações. Revista Conexão Eletrônica, 14(1), 886-893.

Strapasson, A. M. H., Concolatto, C. P., & Ferreira, G. M. V. (2007). Rotatividade de pessoal: um estudo de caso na agroindústria. Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho - Anpad, Natal, RN, Brasil, 1.

Published

09/10/2021

How to Cite

GALLON, S.; TEDESCO, T. .; MORES, G. de V. . Causes of turnover in the civil construction sector. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e157101320829, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.20829. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20829. Acesso em: 7 dec. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences